História Time travel { Namjin } - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Poxa_Bitch_Is

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Bts, Jin, Lemon, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Viagem No Tempo
Visualizações 92
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Volteiiii

Espero que gostem.

Capítulo 1 - Abandoned house


Fanfic / Fanfiction Time travel { Namjin } - Capítulo 1 - Abandoned house

Sabe quando você sabe que vai entrar em uma burrada mas mesmo assim faz? Então, é como eu estou me sentindo agora. Deixe-me explica lê melhor... 

Meu nome é kim Namjoon, eu tenho 19 anos e moro em Seul na coreia. Eu sou loiro /platinado, tenho uma tatuagem de um dragão na batata da perna, sou alto, inteligente, as vezes intimidou os outros mas sou um amor de pessoa, sou gay e vivo uma vida bem normal. Agora... Voltando pra história. 

Eu estava sentado na calçada em frente a minha casa conversando com meus amigos: yoongi, Jimin, jungkook, j-hope, e TaeHyung. Estávamos conversando sobre coisas bem aleatórias da vida... 

—Hey, kook... Eu te desafio a tacar uma pedra na janela do senhor Lee. 

Tae fala. Eu até discordar ia se o senhor Lee não fosse o cara mais chato que eu conheço. 

—Fácil. 

Ele pega uma pedra e vai até a casa do Senhor Lee - que ficava umas três casas do lado da minha.- Sorte que a essa hora ele não vai estar em casa. Ele taça na janela do quarto dele e o vidro quebra. Nós começamos a rir. Cá entre nós, esse Lee é muito chato! É rabugento e reclama de tudo. 

—Vamos ver outro desafio agora... 

Yoongi fala. Todos nós nós estreolhamos e eles parecem ter tido a mesma ideia só eu que não. 

—CASA ABANDONADA! 

eles grita o ao mesmo tempo me fazendo dar um pulinho pra trás assustado. 

—Que? Que casa abandonada? 

Pergunto perdido. Acho que eu sou o único que nao estou entendendo nada. 

—tem uma casa abandonada ali na rua de cima. Ninguém nunca entrou lá por puro Medo .MAS nós vamos. 

Tae fala. Ok, eu vou tranquilo, não tenho medo. 

—Eu topo. Não tenho medo de nada. 

Falo e nós levantamos. Já eram umas 18:30 da tarde /noite e estava escurecendo. Jimin como era medroso já estava se escondendo atrás do jungkook antes de chegarmos na casa. Tae e Hobi estava andando grudados já com medo. Eles queriam se pagar de machão mas tava morrendo de medo, certeza absoluta. Yoongi estava com a mesma cara de cu murcho de sempre e Jungkook estava normal. 

Chegamos em frente a casa e tenho que admitir, ela dava um medinho. Andamos pelo jardim - que estava todo morto, parecia um cemitério- e eu acabo pisando em um graveto seco que ecoa e forma um barulho consideravelmente alto fazendo corvos vuarem de algumas árvores secas e Jimin pula no colo do kook e Tae e Hobi da um geitinho meio assustado se agarrando. 

—Eu vou ir em bora! Não fico aqui nem mais um segundo! 

Jimin diz descendo do colo do kook com uma cara de bravo que tava mais pra fofo. 

—Boa sorte pra voltar sozinho e no escuro. 

Yoongi provoca. Jimin bufa e se agarra no jungkook. 

—E vocês dois aí. Parem de ser medrosos. Vocês sabem que eu vou proteger vocês... Não deixaria meus namorados serem pego por nada. 

Yoongi fala. Esqueci de comentar mas eles tem um namoro a três. O yoongi passa da água pro vinho quando o assunto são eles. Há, também esqueci de dizer que todo mundo aqui é gay... Se bem que eu acho que já deu pra perceber. 

—vamos logo. 

Kook diz depois de um bom tempo calado. Ele é o mais neutro daqui. Não demonstra medo mas também não demonstra aquela coragem de "vamos logo seus covardes." 

Abrimos a porta da casa com calma que fez com que ela fizesse um barulho bem digno de filme de terror. Nem preciso dizer que o jimin se encolheu nos braços do kook. 

Começamos a caminhar. O chão era de madeira, oque fazia com que os barulhos dos nossos passos ecoasem pela casa. Tinha sujeiras pelo chão da casa. Folhas e galos sexos na maioria. Provavelmente foi o vento que o trouxe. Nós separamos um pouquinho um dos outros. Quer dizer, Jimin foi com o kook. Tae, yoongi e Hobi foram juntos e eu fui sozinho. Melhor do que ficar de vela. 

Estava vasculhando a casa, mechendo em alguns móveis que estavam ali até que escuro o suga gritar:

—O GENTE, VEM AQUI VER ISSO! 

Vou até lá. Ele estava em um comodo que não era uma quarto, era tipo uma sala mas sem móveis. Os meninos todos já estava la olhando de boca aberta para uma máquina que tinha lá. Era uma coisa muito tecnogicaca pra entender direito. Oque eu consegui ver era uma alavanca com um monte de fios em volta que ligava a uma espécie de "aro", um círculo gigante que dá pra passar por dentro de tão grande. 

—que merda é essa? 

Kook perguntou pausadamente, encantado com oque via. Yoongi viu que tinha várias tomas que eram ligadas nos fios que estavam em volta desse troço. Todos estavam conectados mas duvido muito que nessa casa ainda tenha energia. 

—Será que essa casa era de algum cientista? 

Tae pergunta. Ele é suas noia. 

—imagina que foda seria se isso fosse uma máquina do tempo. 

Correção :Tae e Hoseok com suas noias. 

—parem de falar bobagem... Será que isso funciona?

Jimin se pronúncia. 

—vamos descobrir. 

Yoongi aciona a alavanca. Uma... Coisa é formada dentro do círculo. É uma coisa que deixou a parte de dentro desse círculo meio azul e branco e girando. Sei lá cara, é estranho. 

—que porra é essa? 

Me aproximo e derrepente cinto como se essa coisa me puxasse pra ela. Minhas roupas e meu cabelo balançavam em direção a ela como é eu estivesse no meio de uma ventania. 

—oque tá acontecendo? 

Jungkook praticamente grita assustado. A máquina começa a me puxar mais forte pra ela. Eu tentava me afastar mas não conseguia. Os meninos estavam encostados na parede tentando se mater o mais lunge possível. Folhas de papel que estavam em uma mesa começam a voar pelo cômodo. Tudo me puxava mais pra ele até que eu não consigo resistir. Só lembro de que meu corpo ultrapassou o círculo e depois eu apaguei... 




Notas Finais


Comentem, por favor.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...