História Till death do Us part - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Exibições 73
Palavras 1.316
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Depois desse capítulo, eu vou escrever mais dois.
NOTAS FINAIS

Capítulo 10 - "Cabello, você é linda."


Fanfic / Fanfiction Till death do Us part - Capítulo 10 - "Cabello, você é linda."

P.O.V Lauren

Levantei com dor de cabeça e percebi que eu não estava na minha casa. Havia um peso em meu corpo, olhei para o lado e vi Ynara com a cabeça em meu colo. Eu não me lembrava de nada que aconteceu ontem de noite, apenas do funeral do meu irmão. Estava sem shorts e Ynara estava pelada. O que estava acomtecendo? Eu havia transado com ela? Eu era Virgem! Impossível. Levantei correndo, fui para o banheiro e fiz minha higiene, coloquei minha roupa e estava pronta. Vi a hora e vi que Ynara estava acordando. Me desejou bom dia, mas logo fechou a cara quando me viu pegando o celular.

- Mandando Bom dia para a vadia que chamou ontem à noite? - ela disse colocando já sua roupa. 

- Do que você tá falando? - disse com uma expressão confusa.

- Da vadia magrela, a Cabello. - ela disse. -Me espera sair do banheiro e conversamos-. 

Nao disse nada, apenas esperei.

- Iriamos transar, mas você pediu por Camila-. Ela disse.

- Já que quer tanto Camila, vá com ela. Não temos mais relações alguma Lauren. Vá com a garota com que quis ontem. - ela saiu me empurrando fazendo chegar à porta indo embora as forças.

nao disse nada, absolutamente nada. Apenas fui pensando no que tinha acontecido ontem, minha cabeça rodava, rodava. Eu não queria ir para a escola, pensava sobre Chris, sobre Ynara, tudo rodava. Eu não estava bem, mas precisava ir para a escola. Mais uma semana e já teria acabado. Eu havia repetido mesmo e não havia entendido porque. Tudo estava rodando, apenas consegui chegar na escola, ir para a sala e sentar. 

Segunda-Feira, vamos lá!

prestei atenção em cada segundo da aula, sabia que ja já sairíamos para ver o campeonato. 

P.O.V Camila 

Então, segunda-feira. Era hoje, era o que eu queria, era o que eu esperava. Animada fui me arrumar e levantei toda alegre, eu não precisava ir a aula, mas precisava estar na escola 9:00 da manhã para preparar os robôs. Fui toda feliz descendo as escadas dando bom dia para meus avôs quando vi Ynara saindo de sua casa, ela vinha em minha direção já me fulizando, tentei desviar, mas ela veio para cima de mim. 

-Olha aqui garota, a Lauren é toda sua. E fala para ela parar de gemer seu nome enquanto está na cama comigo. Entrega isso para ela, diz que eu agradeço.- e saiu 

ela havia me dado uma carta. Curiosa e confusa, abri a carta que dizia:

"Parabéns, você conseguiu o que queria Lauren, me afastar. Foi bom ficar com você o tempo que ficou na escola. Peguei minha transferência, nunca mais vai ver minha cara, eu sei que está rezando para isso. Eu te odeio, e te amo. Tchau!."

Confesso, fiquei feliz. Ynara iria mudar de escola só por causa de uma garota que conheceu esse ano. Não só por causa disso, mas também porque ela iria sumir de vez da minha vida, fazia quatro anos que ela estudava lá, e ela me irritava demais! 

Fui toda feliz para a escola, meu objetivo era encontrar Lauren para dar um abraço nela. Não a encontrei, mas fui até a sala de aula e o pessoal já havia descido, estava com a blusa do campeonato. Cheguei lá embaixo e todos já me esperavam. Gritavam pelo meu nome, entrei em campo e vi uma menina lendo um livro lá no canto, sozinha e sentada na escada da quadra onde acontecería o campeonato.  Iria conversar com ela depois que tudo isso acabasse.

entao começou, comecei a colocar os robôs em quadra, todos analisavam-os. Juro que fiquei com medo de não passar!! 

Tudo ocorreu bem, eu e Lucy fizemos uma dupla boa, ela mandou super bem nos jogos e nas programações que preparamos para o campeonato. Não acreditava, já era hora de anunciar o vencedor. Se passaram quatro horas já, havia me perdido nas programações e nos robôs e acabamos ficando entre os finalistas. Então o senhor Petri anunciou. 

- Em Terceiro lugar: O pessoal da MR HIGH vai para a casa com o bronze! 

- Em segundo lugar: Vai para casa .. 

tudo havia ficado muito tenso, todos prestavam atenção. Logo que ele disse "vai para a casa" eu já havia me dado conta, GANHAMOS!

-em segundo lugar : vai para casa com a prata o pessoal de One Direction High. 

Meu coração quase parou, realmente ganhamos! Ganhamos em casa, e isso me deixava muito feliz. Minha alegria foi tanta tanta tanta que eu achei que iria explodir. Dei um abraço em Lucy minha companheira e a mesma comemorava comigo. 

Se passaram 30 minutos e o pessoal das outras escolas estavam indo embora, todos estavam comemorando nos pátios da escola, me sentia muito feliz por poder representar meu colégio. Estava apertada e queria ir no banheiro, olhei para a arquibancada e a mesma estava ali, com o livro na mão me olhando. Sem pensar duas vezes, pulei a grade que separava a quadra da arquibancada e subi. A mesma me olhava confusa, mas com um sorriso.

- Dessa vez você não caiu -. Ela disse forçando um sorriso.

- Se eu caísse, teria alguém para me segurar -. Puxei ela pela mão a levantando 

Ela não me disse nada, apenas seguiu. Chegando ao banheiro decidi puxar assunto com ela. 

- Me pediram para te dar um recado, mas só se você quiser -. 

- Ja sei do que está falando, ela já jogou na cara de todo mundo o que aconteceu e tenho que te pedir desculpas por isso, eu não sei o que aconteceu, mas estava me sentindo mal, caindo, passando mal, não estava me sentimento mentalmente bem-.Ela disse abaixando a cabeça 

- Está tudo bem, fiquei sabendo que ira para nossa sala o ano que vem, você vai ser muito bem recebida. Mas a propósito, tenho que fazer uma coisa antes.-eu disse me aproximando e então dei um abraço nela. 

-Prazer, Camila Cabello.-disse

Me olhou confusa mas percebeu o que eu quis dizer com aquilo.

-Prazer, Lauren Jauregui.-disse retribuindo o abraço.

Logo em seguida alguém entrou no banheiro gritando por Lauren.

-Lauren! Aí meu Deus! Você está bem? Achei que ela tinha te drogado! O que aconteceu?-. era Ally

- Ela me drogou?- Lauren disse furiosa.

-Sim, eu queria te falar tudo antes, mas ela nunca me deixou, ela foi embora e nos abandonou. Eu tô tão feliz de ter me livrado dela. Se não jogasse o jogo dela estaria ferrada na escola-.

eu apenas observei, Ally saiu e fiquei ali conversando sobre Lauren e sobre mim. Quando me dei conta, era 18:00 o tempo passa tão rápido! Como foi que tudo isso aconteceu em tantas horas e parece até que estamos aqui conversando sentadas em um corredor que havia no banheiro. 

P.O.V Lauren

Camila era incrível, tinha ideias legais e era uma boa pessoa. Acabei gostando dela, começamos uma amizade do zero e então ela me mostrou quem ela era, já estava tarde e eu precisava ir para a casa. Avisei Camila e a mesma fez questão de me acompanhar até lá. Fomos conversando até lá, quando chegou na porta de minha casa, falei para que ela entrasse, mas a mesma recusou. 

Em nenhum momento Camila comentou sobre meu irmão, ela ficou sabendo do acontecido mas não falou uma palavra sobre. 

Cheguei em casa e toda minha família estava na sala, me falaram que a escola havia ligado dizendo sobre a minha situação, minha irmã me entendia e sabia o que tinha acontecido, mas não poderia resolver por conta de ser professora, vão achar que ela está subornando tudo e culpando menores de idade por isso. 

Fui correndo para meu quarto para pensar um pouco sobre a vida e então solto algo proposital.

-Cabello, você é linda-.

Apenas me deixei levar pelo momento ouvindo música. Peguei no sono, dormi. 

 

 

 


Notas Finais


Seguinte, o primeiro vou dar um salto de três meses, quando Lauren está na sala de Camila e a interação entre as duas.
O segundo, o pulo de quatro anos que eu pretendia fazer desde o começo da fanfic. Mas vocês vão entender já já.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...