História Time (Namjin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jhope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Suga
Visualizações 7
Palavras 622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


>Não revisada<

Capítulo 1 - Capitulo 1


P.O.V Namjoon


Caminho pelas ruas de seul em direçao a faculdade, olho meu relógio de pulso ja são 7:15 da manha ainda tenho 30 minutos para chegar na faculdade,
sentia o vento gélido bater em meu rosto, estava chovendo tipico de outono, era o primeiro dia do segundo semestre
da faculdade, curso administração, kim namjoon, eu, melhor aluno do ensino fundamental, médio e atual o melhor aluno de administração da melhor faculdade da coréia do sul.
Sou o tipo de pessoa perfeita, sem querer me gabar, ou ser desumilde, tenho, cabelos castanhos, olhos castanhos, cerca de 1,81 de altura, postura reta, peso ideal, sou educado, 
represetante na faculdade, venho de familia rica, um dos melhores alunos da coréia, sou usado de exemplo muitas vezes, admirado pela maioria dos alunos, as garotas me amam
e se declaram varias vezes para mim diariamente.
Me perco em meus pensamentos, novamente, meu defeito, distração em alguns casos.
Perecebo que a chuva começa a engrossar e que mesmo com guarda-chuva a chuva começa a me molhar, procuro um abrigo debaixo de uma parada de onibus que estava perto de mim.
Fico observando os carros passarem, pessoas se molharem, o barulho da chuva que de certa forma, me tranquiliza.
De repente ouço passos apresados se chocarem sobre o chão molhado...

 

P.O.V Jin


Acordo por volta de 7:15, com minha mãe quase batendo panela para eu despertar, levanto e me olho no espelho, e novamente me apaixono por mim mesmo, afinal amor próprio é tudo,
corre para o banheiro para tomar um banho para acordar para vida diaria, pego meu celular e levo junto, ao caminho do banheiro respondo, mensagens de algumas garotas que gostam de
mim, todos merecem atenção e amor certo?!
Me despi, e entrei no box, começo a refletir sobre tudo que tem acontecido comigo nos ultimos tempos, fui obrigado a começar a fazer uma faculdade pelo meu pai, ja que na visão dele
cantar no banheiro não leva a nada, escolhi administração, na verdade não foi exatamnte eu que escolheu, foi minha mãe.
Saio do banho e pego minhas folhas de transferencia, pastas etc...
-Tchau Omma, até depois!- Falo mandando um beijo com a mãe, ela apenas acena para mim.
A chuva esta fraquinha, creio que andando, eu consiga chegar seco na universidade.
Um pouco sobre mim?
Kim seokjin 25 anos, sou realmente bonito, e falo para todos isso, estou sendo obrigado a fazer faculdad pelo mue pai, pois ganhei uma bolsa de estudos, numa boa universidade de seul,
meu pai se mata trabalhando para conseguir pagar o tratamento de cancêr de minha mãe, eu trabalho meio periodo em uma cafeteria local, ganho um pouco menos de um salario, tenho amigos e 
"namoradinhas", apesar de minhas dificuldades sou feliz, claro, afinal oque seriamos de nós se a gente parasse por qualquer obstaculo né?
A chuva começa a engrossar e saio correndo até algum lugar próximo colocando minha  pasta sobre minha cabeça. Avisto uma parada de onibus e começo a correr mais rapido até ela.


P.O.V


Um menino esta correndo até a parada, observo ele, uniforme da faculdade, com uma pasta sobre a cabeça encharcado, nem um pouco inteligente.
Ele chegou ao meu lado ofegante, após tira seus papéis da pasta e começa a olhar um por um, aparentemente molhados.
-Eu sou muito burro as vezes...- O menino fala.
-Seus papéis molharam?-Pergunto
-Sim, mas acho que da para secar.
-Genial idéia a sua...-Ri de deboche, ele me olha como se queresse falar que não teve graça, mas pensa, ele teve a genial, ideia de colocar folhas em cima de sua cabeça sobre uma pasta de papelão-Aliás você deve ser da mesma universidade que eu.- Olho para seu uniforme para ele entender.
-Ah sim, estou começando agora.


Notas Finais


>Não revisada<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...