História Time does not erase - Capítulo 27


Escrita por: ~

Visualizações 234
Palavras 1.786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Postei e sai correndo
ESCUTEM MUSICA TRISTE
ESCUTEM MUSICA TRISTE
ESCUTEM MUSICA TRISTE
ESCUTEM MUSICA TRISTE
ESCUTEM MUSICA TRISTE
Indico alguma do Boyce Avenue ou Sleeping At Last.....

Capítulo 27 - Your moon


Fanfic / Fanfiction Time does not erase - Capítulo 27 - Your moon

P.o.v Camila 

Depois dos piti da Lauren no meio da noite, voltamos a dormir. Acordo com uma claridade na minha cara e um aperto na minha cintura, me viro pra trás a tempo de ver Lauren acordando.

Pelo amor de deus, como essa praga consegue ser linda até acordando ?

Sinto um frio na barriga quando a mesma abre os olhos me dando a visão daquelas iris verdes que quase chegam a ser cinzas por ela ter acabado de acordar.

- Bom dia Camz. Diz com aquela voz rouca de matar um e com um sorriso sem mostrar os dentes. 

- Bom dia Lo. Digo e dou um beijinho na ponta do seu nariz fazendo a mesma soltar risos abafados.

Olho em volta e vejo que só Mani e Dinah já acordaram, nos levantamos e fomos até a cozinha ver se elas estavam lá, até que....

- Posso saber que pouca vergonha é essa na minha cozinha ? Lauren fala de braços cruzados batendo o pé direito no shawn (N/A: Sorry não resisti) e eu imito sua pose. - Já não basta Verônica com a Lucy no meu sofá e agora vocês no meu balcão ? 

Elas nos olhavam sem saber oque dizer depois de termos pegado as duas quase se engolindo na cozinha.

- Para de ser exagerada, foi só um beijinho de nada, e não vem falar nada aqui não sua bunda branca do carai, porque você tava ate agora ali dormindo de conchinha, se esfregando nessa bunda a noite inteira e nem falar nada eu falei, só porque a Mani não deixou. Dinah diz e já ia saindo da cozinha.

- Não tem nada a ver Cheechee. Digo corando e ela revira os olhos puxando Normani pra sala.

- Não liga pra ela não Camz. Diz me abraçando e eu sem resistir faço o mesmo. Ela me pega e me coloca sentada em cima do balcão e é nessa hora que eu me lembro de perguntar.

- Lo ? Chamo e ela faz um som nasal como se mandasse eu prosseguir e pegou um copo de água. Oque você sonhou ontem pra acordar daquele jeito ? Na hora Lauren começou tossir feito louca por ter se engasgado com a água, desço correndo e começo dar tapinha em suas costas. 

- Oush Lo, passou ? Bebe devagar pra não engasgar de novo. Digo passando a mão em seu rosto que estava até vermelho.

- Tudo bem Camz, e eu nem lembro oque era, deve ter sido algum pesadelo. Responde e dou de ombros. Saímos da cozinha e fomos pra sala encontrando todas acordadas que riam de alguma idiotice que a Vero falava.

- Eu vou lá preparar o café porque se depender de vocês a gente passa fome mas ninguém levanta as bunda gorda dai. Ally diz se levantando e eu começo rir da cara que Dinah fez.

- E não ri não Camila, você é uma das piores. Fico olhando indignada para a pequena que segue pra cozinha e vejo Dinah rindo apontando pra mim, mostro o dedo do meio.

Ficamos conversando ate ouvirmos a Ally nos gritar porque tinha acabado. Depois de muita briga entre Lauren e Sofia para ver quem ia ficar com o ultimo resto da Nuttela que claro ficou com Sofia, comemos entre risos por Lauren ter ficado emburrada com um bico do tamanho do mundo, e só melhorou depois deu ter dado uma mimada nela. Ave maria, pior que criança, nem parece que tem 23 anos.

(Dá play na música triste de vocês agora...)

As meninas ficaram conversando na sala enquanto eu subi pra escovar os dentes. Entro no banheiro que fica no quarto de Lauren e abro uma das portinhas do pequeno armário que fica na parede a cima do espelho e pego minha escova que fica ali, até que ela escorregou e caiu da minha mão, me abaixei e peguei. Só que quando eu me levantei, dei com tudo a cabeça na porta do armário que ficou aberta. 

Na hora coloquei minha mão no local da pancada e gemi de dor, até que tudo ficou preto e parecia como se eu estivesse voltando no tempo.

Tudo começou se passar como filme na minha cabeça, e eu estava nas cenas como telespectador. Absolutamente tudo, até que começou diminuir a velocidade, e eu comecei ouvir vozes.

Oi, como se chama ?

Me chamo Lauren, e você ?

Me chamo Camila, Karla Camila, mais Karla é feio então me chame só de Camila.

Era eu e Lauren, naquele parquinho.

Quer ser minha amiga ?

Q-quero.

Primeiro abraço...

Tudo começou passar rápido novamente, as vozes, tudo ia ficando na minha cabeça como se eu estivesse vivendo tudo aquilo novamente. Foi diminuindo e parou em um campo todo verde, eu corria e Lauren corria logo atras, a gente ria, ate que ela me pega pela cintura e caímos no chão. A Lua já estava tomando o lugar do sol deixando mais escuro, viramos de barriga pra cima e começamos olhar.

Camz, você é a minha Lua.

Quando eu ia responder apareceu minha mãe que provavelmente nos chamou pois levantamos e corremos pra dentro e mais uma vez, tudo começou a passar rápido.

- Lolo, vamos fazer um juramento ?

Qual juramento Camz ?

Jurar que seremos melhores amigas pra sempre ?

Pra sempre.

Agora parece que tudo passava mais rápido.

- Tia Clara, Lolo pode dormir lá em casa hoje ?

- Camz você disse que a gente não ia dormir.

- Lolo você é o meu Sol e eu a sua Lua.

- Ele vai se chamar Sam.

- Eu vou embora pra Nova York hoje mesmo Camz.

Nessa hora eu não conseguia ver direito, tudo começou passar rápido, foi quando parou em Lauren estendendo seu dedo mindinho pra mim.

- Mesmo longe, sempre seremos melhores amigas, lembra ?

- Pra sempre. 

Eu via Lauren acenando pra mim de dentro do carro enquanto a mesma chorava e ele se afastava até eu perder de vista,e de novo, tudo passando rápido.

Eu conhecendo as meninas...

Sofia crescendo...

Todos passeios, todos os momentos...

Até que parou quando eu e as meninas estávamos no parque correndo, me viro pro lado pra olhar a fonte e meus olhos se cruzam com Lauren, ela ouvia música e lia um livro, até que a mesma levanta e foca o olhar em mim, esse lindo olhar.

Ficamos nos encarando, ela tinha um olhar intrigado e curioso, eu não estava diferente. As meninas me chamam e vejo a mesma se levantando e indo embora, e eu seguindo o meu caminho. Flashes passando...

Eu começando trabalhar na Dom Peats...

Lauren chegando com Sam...

- Karla Camila

- Como sabe que o K se refere a Karla ?

- E-eu não s-sei.

Passava e passava quando parou em eu abrindo a porta achando ser o entregador de pizza e dou de cara com uma Lauren de olhos cheios de água e respiração descompensada.

- Nós precisamos conversar... Camz.

- Lolo ?

Abraços...

Choros...

Toques...

Começou passar rápido, eu beijando Shay, depois boate, Shay me beijando a força, Lauren no hospital.

Amizade se perdendo...

Lauren me ignorando...

Eu tentando e ela sempre fugia de mim...

Eu conversando com Sofia e me encorajando de ir novamente atrás dela...

Caixas e mais caixas em seu apartamento...

- Ela saiu para comprar um passa-porte...

Dinah dizia quando Lauren chega... De malas.

- Oque faz aqui Camila ?

Eu chorava e tentava explicar, mas ela estava relutante em sua decisão.

- Não posso viver dessa maneira, sinto muito.

- Lauren você precisa saber que nã...

- Já chega Camila... Entenda, sofrer por algo não reciproco não é meu forte.

E ela foi, depois disso começou se acelerar, eu chorava de joelhos no chão, até que começo correr para o apartamento de Dinah, chorava e chorava enquanto conversava com Dinah e Vero quando eu me levanto e começo sair correndo pros corredores e escadas do prédio.

- Mila aonde vai ? - Vero

- Eu vou atrás dela, não vou deixar ela ir embora de novo, não sem antes saber oque eu sinto por ela.

Eu estava indo atrás.

Corria e corria, quando escutei...

- CAMILA O CARRO...

Tudo ficou preto, as vozes pararam, tudo ficou um grande e doloroso silêncio, até que começo ouvir vozes... 

- Me perdoa Camz.

- Não me deixe.

- Por favor, eu imploro, acorde.

- Eu te amo minha Camz.

Ouvia vozes, choros, súplicas para que eu acordasse, eu ainda estava em coma. Eu ouvia Lauren me contando como foi seu dia, até que ela não aguentava e caia em um choro alto, eu até podia sentir a mesma pegando em minha mão e deitando sobre minha barriga.

Ouvia vozes de todos.

Foi quando ouvi um sussurro.

- Vamos, reaja...

Eu abri meus olhos, vendo Lauren me olhando com os olhos arregalados cheios de água e com a mão na boca.

Ela vinha me abraçar...

Eu recuava...

E tudo começou passar sem eu nem perceber, muito rápido e foi quando eu puxei o ar com força abrindo os olhos, como se eu estivesse acordando de um sonho e ao mesmo tempo submergindo pra fora de uma piscina depois de muito tempo debaixo d'água. Eu chorava sem nem perceber e tinha as duas mãos espalmadas sobre o mármore gelado da pia, enquanto Lauren estava ao meu lado segurando um de meus pulsos e a outra mão nas minhas costas me olhando com o semblante todo preocupado. 

Eu havia acabado de recuperar minha memória.

- Camz, você esta bem ? Porque esta chorando ? 

Foi quando olhei e comecei me aproximar da mesma devagar, parando a centímetros de seu rosto. Lauren estava estática, creio que não entendendo nada. Mas entendeu na hora que eu dei um meio sorriso sentindo lágrimas descer pelas maças de meu rosto.

- Eu sou sua Lua, se lembra Lolo ? Pude ver Lauren arregalando seus olhos enquanto os mesmos se enchiam de água. É claro que ela se lembrava.

Pulo em seu colo e a mesma me pega apertando meu corpo com força contra o seu enquanto riamos e chorávamos ao mesmo tempo, ate que ela, ainda eu seu colo, me encosta na parede. Começo descer devagar ate estar de pé no chão, ficamos nos encarando com as testas coladas enquanto Lauren me abraçava forte pela cintura me grudando em você e eu passando minhas mãos em seu rosto.

- Eu te amo, meu Sol.

- Eu sempre vou te amar, minha Lua.

E foi ai que eu fiz uma das melhores coisas que podia já ter feito em toda minha vida...

Selei meus lábios junto aos seus.


Notas Finais


Espero que tenham gostado babes...
Até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...