História Timore Fortes - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Hero 6 (Operação Big Hero)
Personagens Baymax, Cass, Fred, Go Go Tomago, Hiro Hamada, Honey Lemon, Personagens Originais, Professor Robert Callaghan, Tadashi Hamada, Wasabi
Tags Bh7, Drama, Loucuras, Passados, Poderes, Reencontros, Tadahoney, Violencia
Visualizações 6
Palavras 605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Super Power, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii! Eu voltei!
Aproveitem o capítulo!

Capítulo 5 - Lembranças um pouco amargas


Fanfic / Fanfiction Timore Fortes - Capítulo 5 - Lembranças um pouco amargas

P.O.V Tadashi
- Boa noite dashi...
Quando Lisa disse aquele apelido que apenas minha família falava, um turbilhão de memórias vieram como uma pancada no meu cérebro. O dia em que Hiro nasceu que minha irmã e eu fomos o conhecer por exemplo: Eu me lembro que ela me segurou no braço e suspirou:
- Dashi... - Ela disse - Eu tô nervosa!
- Por que Lizzie?
- E se eu acabar quebrando ele quando eu pegar nosso maninho no colo?
Eu ri, e com ternura falei :
- Vai ficar tudo bem Lizzie! Mamãe não vai deixar a gente pegar nosso maninho no colo!
Ela riu e entramos no quarto todo azul claro e branco, e vimos  uma forma pequena se movendo no "Moisés", então chegamos mais perto e vimos aquele pequeno garoto de olhos grandes e cabelos pretos:
- Oi... - Elisabeth cochichou perto dele e estendeu o dedo, o pequeno agarrou o dedo dela com sua mão e sorriu - Oi! Tudo bem garotão?
- O nome dele é Hiro! - Mamãe  disse chegando perto de nós. Então ela viu Hiro segurando o dedo de Elisabeth - Olha o tipo! - Ela olhou para trás e viu meu pai chegando - Veja Tomeo! Nosso filinho!
Eu apenas fiquei ali. Quando ele soltou o dedo de Elisabeth mamãe e papai já tinham saído para a sala. E eu disse:
- Nós dois vamos te proteger Hiro...
- Até o fim! - Elisabeth completou - Meu maninho...
Então minhas memórias se voltaram  para o dia em que minha vida nunca mais foi a mesma!
Era um belo dia de outono ( sim outono! Eu gosto de frio!) e Lizzie iria para uma entrevista de jornal  ( pois ela era uma gênia  e tinha apenas 11 anos !) e eu dei boa sorte para ela e Hiro (que no momento tinha uns 3 anos) deu tchauzinho pra eles... Depois de um tempo fiquei sabendo que o carro tinha batido e meus pais morreram, e o corpo de minha irmã nunca mais foi achado... Havia suspeitas de que ela poderia ter sobrevivido. Mas nunca a achamos... E com o tempo percebi que mesmo Hiro crescendo e se tornando um garoto extraordinário, ele estava ficando parecido com minha irmã! Encrenqueiro, indo à robo-lutas e desperdiçando sua inteligência! Eu apenas o incentivei, como meu pai fez com Lizzie...
 Quando eu acordei percebi que suava e que estava começando a amanhecer. Olhei para minha mão que certo dia cortei com uma faca ( estava fazendo estupidez ) e Lizzie me confortou na hora e chamou minha tia que cuidou do ferimento. Apesar dela ser 2 anos mais nova, sua capacidade mental,psicológica e sentimental era mais madura que a minha! O que a fez se tornar minha melhor ( e única ) amiga!
Passei o dedo na cicatriz um pouco elevada e me lembrei que ela começou a fazer piadas e dizer coisas engraçadas para me fazer rir e esquecer a dor... Eu sorri e de repente um dos agentes do tal de major me tirando de meus devaneios apitou o mais alto que pôde e gritou para que todos ouvissem :
-Hora de acordar seus preguiçosos! O desejum está pronto!
Todos começaram a se mexer na cama e a levantar devagar colocando suas blusas, Lisa foi a primeira a levantar ( tirando eu ) e amarrou seu cabelo ruivo em um rabo de cavalo, colocando o moletom cinza na cintura.
O policial a levou por primeiro ( por ser mulher ) e a guiou por um corredor escuro do estabelecimento, logo depois outro agente me levou para o refeitório...
 


Notas Finais


O que será que vai acontecer com a Lisa?
Fiquem ligados pra saber no próximo cap!
Obrigado por tudo gente! Bjs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...