História Timeline Camren - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren, Ficção Cientifica, Fifth Harmony, Romance
Exibições 69
Palavras 1.561
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem.

Capítulo 29 - Amnésia


Fanfic / Fanfiction Timeline Camren - Capítulo 29 - Amnésia

POV Camila

-É uma mensagem.
-Mas para quem. Ally pergunta curiosa.
-Para alguém que não vai saber responder.
-Está dizendo que essa mensagem é para a senhorita Jauregui? Styles questiona.
-Sim.
-E por que ela não vai saber responder?
-Por que está com amnésia.
-Tem certeza disso.
-Ela diz se lembrar apenas tudo o que aconteceu ontem e mais nada além disso.
-Ela pode está mentindo.
-Talvez.
-Mas para ter certeza disso ela precisa passar por alguns exames. Ally diz.
-Eu posso fala com uma amiga minha a doutora Hansen ela fora todos exames com prioridade.
-Tudo bem faça isso, eu irei falar com o capitão.
-Tudo bem.
-Vou até a sala do capitão Richardson, bato na porta.
Toc, Toc... -Entre.
-Com sua licença capitão.
-A vontade detetive.
-Senhor gostaria de discutir sobre o caso da senhorita Jauregui.
-Chegou em alguma conclusão?
-Pelo que pude conversar com ela acho que está sofrendo de algum tipo de amnésia.
-Amnésia como chegou a essa conclusão?
-Bom como o senhor sabe eu estava trabalhando disfarçada no restaurante Katz's Deli, pois havia suspeitas de que james j. Bulguer estaria frequentando o lugar.
-Sim agora que você falou estou a par dessa situação.
-É claro, e durante esse mês que fiquei trabalhando percebi que a senhorita Jauregui frequentou o lugar praticamente todos os dias, e ontem em especial ela agia de forma muito estranha como se não reconhecesse onde estava, e como conversei com ainda pouco ela me confirmou que não lembrava nada além de ontem desde que acordou no restaurante.
-Como assim ela acordou ontem no restaurante?
-Ela costuma sempre se sentar na mesma mesa no restaurante para fazer anotações em seu caderno, e quando percebi que ela dormindo em cima da mesa imediatamente acordei ela parecendo realmente estando confusa e deslocada sem saber onde estava.
-A doutora Ally também concorda com isso?
-Sim iria entrar em contanto com uma amiga dela médica especializada no assunto.
-Ótimo faça isso o mais rápido possível.
-Sim senhor. Ainda bem que ele concordou apesar de saber a causa de sua amnésia pelo menos acho que sei com tudo os exames poderão dizer por si só, quando estava prestes a gira a maçaneta da porta ele me chama.
-Detetive.
-Senhor?
-Irei designar os policias Styles e Sheeran para auxiliar nesse caso.
-Sim senhor.
-Agora pode ir.
-Sim senhor.
Alguns minutos depois volto para a sala de interrogatório conversar com a Lauren sobre ir ao hospital para fazer alguns exames para confirmar que ela não está mentindo sobre não lembrar de suas anotações entre outras coisas, respiro fundo antes de entrar na sala puxo a cadeira e me sento na frente da Lauren que fica me olhando de um jeito tão carinhoso que se não fosse pelo treinamento que fiz o com Chester de agir friamente e calcular cada passo que dou já teria puxado ela e a beijado desesperadamente.
-Lauren preciso que me acompanhe para um hospital para fazer alguns exames para saber como você está e como isso aconteceu.
-E provavelmente para saber se não estou mentindo.
-Sim basicamente isso.
-Entendo.
-Apesar de saber que está falando a verdade.
-Como sabe que estou falando a verdade?
-Eu acredito em você. Por impulso ela segura na minha mão como uma enorme sorriso em rosto.
-Fico feliz que você acredita em mim.
É incrível como o meu corpo reage ao um simples toque seu, me fazendo estremecer toda, engulo seco quando percebo que ela não tira os olhos dos meus lábios e o desejo de lhe beijar toma conta do meu ser, quando de repente alguém abri a porta olha para o lado é vejo o Sheeran, imediatamente puxo a minha mão de cima da mesa onde Lauren segurava a mesma, me recomponho e finjo que nada aconteceu.
-Sim Sheeran.
-A Ally já conversou com amiga dela sobre o caso e disse que podemos ir agora para fazer os exames, o styles já está nos aguardando no carro.
-Obrigada já estamos indo.
-Ok.
-Vamos Lauren. Ela balança a cabeça confirmando que sim.
Durante o percurso todo ficamos em silêncio enquanto eu observava a Lauren pelo retrovisor do carro e de vez em quando o Sheeran fazia o mesmo, chegando no hospital fomos de cara recebidos pela doutora Hansen, mas assim que vi ela certas lembranças desagradáveis vieram em minha mente, já que em outa ocasião ela foi responsável pela morte de certas apesar de saber que aqui ela não é desse jeito, sorte da Lauren que não lembra disso falo pra mim mesma.
Ficamos no lado de fora da sala enquanto ela fazia os exames foram longas duas horas, mas que para mim parecia uma eternidade, assim que acabaram os exames a doutora Hansen nos chama para dá o veredito, que eu já sei a resposta pelo menos acho que sei.
-Então doutora qual conclusão a senhora chegou. Sheeran pergunta ainda desconfiado já que ele é o único que desconfia da Lauren diferente de mim e o styles.
-A boa notícia é que o resultado da ressonância deu negativo eu não achei nenhuma evidência de lesões, hemorragias e nem de tumores.
-Realmente ela está com amnésia e se está qual foi a causa? Sheeran pergunta com certa dúvida do que a doutora irá responder.
-Como suposição eu diria que a causa de sua amnésia é o estresse.
-Que tipo de estresse poderia causa isso?
-Muitos tipos talvez ela não esteja conseguindo lhe dar com alguma situação e seu cérebro entrou em pane, e como uma maneira de reagir ao seja que for que causou esse estresse.
-Em muitas situações é comum que aconteça.
-E quanto tempo pode durar.
-Isso depende de pessoa por pessoa é indeterminado pode se lembrar a qualquer momento daqui um dia, mês, anos ou nunca.
-O que iremos fazer?
-Espera é a única solução como eu disse o processo é indeterminado.
-Muito obrigada doutora, alguma recomendação? Sheeran pergunta.
-Sim, que ela volte a sua rotina habitual, sendo quem sabe algo faça ela lembrar.
-Então vamos Lauren deixaremos você em sua casa.
-Você Sabe onde eu moro Camila quer dizer senhorita é detetive cabello?
Ela fica tão linda se atrapalhando com as palavras, me repreendo dizendo para mim mesma se concentração Camila os seus colegas e nem a Lauren podem perceber seus sentimentos.
-Claro que sei, afinal de contas foi feita uma investigação sobre você.
-É claro.
-Então vamos. Sheeran fala.
No caminho para a casa da Lauren em Manhattan por alguma ironia de destino era no mesmo prédio onde ela mora com o Shanw, logo depois deixamos o policial styles em sua residência e por último Sheeran me deixou em casa, mas antes de eu descer de seu carro ele me chama para conversar.
-Sinceramente Camila você precisa se controlar mais.
Ele fala comigo com uma certa intimidade como se fossemos amigos, o engraçado é que isso não estava no relatório do Chester, e agora como vou sair dessa saía justa, aja com naturalidade, ninguém pode desconfiar que você não é você digo pra mim mesma.
-Não sei do que você está falando.
-Há por favor vai se fazer de desentendida pra cima de mim.
-Continuo sem entender sobre o que você está falando.
-Tudo bem se você quer jogar.
-Sabe eu fico imaginado se tivesse sido o capitão ou Styles tivessem visto a cena que eu presenciei na sala do interrogatório.
-Não aconteceu nada.
-Realmente se eu não tivesse chegado a tempo você teria agarrado ela lá mesmo.
-Que absurdo você está falando eu tenho namorado.
-Absurdo é você insistir namorar o Austin ele não combina com você, já a Lauren que olhos são aqueles ela combina totalmente com você deu até perceber a química que rola entre vocês.
-Ela está no meio de um caso muito complicado, além do mais ela tem namorada muito pegajosa pelo sinal.
-Bom então admite que está interessada nela.
-Eu não admito nada.
-Tudo bem, com relação ao caso tenho certeza que vamos resolver, quanto a namorada dela podemos passa um pente fino e quem sabe encontramos algum podre.
-Por que acha que estou interessada nela, e antes que você faça algum comentário bobo só estou perguntado por simples curiosidade.
-Sei, nunca ouviu falar no ditado que diz que o pior cego é aquele que não quer vê.
-Sim e o que isso tem haver?
-Tudo haver pois peguei você várias vezes secando a Lauren descaradamente, você costumava ser mais sutil.
-Você não parava de olhar para os lábios dela e vice-versa existe uma grande tensão sexual entre vocês.
-E vamos dá graças a Deus pelo o Styles ser bastante distraído ou discreto.
-Ficou sem argumentos foi?
-Não podemos mudar de assunto, e você como estão indo as coisas com a Ally?
-Não sei do que você está falando.
-Agora é você que está dando de desentendido pra cima de mim.
-Tudo bem, estou indo devagar você sabe que o meu último relacionamento não deu muito certo.
-Eu sei. Eu imagino que sei porque por essa eu não esperava.
-Tudo bem o papo está muito bem, mas tenho que entrar.
-Tudo bem. Assim que saio do carro ele falo algo.
-Até amanhã Camren.
-O que você disse?
-É a junção do seu nome junto com a da Lauren, e vou deixando claro que eu shippor.
-Até amanhã Sheeran.
-Até e sonhe com os anjos ou melhor com a Lauren.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...