História This Love Is Real? - Kim TaeHyung - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Colegial, Drama, Festa, Romance
Exibições 200
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora pelo amor de deus ksjdj, eu vou as vezes dar essas sumidas marotas, então perdão.
Desculpem qualquer erro .(~_~)

E sim, ela está na reta final, no máximo uns 6 capítulos...

Capítulo 17 - O Macarrão.


Acordei e eu estava com fome, muita fome. Olhei no despertador ao lado da cama e eram 6:47 p.m, dormi tanto assim?

Me levantei e destranquei a porta, o corredor estava escuro, mas havia barulho vindo do andar de baixo.

Desci as escadas e olhei para a sala, Baekhyun estava vendo algo e parecia estar quase dormindo.

Fui até a cozinha tentando fazer o menor barulho possível, mas como tudo não é perfeito... Ao pegar a jarra de suco de uva, eu derramei quase todo o líquido em minha blusa, mas não é apenas isso, a blusa era branca o que deixava a visão clara de meu sutiã. Aish! Meu Deus!

- Megan? - ferrou!! - Está tudo bem? - eu o olhei, a sorte é que não acendi a luz da cozinha, então estava escuro. Ele se levantou e veio na direção na cozinha.

- NÃO! - praticamente gritei. - Está tudo bem... - disse tentando não complicar mais as coisas.

Me virei de costas procurando um pano, que graças aos Deuses, estava em cima da bancada. O peguei colocando o mesmo em cima da minha blusa.

Ao me virar me deparo com Baekhyun rindo. Eu olhei para o chão na tentativa de não me envergonhar mais.

- Tem certeza que está tudo bem? - ele disse se apoiando na ilha com a mão na barriga.

- Isso não é engraçado! - falei cruzando os braços. - Minha blusa vai ficar manchada... - disse olhando a mesma, que nesse ponto já estava completamente roxa.

Ele me olhou e eu levantei as sombrancelhas. Sim, ele estava me encarando de forma estranha.

- Tira a blusa. - ele ordenou e eu apenas dei um passo para trás.

- O QUE? Você está louco? - eu disse assustada. Falando a verdade, algum homem pedir para você tirar a blusa não é algo muito confortável.

- Eu vou pegar uma blusa, calma. - ele disse levantando as mãos em forma de rendição. O mesmo se afastou e subiu as escadas.

Depois de um tempo lamentando pela minha blusa perdida, vejo Baekhyun descendo as escadas sem nada em mãos.

- E a blusa? - disse tirando o pano de minha blusa.

- An... Eu me mudei agora, e eu não tenho nenhuma roupa aqui ainda. - ele disse se sentando desviando o olhar.

- Meu Deus! - eu disse revirando os olhos. Minha vida está um caos.

Baekhyun se levantou e tirou sua camiseta. Eu apenas olhei para o chão.
Sinceramente, seu corpo era lindo. Não!!! Não pense nisso.

- Pegue. - ele estendeu sua blusa e eu, relutando, peguei a mesma.

- E você?

- Eu fico sem. - ele disse indo até a sala.

Acendi a luz e tirei minha blusa. Logo coloquei a que o mais grande me ofereceu. Que perfume bom, senhor.

Após coloca-la fui até a sala e me sentei ao seu lado.

- Precisamos conversar. - disse soltando um suspiro. Baekhyun apenas olhou para mim e assentiu. - Eu acho que fui muito rude com você hoje mais cedo. - falei olhando para minhas mãos.

Admitir algo não é tão fácil assim, mas entre perdoar e esquecer, sem dúvidas esquecer é mais difícil.

- Para ser honesto, acho que você estava certa, eu que passei dos limites. - ele disse me olhando de forma... doce?

- Enfim, vamos fazer algumas coisa para comer. - me levantei e fui acompanhada por Baekhyun. - Estou com fome. - ele pegou minha mão e fomos até a cozinha.

- Já vou avisando que não sou um bom cozinheiro. - ele disse coçando a nuca.

- Que tal um macarrão instantâneo? - disse me apoiando na bancada. Baekhyun soltou uma risada e pegou o pacote de macarrão.

- Que molho iremos fazer? - ele pegou uma chaleira e colocou água na mesma, logo colocando para esquentar.

- Não sei, tem um que eu aprendi a fazer. - falei já pegando os ingredientes.

***

Cozinhar com Baekhyun apenas de calça jeans está sendo um tarefa um pouco difícil, ainda mais quando as vezes ele me abraçava, motivo? Nenhum.

E ele estava, extremamente, certo em dizer que não sabia cozinhar. Ele era um desastre, não posso falar que eu era boa, mas eu não queimava o macarrão instantâneo.

- Não! - falei tirando Baekhyun do fogão. - Você queimou o macarrão. - falei mostrando o fundo da panela.

- Ah... Desculpa. - ele se sentou e ficou com a cabeça apoiada na mão. - Vamos sair pra jantar.

- Ok, mas eu vou assim? - apontei para a blusa do Baekhyun. O mesmo assentiu.

- Não ficou ruim em você. - ele subiu as escadas. Fiquei um breve momento pensando no macarrão queimado, eu não sei como alguém consegue fazer isso. Ele desceu vestindo um moletom e eu estranhei.

- Você disse que não tinha roupas aqui... - falei duvidando.

- O meu guarda me emprestou. - ele deu um sorriso doce e logo abriu a porta.

O caminho foi basicamente nós dois cantando música, eu poderia a qualquer momento quebrar o vidro do carro. Já Baekhyun... bom, descobri que ele, sem dificuldade, poderia se tornar cantor.

Chegamos em um restaurante que eu conhecia, ele era perto do Campus, eu costumava vir aqui com os meninos. Saudades.

Baekhyun abriu a porta para mim e nós entramos do mesmo, olhei em direção a mesa que sentavamos e lá estava ele. Taehyung, sozinho.

Baekhyun pareceu não ver. Eu poderia simplesmente correr até ele, mas Baekhyun iria preso por sequestro, assim como Yoongi e Hobi.

Eu não sei porque permaneci acompanhando ele, mas meus olhos estavam fixos em Tae.

Sentamos em uma mesa no outro lado do restaurante, fizemos nosso pedido que logo foi servido.

Comemos tudo calmamente, Taehyung permanecia no mesmo lugar. Olhei para ele mais uma vez, e sem perceber derrubo o Hashi, fazendo um certo barulho. Me abaixo e quando levanto vejo TaeHyung nos olhar.

Ele se levanta e nos olha assustado e surpreso. Eu definitivamente não sei no que ele pensou, mas ele apenas fez um "não" com a cabeça e foi embora.

Megan Off

TaeHyung On

Havia vindo no restaurante para pensar um pouco. Hoje e ontem não fui a escola, todos nós, principalmente Cassie, Jimin e eu estamos sofrendo com o desaparecimento de Megan. Eu apenas chorava, isso pode parecer estranho para uma pessoa como eu.

Na verdade eu nunca chorei por uma garota, mas ela é diferente. Ela foi fiel a mim então serei fiel a ela. Ouço um barulho de algo caindo no chão, e olho. Vejo Baekhyun sentado me olhando e Megan se levanta e logo me olha também.

Ela me traiu?

Me levantei e apenas fui embora, não acredito que ela sumiu, e me deixou preocupado para ficar com ele, o amigo do irmão dela.


Notas Finais


Foi isso! Deixem seus comentários!
(・∀・)

Minha outra fic: Stranger Things / cm Jungkook:
https://spiritfanfics.com/historia/stranger-things-6259013


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...