História This Is So Wrong - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Tags Wonhyuk
Exibições 22
Palavras 1.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia
Avisos: Incesto, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - You made me feel bad, Dad ...


Fanfic / Fanfiction This Is So Wrong - Capítulo 5 - You made me feel bad, Dad ...

ー Minhyukー

Depois daquela noite acordei mais rápido, meu pai já tinha ido para o trabalho, agradeci a Deus por isso, o dia se passou normal, até a noite chegar. Desci até a cozinha e chamei Jonnie, não demorou muito para a mesma aparecer e perguntar o que aconteceu.

ー Jonnie, onde está o appa?

ー Ele ainda não chegou pequeno.
Uma duas horas se passaram, já era 20:00 hrs da noite, Minhyuk estava em seu quarto apenas com uma bermuda preta, rexaladão na cama Quando Shin Hoseok, vulgo o pai de Minhyuk abre a porta dodo quarto de Minhyuk com força sem se importar com a reação do mais novo que estava apavorado com a atitude do mais velho. Não demorou muito para Minhyuk perceber que seu pai estava sob o efeito de álcool e começa a ficar muito assustado,  HoSeok para em frente a seu filho e começa a rir maliciosamente, O mais novo começa a suar frio, Wonho vem até Minhyuk e agarra fortemente o mesmo e com certeza ficaria a marca no local onde ele agarrou, Wonho deita o por cima de Minhyuk e começa a rasgar as roupas do menor deixando-o totalmente despido, logo após Wonho rasga as próprias roupas, depois dos dois ficarem totalmente despidos, Wonho começa a dar beijos e chupões no pescoço do menor, o mesmo se contorce e tenta tirar o mais velho de cima de si, porém é em vão por causa de que o maior era mais forte,  Minhyuk começa a chorar, pois o homem que ele sempre chamou de herói acabará de virar um monstro, lágrimas grossas desciam do rosto angelical do mais novo, o mais velho não estava se importando pras emoções do mais novo, as mãos do mais velho percorriam ferozmente pelo corpo de Minhyuk, seus soluços eram constantes, Wonho vira Minhyuk deixando-o de bruços e começa a penetrá-lo dando fortes estocadas, o mais novo apenas chorava por sentir dor em seu coração e em sua cavidade anal.

* * * * * * * * * * *  * * * ** * * * * * * * * * ** * * * * * ** * * * * ** * * * * ** * * * ** * * * *** * * ** * * * ** 

Depois de tudo acontecer Minhyuk apaga, o mesmo estava desacordado, Wonho saiu da cama e foi para seu quarto sem nem um pingo de remorso, deitou-se em sua cama e adormeceu, esquecendo-se de tudo que fizera a seu próprio filho. Quando o dia amanheceu Wonho se levantou mais tarde, já que era um dia de sábado, fez suas higienes matinais e desceu para a cozinha para tomar seu café da manhã, encontrando-se com Minhyuk sentado de frente a mesa do café da manhã, seus olhos estavam vermelhos e inchados, mesmo estando com seu moletom não havia dado para cobrir as marcas que o próprio pai havia-lhe feito em seu pescoço. Wonho preocupado com o estado de seu filho resolve perguntar :

ー O que aconteceu com você Minhyuk?
O menor olha indignado para o mesmo homem que abusou sexualmente de seu corpo virgem, o mesmo não aguentando olhar para seu próprio pai resolve sair correndo, e é isso que ele fez, saiu correndo sem direção, enquanto corria, sem ver nada pois sua visão estava embaraçada por conta das lágrimas intrusas que desciam em seu rosto angelical, de longe vinha um carro em alta velocidade mas Minhyuk não havia percebido, o carro se chocou com o corpo do jovem que agora se encontrava desacordado no chão. 

A televisão estava ligada, o volume estava muito alto, Wonho não havia ido atrás de seu filho pois em sua cabeça aquilo era drama, depois dr alguns minutos resolveu ir assistir o jornal, sentou-se de frente para a televisão, e foi ai que ele entrou choque ao ouvir ''Carro entra em colisão com o corpo de um jovem que atravessava a avenida correndo.'' ao ver que esse ''jovem'' era Minhyuk ele levantou-se rápidamente, pegou sua jaqueta de couro, vestiu e saiu correndo até o local vendo seu filho todo ensanguentado, ligou rápidamente para o hospital, que rápidamente vieram pegar o corpo do rapaz que se encontrava desacordado.

* * * No Hospital * * *

Fizeram alguns exâmes no garoto até chegar em uma conclusão : ele estava em coma, e os médicos não poderiam afirmar quando o rapaz iria acordar. Wonho ficou desesperado e começou a chorar e a gritar, os médicos doparam o mesmo, só assim conseguiram manter a calma. Se passaram algumas horas e Wonho acordou, ficou pensando em quantos dias seu filho irá acordar, mas do nada veio atona o que o mesmo fizera a seu filho na noite anterior, foi aí que o mesmo entendeu o porque de Minhyuk agiu de certa forma, ele se levantou e perguntou ao médico se já poderia ver seu filho, o médico liberou a entrada o mesmo caminhou em lentos passos até chegar no quarto onde Minhyuk se localizava, ele se sentou em uma cadeira que tinha ao lado da cama pegou na mão do menor e lágrimas rolaram a solta em seu rosto.

ー M-meu... filho..me perdoe... eu só queria me declarar ーsoluçaー Para você, só que sem querer enchi a cara, e o que aconteceu... era pra ter sido de uma forma carinhosa ー  o mesmo beijou carinhosamente a mão de seu filho e saiu do quarto, foi para fora do hospital e esperou um táxi passar, quando um táxi passou o mesmo chamou-o com a mão, foi para casa e contou o que tinha acontecido para Jonnie, que ficou bastante abalada com a situação, Wonho foi até o banheiro e tomou um banho relaxante e longo, voltou para seu quarto e vestiu uma bermuda e um moletom. Depois de se vestir desceu até a cozinha e tentou comer algo porém não conseguiu, a tristeza não o deixava comer nada, voltou até seu quarto mas como sabia que não iria dormir, foi até o quarto de Minhyuk e deitou-se na cama de seu amado, pegou o lençol que o mesmo se cobria todas as noites e ficou sentindo o cheiro doce de Minhyuk. Ele adormeceu apenas sentindo o cheirinho de Minhyuk.

* * * 4 Meses depois * * *

Wonho já estava melhor, tod dia ele visitava o filho no hospital, até que certo dia ao chegar lá ele ver seu amado filho acordado, seu coração dispara, seus olhos se arregalam, e um sorriso largo desenha-se em seus lábios, ele anda em passos rápidos e abraça Minhyuk fortemente.

Minhyuk tinha se esquecido daquela noite horrível, mas ainda tinha sentimentos proibidos por seu pai, mesmo não admitindo.

ー  Minhyukkie! como eu esperei por isso!

ー  Pelo que papai?

ー  Esqueça, hm?

ー  Você vai me levar logo para casa papai?
Minhyuk estava falando que nem quando tinha 12 anos, puro e inocente, e de bom coração. Wonho sorriu e disse um singelo ''sim''.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...