História Three months with you - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Personagens Originais, Romance, Shawn Mendes
Exibições 35
Palavras 3.425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente voltei!Estou muito feliz com os comentarios de vcs viu?Continuem assim e se tiver algum fantasminha,apareçaaaa!!!!
Espero que gostem do cap!❤

Capítulo 4 - A day with you


Fanfic / Fanfiction Three months with you - Capítulo 4 - A day with you

 

                      Rose

 

No dia seguinte eu acordei cedo me sentindo um lixo,mesmo assim fui tomar meu café e forcei meu melhor sorriso para Shawn 

 

-Volta que horas da universidade?

 

Minha mãe perguntou sem me olhar 

 

-Não sei,vou falar com a Emma,talvez só a noite 

-Volte para o jantar,vamos ter visitas 

 

Ela disse e se levantou saindo da mesa 

 

-Vamos?

 

Meu pai perguntou 

 

-Vamos 

 

Ela disse e o beijou saindo

 

-Mike,será que pode me dar uma carona?Minha mãe pediu para eu ir em casa conferir o alarme,só agora meu pai disse que não lembra de ter acionado 

 

Shawn pediu 

 

-Eu tenho uma reunião em vinte minutos,até irmos lá...Já sei,pega o carro da Rose,e só deixa-la na universidade e aí você usa ele,pode ser,filha?

 

Meu pai perguntou 

 

-Claro,sem problemas 

 

Eu disse sorrindo

 

-Obrigado 

 

Shawn disse e meu pai se levantou 

 

-Vamos,Avery,vejo vocês a noite 

 

Ele disse e saiu,eu suspirei mais alto do que queria 

 

-Se você tiver algum problema eu posso descobrir um ponto de ônibus e...

 

Ele disse parecendo constrangido por ter pedido o favor 

 

-Não imagina,eu estou nervosa com a reunião mas não tem problema nenhum,de verdade 

 

Eu disse e apertei sua mão me levantando 

 

-Vou só escovar os dentes e podemos ir 

 

Eu completei e ele assentiu sorrindo. Quando saímos de casa eu estava mais nervosa do que nunca com as fotos

 

-Eu dirijo,sou seu motorista hoje 

 

Ele disse cordial porém em tom de brincadeira 

 

-Sra. Jones 

 

Ele disse abrindo a porta e esticando a mão para mim 

 

-Agradecida,Sr. Mendes 

 

Eu disse no mesmo tom que ele e rimos juntos 

 

-Voce está bem?

 

Ele perguntou depois de alguns instantes no carro 

 

-Com medo 

-Vai dar tudo certo,mas eu estava perguntando além das fotos 

 

Ele disse sem tirar os olhos do trânsito 

 

-Vire a direita - eu indiquei antes de responder - o clima está evidente em casa não é? 

-Um pouco 

-Tem irmãos?

-Uma. De quatorze anos 

 

Ele falou estranhando a pergunta 

 

-Nunca deixe seus pai terem mais uma,ela vai causar problemas 

 

Eu disse sorrindo mas ele não fez o mesmo e me olhou por um instante 

 

-Você não causa problemas,eu não sei o que aconteceu mas todo mundo pode errar certo?

-Acho que sim,só queria...Não ter errado entende  

-É errando que se aprende,vai por mim 

 

Ele disse sincero como se o conselho valesse para ele também 

 

-Obrigada 

 

Eu disse e ele parou em frente a faculdade 

 

-Por isso?Tenho certeza que passei em um farol vermelho e te dei uma multa 

 

Ele disse com humor 

 

-Um conselho por uma multa,me parece justo 

 

Eu disse e peguei minha bolsa 

 

-Que horas eu te pego?

-Ah não precisa,vá para casa e eu pego um táxi,qualquer coisa me liga 

-Não tenho seu número

 

Ele disse e eu peguei um papel anotando meu número nele 

 

-Agora tem,vá descansar,até de noite 

 

Eu disse e sorri saindo do carro. Quando eu cheguei na porta do reitor Logan já me esperava 

 

-Oi,quase se atrasou 

-Sai tarde de casa 

-Você mora à vinte minutos e ainda se atrasa

 

Ele disse sorrindo e eu sorri forçado 

 

-O que houve?

 

Ele perguntou 

 

-Nada,só estou nervosa 

 

Eu menti e ele assentiu desconfiado 

 

-Logan,Rose,entrem 

 

O reitor disse e nós entramos nos sentando 

 

-Tenho uma boa e uma má notícia. A boa é que eles gostaram a má é que vocês vão ter muito trabalho!A exposição é de vocês 

 

Ele disse e eu não pude evitar de sorrir 

 

-Obrigada,Sr. Zelguer 

 

Eu agradeci e Logan também passando os braços pelo meu ombro e me apertando levemente antes de soltar. Ele nos deu diversos detalhes da exposição,começaríamos a organizar semana que vem,60% dos lucros eram nossos,25% meu e 35% do Logan,já que ele fez um pouco mais do que eu. Quando saímos da sala do reitor Logan me puxou para um abraço apertado me levantando do chão 

 

-Obrigada,Rose 

-Ganhamos isso graças à você 

 

Eu disse e ele beijou meu rosto me colocando no chão,eu me afastei 

 

-Tenho que ir para casa,quer carona ou está de carro?

-Vou falar com a Emma,mas obrigada 

-Imagina,te vejo segunda?

-Sim 

 

Eu disse animada e ele beijou minha testa. eu corri até a biblioteca o mais rápido que meus saltos e a saia rodada permitiam,assim que entrei num rompante recebi olhares reprovadores mas não liguei e fui assim trás de Emms 

 

-Promete que vai ir ver?

 

Eu perguntei abraçando suas costas 

 

-Você conseguiu?

-Sim!

 

Eu disse e ela me abraçou pulando junto comigo enquanto dávamos gritinhos 

 

-Silêncio!

 

Dona Gertrudes disse e nos calamos reprimindo um riso 

 

-Você é brilhante,Rose Jones!

-Obrigada,Emmaline King!

 

Eu agradeci fazendo uma reverência 

 

-O que vai fazer hoje?Vamos sair?

-Sinto muito,tenho prova de biologia de microrganismos amanhã 

 

Ela disse jogando o livro na mesa 

 

-Tem dez minutos?

-Nope!Mas posso ser toda sua amanhã

-Te pego aqui 

-E aí você finalmente me conta tudo 

-Tenho tantas coisas para te contar 

-Problemas?

-Não,nada demais 

-Excelente!Agora leve sua bunda magrela e desocupada para longe dos meus livros 

-Que rude!

-Eu te amo,mas...

-Blá Blá Blá "sou uma genia"

 

Eu disse com desdém e sorri

 

-Te amo,até amanhã,boa sorte na prova 

 

Eu disse e beijei sua cabeça saindo dali. Eu fui até meu armário pegar umas anotações e checar umas coisas na tesouraria,depois tomei um lanche na cantina e olhei as horas.

Três da tarde.

Não queria ir para casa mas mesmo assim estava ligando para o táxi quando vi meu carro parado,o vidro estava meio aberto e eu vi Shawn dormindo com a cabeça jogada para trás 

 

-Vai pegar um resfriado 

 

Eu disse me encostando na janela o assustando 

 

-Quase me matou do coração,Rose!

-O que está fazendo aqui com a janela aberta?

-É um ótimo lugar para uma soneca,mentira,é péssimo,vim te buscar 

-Há quanto tempo está aí? 

-Umas horas,o café da frente é péssimo 

-Eu sei

-Entre,vou te levar para casa 

 

Ele disse e eu entrei no carro 

 

-Como foi?

-Conseguimos 

-Sério?

-Uhum 

 

Eu disse feliz 

 

-Posso?

 

Ele disse se referindo à um abraço mas eu apenas o abracei 

 

-Parabéns,Rose 

-Sua casa estava trancada?

-Sim,mas um guaxinim me atacou do lado de fora 

 

Eu não pude evitar de rir 

 

-Você tá bem?

-Sim,mas as levei um susto 

-Vire ali

 

Eu disse e ele virou 

 

-Sua casa é para lá

-Pensei que podíamos ir comemorar que eu consegui e que ninguém roubou sua casa 

 

Eu falei dando de ombros 

 

-Aonde vamos?

-Te levei no café,sua vez de me surpreender 

-Não sou muito surpreendente

 

Ele disse 

 

-Mas sei um lugar que você vai gostar

 

Ele completou pegando a avenida principal 

 

-Te pesquisei no Google 

 

Eu disse e ele me olhou assustado 

 

-Está brincando?

-Não 

-Meu Deus!O que você achou?Muito ruim 

-Bom,você tem um caso com o Nick Jonas e o tmz era obcecado por você e pela Aubrey 

 

Quando eu disse esse nome o sorriso é um seu rosto morreu 

 

-Audrey 

 

Ele me corrigiu 

 

-Desculpa,não sabia que era um assunto delicado 

-Audrey não é um assunto na minha vida,não mais 

 

Ele disse em depois de uns segundos de silêncio completou 

 

-O Nick Jonas é sério 

 

Ele falou com humor e eu ri

 

-Claro que sim,quem resistiria a ele 

 

Eu disse e Shawn estacionou o carro 

 

-Aquário de Toronto 

 

Ele disse e eu não segurei um sorriso 

 

-Como você...?

-Seu pai me disse 

 

Ele falou e eu sorri 

 

-Adoro esse lugar!Vamos 

 

Eu disse me sentindo uma criança

 

-Nunca vim aqui 

 

Shawn falou quando entramos 

 

-Nunca?

-Não 

-Como não?Eu vim três vezes com a escola 

 

Eu disse surpresa e ele riu

 

-Bom,então me guie por aí 

 

Ele disse e eu segurei seu braço 

 

-Vamos ver os crocodilos  

 

Eu chamei ele e o arrastei pelo local. Quando já estávamos nos pinguins começamos a falar de algo que não fosse os bichos 

 

-Você me pesquisou no Google mas eu não tenho essa opção,isso é injusto 

-Quer saber alguma coisa?

-Na verdade sim 

-Pode perguntar 

 

 

Eu disse e ele desviou os olhos dos pinguins para mim,eu fiz o mesmo 

 

-Último ex namorado?

-Hugo Fitzgerald 

-Uma polêmica sobre vocês?

 

Ele disse com um microfone imaginário 

 

-Os boatos dizem que ele me cansava 

-São verdadeiros?

-Sim 

 

Eu disse rindo e ele me acompanhou 

 

-Por que?

-Me sentia uma mulher cansada de cinquenta anos ao lado dele,e estávamos juntos só a quase dois anos 

-E seus pais?

-Minha mãe adorava o Hugo,meu pai odiava

 

Eu fiquei morrendo de curiosidade para perguntar sobre a Audrey

 

-Quer perguntar algo?

 

Ele disse 

 

-Não

-Ficou quieta derrepente 

-Se você não quiser falar não precisa mas,bateu nela?

 

Eu perguntei esperando que ele entendesse 

 

-Não,nunca 

-Certo 

-Acredita nisso?

-Acredito,você não teria porque mentir para mim 

 

Eu disse e ele sorriu apoiando as costas no aquário assim como eu 

 

-Acho que deveríamos voltar não?

-Não podemos passar a noite aqui? 

-Talvez se nos escondermos com as cobras ninguém nos veja 

-Ou com os coalas

 

Eu sugeri sorrindo também 

 

-O Aquário fechará em dez minutos 

 

Uma voz mecânica ecoou nos alertando que deveríamos ir 

 

-Vamos 

 

Eu disse e enquanto andávamos nossas mãos se encostavam me dando vontade de segurar a sua logo de uma vez,fiquei surpresa quando Shawn segurou minha mão calmamente,ele não me olhou mas eu vi um pequeno sorriso brotar em seu rosto. O caminho até minha casa foi tranquilo,nós cantarolavamos baixo as músicas do rádio e o clima era leve,porém assim que o paramos o carro vi outro estacionado

 

-Acho que a visita da sua mãe chegou 

-É o Hugo 

-Aquele...

-Sim

 

Eu disse fervendo de raiva 

 

-Por que ela fez isso?

-A minha mãe tem uma esperança admirável 

 

Eu falei e respirei fundo 

 

-Ainda podemos dormir com os coalas 

 

Ele disse baixo no meu ouvido se inclinando para observar a porta como eu fazia 

 

-Você vai adorar ele 

 

Eu sorri e disse irônica saindo do carro,Shawn saiu em seguida me jogando a chave 

 

-Obrigada por emprestar

-Sempre que precisar,Sr. Mendes 

 

Eu disse e abri a porta. Hugo e minha mãe conversavam animadamente enquanto meu pai fazia cara feia,Avery ajudava Max num jogo no chão e Ethan lia uma revista 

 

-Boa noite 

-Isso são horas de voltar,Rose?

 

Minha mãe perguntou 

 

-Disse que não tinha hora 

 

Eu respondi

 

-Hugo veio nos visitar 

-Percebi 

 

Eu falei sorrindo 

 

-A casa estava em ordem,Shawn?

 

Meu pai perguntou

 

-Sim,tudo certo 

 

Ele respondeu 

 

-Hugo,esse é o Shawn,um amigo do Mike 

 

Minha mãe apresentou os dois parando a nossa frente 

 

-Prazer,já ouvi suas músicas,são boas 

-Obrigado,tenho um ótimo produtor 

 

Ele disse e eu sorri 

 

-Estava com saudade,Rose 

 

Ele disse me abraçando 

 

-É...eu também 

 

Eu disse me sentindo sufocada 

 

-Conseguiram?

 

Ethan perguntou do sofá e meu pai me olhou ansioso

 

-Sim,começamos segunda 

 

Eu disse animada e fui até eles 

 

-Vai estar na galeria?

 

Max perguntou feliz pulando na minha frente 

 

-Uhum,vai me ver?

-Vou!

 

Ele disse e pulou no meu colo com as pernas ao redor de mim 

 

-Parabéns,filha 

 

Meu pai falou me abraçando e Ethan fez o mesmo beijando minha testa 

 

-Parabéns,Rose,não estou surpresa,já sabia que iria conseguir 

 

Avery disse e sorriu levemente,não consegui evitar de retribuir mesmo com um pouco de raiva dela 

 

-Estou feliz,filha 

 

Minha mãe disse 

 

-Eu também estou 

 

Eu disse e Max sorriu para alguém atrás de mim. Era Shawn,claro 

 

-Como foi a viagem,querida?

 

Hugo perguntou com aquele apelido que eu não gostava 

 

-Foi boa

-Se divertiu?

-Sim,como foi seu ano?

-Meio tedioso sem você 

 

Ele disse e Max fez uma careta 

 

-Você foi pegar a minha professora de música na escola sexta passada 

 

Ele falou no meu colo 

 

-Sou amigo da Jessica 

 

Ele disse constrangido 

 

-O nome dela é Jennifer 

 

Max corrigiu e Ethan riu 

 

-Já chega,Max,não é da sua conta

 

Ethan o repreendeu segurando o riso 

 

-Imagina,Ethan,adoro a sinceridade do Max 

 

Hugo falou simpático 

 

-Eu não gosto de você 

 

Max disse do meu colo 

 

-Certo,mocinho,que tal lavar as mãos para o jantar 

 

Eu disse e ele assentiu indo até o banheiro 

 

-Vocês demoraram,onde foram?

 

Ethan perguntou fechando a revista 

 

-No aquário 

 

Eu disse e meu pai sorriu 

 

-Quinta vez 

 

Ele contou 

 

-Gostou de lá Shawn?

-Sim,tive uma ótima guia

 

Shawn disse respondendo meu pai. Se tu minhas bochechas corarem e o olhar de Hugo queimar sobre mim 

 

-Vamos jantar?

 

Minha mãe perguntou e todos assentiram.

A mesa era uma mistura de conversas,mas eu evitava ao máximo que a minha com Shawn se misturasse com a de Hugo 

 

-Vocês ainda poderiam sair,como amigos,não acha,Rose?

 

Minha mãe perguntou 

 

-Hugo é ocupado,sabe disso,mãe 

 

Eu disse fugindo do convite 

 

-Tenho um horário livre à sexta 

 

Hugo falou bebendo um gole do vinho 

 

-Tenho um compromisso 

 

Eu disse 

 

-Tem?

-Sim

-Qual?

-Não que seja da sua conta mas...Vou sair com o...Shawn,não é?

 

Eu perguntei pedindo apoio e ele engoliu a comida 

 

-Sim,vamos ao cinema,certo?

 

Ele disse e eu percebi que o convite era real 

 

-Certo. 

 

Eu respondi sorrindo 

 

-Desculpa,eu e o Joey achamos que poderia ser uma boa,um passeio entre amigos 

-Joey?Joey Oliver?Aquele Joey?

 

Eu perguntei rápido e ele assentiu 

 

-Estamos saindo à uns dias 

 

Minha mãe engasgou com o vinho e eu fiz o mesmo 

 

-Saindo tipo um casal?

 

Max perguntou 

 

-Sim 

 

Hugo falou calmo 

 

-Ah não,vocês não sabiam?

 

Ele disse se tocando 

 

-Não,mas gostei da novidade 

 

Meu pai disse abrindo um sorriso 

 

-Obrigado pelo apoio,Sr. Jones 

 

Ele disse sorrindo também. O jantar seguiu normal e assim que ele foi embora,depois de um monte de papo chato,Avery se pronunciou 

 

-Não podemos negar que Joey é mais interessante e gostoso que a Rose 

-Realmente não podemos 

 

Eu concordei bebendo um gole do vinho 

 

-Parece desapontada,mãe

 

Eu falei debochada 

 

-Continuo achando ele incrível,só que agora desejo que você fosse um garoto 

 

Ela disse 

 

-Eu não!Pelo amor,Jane,Hugo era péssimo 

 

Meu pai falou 

 

-Discordo,é um ótimo rapaz 

 

Ela disse e eu vi Shawn sorrir

 

"Sinto muito por você"

 

Ele falou, irônico,somente movendo os lábios 

 

"Minha alma chora"

 

Eu respondi da mesma forma 

 

-Bom,vou dormir que amanhã tenho coisas importantes para fazer 

 

Avery falou 

 

-Tirar o atraso? 

 

Ethan perguntou e ela jogou uma almofada nele 

 

-Respeito,Ethan

 

Minha mãe repreendeu 

 

-Que atraso?

 

Max perguntou 

 

-Sabe o que é,Max,faz uma eternidade que sua Tia Avery não come jujubas,por isso ela está assim 

 

Eu disse e ele assentiu como se aquilo fizesse total sentido 

 

-Por que não cuidam da vida de vocês,intrometidos!

 

Ela disse forçando um sorriso falso e subiu 

 

-Não perca a oportunidade de fazer isso com a sua irmã quando ela crescer,cara,é muito engraçado 

 

Ethan disse para Shawn 

 

-Vou agradecer se ela for encalhada 

 

Ele respondeu sentando no sofá

 

-Eu também pensava isso,até elas crescerem,bom,as te gora que eu já ri da mamãe tentando empurrar o ex namorado gay de volta para Rose e da solidão da Avery,vou embora 

-Chegue mais cedo amanhã 

 

Meu pai pediu para Etha que assentiu 

 

-Diga Tchau,Max 

 

E ler falou e Max se despediu de todos 

 

-Até mais,gente 

 

Ethan falou 

 

-Vou subir,vão ficar por aí?

 

Meu pai perguntou e eu e Shawn assentimos 

 

-Vou subir também,boa noite queridos 

 

Minha mãe disse e beijou nossas testas antes de subir. Depois que ouvimos a porta bater caímos na risada 

 

-Shiu 

 

Eu disse colocando o dedo nos lábios dele quando ele riu alto demais 

 

-Viu a cara dela?

-Foi a melhor coisa que já vi 

-Se livrou dele 

-Graças ao Joey!

-Louvado seja o Joey

 

Ele disse e eu ri baixo 

 

-Mesmo assim ele ainda parece chato 

 

Shawn disse 

 

-Olha de um jeito estranho,superior ou sei lá o que 

 

Ele completou fazendo uma careta engraçada no processo 

 

-Eu sei,sinto muito por esse jantar 

-O que?Não sinta!Foi engraçado,quase ri umas seis vezes 

 

Ele disse animado 

 

-Quer ver um filme?

 

Eu perguntei e ele assentiu. Depois de escolher "Amor e outras drogas" nos ajeitamos no mesmo sofá e começamos a assistir porém depois de um tempo senti meus olhos pesarem.

 

 

Eu acordei com a cabeça de Shawn apoiada no meu peito,minhas pernas estavam uma no seu colo e outra atrás de seu corpo o prendendo entre elas,suas mãos estavam pousadas em mim e as minhas enroscadas em seu cabelo,ele ressonava baixo e eu passei um bom tempo pensando se levantava ou não,por fim decidi levantar. Eu tentei me mover sem acorda-lo mas ele apenas resmungou e se acomodou melhor sobre mim 

 

-Shawn...

 

Eu chamei 

 

-Hum

-Só deixe eu..

 

Eu tentei mas ele não teve reação 

 

-Shawn 

 

Eu chamei e ele abriu os olhos me olhando 

 

-Que horas são?

-Não sei,mas acho que todos já foram 

 

Eu disse e ele se jogou sobre mim 

 

-Quer levantar?

 

Ele perguntou com a voz grossa e eu me estiquei 

 

-Não sei 

 

Eu disse e meu celular tocou 

 

-Alô 

 

Eu atendi depois de me esticar e alcança-lo

 

-Sou eu,Roselina 

 

Rob disse animado do outro lado 

 

-Tá cedo...

-Eu sei,por isso vou dar um aviso,você,eu,Emms,Kyle,Poppy,Violet,Yanna e o incrível babava do namorado dela,hoje a noite,no Black Doors,se prepare para voltar trocando as pernas,vadia! 

 

Ele disse 

 

-OK

 

Eu disse sorrindo 

 

-Às dez,Beijo, senti saudade 

 

Ele disse e desligou

 

-Algo sério? 

-Nope 

 

Eu disse e ele se levantou,se espreguiçando e mostrando o começo de sua barriga que possuía alguns pelinhos,bendito caminho do inferno,eu pensei e ele me encarou,eu me levantei vermelha 

 

-Vou me trocar

-É...eu também 

 

Quando eu entrei no quarto tomei um banho e coloquei uma calça de moletom larguinha cinza com uma regata colada preta que mostrava um pouco da barriga 

 

"Posso levar o Shawn hoje à noite?"

 

Eu mandei para Emma e ela logo respondeu 

 

"Seu namorado Shawn?"

 

Eu revirei os olhos sorrindo 

 

"Meu amigo Shawn"

"Ótimo,traga seu """"amigo"""" Shawn"

"Tão engraçada....te vejo mais tarde"

"Xoxo"

"Bjs"

 

Eu respondi e encerrei a conversa

 

-Tenho uma nova programação hoje

 

Eu disse para Shawn quando sentei na mesa do café com ele 

 

-Qual?

-Black Doors com os meus amigos 

-Black Doors?

-Uhum,um bar

-Seus amigos não vão se importar?

-Claro que não,mas não precisa ir se não quiser 

-Se não for atrapalhar eu quero 

-Então você vai

-Que horas?

-Às dez 

-Certo

 

Ele disse sorrindo 

 

-Viu o filme até onde ontem?

 

Ele perguntou 

 

-Não sei,mas não fui longe e você? 

-Vi você dormir e cai no sono um pouco depois,inicialmente eu não te usei de cama,juro!

 

Ele disse levantando as mãos e eu sorri 

 

-Está me devendo um apoio para cochilo agora

-Adoraria pagar 

 

Ele disse bebendo o suco e eu sorri 

 

-Você me paga hoje à noite 

-Combinado,quando voltarmos sou todo seu 

 

Ele disse e eu sorri para ele.

Depois do café nos sentamos no chão e eu pedi para ver as músicas dele 

 

-Qual sua favorita?

 

Eu perguntei 

 

-Das minhas?

-Uhum 

-Essa 

 

Ele disse e colocou uma delas 

 

-Qual sua música favorita?

 

Eu peguei meu celular e entreguei para ele na música com o fone 

 

-The Cranberries?Você não parece rockeira

 

Ele disse e eu quase confundi sua voz real com a da música 

 

-Só gosto dessa para falar a verdade 

 

Eu disse 

 

-Também adoro essa música,mas a minha preferida de verdade é essa 

 

Ele disse e colocou outra em seu celular 

 

-Ed Sheeran é meu cantor favorito

 

Eu disse ao ouvir o som de Thinking out loud 

 

-Ele é incrível,queria ter escrito isso

 

Ele disse ainda ouvindo minha música no celular

 

-O que eu perdi na música esse último ano?

-Quer um resumo?

-Por favor 

-Isso vai ser divertido 

 

Ele disse e se aproximou tirando meus fones e o dele.

Passamos horas com ele me contando todas as novidades da música e dos filmes enquanto ouvíamos diversas canções,Closer foi a minha preferida e eu anotei o nome de várias. Nós paramos para almoçar e fomos maratona The walking dead

 

-Por que eu não me rendi à isso antes?

 

Ele disse sem tirar os olhos da TV

 

-É incrível! Eu quero saber o que aconteceu na sexta temporada

-Ouvi dizer que quem morreu foi o...

-Não diga

 

Eu falei tampando sua boca 

 

-Por favor,sem spoilers

-Vou ser legal só porque você me apresentou a série 

 

Ele disse e nós continuamos a ver estávamos na segunda temporada quando todos chegaram 

 

-Crianças 

 

Meu pai chamou 

 

-Oi pai 

 

Eu disse indo até ele 

 

-Oi,passaram bem o dia?

-Sim,e vamos sair agora tá

-Aonde?

-Black Doors 

-Sozinhos?

 

Avery perguntou franzindo o venho 

 

-Não,com Emms e as meninas

-OK, só não voltem muito tarde 

 

Meu pai disse 

 

-Que horas vocês vão? 

-Às dez

-Conhecendo bem você,já deveria estar no banho 

 

Minha mãe disse e eu vi que já era oito e meia

 

-Você está certa 

 

Eu disse e subi as escadas 

 

-Vou me arrumar também porque...

-Ele demora vinte dias só para escolher a calça,e são todas iguais 

-Assim você quebra o coração das minhas calças 

 

Eu ouvi Shawn e meu pai falando antes de ouvir seus passos na escada 

 

-"Coração das calças"?Sério? 

 

Eu perguntei 

 

-Ei!Não ofenda as calças 

 

Ele disse sério e entrou no quarto,eu ri e fiz o mesmo.

 

 


Notas Finais


O que acharam?
Espero que tenham gostado!Comentem babys 🌼❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...