História This is not an ordinary day. -interativa- - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jeff The Killer, Slender
Personagens Jeff, Personagens Originais
Exibições 25
Palavras 1.471
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIOIIIII MINHAS LEITORAS AMADAASS! Se eu fizer vocês chorarem nesse capítulo me desculpem hege

Capítulo 4 - Essa é a verdadeira eu?


Fanfic / Fanfiction This is not an ordinary day. -interativa- - Capítulo 4 - Essa é a verdadeira eu?

《>POV'S URSULA <》

  Eu acordei, com uma P.U.T.A dor de cabeça, eu olhei em volta, vi um sorriso falso, pupilas.... quer dizer, o ser não tinha pupilas! eu saltei de susto! JEFF THE KILLER, eu ia soltar um berro quando ele põem a mão na minha boca

 Jeff: Calma, é só uma fantasia, estou indo para uma festa fantasia

 Ursula:Ah não! qual é? Um Jeff do Paraguai era o que me faltava! vão pro tomate.... (N/A: sigam esse, sejam educados e não falem palavrões ) 

 Jeff do Paraguai: Osh... Se eu uso se o Jeff de verdade vc já estaria morta

 Ursula: e - eu sei. ... e obrigado por cuidar de mim... levantei de cima de cima da blusa do garoto logo passando a mão no galo com dor

 Ursula: isso dói... Ok,  obrigado, aliás, sou Ursula 

 |_~PULO NO TEMPO 2 MESES~_|

 Eu estava em casa de boa, mas, de repente eu ouso algo vindo de minha cozinha,  olhei para Minnie e ela fez um barulhinho tipo:"Vai lá ver que eu não vou não"(N/A: Só porque ela não é suas negas) eu respirei fundo fundo e mostrei a língua para ela, desci nas pontas do pé, cara só digo que nesse momento ele tá tão fechado que não passa nem sinal de wi-fi... 

Logo eu cheguei na cozinha e vi apenas uma pedra, eu peguei ela, logo li o papel: "de um presente de sua mamãe, ass: você sabe quem!" eu vi uma inicial naquela pedra "B..." não é possível!  eles não chegaram nesse ponto! eu sai correndo para a casa principal, eu fui direto para os túmulos dos meus pais e os vi todos quebrados! eu me abaixei com calma, peguei alguns pedaços,  eu mordi os lábios assim que ouvi algumas risadas vindo de trás de mim.... Por que aquilo? eu nunca falei mal, nem fiz mal a ninguém é muitos do que estavam rindo... eu já havia defendido! Eu não conseguia acreditar, eu me levantei chorando, logo olhei para os bullyngs 

 Ursula: por quê? Eu nunca fiz mal a ninguém...

 Eu olhei bem para cara de cada um, logo vi quem eram e porque, Hiato o líder, ele tinha cabelos negros, pele totalmente branca, a mais clara que já vi eu diria, olhos cinzas e profundos, que exalavam pura maldade e tristeza, estava na frente de todos, logo vinham o Brandon, um garoto de olhos azuis  como de um rio, seus cabelos eram loiros meio escuro, um típico alemão, já a última era a que mais ria, Índia, uma garota branca, da cor de hiato, cabelos cacheados e longos, que iam até um pouco abaixo do seio, seu corpo era cheio de curvas perfeitas, mesmo Hiato sendo o líder, ela tem total poder sobre ele... mas... Eles passaram do limite! eles quebraram um monumento que eu fiz aos meus pais! Eu comei a chorar mais e mais e entrar em desespero quando vi Hiato vindo para cima de mim com uma força brutal, senti ele me derrubando no chão e logo me amarrando na árvore, deitada

 Hiato: Brandon, vai perder essa oportunidade de perder a virgindade também? ou vai continuar virjão?

 Brandon: m - mas. .. 

 Índia: Vá! eu estou mandando, se não o entregaremos a polícia por todas as outras coisas que fizemos! 

 Brandon: o - ok. 

Mas... NÃO, NÃO, ISSO NÃO! PUTA QUE ME PARIU!!!! ALGUÉM ME SOLTA!!!!!!! EU NÃO QUERO SER ESTUPRADA!! Eu comecei a chorar mais... Logo vi os outros dois saírem, eu comecei a chorar e se debater, ele puxou mais a corda e tirou sua roupa, logo veio para cima de mim e tudo começou (N/A:  vou lhes poupar do detalhes desse "hentai" porque eu acho nojento esse tipo) 

Tudo havia demorado mais ou menos meia hora... Ele saiu, mas, logo voltou com os outros, eu não estava mais aguentando chorar, soluçava e agora, estava quieta, com medo... 

 Índia: Agora, nossa surpresa! 

 Eles tiraram um galão de gasolina de dentro de 3 bolsas, e começaram a passar em volta de mim e da casa... de novo não! EU NÃO ESTOU MAIS AGUENTANDO! MEUS  PULSOS JÁ ESTAVAM SANGRANDO DE TANTO EU ME DEBATER... 

Eu não quero isso.. eu nunca fiz mal a ninguém, eu nunca fiz nada! eu apenas sempre fiquei quieta em meu canto, isso é algum pecado? Por quê? Pelo menos eu queria meu pai e minha mãe aqui para me defenderem...

 Eles morreram tentando me salvar,  será que é por isso que sou castigada? Por ser inútil até mesmo nessas horas? a Hora que eu tinha que salvar todos que eu amo? Eu não sei se isso é um pecado... Eu sei que foi culpa minha eles terem morrido... Mas... eu não queria isso! Eu queria ter uma vida normal, como a de todos, não queria ser chamada animal, bastarda, órfã, e-

\~POV'S AUTORA~/ 

 Logo todos os pensamentos de Ursula foram interrompido por um tapa de Índia. 

Índia:Me diga apenas uma coisa... Você é estranha por quê? Você sabe que meus tios morreram por sua culpa né? 

 Sim, Índia e Ursula são primas, de primeiro grau... Para Índia, tudo é culpa dela, até mesmo que os pais dela dão mais atenção a Ursula do que a ele, mas, em compensação eles pagam tudo, fazem tudo o que ela quer e ainda recebe apoio moral... Já Ursula? Recebe apenas um Oi todo mês, para Índia isso é uma injustiça! Índia sempre foi a mais popular de todas... Agora, tudo estava claro na mente de nossa pequena protagonista 

 Índia: Agora,  a gente vai ver como VOCÊ deveria ter morrido, não meus tios... 

 Ursula recebeu um forte tapa na cara, que logo a fez soltar um gemido de dor. 

Logo um barulho que Ursula não conhecia muito bem, mas, que naquela hora reconheceu na mesma hora, o isqueiro foi acendido, com o eco que dava naquela mansão, haha, não teria quem não ouvisse, os três saíram e logo o fogo começou a se Alastrar...

. 《>POV'S URSULA <》 

 Mas, por que ela faz isso comigo...? Ela é minha prima; teria que me defender... Mãe, Pai, acho que irei ver vocês novamente! porque estou rindo? Estou perdendo minha sanidade? O que? ENTÃO ACHO QUE NÃO! logo minhas risadas pararam por gritos de dores, o fogo começou a pegar em mim, me queimando toda, eu desmaiei 

<=POV'S ÍNDIA=> 

 Aí Deus... me sinto tão leve matando ela... finalmente a bastarda vai morrer! 

 ~_Corte no tempo, 20 minutos_~ 

Eu estava prendendo a paixão de minha prima na gaiola com espinhos, ela gritava de dor 

Índia: calma Minnie... Isso nem começou, você vê como sua dona é ridícula ao ponto de colocar "ie" no final dos animais de seus bichos fêmeas só porque o nome da minha tia era Barbbie.... e os machos terminam como El só porque o nome do meu tio era Miguel... ridícula não? E vou amar te cozinhar! 

 comecei a rir, logo desci daquela maldita casa na árvore, a casa já estava em puras cinzas...

 《>POV'S URSULA<


Notas Finais


O que acharam? foi um capítulo apenas para atualizar, as novas virão apenas no próximo e.e


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...