História Tholari: A Nerd e O Popular - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Larissa Manoela, Thomaz Costa
Personagens Larissa Manoela, Thomaz Costa
Tags Jolari, Larissa Manoela, Mhape, Tholari, Thomaz Costa
Visualizações 114
Palavras 1.220
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura

Capítulo 20 - Mal Entendido


Fanfic / Fanfiction Tholari: A Nerd e O Popular - Capítulo 20 - Mal Entendido

LARI NARRA
Sil: Posso saber para que?
Lari: Ah mãe você sabe...para mim ér...cuidar de Thomaz.-Falei roxa de vergonha mas queria aquilo, minha mãe apenas assentiu me fazendo abrir um sorriso de orelha a orelha, seria fácil convencer Pe disso, ele ia amar a ideia de ficar sozinho com Mha.

Fui até meu quarto onde Mha e Pe estavam aos amassos.

Pe: Da próxima bate na porta.-Falou se afastando um pouco de Mha.
Lari: Este é meu quarto, lembra?-Falei ironica mas não era hora para isso.-Mas se você quiser poderá ser seu e da Mha...por algumas semanas.
Pe: Como assim? Ah....Já entendi tudo.-Mha lançou um olhar malicioso sobre mim assim como Pe.
Mha: Safada!-Falou sorrindo.
Lari: Não é nada disso que estão pensando, eu só quero...cuidar de Tho.-Tenho certeza que corei novamente, os dois riram.
Mha: Por mim tudo bem.-Falou olhando para Pe.
Pe: Por mim esta ótimo.-Enfatizou o ótimo com malicia, apenas sorri e sai dali.

Tomei um banho longo pensando seriamente em o que falar para Tho, não sei se ele haveria escutado que havia dito que o amo quando estava no hospital mas precisava saber se estava sozinha nessa ou não, vou até o quarto e pego um pijama pois já esta noite .
Já vestida vou para o quarto de Tho onde o mesmo esta jogando uma bolinha para cima.

Lari: Como esta se sentindo?-Perguntei. Tho: Bem, eu acho.-Sorriu e continuei parada ali na porta, minhas pernas simplesmente travaram.
Lari: Ér...então ta.-Estava prestes a sair dali. Tho: Nada mal.-Falou malicioso me observando da cabeça aos pés.-Andei até a cama de Pe onde iria dormir.
Lari: Eu sei.-Falei convencida e ambos acabamos rindo.
Tho: Precisamos conversar.-Falou voltando a ficar sério e nesta hora gelei, perdi totalmente a coragem de falar o que queria.
Lari: Ér...-limpei a garganta.-Estou cansada, acho melhor dormir.-Ele sorriu e assentiu.

Me deitei na cama e dormi rapidamente. Não tive coragem de lhe falar o que sentia cara a cara, acho melhor esperar ele estar melhor enquanto isso penso no que fazer. 2 meses depois...

THO NARRA
Como o estado de minha perna não havia sido tão ruim me recuperei rápido, meu atestado é valido por 5 meses que foi o máximo que acharão que seria preciso, posso afirmar que estes dois meses tem sido os piores da minha vida, todo dia a mesma coisa, acordo e passo o dia todo sozinho, Mha,Pe e Lari só chegam ao cair da noite, quase não falo mais com Lari, tenho a impressão de estar sendo evitado e isso me tortura mas não tanto quanto olhar nos olhos dela e ver que ela esta triste, mas hoje estou decidido, vou ir até a escola e acabar com este pesadelo. Acordei as 11:30, tomei um longo banho pensando no que iria fazer, voltei para o quarto, coloquei minhas roupas e um perfume.
Peguei as chaves do meu novo carro já que não poderia mais andar de moto depois do acidente e fui rumo a escola. Assim que chego avisto Lari sentada sozinha com o olhar para o chão, ela esta de fones, um pouco mais longe dela esta Mha e Pe se agarrando, nenhum deles me viu o que era bom, fui na diretoria falando que voltaria a estudar amanhã mesmo e que já poderiam deixar o atestado de lado. Sai de la e sem querer esbarro em alguém, João.

Jo: Foi mal...-Ele me encarou ao perceber quem era.-Eai, como você esta? Fiquei sabendo que se acidentou.
Tho: Como você pode ver estou mais que bem.-Falei grosseiro, não tinha o menor respeito por ele depois de fazer Lari sofrer.
Jo: Precisamos acertar umas coisas.-Falou e já sabia do que se referia, por um momento achei que fossemos brigar.-Antes de qualquer coisa eu e Lari já nos acertamos, aquilo que Anna havia falado era justamente para afeta-la mas nem mesmo eu sabia, fui enganado como ela.-Acertado? Como assim?
Tho: Se acertaram?-Perguntei um pouco desapontado.
Jo: Sim, somos amigos...até por que o coração dela já tem um dono.-Falou me lançando um olhar sincero e só então me dei conta de que o dono sou eu.
Tho: Ela esta namorando?-Perguntei só para ter certeza.
Jo: Agora que somos amigos ela se abriu totalmente comigo, ela chora quase todos os dias por te amar e achar que você não sente o mesmo.- Embora não viesse diretamente de Lari minha felicidade era maior que qualquer coisa.
Tho: Hora de concertar meus erros, amigos?-Estendi a mão para ele e o mesmo apertou minha mão.

Nos despedimos e continuei com o que pretendia, fui em direção a Lari mas alguém me abraça por trás.

Anna: Amorzinho, você esta bem?-Perguntou manhosa enquanto Lari nos encarava, sério? Só agora ela me vê?
Tho: Anna eu não sou seu ''amorzinho''.-Falei frio mas a mesma parecia não entender.
Anna: Vamos esquecer tudo, vamos recomeçar.-Falou alegre, o que ela esta pensando? Afastei-a de mim.
Tho: Não vamos esquecer nada, não tem recomeço, acabou será que da para entender? ACABOU.-Enfatizei e a mesma ficou chorosa, pouco me importei e sai dali mas Lari já não estava mais.

Mas que droga! Quando parece que as coisas vão se acertar ficam pior que imaginei.

LARI NARRA
Depois de um longo dia e uma cena daquelas preciso de um descanso. Fui para casa, assim que cheguei fui barrada por Mha.

Mha: O que aconteceu hoje?
Lari: Do que esta falando?-Realmente não entendi.
Mha:Tho esta todo nervoso achando que você o evita e que esta brava com ele.-Sorri ao saber.
Lari: Na verdade estava até pensando em parabeniza-lo pelo fora que deu em Anna. Mha: Parece ter um mal entendido por aqui.-Falou desconfiada e voltou para os braços de pedro.

Fui para a cozinha e me deparei com Tia lu me encarando assim que entrei.

Lu: Precisamos conversar.-Falou séria. Lari:Tho esta bem?-Foi a única coisa que me veio a cabeça, ela sorriu.
Lu: Você e Tho tem que parar com isso, todo mundo já percebeu que vocês são apaixonados um pelo outro mas não tomam atitude alguma.-Me sentei logo a sua frente séria.
Lari: Apaixonada? Não. Eu amo seu filho mais que qualquer pessoa.-Resolvi me abrir com ela.
Lu: Então faça algo, esses dias peguei Tho chorando sozinho observando uma foto sua e você sabe como Tho é, orgulhoso...Não vai correr atras de você para sempre.-Admito que um sorriso surgiu em meu rosto.
Lari: Tem razão, muito obrigada.-Falei depositando um beijo em sua testa.

Subo e vou direto para o banheiro, tomo um longo banho para relaxar e ao sair percebo que não havia pego minhas roupas, abro a porta do banheiro silenciosamente para verificar se há alguém ali e por sorte esta tudo limpo. Vou até a porta de meu quarto e quando aperto a maçaneta para abri-la percebo que esta trancada ouço aluns ruídos seguidos de gemidos...Era tudo que eu precisava, ficar trancada fora de meu próprio quarto e ainda por cima pelada. Derrepente ouço barulho de porta e um perfume bastante conhecido invade meu ar.

Tho: Quem me dera sair todos os dias do quarto e me deparar com esta visão.-Droga!
Lari: Não se preocupe, esta é a primeira e a ultima.-Sorri ironicamente me virando para ele que me prensou contra a parede. Tho: Ta ligada que se eu puxar aqui a toalha já era.-Falou pondo suas mãos onde segurava a toalha.

Notas Finais


...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...