História Titanic 2- A volta de Jack - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Titanic
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Ficção, Morte, Tragedia
Visualizações 47
Palavras 523
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Liberdade - Parte 2


Fanfic / Fanfiction Titanic 2- A volta de Jack - Capítulo 11 - Liberdade - Parte 2

Alguns dias depois...

Após me reencontrar com Fabrício, retornei a clinica para alguns procedimentos. Por ser tratar de um achado histórico aos olhos dos pesquisadores, acabei me submetendo a diversos exames, até que obtivessem todas as respostas necessárias. 

Se tratava de uma prisão, onde privacidade estava fora de cogitação! Podia caminhar pelas ruas da cidade, conhecer um pouco dessa evolução ainda desconhecida por mim, porem sempre acompanhado de John. No fundo ele também se sentia incomodado com toda essa "segurança", mas se tratava do trabalho dele, e no fim acabava compreendendo toda essa situação. Foram dias longos e intermináveis dentro de uma incubadora, meus braços já se encontravam roxos em determinados locais, devido a retirada excessiva de sangue, sem contar com a exaustão física e principalmente mental.

No fundo desejava  não ter despertado, naquele instante adorava a ideia de apenas existir nas lembranças de Rose, pra obter minha paz novamente e emfim descansar em paz. Já havia me decido, iria retornar para águas do oceano, só que dessa vez garantiria que não fosse achado! Buscaria por várias hipóteses, até finalmente conseguir fugir desse tormento.

toc toc*

- Jack, está pronto para o passeio? Indaga John, abrindo vagarosamente a porta do quarto.

- Sim, estou pronto! Sorri de canto, encarando-o.

- Onde iremos hoje? Questiona o enfermeiro, cruzando os braços. - Não precisa nem responder, já sei onde vamos! Risos.

- Está me conhecendo como ninguém John! Risos. - Mas antes quero visitar o tumulo de Rose! Respira fundo, fechando rapidamente o sorriso.

- Como quiser Jack! Assente positivamente com a cabeça, dando espaço para que caminhe a sua frente.

Queria levar flores á minha amada, contar tudo que tem acontecido desde sua partida tão dolorosa. Á vida havia sido injusta com o nosso amor, me fazendo perder os melhores anos de felicidade de toda á minha humilde existência, tirando cada plano e cada jura que fizemos um ao outro!

Rose precisou aprender á viver sem mim, e agora seria minha vez de aprender a viver com a sua ausência. Seu corpo físico já não estava presente, mas seu espirito vivia em mim, levando um pedaço de minha alma junto dela. 

- Oi Rose, já faz algum tempo não? Sussurra o jovem, ajoelhando-se diante do tumulo.- Acredite, os dias parecem eternos sem sua presença, sem seus carinhos! Respira fundo, tentando segurar algumas lágrimas insistentes. 

Havia algumas pessoas visitando túmulos alheios, mas diante de tanta tristeza mal pude notar algumas me observando. Meu coração estava dilacerado e naquele instante, queria apenas um momento junto de Rose para expressar minha dor.

- As coisas por aqui continuem ruins, minha vida de ponta cabeça, mas com uma noticia boa! Sorri, secando o rosto.- Aquele maluco do Fabricio ainda está vivo, acredita? Risos.- Vivo! - E foi tão bom descobrir isso Rose, tão bom...

- Jack, precisamos ir? Sussurra John, tocando vagarosamente seu ombro.

-Agora preciso ir, mas eu volto meu amor! Estende uma das mãos, colocando uma rosa simples sobre a sepultura.- Essa rosa é um presente, uma certeza de que você será lembrada em quanto eu viver, e uma prova de que sempre retornarei para visita-lá!

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...