História Three sisters - BTS - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Taehyung
Visualizações 23
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Tpm


Fanfic / Fanfiction Three sisters - BTS - Capítulo 32 - Tpm

- Ai desculpa, quer que eu saia ? - Tae disse ainda na porta do banheiro.

- O QUE VOCÊ ACHA ? 

- Que eu não devo sair. 

- Tá achando errado. - Pego rápido uma toalha e me cubro.

- Af, já acabou ?

- Não sabia que você era tão tarado. - Digo empurrando ele e saindo do banheiro.

-Eu não sou. - Ele veio atrás de mim.

- O que você tá fazendo aqui ainda ? - Vou para meu guarda roupa e pego minhas roupas.

- Não posso ficar no quarto da minha futura mulher ?

- Não.

- Ainda não. - Ele me corrigiu e se aproximou de mim. Me deu um selinho e sorriu. 

- Posso trocar de roupa agora ? 

- Claro. - Ele foi para minha cama e sentou cruzando as pernas, depois ficou me encarando com a mão no queixo.

- O bichinho, precisa de tratamento. - Me tranquei no banheiro e me vesti, quando terminei sai do quarto e encarei ele. 

- Vamos fazer alguma coisa ? - Ele disse. 

- O que você quer fazer de 10:00 da manhã ? - Falei e ele ficou pensando um pouco.

- Não sei. Mas tem várias coisas para fazer depois. Mille você não vai mais para escola ? 

- Eita... esqueci que isso existe.

- Meu Deus Camille. 

- Depois eu volto. 

- Pra onde ? Você vai voltar pra onde ? Pro Brasil ? NÃO VOCÊ NÃO PODE.

- Pra escola né ! 

- Ah sim pra escola. - Ele suspirou de alívio.

- Mas eu bem que podia voltar para o Brasil... - Falei brincando para ver a reação dele.

- Não ! - Ele se agarrou em mim. 

- Eu estou brincando. 

- Mille, mesmo que você esteja brincando, não fala essas coisas, isso me deixa preocupado, só de pensar que eu posso perder você de novo eu já fico preocupado. Tenho medo que você saia de perto de mim. 

- Taehyung... - Ele estava me prendendo no corpo dele com a cabeça no meu ombro. 

- Sabe...quando eu te conheci, já pensei : Essa menina é especial. E eu acertei, você é muito especial, pelo menos para mim, adoro ficar do seu lado, mesmo que eu não fale ou faça nada, é muito bom ficar perto de você, sua animação e alegria me contagia. Eu não sei quantas vezes eu estava cansado e triste, mas bastou você chegar que tudo passou. 

- Por que está me falando essas coisas agora ? - Disse e ele fez cosquinhas no meu pescoço. 

- Porque eu te amo. Posso falar isso quantas eu vezes eu quiser, certo ?

- Certo ! - Falei e ele ficou sério. - O que foi ? Ahhh também te amo. - Ele voltou a sorrir e beijou minha testa. 

- Onde Mari tá ? - Ele disse me soltando.

- Na sala. 

- Vou lá falar com ela rapidinho.

- Sim. - Sorri e ele saio do quarto. 

Depois de alguns minutos os dois voltaram. 

- Mana, preciso da sua ajuda. 

- O que foi ? 

- No caminho eu explico ! - Ela disse me puxando para fora do quarto.

- Não rouba ela de mim. - Tae disse tentando me puxar. 

- É rapidinho. - Ela foi me puxando para fora de casa.

- Aish eu sei andar sozinha. 

- Eu sei. - Ela chamou um táxi e nós fomos para o shopping.


[...]

- O que viemos fazer aqui ? 

- Comprar um presente para Iasmim. Esta perto do aniversário dela. 

- Sério ? 

- É. 

- Tinha esquecido. - Fomos para várias lojas e depois fomos almoçar no shopping mesmo. Mari comprou para ela uma maleta de maquiagem, ela só levou aquilo porque eu disse que gostei. Eu estou levando para ela um casaco igual ao meu, ela tinha dito uma vez que achou ele bonito.

- A gente pode ir embora agora ? Faz umas cinco horas que estamos aqui. 

- Eh... - Ela pegou o celular e viu alguma coisa. - Sim Sim ! - Ela sorriu.


[...]

- Finalmente. - Eu disse saindo do táxi, mari pagou e saiu depois.

- Por que a casa dos meninos está toda apagada ? 

- Sei lá, vai lá ver. 

- Vai tu Mille. 

- Tô cansada. 

- É aqui do lado ! Meu Deus preguiçosa, isso é pecado. 

- Que mentira. 

- "Não deixais de fazer tao ação por falta de pura vontade" está no salmo 23.

- Oxi... Tá bom eu vou só porque tá na Bíblia. - Dei a sacola que estava segurando para ela e fui para o dormitório. 

Abri a porta e de cara vi o Jungkook segurando uma sacola. Estava tudo escuro, por que ele não acende as luzes ?

- Oi... - Ele disse.

- Oi...tá tudo bem aí ? Tu parece meio...estranho.

- Estou bem. Segure isso. 

- Eu não ! Nem sei o que tem aí.

- Isso também tem na Bíblia.

- "Segurais a sacola do irmão Jungkook" ? Isso tá escrito na Bíblia mesmo ? - Disse rindo. 

- Sim. - Ele disse. 

- Ok né... - Peguei a sacola. 

- Agora suba para o quarto do Taehyung. 

- Para ?

- Deixe de ser preguiçosa. "Não deixais  de fazer tao ação por falta de pura vontade" está no sal.. - interrompi ele.

- Salmo 23 eu sei. - Fui com a cara emburrada até o quarto do Tae.

- Olha Taehyung toma isso aqui ! - Falei no mesmo momento que abri a porta. - Taehyung ? - Procurei o interruptor e liguei a luz.

- Boo ! - Ele apareceu. Ele estava de terno e todo arrumadinho. 

- Uau que susto ein. Toma o Jungkook mandou te entregar. - Ele pegou sorrio e me devolveu. - É teu. - Falei insistindo em devolver.

- É seu agora. 

- A véi era só dizer antes que eu pegava e ia pra casa. 

- Tá tão chata hoje, tá de tpm ?

- Sei não. - Abri a sacola, tinha um vestido vermelho. - O que... 

- To indo pro carro, se arruma que a gente vai jantar. Vamos está ocupados mais tarde. - Ele sorrio malicioso e saio. Depois voltou corado e disse. - N-não é i-isso que você pensou. 

- Eu entendi. - Sorri e ele saio do quarto. 

Tomei banho no banheiro dele, na sacola ele também tinha comprado roupas íntimas. Que vergonha de usar aquilo..me vesti e arrumei o cabelo, encima da cama tinha uma maleta de maquiagem igual a que Mari comprou para...mim ? Eu sou muito burra, o aniversário de Ias já passou.

Peguei a maleta e fiz uma maquiagem básica, arrumei o cabelo e desci. 

- Está linda ! - Kook disse. 

- Obrigada.

- Tae está esperando no carro.

- Eu sei ele disse.

- Desculpa demô...princesa.

Sai do dormitório e vi o Tae no carro me esperando. Quando ele me viu, surgiu um sorriso no rosto dele. Fui para o carro e entrei. 

- Você está linda. 

- Obrigada... - Sinto minhas bochechas esquentarem. 

- Quando chegarmos, acho que você não vai gostar do que eu vou fazer. - Ele disse ligando o carro




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...