História This supposed to be innocent? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, V
Tags Bts, Jikook, Jimin Ativo, Jimin!top, Jungkook Passivo, Jungkook Uke, Jungkookbottom!, K-pop, Lemon, Yaoi
Visualizações 76
Palavras 1.833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Lemon, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi :>

Não tenho muito oque dizer aqui :'> então aproveitem a fic, eu acho :')))

Boa leitura ♥

~Mary🐥

Capítulo 1 - The Boy


Era o último dia em que Park Jimin, veria aquela sala maldita, bem, não gostava nem um pouco daquele lugar, e quem dirá das pessoas que ali estavam,  é apenas com uma exceção, Kim Seokjin e Kim Taehyung, eram seus únicos amigos lá, e amava eles, apenas queria mata-los quando infernavam a cabeça do garoto dizendo para que ache alguém para amar, achava isso uma perda de tempo. Enfim, se despedia dos amigos, sorrindo ao lembrar dos atos bobos dos mesmos, andava a caminho de casa quando ouve uma tremenda gritaria em uma rua não tão povoada, sabia o quão perigoso era entrar em uma rua sem ninguém às 20:45 da noite, mas no momento sua curiosidade gritava mais alto, então assim fora, entrara no lugar e se escondeu por trás de um pequeno muro, observando a porta de um prédio com a pintura gasta, a escuridão tomava conta de cada lugar do asfalto e becos, a menos a porta aberta que deixava com que a luz do lugar em que estavam iluminasse a rua. Era um homem, a voz era grossa e rouca, aparentemente por estar gritando a um bom tempo. Xingava um certo alguém, avista o certo homem sair, encolhendo-se para que o mesmo não o veja, aparentava que o "estranho" batia algo contra a parede, como se quisesse quebrar o tal, logo fechando a porta após jogar a certa coisa no chão, pra fora de sua casa. E foi bem ali, que Park se viu correndo até a "coisa" que ele havia jogado juntamente de uma mala.

Um garoto.

-v-você está b-bem?!- o acizentado diz preocupado, estava realmente com medo daquele homem assustador e enorme sair por aquela porta novamente, por isso, pega o garoto nos braços, o tirando de lá. Park não tinha mais nada na cabeça, nem um plano, nem uma fala, nem um lugar, nada, sua mente emanava um grande vazio da qual não precisava justamente naquele momento. Não sabia oque fazer, o garoto estava desacordado e cheio de ematomas pelo corpo e rosto, usava um short preto que exibia as marcas violetas e rubras pelas pernas. Podia sentir o garoto tremer, puxa então as meias que estavam abaixadas para que diminuísse o frio. Para os passos apressados e senta o garoto no banco do ponto de ônibus que ali tinha, colocando seu moletom rosa claro no mesmo com calma, tentando não o machucar pelos cortes. Quando finalmente acaba, o pega nos braços novamente, indo até a direção de sua casa. Não podia negar que estava que um enorme frio possuía seu corpo, ótimo dia para ir de regata para a escola, Park.

Um sentimento acolhedor de alívio o invade ao ver sua casa, com dificuldade pega a chave em sua mochila, abrindo a porta branca da casa. Morava sozinho e isso não o incomodava tanto, sentia-se solitário as vezes, mas sempre ligava para seu hyung e a Kim Tae, conversando com os mesmos por horas.

Coloca o garoto no sofá com delicadeza, observando melhor o ser qua até o momento desconhecia por completo. Sentou em frente ao móvel aconchegante e apoiou sua cabeça na mesa que em havia em frente ao mesmo, suspirando de alívio pelo acontecimento. A adrenalina borbulhava em seu sangue, sua respiração irregulada fazia seu peito descer e subir, fecha os olhos e suspira, na tentativa de se acalmar. O de cabelos cinzas atreve-se a chegar perto do moreno, olhando bem para as características adoráveis do mesmo.

-parece tão frágil- o mesmo diz sorrindo pequeno. Levanta sua mão em direção ao rosto do mesmo, verificando se estava quente, e céus! O garoto estava fervendo, Park levanta rapidamente, indo até a cozinha e preparando um chá quente e doce para quando o garoto acordasse, pegando remédios e colocando um pano em uma travessa com água quente.

Ouviu soluços da sala, correndo novamente até o cômodo, encontrando o garoto abraçar as pernas enquanto seu corpo tremia. A cena era realmente amarga, parecia que se tocasse no garoto poderia o quebrar.

-v-você está- fora cortado pelo susto grande do ser que ali estava, revelando seu rosto corado e molhado pelas lágrimas.

-p-por favor n-não m-me, m-machuque!- diz fazendo com que mais lágrimas grossas e rápidas caíssem de seus olhos.

-n-não! Eu não vou te machucar, eu prometo!- diz tentando parecer o mais manso possível para que não assustasse mais o menor- qual é o seu nome?

-s-sou Jeon j-jungkook- diz em meio de soluços- m-me desculpe t-ter t-te i-incomodado.

-está tudo bem, não incomodou. Oque aconteceu?- perguntara se referindo ao homem que o machucava antes, viu o garoto voltar a chorar e sentiu o desespero tomar conta de seus sentimentos-n-não chore! 

Jimin se ajoelhou em frente ao garoto ali sentado, e pegou em suas mãos, sorrindo calmo, talvez aquele contato fosse um pouco íntimo demais, mas queria confortar o garoto o máximo possível

-e-ele disse q-que eu n-não servia e-e m-me abandonou- diz ainda soluçando, menos lágrimas desciam mas mesmo assim que ainda caiam, apertava mais mais o coração quente de Park.

-não servia para quê?- diz fazendo carinho com os dedos curtos nas mãos quentes do garoto.

-p-para venda- disse baixo, fazendo o maior se assustar e arregalados os olhos.

-v-venda?!- pergunta indignado, se assustando com oque havia ouvido- ainda bem que não está mais lá- diz tentando o confortar.

-v-você me t-trouxe até aqui?- disse corando, mas se sentindo triste pelo mais velho.- me desculpe p-por t-ter que me tirar d-de lá.

-não precisa se desculpar- diz se perguntando o por que do garoto pedir tantas desculpas.- está com fome? Sono? Dor? Sede?

-n-não preciso de nada, s-senhor, obrigado- diz se curvando e tentando se levantar, mas logo cai novamente no sofá por conta da dor intensa que aumenta pelo impacto, gemendo pela ardência dos cortes e machucados.

-vou pegar algo, não saia daí- diz correndo até a cozinha, pegando a chaleira e derramando na xícara com o sachê de chá. Pega as caixas e vidros de remédio, logo se direcionando para a sala novamente. Encontrando o garoto passando as mãos nos machucados, logo tirando a mãos de lá pela tamanha ardência.

-aqui- diz colocando as coisas que havia pegado na mesa a frente do sofá- ah, e pode me chamar de Jimin.

-o-obrigado senhor Jimin- diz tentando sorrir, fazendo Park rir do apelido.

Park estande a xícara para o garoto que toma um gole, sentindo o líquido quente acalmar seu corpo, fazendo o mesmo sentir espasmos musculares.

-está melhor?- pergunta engolindo seco, recebendo um leve assentir como resposta.-oque estava acontecendo? E por que ele estava te batendo?- o garoto não sabia se poderia perguntar tão repentinamente, mas sua natureza curiosa gostaria de saber os motivos daquilo. Viu o garoto estremecer e começar a chorar, fazendo o sentimento insistente do desespero tomar conta de sua mente novamente, abrindo a boca em esperança de conseguir dizer algo que acalmasse o garoto.- não chore, por favor! E-eu não sei oque foi, mas preciso saber para te ajudar. Sei que deve ser difícil e doloroso, mas estou aqui para ajudar, me conte quando se sentir confortável para isso.

Sente seus braços formigarem, insistindo em querer abraçar o mais novo, tentando controlar-se, sabia que se fizesse tal contato poderia soar mal educado ou fazer o garoto de sentir ainda mais desconfortável.

-e-ele disse que n-ninguém nunca i-iria m-me levar- disse passando o tecido róseo pelas lágrimas, as secando- não queria das trabalho para o senhor Mindae.

O tom do garoto era baixo, como se não quisesse que ninguém escutasse suas palavras, mas fora o suficiente para que o de cabelos cinzas ouvisse, sentindo o sangue borbulhar por ver que o tal homem criou Jungkook para ser tão submisso e ainda mais para que fosse vendido para outras pessoas que -acreditava- serem mal intencionadas.

- não se culpe, aquilo que ele fez foi errado, você não tem culpa- diz vendo um pequeno sorriso brotar nos lábios vermelhos do garoto.- você morava com ele?

-sim, s-senhor Mindae disse que n-não me queria lá, e-e que rezasse para que alguém me levasse embora logo.

-v-você... - Park poderia se arrepender amargamente do que iria propor, mas o arrependimento iria ser maior se negasse- quer ficar aqui até achar um lugar para ficar?

-e-eu não posso te dar tanto trabalho senhor Jimin, acharei algum lugar pelas ruas, mas sou grato p-pelo convite- disse tentando se levantar, sendo impedido pela dor novamente.

-tudo bem, tem um quarto a mais e eu logo irei sair da faculdade, estou disposto a ajudar- disse deixando com que um sorriso dócil e acolhedor surgisse por meio de seus lábios cheios.

-e-eu, n-não.... Obrigado- disse, logo virando seu rosto para a direção de seus dedos, brincando com os mesmos.

-tudo bem- disse vendo a mala que fora jogada no chão junto com o garoto- quer tomar algum banho? Pode se sentir melhor assim.

Jeon assente devagar, logo notando Park se levantar, estendendo sua mão na direção da sua.

-eu te mostro aonde é- diz sendo correspondido pelo garoto que levanta com dificuldade, falhando, tentando novamente. Sentia suas pernas bambearem, se preparando para o impacto novamente, mas se surpreende ao sentir as mãos firmes do acizentado em sua cintura, impedindo que caísse. Park puxa o garoto para perto de si -pois poderia cair- o segurando bem. Sentia o peso em seus braços pela pouca força que tinha em no corpo do moreno. Se assusta ao sentir os braços de Jeon rodearem seu pescoço, afundando o rosto em seu peito.

-quer que eu te carregue?- pergunta sentindo a cabeça do mais novo se mover freneticamente. O pega novamente em seus braços, sobe às escadas com cuidado,, indo o banheiro. Deixa o garoto em cima da pia de mármore, pegando uma toalha branca no armário abaixo da mesma.

-aqui está- diz o entregando a toalha felpuda, deixando sua mala ao lado do batente.- tome cuidado.

Após sair do banheiro, vai até o quarto de hóspedes, logo arrumando a cama para que o garoto se deitasse após se banhar. Suspirando por tamanho esforço.

↑↓

Após ouvir a tranca do banheiro se desfazer, assustando-se enquanto termina de arrumar a cômoda do quarto. Logo vendo o garoto moreno se apoiar na porta, parecia ter um pouco menos de dificuldade.

-esta melhor agora?- pergunta, recebendo um "sim" baixo, que parecia mais um sussurro na visão do acizentado.- quer ajuda para desfazer a mala?

-e-eu não quero te a-atrapalhar, senhor Jimin- diz se curvando, logo vendo Park rir soprado, adorando aquele som, fazendo o moreno querer ouvir aquele som por todo o resto da eternidade.

-deixe de bobeira, coloque-a aqui, assim acaba mais rápido- disse batendo a mão no edredom branco, vendo o garoto colocar a mala cheia em cima da mesma.

Park desliza o zíper pela mala, assustando-se com oque havia ali.

-céus- Via dildos rosas e alguns vibradores, lubrificantes e gargantilhas, claros que lá havia roupas lá, mas aquilo era realmente estranho. Realmente achava que o garoto era inocente como aparentava, logo virando seu olhar para o mesmo.

-ah, o senhor Mindae disse que quem me levasse iria usar isso, não sei para oque servem, mas senhor Mindae disse que se eu continuassem a não entender, eu poderia valer mais- disse com um sorriso pequeno dócil nos lábios.

-A-aish!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...