História Tinto e enrugado - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook, Kookmin
Exibições 27
Palavras 529
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Slash
Avisos: Drogas, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


parece estruturado, mas só saiu
talvez não faça sentido

Capítulo 1 - As rugas são a melhor epígrafe


 

Rebobina a fita.

 

A dor nas costas não desaparece magicamente enquanto eu dormia, é até um tanto cômico manter as mesmas esperanças.

Toca aquela melodia surda da minha epifania desordenada; ressoa. E nem sei como todo esse barulho na minha mente não acorda Jimin.

 

Talvez eu exista em um tubo de ensaio.

 

Só é impossível não romper em pensamentos ao ver seu rosto tão tranquilo, à distância de um esticar de dedos.

Mesmo que já me tenha abandonado a juventude nervosa, ainda irradiam as ideias admiradas, impetuosas.

 

Estou na idade de fósforo riscado, mas ainda queimo.

 

Quando minhas mãos frias passeiam pelos traços sinuosos de sua face, sinto a combustão.

Esse maldito efervescente transborda tinta, daquelas que mancham tecidos. Os tecidos de roupas e os tecidos da pele que toca, a minha. Park de todo impregna e adentra minha epiderme.

 

São as mais lindas: as tatuagens invisíveis as quais ele gravou em mim.

 

Entretanto, não se comparam às rugas que o tempo, junto a alguma vivacidade que ainda não compreendo, deixou em seu rosto.

As linhas no canto dos lábios, os risquinhos ao pé dos olhos... Resultaram de tanto rir, sorrir, até esmorecer.

 

As centelhas de alegria mais apreciadas por mim.

Devem ter impedido que eu me tornasse gelado.

 

Ou as marcas que atravessam a testa, permanentemente lapidadas depois de anos aparecendo nos momentos de preocupação e desconforto.

Mesmo o vinco entre as sobrancelhas, por franzi-las excessivamente ao se dar conta, mais uma vez, de que os problemas não se dissolvem em nossas águas turvas.

 

Os lembretes de um sentir angustiante; amo-os do mesmo modo.

Devem ter impedido que eu me tornasse gelado.

 

E é assim que me levanto, vou até o espelho e me deparo com uma pele um tanto lisa. Talvez um borrão ali, um traço raso aqui, mas nada como as evidentes rugas de Jimin.

A diferença de idade nem é acentuada; a dos sorrisos é, a dos olhos fundos também.

 

Sou meio que dono de uma expressão que não é.

 

É culpa da essência de diapasão desafinado, do descompromisso. Talvez se eu tivesse rido mais enquanto mirava-o fumando e andando de bicicleta ao mesmo tempo...

Mas pareceu suficiente, sabe? Embaçar-me aos poucos, como o vidro do carro naquela viagem longa a qual eu desejei que nunca tivesse acabado. Mais tarde descobri que queria o fim da minha estrada sentado numa cadeira de fio ao seu lado.

 

Algo como entregar meus dias ao moreno; cuidar dos dele.

 

E foi isso que a gente fez. Escalamos uma muralha de areia e ficamos por lá. Um canto para presunçosamente chamar de nosso.

Aí, o aconchego é maior que qualquer vertigem. Maior que o medo que eu tinha de construir um pântano de mágoas e me afundar nele.

 

Prescindir dos sentimentos é tão mais simples.

 

Então, volto a encará-lo, concluindo que essas reflexões mal direcionadas dizem muito mais de mim do que dele.

Ele finalmente abre os olhos, o que me faz ter a certeza de que suas rugas são a melhor epígrafe.

 

É que vivemos os dois. Talvez Jimin com mais intensidade.

 

“Bom dia, meu bem!” Ele sorri.

“Bom dia.” E eu juro que dessa vez vou gargalhar.


Notas Finais


diapasão é uma paradinha que se usa para afinar outros instrumentos
Obrigada por ler!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...