História Titanic - The NaLu Story - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Titanic
Tags Coração Do Oceano, Fairy Tai, Iceberg, Mar, Nalu, Navio, Titanic, Tragedia
Exibições 86
Palavras 1.403
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Primeira fanfic de Fairy Tail <3 (Calma Calma que ainda surgirão outras U.u) Heheh...
Oiin Peessoal! Aqui estou mais uma vez lhe convidando para ler a história de amor de Natsu e Lucy no navio Titanic (uoooooouuuuuu que maravelhaaa, espera! É bizarro e sinistro, eu sei... Mas não custa nada tentar essas loucuras né? KKKKKK)
Psee Gente, espero que gostem da história! Aqui vai o primeiro cap.
Boa Leituraaaa \o/ (Qro reviews hein? Brinks Hehhehueh <3)

Capítulo 1 - Tesouro de uma Heartfilia


Fanfic / Fanfiction Titanic - The NaLu Story - Capítulo 1 - Tesouro de uma Heartfilia

                                                           ღ  Titanic – The NaLu Storyღ

                                                  Capítulo 1 – Tesouro de uma Heartfilia

 

                             Laxus Dreyar, um homem cujos cabelos eram loiros e sua pele de tom branco, era alto e possuía um bom porte físico, se encontrava impaciente andando de um lado para o outro no salão do navio aguardando tais notícias

Freed: Vejo que o senhor está agoniado – dizia um homem alto de cabelos verdes se aproximando de Laxus

Laxus: E como não poderia estar, senhor Justine? – perguntava avistando o amigo, parando de andar

Freed: Não precisa de toda essa ansiedade – exclamou Freed – Tenho certeza que eles vão, ou melhor, já acharam alguma coisa relacionada ao assunto.

Laxus: Eu espero que você esteja certo, eu realmente preciso que eles me tragam alguma coisa, isso é muito importante para mim!

Freed: Aliás... Eu tenho uma pergunta para você, err... Por que insiste tanto em querer achar pertences ou... Partes, objetos, entre outras coisas do Titanic? – indagava olhando sério para o amigo – Já faz tanto tempo em que esse navio afundou!

Laxus: 67 anos, meu amigo! – confirmava, erguendo as sobrancelhas – E eu tenho esperança, que  vamos conseguir achar algo e...

Freed: Por quê? – o interrompia perguntando novamente

Laxus: Ora, senhor Justine. – desviava seu olhar para o lado – Veja, eu levo o sobrenome de um homem, um homem que fez história!

Freed: Apenas por ser descendente do capitão do navio?

Laxus olhou para Freed, mudando sua expressão ficando um pouco cabisbaixo

Laxus: Não – respondia seco – Não por isso, até porque, há pessoas que me conhecem como: O Descendente do Homem que Havia Zombado de Deus!

                                  Freed fechava os olhos soltando um leve riso, em seguida abrindo-os olhando o amigo

Freed: Sério mesmo? Eu não sabia disso não... – sorria com ironia – Francamente, hein?

Laxus: É a mais pura verdade, infelizmente...

- Senhor Dreyar!

                                 Laxus se virava vendo Macao Conbolt chegando ás pressas indo até si

Laxus: Ooh, Macao!

Freed: Senhor Conbolt – olhava acenando para o conhecido homem, se aproximando

Macao: Olá Sr. Justine, Sr. Dreyar! – dizia meio ofegante

Laxus: Oque houve?

Macao: Tenho boas notícias! Os homens conseguiram achar...

Laxus: Pertences do Titanic? – perguntava arregalando os olhos surpreso

Macao: Sim, eles conseguiram achar um cofre!

Freed: Minha nossa!

Laxus: Vamos!

                            Laxus saia ás pressas de dentro do salão, seguido por Freed e Macao, após caminharem eles entraram em uma sala avistando seus conhecidos colegas e avistando o tal cofre em cima de uma mesa

Laxus: O cofre! – exclamava se aproximando de ambos

Bickslow: Senhor Clive Dreyar! -  disse um homem próximo ao cofre – Nós achamos!

Freed: O que tem dentro disso aí? – se aproximava

Macao: Veremos agora!

                        Bickslow abria o cofre que estara coberto de lama, os outros olhavam surpresos

Freed: Lama...

Laxus: Não! Olhem... – dizia apontando para dentro do cofre

                    Wakaba Mine retirava de dentro do cofre uma caixa preta, abrindo a mesma achando uma espécie de pintura, onde estava retratada uma loira sorrindo usando um belo colar

Laxus: Um retrato?

Macao: ESPERA! – disse em alto tom deixando todos espantados – Essa é... Essa é a Heartfila

Freed: Anna Heartfilia?

Macao: Não... Essa é Lucy Heartfilia!

Laxus: E o que ela está usando é o...

Bickslow: Heart Of The Ocean!

                               Eles se olhavam, espantados com o que haviam achado

Bickslow: O que vamos fazer agora?

Freed: Guardamos?

Macao: Isto é algo deixado pelo Titanic, óbvio que não jogaremos fora

Laxus: Mas é lógico né? Vamos ir até ela!

Freed: Até ela?

Laxus: Vamos até Lucy Heartfilia, afinal, ela é de uma família muito rica e uma das sobreviventes da tragédia. Ela com certeza deve saber de algo – saia correndo de perto deles

Macao: Espera! O que faremos com a pintura?

Laxus: Ora, guardem na caixa, nós levaremos isto até ela, e... Como vocês viram, ela é dona de uma linda e rara joia, com certeza isso poderá nos ajudar bastante

Freed: Está certo!

Bickslow: Vamos! – guardava a pintura na caixa, assim todos saíam rumo a mulher do retrato, a dona da valiosa joia

*.*

                    Uma senhora, cujos longos cabelos brancos estariam soltos, seus olhos castanhos ainda não perdera o brilho, se encontrava em seu quarto sentada na cama, olhando fixamente para uma foto que segurava, como se estivesse analisando

Meredy: Vó... – chamava uma garotinha dando suaves socos na porta, abrindo-a lentamente olhando para a senhora – Eles já chegaram!

- Meredy... – esbanjava um leve sorriso - Já vou...

                            Meredy sorrio deixando a porta encostada se retirando de lá, a senhora guardou a foto e se levantou da cama lentamente, abriu a porta e saio do quarto, caminhava pelo corredor devagar até chegar na sala e avistar Meredy ao lado de Ultear, e mais 4 homens que estavam sentados no sofá

Freed: Ahn... – olhava a senhora de cima a baixo

Macao: A senhora é...

- Eu mesma. Lucy Heartfilia! – sorrio se aproximando deles se sentando em uma poltrona

Laxus: Que privilégio! – sorrio

Lucy: Então... São vocês que querem saber sobre mim e o Titanic, certo?

Macao: Sim... Sim.

Laxus: Primeiramente... Prazer! Como deve saber, sou Laxus Dreyar Clive. Neto do capitão do navio.

Macao: Prazer... Sou Macao Conbolt, amigo de Laxus!

Freed: Sou Freed Justine. Um amigo próximo de Laxus – sorrio leve – E esse é Bickslow – apontou para o mesmo – O nosso ajudante e um dos responsáveis por ter encontrado um tesouro  muito valioso!

Lucy: Entendo... Ah! Meu nome vocês já sabem, esta é minha filha, Ultear Heartfilia Mikovich – apontou para Ultear – E esta é Meredy Heartfilia Mikovich, minha neta – apontou para Meredy

Freed: É um grande prazer conhecê-las!

Bickslow: Acho que isto deve pertencer a você – entregava a caixa preta para Lucy

                                  Lucy pegava a caixa preta, sabia que já tinha a visto em algum lugar, foi então que abriu a mesma e viu a pintura, retirou de lá vendo seu retrato, dando um sorriso

Lucy: Sim... Pertence!

                                   Meredy se levantava do sofá indo até Lucy, olhando a pintura

Meredy: Nossa! Que linda!

Lucy: Nossa... Isso foi há muito tempo! – exclamou olhando para os homens – Não sei como posso agradecer vocês por isso, eu realmente me sinto feliz ao encontrar isto!

Laxus: Que nada! Não precisa agradecer – sorrio – Estou vendo que isso foi realizado por um grande pintor... Não? Você o conheceu por lá?

Ultear: Foi o grande amor da vida de minha mãe!

    Lucy sorria meio sem graça, desviando o olhar para o lado

Macao: Ooh, sério?!

Laxus: Isso foi logo que chegaste lá?

Biscklow: Ficamos sabendo que você também foi presenteada com o colar do oceano, certo?

Lucy: Não se preocupem... – dizia colocando a pintura de volta na caixa a deixando em cima da mesinha ao lado – Contarei tudo a vocês, desde o início!

                                   Todos a olhavam curiosos para voltar ao passado de Lucy, que logo olhou para sua frente

Lucy: Isto tudo foi a 67 anos atrás... Bom, minha  mãe, Layla Heartfilia, era dona de um grande edifício de moda e fazia também um curso de culinária, foi durante uma viagem para Los Angeles que ela conheceu meu pai, Jude Heartfilia, presidente de uma empresa de aparelhos eletrônicos e jogos, não demorou muito para eles se casarem, afinal, eu acredito que ela tenha começado a conquistá-lo pela barriga, já que ela era uma ótima cozinheira, qualquer temperinho ou uma pequena fruta ela conseguia transformar em um perfeito banquete, já eu não sabia nem fritar um ovo, infelizmente não havia herdado este dom de minha mãe – riu – Foi então que... Logo chegou ao mundo a primeira filha deles: Michelle Heartfilia, minha irmã mais velha, foi depois de algum tempo que eu nasci, nos mudamos para Filadélfia em EUA, onde eu e Michelle fomos criadas, foi depois de crescidas que eles ficaram sabendo da importantíssima e luxuosa viagem de navio, e não um navio qualquer... O Titanic! Antes da viagem, eles conheceram Zeref Hockley, filho de um bilionário Igneel Hockley, segundo eles um homem super importantíssimo, foi quando eles (infelizmente) perceberam que Michelle logo ia se casar com um tal de Hibiki Lates, e decidiram me comprometer com o filho do Igneel, bem, nós praticamente nos tornamos noivos, mas o que me deixava mais chateada, era saber que meu pai só queria isso também para ajudar com os negócios da família... Percebi que Zeref logo passou a gostar de mim. Enfim, eles compraram as passagens e como “comemoração” iríamos passar tais dias viajando pelo mar com atendimento de primeira classe, foi aí... Que quando íamos embarcar... Eu não sabia que loucura o destino havia preparado para mim...

 

Continua...


Notas Finais


Masoq... Fim? Pq? Eu queria ver oq aconteceu... Que pena né gente?
Mas olha fica para amanhã! Amanhã msm postarei um new cap.
OBG <3 Pessoinhas do meu kokoro! >//<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...