História Tire uma nova foto, baby boy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Tags Cyberstalking, Daddy Kink, Jisuga, Sugamin, Texting, Yoonmin
Exibições 239
Palavras 2.818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, como vão? Essa é minha última história de 2016, vou viajar depois de amanhã e vou entrar em hiatus. Em janeiro eu tenho coisas da faculdade pra resolver, então...
Mas nesse meio tempo prometo que vou tentar responder os comentários pendentes e quem precisar sempre sabe onde me encontrar.
(31 de dezembro é meu aniversário. Me deem fanfics (ou uma capa pra essa fic) que eu fico feliz.)
Até 2017 e boa leitura.

Capítulo 1 - Intro. Alto tempo de exposição.


Mesmo sendo um jovem aspirante a fotógrafo de vinte e dois anos, Min Yoongi se preocupava em excesso e fazia coisas demais. No final da noite, como se não fosse de se esperar, só queria encostar a cabeça em algum canto - que nem precisava ser tão confortável assim - para relaxar por todo o tempo livre que tivesse.

Ele estava exausto.

Naquela madrugada em questão, tinha acabado de voltar relativamente cedo de uma festa que lhe renderia um bom pagamento, mas seu humor ainda assim não era dos melhores. Por mais que tenha ido lá apenas a trabalho, sem qualquer vínculo de amizade com algum dos empregadores, não teve direito a uma pausa nem para tomar uma água e ficou de pé tanto tempo fotografando noivos e convidados que sentia suas pernas latejarem, não sentou nem durante o jantar, pois estava ocupado pedindo para os pais irresponsáveis controlarem seus filhos que achavam que a câmera era brinquedo. Ainda teve que se preocupar com várias das convidadas encarando-no de um jeito preocupante, praticamente devorando seu corpo naquele terninho social ridículo com o olhar e fofocando por todos os lados sobre "o fotógrafo loirinho gostoso com cara de sério". Fora definitivamente uma variação de inferno.

Não queria olhar novamente para a cara de uma criança por meses e se não fosse realmente apaixonado pela câmera, cogitaria procurar outro emprego ainda que pagasse menos.

Porém, naquele momento, já em seu apartamento, longe de toda aquela confusão e recém saído de um bom banho, Yoongi caminhava confortavelmente para fora de seu quarto em direção à cozinha, cantarolando uma música que ouviu mais cedo vestindo um de seus pijamas mais confortáveis. Amava aquelas calças amarelas de flanela e a blusa branca de mangas compridas bem mais largas que suas preocupações. Elas traziam uma sensação de estar quentinho e acolhido, justamente o que precisava.

Em sua mente Yoongi planejava como faria a edição das imagens e da montagem dos melhores momentos da festa que teria que entregar na semana seguinte, mas estava tentado a se dar uma folga até antes do amanhecer. Como uma Cinderela do relógio atrasado, esperaria até as responsabilidades da vida recaírem sobre ele outra vez.

Tentando ignorar qualquer autocobrança que ameaçava se formar em sua mente e ouvindo os ecos de sua voz desafinada, lembrou que seus colegas da faculdade se encontravam em uma festa naquela noite, e lembrou também da menina bonitinha da microbiologia que sempre tinha algo pra fazer na ala do prédio dele chamando-o para acompanhá-la. Por um milésimo de segundo o rosto de Yoongi se fechou e seus lábios formarem uma linha fina ao encarar a cozinha escura. Trabalhava tanto que ficou sozinho, há quanto tempo mesmo estava recusando todos os convites de baladas e barzinhos?

Uma corrente de ar subitamente passou por ele, o ar frio pelo inverno que se aproximava fê-lo se arrepiar. O apartamento não tinha aquecedor e Yoongi se deu conta de suas narinas queimarem com a inspiração. Sem amores e amigos, era somente ele e sua sombra há mais de cinco anos. Mesmo que fosse cercado de gente durante o dia, tanto colegas da faculdade quanto de internet, as noites eram aquecidas por cobertores e não tinha ninguém para compartilhar suas alegrias quando chegava em casa, nem para rir de suas desgraças e comentar da vergonha que a madrinha da noiva passou depois da terceira taça de champagne. Era só um cara solitário que gastava seu período livre com mais trabalho, seja da faculdade ou não, e pornografia. Quando foi que aquilo tinha acontecido?

Suspirando ao acender a luz da cozinha, encarou a pia cheia de louças acumuladas e decidiu ignorar - dessa vez com convicção - tanto seus pensamentos carentes quanto o serviço doméstico por fazer. Estava realmente cansado. Tentou ir o mais rápido possível com seu objetivo: abriu a geladeira e pegou uma caixa de suco de laranja num movimento automático, batendo a porta com uma força desnecessária logo em seguida. Não estava com muita fome, então optou por um pacote de bolachas sem recheio para acompanhar. Esse seria seu jantar.

Foi levando tudo de volta para o quarto logo depois de apagar as luzes da casa que ainda estavam acesas. Planejava se esconder debaixo dos edredons quentinhos e ficar lá pelo o tempo que pudesse. Dane-se a solidão, ele tinha uma ótima vista da sacada e um dia subiria mais alguns andares. Já estava feliz por finalmente ter conquistado sua liberdade e poder fazer o que quisesse da sua vida e de seu dinheiro. Logo se formaria na faculdade de arte e fotografia e isso lhe garantiria trabalhos em um nível mais profissional, aí sim ele poderia começar a pensar em arranjar uma parceria de longo prazo.

Ao esticar as pernas e sentir a espuma fofa da cama contra suas nádegas, Yoongi percebeu que tudo isso era besta e que só queria deitar e dormir, talvez até dormisse escorado na cabeceira. O problema que o impedia de ter sua merecida noite de sono dessa vez era seus cabelos loiros meio molhados, mesmo tendo passado a toalha neles. Ele sabia que não era saudável dormir daquela forma, ainda mais no frio.

Se ainda morasse com sua mãe, ela definitivamente estaria dando uma bronca, mandando-o parar de ser preguiçoso e usar um maldito secador, mas ele podia simplesmente não fazer o que deveria, e essa era a graça de morar sozinho.

Sorriu pela primeira vez naquela noite com o pensamento. Deveria ir visitar sua família nas férias e ter seu descanso na fazenda de seus avós. Poderia tirar muitas fotos também, o céu de lá era tão lindo que até havia compartilhado em seu tumblr uma vez...

Pensando nisso, Yoongi pegou o tablet sobre o criado mudo e logo foi checar sua rede social favorita enquanto a natureza fazia o trabalho de secar o cabelo dele por ele. Aquilo também faria sua mãe perder os cabelos se ela soubesse da verdade.

Apesar de ser um fotógrafo conhecido por um enquadramento quase único e trabalhos magníficos com luz natural - e também por fotografar eventos por um preço pequeno -, o que Yoongi amava era fotografar pessoas. Mais do que isso, amava fotografar a si. Não sabia da onde aquele amor próprio surgira.

Na adolescência sempre fora um rapaz extremamente tímido e solitário, não conseguia nem ser amigo do garoto que o fazia questionar a moral que seus pais lhe ensinaram. E depois que se descobriu pansexual, com uma preferência maior por pessoas do gênero masculino, perdeu muito tempo se perguntando se relacionamentos de internet davam certo, um porque sabia que manter um relacionamento entre duas pessoas do mesmo sexo em seu país era complicado e dois porque não sabia se o seu parceiro iria entender a pessoa que ele realmente era.

Min se achava atraente e se sentia confortável em roupas consideradas femininas. Mas como a moral frágil dos habitantes de seu país não permitiam que fizesse o que queria do seu corpo, tudo acabou convergindo em uma única coisa: fotografias.

Yoongi tinha um flickr onde postava suas fotos "aceitáveis para o mundo" e era muito elogiado por diversos fotógrafos profissionais. Mas ele também tinha tumblr para seus desejos interiores. Ali postava fotos suas de diversas formas. Algumas com muitos laços e rendas, algumas de pequenos detalhes sobre si e seu corpo - porém nenhuma de seu rosto - e, claro, suas preferidas, as fotos que ele mais se dedicava em termos de qualidade: vestindo as coisas que não podia usar em público.

Naquela semana Yoongi estava fazendo uma campanha para chegar aos cem mil seguidores antes do fim do mês, já que ficar parado no noventa e seis mil há alguns dias o deixava ansioso. Ele sempre tomou cuidado para nunca se expor muito e só escrevia em inglês, fatores que até ajudaram na sua fama, já que todos queriam saber a real identidade do crossdresser e autor do blog sweeterthansugar93.

Muitos até idealizavam um modelo ou alguém famoso de verdade que só queria mais fama. Era divertido para Yoongi ver a curiosidade das pessoas, mas ao mesmo tempo era entristecedor porque era ninguém na multidão e só era conhecido por fazer o que muitas pessoas tinham vergonha e ser bonito. Se não fosse isso ele não teria mais nada.

Não que se achasse num nível superior de beleza, Yoongi sequer tinha uma auto estima exemplar, mas se amava e amava seu corpo. Perdia horas cuidando de si, com cremes e óleos, sabonetes e produtos caseiros, sempre se dedicando ao máximo para se sentir feliz e o ver que resultado fazia bem. Só que isso também o impedia de ser completamente satisfeito consigo.

Sabia que muitas de suas alegrias eram fúteis, mas saber que a sociedade só parecia aceitá-lo melhor por ter uma pele pálida e que em algum momento foi sua deficiência de melanina que querendo ou não foi o que fez sua fama virtual alavancar o entristecia. Em algumas de suas postagens no tumblr pedia para alguns amigos que acabou conhecendo no meio e mantinha algum contato para que ajudassem-no a abrir os olhos das pessoas que beleza não era aquilo que idealizaram para os outros e sim o que você te fazia bem. Era um processo complicado.

Não havia vergonha em usar uma saia e ser homem, não havia nada além de um bando de babacas que gostavam de sexualizar aquilo ou de julgar porque não sabiam o quanto realmente era confortável.

Esse também era um dos motivos pelo qual mantinha aquela rede social, no fim. Queria mostrar para as pessoas que seja ter um fetiche ou gostar de coisas diferentes do que lhes era imposto, não seria anormal e nem uma aberração.

Ele amava como uma boa saia valorizava suas pernas. Adorava como uma blusa fina de renda fazia cócegas em sua barriga, se sentia muito bem num salto alto e, principalmente: se sentia gostoso pra caralho usando uma lingerie.

Ele amava ser o Suga.

 

__________
 

Sweeterthansugar93 - inbox

 

14 comentários pendentes esperando aprovação: 

Mais recentes primeiro.


 

Postagem "Especial #sweethundred: Hora de experimentar as novas peças! (com fotos)"

 

Pra quem não viu semana passada eu fiz umas compras e finalmente chegou! Como prometido, a postagem sobre cada item e com mais detalhes caso vocês… Clique para ver mais.

 

Usuário secondroundplease - 15 horas atrás

Eu não sei como viveria sem seus posts, espero que consiga seus cem mil logo #sweethundred.

 

Usuário anônimo - 15 horas atrás

Você é muito gostosa.

 

Usuário anônimo - 15 horas atrás

Lindo.

 

Usuário anônimo - 12 horas atrás

Como assim você é um homem? Cade a sua vergonha na cara? Deus vai te punir por isso! Você vai arder no fogo do inferno junto com todos os hereges. Falta amor na sua vida, arranje uma mulher que te dê a atenção que você precisa e procure os caminhos divinos! Deus te ama, ele há te de perdoar com fé em Cristo e no fogo do Espírito Santo. Amém.

 

Usuário anônimo - 10 horas atrás

Quero mas fotos. amo suas fotos. Você é muito bom tirando fotos e seu corpo é muito bonito. Parabéns.

 

Usuário anônimo - 6 horas atrás

Seu pau é pequeno.

 

Usuário savagebadgirl - 4 horas atrás

Ah, você é tão lindo! Sou uma garota mais invejo muito seu corpo, adoro seus especiais e quero saber onde você comprou aquela saia preta da terceira imagem, por favor! Você ficou lindo nela e acho que ficaria bem em mim também >.<

 

Usuário anônimo - 4 minutos atrás

Tenho vergonha de falar logado, mas te acompanho faz tempo e gosto muito de tudo que você faz e quero que chegue aos cem mil logo. Beijos. Nunca pare de postar.


__________

 

Postagem “Semana especial + projeto dos 100k!

 

Já estamos chegando em 94k e eu estou muito ansioso com isso! Claro que número não são o mais importante, mas o carinho que recebi aqui foi muito importante pra mim e… Clique para ver mais.

 

Usuário anônimo - 20 horas atrás

Mas é uma puta mesmo né, viadinho arrombado, se te pego na rua tu apanha até se arrepender de ter nascido. O mundo é um lixo por causa dessa raça imunda. Tem que morrer tudo.

 

Usuário boyslovefunn - 14 horas atrás

Eu sei que é chato isso de divulgação e tal, mas seria muito importante que você visse minhas fotos. Graças a você eu perdi a vergonha de ser quem eu era e me arrisquei a fazer algo do qual eu me orgulho agora. É claro que eu não chego aos seus pés e nem a sua fama, mas eu quero de qualquer forma te agradecer por me fazer uma pessoa confiante e me abrir tantas portas, mesmo que tu nem saiba que eu existo.



__________
 

Postagem "Especial de 50k! Um muito obrigado em áudio pra vocês"

 

Olhá só 50 mil pessoas! Vocês são demais! Hoje não vai ter texto, o agradecimento vai ser em áudio. Ouçam até o fim para uma surpresa… Clique para ver mais.

 

Usuário anônimo - 20 horas atrás

Geme assim na minha cama, puta.

 

Usuário onmouthdaddy - 4 horas atrás

Vim aqui pra ouvir esse áudio lindo outra vez. Sua voz é muito bela… O gemido no final me matou. Qual vai ser o especial de cem mil? Se o de cinquenta foi um áudio, agora tem que ser um vídeo!

 

__________

 

Postagem  "Vergonha mais atrapalha do que ajuda? Fale do que você realmente gosta!"

 

Todos nós temos vergonha de algo, certo? Por mais que pareça normal, tem horas que é tanta que toda nossa vida parece parar! Principalmente quando se trata de relacionamentos… Clique para ver mais.

 

Usuário monimoaning - 2 horas atrás

Suga, você estava ótimo como sempre e seu post sobre falar abertamente sobre meus gostos me ajudou muito! Consegui ter uma conversa com meu namorado e descobri que ele é mais aberto do que eu pensava. Queria te agradecer muito por isso. Continue ajudando pessoas como você faz sempre, você tem todo meu apoio.



__________

 

Postagem:  "Off-topic: Só queria mostrar a vista…

 

Hoje eu estava voltando pra casa depois da aula e me deparei com esse cenário… Clique para ver mais.

 

Usuário sugaeater - 19 horas atrás

Se você não quiser aceitar esse comentário tudo bem, eu só preciso que de alguma forma você saiba como eu me sinto.

Tenha certeza que sou alguém que adora tudo o que você faz. Te vi andando hoje na rua, saindo da faculdade, e você parecia apressado, fiquei me perguntando o que você ia fazer de tão urgente. Eu ia me confessar assim que você entrasse naquele café da esquina e pedisse o mesmo cappuccino descafeinado, mas você não teve tempo pra mim, simplesmente correu para o ponto de ônibus, gritando para o motorista te esperar, e nem viu que deixou sua agenda na calça. Ela está nova, não tem quase nada, mas imagina se eu não estivesse lá por você? Na verdade acho que isso foi um sinal de que eu não devo desperdiçar minha chance.

Suga... Yoongi, eu sou apaixonado por você desde a primeira vez que te vi, no começo do seu blog. Você ainda tinha corpo de garoto naquela época, mas já era perfeito. Quando descobri quem você era... Que estávamos tão perto todo esse tempo... Todos os dias fico te observando e notando o quanto você é um homem decidido e firme, mas aqui é manhoso e carente... E eu não sei uma forma de te adorar mais.

Eu te decorei todinho, sei cada marca sua. Você é lindo e eu tenho vontade de fazer muitas coisas com você, sua boca rosada me deixa com vontade de te beijar, sua pele tão delicada me dá vontade de marcar e seu perfume me deixa embriagado. Quero ser o seu daddy e usar todos esses brinquedinhos com você, você gostaria, não? Você mesmo disse que não tinha ninguém pra usar com você, então descobriu tudo sobre isso sozinho... Quero te ver tendo prazer e sabendo que foi minha culpa, você não tem namorado, me dá uma chance.

A melhor coisa que você fez foi postar aquele áudio gemendo como agradecimento aos cinquenta mil seguidores, eu fico duro só de ouvir sua voz, mas quero um áudio especial pra mim, só pra mim. Quero você pra mim...

Eu poderia meter bem fundo se você quisesse, te botar de quatro como a boa puta que você deve ser na cama e te foder tanto... Yoongi... Você está descobrindo meus desejos e saiba que já estou duro só de imaginar o quanto você deve ser apertado. Quero muito bater nessa sua pele branquinha até ela ficar vermelha e você chorar... Chore de prazer... Isso, seja um baby boy mau para eu te punir.

Quero muito você, agora você sabe e nada pode me impedir de te amar da maneira que você merece.

Vou gozar pensando em você hoje, tenha certeza.

Eu te amo.

 

[...]


Notas Finais


Betado por ~Zarupy

Só vou deixar aqui.
https://spiritfanfics.com/historia/about-cute-things-6192937


Pra dizer que eu só escrevo merda, pra me dar uma capa decente ou até mesmo uma daddy/kink de aniversário: comentem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...