História This Is Real? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7, TWICE
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jihyo, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Mark, Momo, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, Tzuyu, V, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 7
Palavras 1.507
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Mistério, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A = Autora

Não tenho mais nada pra dizer kkk espero que gostem da história hahahaha.

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Nova escola


Fanfic / Fanfiction This Is Real? - Capítulo 1 - Capítulo 1 - Nova escola

Olá me chamo Ana tenho 19 anos e vou morar no Brasil até às 15:30 que é o horário do meu vôo para a Coreia do Sul. Meus pais morreram quando eu tinha 15 anos e desde então eu moro sozinha, ninguém além dos meus amigos sabe que eu cresci sem os meus pais, pois se mais alguém soubesse iria dar um bosta bem grande.
          Fiquei sabendo que meus pais tinham uma empresa na Coréia, e um apartamento que eles me deixaram, eu sempre tive uma vida boa pela parte financeira eu sempre tive tudo o que quis graças aos meus pais,mas quando eles morreram eu tive que ralar muito pra não passar fome pois como eu era menor de idade eu ainda não tinha direito aos bens dos meus pais mas agora tenho. Tudo o que eu tinha estava aqui no Brasil, lembranças boas e ruins e amigos, mas a partir de hoje tudo isso irá mudar , novas experiências estão por vir.

                         [...]  QUEBRA DE TEMPO [...]

Cheguei na Coréia há umas 2 horas e as únicas coisas que eu fiz até agora foi lanchar e mexer no celular, são 5 horas da manhã eu não tenho onde ficar e estou com um sono do caramba . Por mais sono que eu estivesse eu ainda precisava de um lugar pra ficar , depois que cheguei na Coréia ligaram pra mim e disseram que o apartamento que meus pais me deram já foi vendido e minha mãe não queria que eu soubesse, resumindo eu me ferrei . Saí em busca de um apartamento para a minha pessoa, eu estava com tanto sono que por um momento eu fui atravessar a rua e quase fui atropelada, saí que nem um zumbi atrás de um apartamento até que eu me toquei que daqui a 1 hora eu tinha que ir pra escola ( A: meu Deus Ana , acho melhor se apressar ) corri o máximo que eu pude não me perguntem pra onde pois eu só queria achar um banheiro pra me trocar e ir pra escola. Depois dos 30 minutos mais longos da minha vida eu achei um shopping e fui no banheiro de lá mesmo, como não era obrigado a ir de uniforme eu tirei todas as minhas roupas das minhas malas até achar a melhor possível.

 Eu tinha esquecido mas eu ainda tinha que pintar o meu cabelo pois a tinta já havia saído , imaginem a cena. Pintei o meu cabelo depois fui ver se estava uma merda e pra a minha surpresa não estava ( A: Não me perguntem como essa garota conseguiu pintar o cabelo em um shopping ).

Quando fui olhar no relógio quase morri pois eu estava 20 minutos atrasada, na fé de Deus chequei mais uma vez o horário e pra minha alegria a aula só ia começar daqui a 4 horas. Cheguei na escola cedo pois eu ainda tinha que arrumar a minha mochila e meu armário, peguei a minha mala e como o armário era grande eu botei tudo lá dentro ficando apenas com a minha mochila, chegou a missão impossível Ana : achar a sua sala.
     Eu não estava achando de jeito nenhum até que eu vi um grupo de 6 garotos e resolvi perguntar onde ficava a minha sala

Ana : Olá eu sou nova aqui e será que vocês podem  me dizer onde fica a sala 234 ?? - disse com a maior vontade de gritar pois eu estava com pressa mas me contive.

   Eles ficaram me encarando com cara de surpresos ?!      E depois com cara de bravos, eu fiquei lá em um maior vácuo e saí de lá com cara de lua mas, vida que segue . Depois de um longo tempo, digo uns 20 minutos eu achei a minha sala, e para a minha surpresa estava vazia então me sentei no fundo da sala e resolvi desenhar até que escuto alguém me chamando.

Diretora : Olá senhorita Ana Jungyom, prazer eu sou a diretora dessa escola e eu preciso que a senhorita me acompanhe até a minha sala por favor.

Ana : Com prazer diretora - arg não sou de falar tão formal assim mas fazer o que!

 Cheguei na sala da diretora e ela me pediu pra assinar alguns papéis que confirmavam a minha presença na escola, demorou mais do que eu pensava.

                          [...] QUEBRA DE TEMPO [...]

Saí correndo da sala da diretora pra a minha sala pois eu estava atrasada e eu não gosto de me apresentar , sempre tenho a impressão de que as pessoas estão tentando ver a minha alma. Cheguei na porta da minha sala e meu coração começou a bater mais forte pois eu sei que todos iam me olhar quando eu entrasse, sempre era assim até hoje ninguém teve a coragem de me dizer o motivo.

Prof°: Olá senhorita, peço que se apresente para os seus mais novos colegas de classe

Ana : Olá me chamo Ana, tenho 19 anos e vim do Brasil - como sempre as merdas desses alunos ficam me encarando que ódio e esse professor tem cara de  estuprador, melhor eu correr.

Fui em direção ao meu lugar com todos me olhando mais uma vez, até que percebo que tinha um garoto ( lindo por sinal ) no meu lugar, comecei a entrar em desespero com todos me olhando e com aquele garoto no meu lugar então eu respirei fundo e disse.

Ana: Hey!!

???: Oh desculpe! Pensei que esse lugar estava vazio.

Foi o máximo que eu consegui dizer, mesmo assim eu pensei que eu ia desmaiar mas me controlei e fiquei lá encarando o garoto com cada de bunda e esperando ele sair do meu lugar . Assim que ele saiu eu me sentei e ele sentou na cadeira ao meu lado e ficou me encarando, eu estava começando a ficar nervosa aquilo estava me deixando muito desconfortável, mas qual o motivo?? Eu não sou assim , por qual motivo aquele garoto estar me encarando me deixava tão desconfortável ?? Eu decido acabar com aquilo logo.

Ana : Posso saber o motivo de a sua pessoa estar encarando a minha pessoa??? Parece que você quer ver a minha alma, será que dá pra parar de me encarar ??? E prazer eu sou Ana - sou maluca sim mas não ao ponto de ser doida

??: Você é maluca sabia ?? Prazer eu sou Jimin

Ana: Você não é a primeira nem a última pessoa que acha isso - fiquei pensando no que eu disse e era verdade, eu sou maluca fazer o que?

Jimin: Eu estava te encarando porque eu te achei linda! E eu acho que não fui o único - ele diz apontando pra frente

Eu virei pra frente e vi todo mundo me encarando, as meninas com ódio na cara claro né!! Eu não sei o motivo mas eu fiquei mais desconfortável com o tal do Jimin me encarando do que com o resto dos meninos.

Ana: Gente será que dá pra vocês pararem de me encarar?? Eu estou sendo educada quando eu resolver soltar o demônio filhote que vive dentro de mim não diga que eu não avisei.

                     [...] QUEBRA DE TEMPO [...]

O sinal do intervalo tinha acabado de tocar e eu esperei todo mundo sair pra eu sair por último. Mas meus planos falharam quando eu percebi que Jimin estava me esperando.

Ana: Que foi??? Não vai sair da sala ??

Jimin: Quero ir com você - ele disse com uma carinha fofa

Ana: Pela sua carinha fofa, eu aposto que você tem cara de bolinho - eu parei pra pensar e pra que eu disse isso ??? O garoto vai me achar mais louca ainda.

Jimin: Que? Eu não tenho cara de bolinho eu tenho cara de uma pessoa.

Ana: Deixa pra lá vamos logo!!

Eu e Jimin fomos até o jardim da escola conversar um pouco, afinal nós dois não nos conhecíamos direito e eu meio que arrastei ele a força

Jimin: Ana seu cabelo é muito lindo assim como você, ele define a sua personalidade né?? Você é louca e as cores do seu cabelo também.

Eu fiquei pensando no que o Jimin disse e ele também era louco

Ana: Depois eu que sou louca né?

Jimin: Mas você é louca eu só tive um ataque agora - rimos do que Jimin havia dito - bom deixa isso pra lá, você quer sair comigo e com os meus amigos hoje a noite ??

Ana: Tudo bem, mas vou logo avisando pra marcarem cedo pois eu demoro pra me arrumar, quantos são os seus amigos??

Jimin: 6

Ana: Meu senhor pai do céu Cristo amém - eu queria fazer uma oração mas saiu um negócio pior

Jimin: Eu te pego em casa às 19:30 e a partir de hoje você irá morar com a gente!!

Ana: Pera como você sabe onde eu moro ?? E o que??!!!

Sem que eu pudesse falar mais alguma coisa Jimin some da minha vista.



Notas Finais


Jimin como assim ???
Até a próxima ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...