História Three Element - Capítulo 102


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Ed Sheeran, Fifth Harmony, Little Mix, One Direction
Personagens Ally Brooke, Calum Hood, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Ed Sheeran, Harry Styles, Jade Thirlwall, Jesy Nelson, Lauren Jauregui, Leigh-Anne Pinnock, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Normani Hamilton, Perrie Edwards, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Larry, Lashton, Niall Girl, Romance
Exibições 53
Palavras 570
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 102 - Epílogo


3 anos depois

Aqui estou eu em Londres, eu consegui minha bolsa na faculdade de artes e agora eu sou professora em uma escolhinha no centro de Londres. Nunca encontrei nenhum dos meninos, na verdade não conheço quase ninguém, apenas meus companheiros de trabalho e os pais das crianças. 

Hoje seria um dia especial na escola, com o natal chegando a escola sempre faz um passeio com os pequenos. Iriamos para London Eye e depois iriamos ver Big Ben, todos estavam bem animados, as crianças só falavam disso por semanas. 

—Professora Rafa? – Sophia, uma das minhas alunas, me chamou. 

–Sim, sweet! 

—A gente pode tomar sorvete? – ruivinha tombou a cabeça para o lado, fazendo bico. Golpe baixo.

—Vamos ver o que eu posso fazer, ok? – sorri, afagando seus cabelos. —Ok crianças, todos em filas, nada de aceitar coisas de estranhos, ou sair de perto do grupo, não soltem a corda, certo? – olhei para todos que gritaram um "sim" todos juntos. –Certo, vamos lá, minhas pipocas! 

Seguimos para fora do ônibus escolar e fomos todos juntos até a fila da London Eye, eu olhava atenta para todas as crianças junto com o motorista do ônibus, estava tudo normal, quando chegou a nossa vez de entrar eu fiquei contando as crianças, e logo estavam todos na cabine admirando Londres.

—Professora! – Jonathan chamou. –Olha, olha! – aprontou para o arco íris no céu. – Mamãe falava que isso é uma aliança da união de Deus e o homem! – sussurrou para mim. E mesmo que eu já soubesse dessa história, eu demonstro surpresa.

—É mesmo? – olhei para o arco íris e depois para o garotinho ao meu lado. –Posso te contar uma coisa? Mas é segredo viu? – me agachei ao seu lado, estendendo meu dedinho para ele que sorriu e juntou nossos dedos. – Minha mãe também falava isso para mim! 

Quando descemos para irmos para o Big Ben, eu estava olhando as crenças e percebi que faltava um, olhei em volta a procura de Louisa, já estava me desesperando.

—Robin, cuida das crianças, eu vou procurar a Lou! 

—Vai lá, eu cuido deles! – assegurou e eu corri olhando em volta.

—LOUISA! – gritei chamando atenção de algumas pessoas ali. – Moça, você viu uma menininha morena, olhos verdes ela estava com um uniforme escolar e um casaco grosso roxo? – perguntei para um mulher que estava ali, ela balançou a cabeça em forma negativa, agradeci e fui atrás da minha aluna. – Louisa! – chamei mais uma vez, eu não posso perder uma aluna, eu não posso.

—TIA RAFA! – escutei a voz fina dela e suspirei aliviada. Corri até a menina a abraçando forte.

—O que eu falei sobre não soltar a corda e ficar sempre perto do grupo? 

—Desculpa, eu estava com fome! – abaixou a cabeça.

 —Ok, vamos parar para fazer um lanche e depois continuamos o passeio ta bom! – olhei para cima, encontrando um par de olhos azuis em mim, meu sangue congelou e minhas pernas ficaram bambas. Eu não acredito! – Obrigada – gaguejei e ele sorriu. Maldito sorriso.

 —Tudo bem, eu encontrei ela na frente de uma lanchonete! Creio que seja sua sobrinha!

—Não, não! Sou apenas a professora! – sorri, acariciando o cabelo dela. – Ok, Lou, vamos lá com os outros avisar que vamos comer! Obrigada mais uma vez.

—Certo... – ele olhou para mim esperando eu falar meu nome.

—Rafaela Soarea, prazer – sorri, estendendo minha mão para ele.

 —Niall Horan! – Sorriu mais uma vez, apertando minha mão. –O prazer foi todo meu! – beijou as costas da minha mão.

—Até mais, Horan!




 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...