História Throne of the Gods - Capítulo 28


Escrita por: ~ e ~MomokoHyakushik

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Mitologia Grega, Trono Do Olimpo
Visualizações 39
Palavras 1.808
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ecchi, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie galera tudo bem?Mais um capitulo pra vcs, aproveitem e boa Leitura :)

Capítulo 28 - O Imprevisível Panejado


Emi:Que porcaria é essa?-Disse ela assustada

Um grande Tridente cor azul marinho um pouco puxado para o verde , foi isso que Vinicius apontou para Emi. Emi sentiu uma enorme energia vindo do garoto

Vinicius:Que se dane o torneio, EU QUERO SUA VIDA!!!-Seus olhos ficaram mais verdes e brilhantes, ele disse a frase com extrema ganancia, sua personalidade e sua pessoa pareciam ter perecido diante do grande e poderoso Vinicius. Emi que estava sentada se levanta, no calor da batalha ela considerou a fala de Vinicius como algo para intimida-la  e esqueceu se de que não se era permitidos armas no torneio, mesmo ela não sabendo de onde aquele tridente tinha visto. Emi sabia que aquele seria o golpe definitivo , por isso concentrou toda a sua energia no punho, ela não sabia que com aquela força poderia derrotar Vinicius, apenas sentiu que seria o suficiente.

Emi:Derrote-me se puder-Disse ela com confiança no olhar 

~No Camarote de Rocky:

Quando Vinicius tinha subido ao se muro, os homens que estavam junto a ele na sala, começaram a cair, um a um.

Rocky:Que merda tá acontecendo aqui?

???:Sim minha mestra, espero ter sido útil a senhora-Assim disse o desconhecido em tom de agradecimento, ele caiu de joelhos e por fim, morto

Rocky não quis tocar no corpo, por dois motivos, um ele já sabia que estava morto e motivo dois, ele viu Vinicius com o Tridente em mãos, e seus olhos verdes

Rocky:Impossível que ele tenha despertado sua arma espiritual sozinho, a menos que-Ele olha para os olhos do Garoto-Seja a Bruxa 

~No Camarote de Candese:

Ela, assim como todos os presentes, estavam muito focados, não tiravam os olhos da Arena, por isso ninguém notou que o falso Rocky estava a ponto de morrer 

~Arena:

Vinicius deu um saltou para a arena confiante, ele repouso sobre a arena, como uma abelha repousa na flor. Uma pequena massa de poeira se levanta, Emi e Vinicius se encaram, mais uma vez a luta de samurais se repete, dessa vez os dois tinham plena consciência que um golpe bastava. Em um ultimo olhar, se decidiram, a luta acabava com um golpe

Vinicius ergue seu tridente na altura do pescoço de Emi , eles avançam, antes do primeiro choque Emi pensa 

Emi(Pensamento):Por que eu estou me sentindo mais fraca?Não, não estou mais fraca, é como Rocky disse, nos vamos nos superar aos poucos 

Em um movimento, Emi acerta um soco no rosto de Vinicius, e ele desfere outro soco na face da garota. Eles são jogados para a parede dos seus respectivos lados. Emi já esgotada fica imóvel com as costas para parede, do outro lado Vinicius estava no mesmo estado, mas não era mais Vinicius que estava ali, algo diferente. Ele se levanta , e posiciona sua arma para lança-la , com uma força incrível ele joga sua arma na direção de Emi

Seria um golpe mortal e sanguinário, se atingisse o alvo, mesmo que de raspão, os danos ainda poderiam ser mortais, o tridente já tinha chegado ao meio da arena, quando Rocky aparece e segura o tridente, a força e velocidade do objeto era maior que Rocky esperava, ele foi arrastado por alguns metros. Tensão e o medo rodearam o nosso herói nesses metros, medo de não parar o objeto e ele acertar Emi, mas para cada hesitação  de Rocky, ele tinha setenta vezes mais o numero de convicção. Antes que o objeto pudesse atingir Emi Rocky o para, ficando a menos de um dedo de distância. Emi acorda, ainda estava confusa e cansada 

~Com Candese:

Candese:Que merda é essa que está acontecendo?Dois Rockys?-Ela olha para o lado e Vê que um homem desconhecido está no lugar de Rocky-Sabia , ele estava estranho por demais-Ela olha em volta e vê todos os presentes paralisados

Candese:Só pode ser a Bruxa-Ela tenta se levantar, mas não consegue 

???:Não, não,não, você vai ficar ai quietinha-Disse uma voz feminina 

A presença que Candese sentirá com Vinicius , ela era parecida com a que sente no momento, mas dessa vez ela era muito mais forte e intensa 

Candese:Você é a própria Bruxa?

???:Sim, muito esperta sua dedução, nada mais esperado da filha de Atena, você deve encher de orgulho sua maldita mãe

Candese:Na verdade.......

Bruxa:Shiiiiiiiiii, não diga nada eu já sei dessa história, agora aprecie a luta 

O pescoço de Candese se volta para a Arena, involuntariamente

~Na Arena:

Vinicius:Então você chegou-Disse ele com uma voz sádica-Você demorou  

Rocky:Eu sei que você não é mais o Vinicius, Bruxa

Bruxa:É, eu me apropriei desse corpo, ele é cheio de energia, forte , afinal ele pertence a um semi-deus, mas o mais importante, ele está cheio de rancor, ódio, raiva e o maior de todos,medo. Mas ele não é o dos mais fortes que eu já possui, mas com todos esses sentimentos na alma e na energia dele, ahh isso faz ele único

Rocky:Liberte-o agora, se não pagará as consequências 

Rocky estava sério, talvez da mesma maneira de quando ele encontrava a Bruxa, mas algo havia mudado, ele estava decidido  a detê-la sem machucar Vinicius 

Bruxa:Consequências? você não acha que ele já sofreu de mais? Ser rejeitado pelo pai só por manifestar uma afinidade diferente da dos irmãos... Ouvir de você que ele é um fraco que nunca seria aceito por seu pai , pense melhor quem deve pagar é você Rocky 

Rocky não responde, ele leva a Mão ao peito e segura seu cristal roxo, ele o puxa, uma foice Negra, um pouco menor que Rocky, se forma na mão do Garoto 

Emi tem um breve momento de Lucidez, ela vê Rocky de costas segurando uma foice, segundos depois disso ela apaga mais uma vez

Bruxa:É ela.....depois de muitos anos ela surge....depois de matar tantas pessoas, ela, a Foice, retorna, Rocky, digo, Ceifador, seria uma honra matar o senhor-Ele avança, passo a passo, em direção a Rocky, sedendo pelo sangue do rapaz 

Rocky:Eu não sou alguém que você quer enfrentar-Ele fura o solo com a foice a deixando espetada no chão.-Sabe eu sou muito forte pra você, até mesmo com esse seu corpo-Disse ele estalando os dedos 

Rocky percebe logo de cara que ninguém da platéia se move ou esboça reação, ele logo conclui que aquilo era obra da Bruxa, de alguma maneira ela tinha parado o tempo, ou algo parecido, talvez tenha conseguido fazer todos ficarem paralisados.

Bruxa:Eu sei que você é forte Ceifador, alias muito forte, mas eu sei que com o incentivo certo você perecerá pára mim-Disse ele sorrindo 

Um homem com o manto tipico dos subordinados da bruxa surge nas costas de Rocky, ele usava um martelo, ele tentou um golpe em Rocky, mas ele salta para o lado e desvia, o homem com seus movimentos desengonçados, parecendo estar sendo controlado por fios, tenta mais um golpe, dessa vez ele salta ,mais longe 

Bruxa:Acho que lutaremos melhor agora-Ela estala os dedos, nisso o homem que atacou Rocky se abaixa e pega Emi.

Rocky tenta avançar, mas é impedido por Vinicius 

Bruxa:Não não, ainda não, temos que conversar 

O Homem sai da arena em um pulo, nesse momento aparece Candese

Candese:Rocky, oque está acontecendo aqui?-Ela olha para o alto e vê Emi sendo levada-Não minha irmã não- Ela salta atrás do Homem 

Rocky:Não Candese, é isso que ela quer-Ela infelizmente já estava longe de mais e não pode ouvir 

Bruxa:Tudo está indo de acordo com meu plano, mas ainda falta acabar com você-Disse ela andando até a foice de Rocky

Rocky volta a olhar para o oponente, olhar frio e mortal 

Bruxa:Está olhando oque? você não conseguirá me derrotar sem machucar seu amigo-Ela segura em sua foice, e tenta puxar-Mas porque não consigo?

Rocky:Você não tem noção nenhuma de arma espiritual, assim como Vinicius, mas eu vou te ensinar-Ele estende a mão e a foice vem até a mão dele-Lição numero um, uma arma só possui um dono, e quando ela encontra o seu, ninguém mais pode manipula-la.

Bruxa:Entendi, e qual a lição dois?

Rocky:Você padece perante mim- Diz ele nas costas de Vinicius, ela nota logo e tenta um chute 

Bruxa:Como?eu deveria saber para onde você se teletransportaria

Rocky:Você se esqueceu que eu fui mestre de Vinicius?Todos esses truques de me localizar pelos grãos de areia em meu corpo, ou então de me ferir fazendo eles entrarem e rasgarem, aos poucos, minha pele, não funcionam em mim, afinal fui eu que ensinei todos eles a Vinicius

Bruxa:Mas você..... eu... -Disse ela rangendo os dentes 

Aos poucos a Bruxa foi percebendo que aquela batalha estaria perdida, Rocky estava muito afrente dela e das lembranças de Vinicius  que ela tinha acesso, ela foi ficando zangada, mas ainda tinha uma carta na manga 

Bruxa:Que mestre você foi, a ponto de deixar seu aluno desiludido, me lembro como se fosse ontem de quando ele vei me procurar.Ah não te contei ainda isso 

Rocky não diz nada 

Bruxa:Ele foi até meu encontro depois da primeira luta conta Candese, ele se sentia fraco, e queria poder para mostrar que você é melhor que todos os seus outros alunos, e também que ele não precisa mais de você 

Rocky:Você fala tanto quanto Vincius, se acha que vou cair nesse seu joguinho, você está errada 

Bruxa:Que joguinho?-Diz ela com um sorriso sádico no rosto 

Ela se movimenta e joga o Tridente em Rocky, com muita facilidade, ele desvia, o tridente foi só uma distração, na segunda olhada para o oponente ele já estava a dedos de distancia, o soco já tinha sido armado e executado, mas da mesma maneira que Vinicius foi de encontro a Rocky, ele voltou. Rocky impede o soco e desfere um chute na barriga do oponente, ele é arremessado na parede

Rocky:Eu disse que nossa diferença de poderes é muito grande-Diz ele caminhando calmamente até o semi-derrotado oponente 

Bruxa:A-ainda não a-acabou-Ela dizia com dificuldade as palavras, em suas ultimas energias ela faz oque viu Rocky fazer, puxar sua arma para sua mão, se obtivesse sucesso Rocky seria um homem morto.

Enquanto o garoto caminhava a passos cuidadoso e majestoso, a Bruxa se preocupava em colocar sem plano em ação, mas foi quando Rocky deu seu ultimo passo, ficando assim frente a frente com Vinicius, o plano, a última tentativa, foi colocada em pratica, o Tridente avançava em alta velocidade, em direção ao pescoço do moreno. Quando o Tridente estava na eminencia do contato, levando assim Rocky a morte certa. O nosso herói se Vira e agarra o  cabo do Tridente, no mesmo movimento ele afunda o Tridente no chão 

Bruxa:Isso não é possível, você mesmo disse que não se pode controlar uma arma que não é sua

Rocky:Lição numero dois, se o Dono da arma não estiver presente, ela se curvará a todos, lembre-se essa arma não é sua, mas Sim de Vinicius 

Ele dá um soco na cara de Vinicius, fazendo o jovem e ex-aluno desmaiar


Notas Finais


Oieee, aqui eu de novo, bom tenho algumas coisas para dizer, 1-Rocky é imortal? Sim, mas como toda a imortalidade que existirá nessa Fic, a pessoa imortal não pode morrer pelo tempo , ou seja essa imortalidade é apenas contra o tempo
e 2- Galera quero agradecer a todos vocês que estão lendo a fic, chegamos a 11 favoritos, 755 vews e 59 comentários, obrigado por tudo isso, minha fic não é das melhores e por isso sempre busco melhorar. Bom muito obrigado por Ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...