História Through the curtain; Vhope - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hopega, Ironggukk, Jikook, Jinmon, Kookmin, Namjin, Sope, Taeseok, Vhope, Vkook, Vmin, Yoonseok
Visualizações 33
Palavras 1.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Sentai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá \0/

Eu estou extremamente Feliz com o apoio de vocês, serio, os comentários me ajudam muuuuito.

ENFIM...

Não tenho muito o que falar aqui, então espero que aproveitem o capítulo porque ele está uma delícia :^)

Se tiver erros, apenas ignore-os.

LEIAM AS NOTAS FINAIS É IMPORTANTE!!!


Boa leitura~☆

Capítulo 3 - Xeque-mate;


Abstracionismo. Jung Hoseok é a obra de arte mais abstrata que um apreciador poderia tentar ler; através de cada traço bonito que lhe é dado, por natureza.

Perco-me na imensidão negra das tuas orbes, toda a maldita vez, que ouso mira-las por um segundo mais prolongado.

Seria possível, da água ao vinho, em apenas dois miseráveis segundos, ao seu lado?

Eu não faço questão de saber. Não agora.

Afinal, talvez tudo seja possível tendo, Drunk¡boy lhe acompanhando até a porta de sua casa.

Minhas pernas vacilaram a cada passo dado. Meus pulmões imploravam por ar; eu pedia aos céus para conseguir continuar forte, em pé.

Tudo estava prestes a desabar, escorrendo por entre meus dedos trêmulos. entretanto, o próprio terremoto resolveu se manifestar mais ferozmente.

ㅡ a primavera é tão robusta que me faz perde a noção dos ares. Você gosta disso? ㅡ tão sutil quanto uma pétala de flor tocando o chão, depois de uma ventania forte; ecoou saudável a sua voz.

ㅡ outonos em si, fazem o meu ar se esvaziar com mais rapidez. Todavia, a primavera me deixa incapaz, um tanto encantado em demasia. ㅡ deixei escapulir o sentimento presente em meus sentidos, suavemente. Talvez um pouco lunático demais.

ㅡ oh, dando graças ao dia, um amante das estações se encontra em meu lado? Ou eu estou blefando miseravelmente? ㅡ de soslaio, seus olhos encaram-me, brevemente.

ㅡ não é para tanto, Senhor cavalheiro, Jung Hoseok. ㅡ receoso, proferir-lhe sorrindo castro, mirando sua presença marcante gargalhar nasal. ㅡ me cativa muito sentir a mudança da atmosfera de cada estação. ㅡ olhei para seu rosto, tendo a certeza de que estaria com toda a atenção em mim ㅡ enquanto o frio ou o calor brincam de pega-pega, eu estou pelos cantos, observando atentamente.

ㅡ ótimas palavras, rapaz do prédio 33. ㅡ acenando gentilmente com a cabeça, jung hoseok disse-me, sorrindo ladino.

ㅡ para a minha surpresa, o moço gentil do prédio 54, sabe aonde moro? Deveria me sentir honrado, Jung? ㅡ deixando um pouco de lado a vergonha, tratei de entrar em seu jogo de charme.

ㅡ hmm... ㅡ murmurou Erguendo uma das sobrancelhas, formando um bico desleixado nos lábios ㅡ a boniteza presente aqui, capaz de ofuscar a tão grande estrela que clareia as manhãs, não sou eu. ㅡ rude. Jung hoseok é rude em demasia para alguém fraco como eu, aguentar tanta provocação.

ㅡ você é um homem esperto, Jung hoseok. meus parabéns. ㅡ lhe lancei um sorriso de lado, observando suas feições se enrugarem, em uma careta surpresa. ㅡ teu truque clichê de sedução fora uma graça. ㅡ lhe disse mantendo uma firme voz. Enganado a mim mesmo. ㅡ pego na própria teia, Jung. Embaraçoso, não é? ㅡ proferi mordiscando o lábio inferior, e logo ouvi sua gargalhada.

Xeque-mate.

ㅡ certo. Você venceu, Kim taehyung. ㅡ olhou-me dentro dos olhos, não deixando o sorriso ladino morrer de seus lábios.

ㅡ seja como for, eu tenho minhas cartas na manga, também. Você  pode ter a certeza, de que é um homem de idéias brilhantes, moço galanteador ㅡ sorri largo, diminuindo razoavelmente a velocidade de minhas pernas, visualizando a entrada da portaria. ㅡ mas não tanto quanto eu.

ㅡ espere um instante. Você por um acaso, está me desafiando? ㅡ com a voz banhada em uma ousadia densa, largou minhas sacolas ao chão, aproximando-se.

ㅡ entenda da forma que achar melhor. ㅡ desviei-me de seu corpo, buscando as compras, voltando a posição anterior.

ㅡ seu senso independente, é adoravel. ㅡ passou a mão sobre os fios, os jogando para trás, proporcionando-me um espasmo nervoso por todo o corpo.

ㅡ mas o quê isso? Quem você pensa que é para me dirigir a palavra dessa forma? ㅡ em uma falsa indignação, falei franzindo o cenho ㅡ não acha que está sendo um tanto grosseiro com um rapaz de família, como eu? ㅡ sarcástico, lhe lancei um olhar superior.

ㅡ oh! Mil perdões, senhor delicadeza, Não era a minha intenção, te machucar assim. ㅡ seus olhos se fecharam, ao sorrir largamente, em sua atuação irônica.

ㅡ você é realmente péssimo no sarcasmo, jung. ㅡ virei-me de costas para si, seguindo para dentro do prédio.

hoje a noite. ㅡ ouvi sua voz ao longe, e petrifiquei no lugar ㅡ estarei te esperando em meu apartamento. Encarei sua provocação como um simples e insignificante desafio.

ㅡ se é  insignificante, por quê está seguindo em frente com tudo isso? ㅡ ainda de costas para si, proferi baixo.

ㅡ um bom vencedor não importa-se se o desafio é difícil ou não. Deveria saber disso, Kim taehyung. ㅡ sua voz rouca soou deleitosa, arrepiando-me os pelos.

ㅡ hmm... ㅡ sussurrei abrindo um sorriso vitorioso. ㅡ as nove em ponto. Nada a mais, nada a menos.

ㅡ como?

ㅡ estarei no seu apartamento, as nove em ponto. E não pense em demorar a me atender. ㅡ fui até a sua frente, e inclinei-me perto de seu ouvido ㅡ estou grato pela sua gentileza de ter me ajudado. Tenha uma boa tarde, cavalheiro, Jung Hoseok. ㅡ beijei-ó na bochecha rodando os calcanhares.

Tratei de sair das suas vistas depressa, nervoso. Nunca pude imaginar que teria uma interação consigo; tampouco intensa, como fora essa.

Meu interior está queimando, como um pedaço de papel em uma fogueira. Sinto-me pesado, banhado por dúvidas e perguntas tão simples, mas ao mesmo tempo, tão difíceis de serem respondidas amigavelmente.

De onde toda essa coragem, ousadia e perseverança que fluiram por entre meus poros vieram, eu não faço a mínima idéia; porem, foram tão importantes quanto uma caneta é para um escritor. 

Girei a chave no trinco, abrindo rapidamente a porta. Joguei todas as sacolas ao chão, permitindo-me, encostar na parede gélida, respirando fundo.

Diante dessa situação, minha mente só conseguiu pensar em uma coisa; fallingforyou, a canção do the 1975.


"Que horas você virá?"


"Estamos começando a perder a luz"


"eu nunca vou fazer isso direito, se você não me quiser por perto"


"Eu estou tão animado para a noite"


"Tudo o que precisamos é da minha bicicleta e da sua casa enorme"


"Você disse que algum dia poderíamos"


"Quando eu estiver mais a sua altura"


"Até lá nós vamos ficar, interminavelmente"


"Você é tudo que eu preciso"


"Você não me vê agora?"


"Eu, eu acho que estou me apaixonando, estou me apaixonando por você"


"Você não precisa de mim?"


"Eu, eu acho que estou me apaixonando, estou me apaixonando por você"


"E nesta noite e nesta luz..."


"Acho que estou me apaixonando, estou me apaixonando por você."


Notas Finais


Taehyung todo ousado com o boy rs
-q

Espero que tenham conseguido entender o sarcasmo que eles usaram para falar um com o outro.

Isso de "cavalheiro, senhor, galanteador" é uma ironia, ok? Não é nada sério.


Eu estou gostando muito de escrever essa historia, me perdoem caso não entenderem algo.

Mas enfim, vocês gostaram?

Comentem pra tia ninnie saber rs

Bjos e até o próximo capítulo ><

~XOXO~ <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...