História TMNT magia - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Tartarugas Ninja
Personagens Donatello, Leonardo, Michelangelo, Raphael
Tags Tmnt
Visualizações 9
Palavras 2.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente esperem que estejam gostando, as coisas vão ficar muito mais animadas daqui a alguns capítulos. Por favor me comentem, quero saber o que estão achando da historia. Estou em épocas de prova então não garanto lançar todos os dias, mais farei o mais rápido possível, eu sei bem como é ficar naquela ansiedade pra saber o que vai acontecer (risos)
Aproveitem mais um capitulo.

Capítulo 10 - Cicatrizes


Fanfic / Fanfiction TMNT magia - Capítulo 10 - Cicatrizes

No outro dia Mikey acordou se sentindo melhor, olhou pra Donnie e ele parecia que estava dormindo tranquilamente, Mikey não soltou sua mao durante a noite, ele queria que Donnie se sentisse seguro para dormir mais tranquilo sem que o pesadelo o afligisse novamente, ficou feliz, pelo visto havia dado certo, ele olhou pro relógio de cabeceira era 14:00PM, nossa eles dormiram mais de 10h seguidas, pelo visto ambos estavam muito cansados, ele percebeu um movimento e olhou pra baixo parecia que Donnie tinha acabado de acordar agora.

Mikey: D como vc se sente?

Donnie: essa pergunta deveria ser minha, mais me sento bem, fazia bastante tempo que não dormia tao bem, que horas são?

Mikey: estou me sentindo melhor também, são 14:00 PM

Donnie: nossa, dormimos mais de 10h seguidas, bem de qualquer forma melhor comemos alguma coisa, e antes que esqueça, obrigado Mikey me sinto muito melhor agora

Mikey: disponha sempre D

Disse sorrindo e colocando a mascara no rosto

Donnie: vc quer que eu te carregue ou vc acha que consegue andar?

Mikey:não sei, deixe-me tentar

Donnie levantou da cama colocando a mascara e observando Mikey colocar as duas pernas pra fora da cama, ele forçou se levantar mais fraquejou e Donnie o segurou.

Donnie: pelo visto ainda não

Mikey: não eu acho que só preciso de um apoio, acho que com uma muletas eu consigo

Donnie: tem no quarto de Raph espere que vou pega-las rapidinho

Ele colocou Mikey de volta na cama e saiu pra pegar, eu poucos instantes ele estava de volta com duas muletas

Mikey: porque as muletas estavam no quarto de Raph?

Donnie: ele tinha fraturado uma perna então precisou delas durante um tempo, mais agora ele não precisa mais, bem tente agora

Mikey pegou as duas muletas e se forçou a levantar, com o apoio delas ele conseguia andar, ele desceu ate a sala com Donnie logo atrás dele, os irmãos estavam na sala vendo tv

Raph: olha só Leo as belas adormecidas acordaram

Leo: pelo visto dormiram bem, como vcs se sentem

Mikey/Donnie: me sinto bem melhor

Leo: isso é ótimo, achamos que era melhor deixar vcs acordarem por conta propia, vc não esta conseguindo andar sem as muletas Mikey?

Mikey: ainda não, mais acho que com uma refeição e alguns exercícios vou conseguir em breve, falando em comida vou na cozinha preparar algo, estão com fome bros?

Tartarugas: pode apostar que sim

Os quatro foram juntos na cozinha e ajudaram Mikey pegando os ingredientes e utensílios que ele iria precisar, mesmo com as muletas ele conseguia se virar cortando, mexendo e temperando, depois de um tempo a comida estava pronta ele tinha feito tempura de legumes com pedaços de carne, logo os 3 estavam sentados e apreciando a comida.

Raph: nossa parecia uma eternidade desde a ultima vez que comemos algo descente que não fosse industrial ou de entrega.

Leo: digo o mesmo, esta uma delicia Mikey, obrigado

Donnie: me impressiona vc conseguir fazer isso sem conseguir se mantar em pé sozinho

Mikey: eu tenho habilidades ninja de cozinha D, isso não é problema, isso me lembra e o Casey e a April quando eles voltam da viagem?

Leo: parece que eles ainda vão ficar mais uns 5 dias, parece que atrasou o cronograma deles ou algo assim

Mikey: que pena estava com saudades deles, de qualquer forma Leo me da uma ajuda depois nos alongamentos? Quero ver se me livro logo dessas muletas

Leo: claro Mikey

Depois dos quatro terminarem de comer e repetir 2x (risinho) eles foram pro dojo, Raph e Donnie começaram a se alongar enquanto Leo ajudava Mikey esticando e empurrando a perna, a fim de estimular o musculo.

Leo: Raph e Donnie depois que vcs terminarem vcs podem praticar seus katas

Mikey: isso me lembra, vcs saíram em patrulha?

Leo: não desde o incidente

Mikey: se vcs quiserem sair para patrulhar vcs podem ir, eu ficarei bem no esconderijo, não é uma boa ficarem tanto tempo sem patrulhar

Leo: eu pensei nisso, mais não acho uma boa vc ficar aqui sozinho

Mikey: não se preocupe, estou bem, bem quase totalmente bem, mais de qualquer forma posso ficar sozinho durante algumas horas, e além disso eu não “sinto” nada

Leo: não “senti”?

Mikey: nadinha, então não deve ter problemas

Leo: bem... acho que não deve ter problemas, vamos ficar so umas 5h fora no máximo pra garantir, qualquer coisa ligue pro tphone

Mikey: digo o mesmo

Donnie: tem certeza que é uma boa Leo? Mikey acordou não faz muito tempo e nos ainda não sabemos se o sombra desistiu mesmo

Mikey: vc acha que ele ainda esta me possuindo?

Mikey se assutou, ele não tinha pensado nisso, ela achou que tinha acabado, mais podia ser que ele ainda estivesse possuído.

Donnie: não temos certeza disso Mikey, mais acho que era melhor alguém ficar por segurança, eu fico com ele

Raph: eu concordo com o Donnie, Leo, podemos ir fazer a patrulha nos dois

Leo: hum... acho que tudo bem, de qualquer forma não pretendo ficar muitas horas fora

Donnie: se for perigoso demais pra vcs dois voltem, não se arrisquem não esqueçam que não estão em 4

Leo: entendido, qualquer problema aqui também nos avisem

Dito isso eles praticaram enquanto Mikey ficava se alongando e treinando a perna. Quando chegou a hora Leo e Raph saíram pra patrulhar, já fazia um tempo que não sentiam o ar da cidade, se sentiram bem e ficaram pulando entre os prédios.

Raph: nossa parecia uma eternidade que não fazíamos isso

Leo: concordo, é tão bom sentir o ar frio da noite e poder esticar as pernas ao mesmo tempo

Raph: e olhe por esse lado Leo, nos dois estamos nos estendendo melhor, o Mikey acordou e já esta quase 100% e o Donnie parece mais relaxado agora também esse é um ótimo dia

Leo: e tem algo pra deixar melhor

Raph: oq?

Leo: vamos poder bater em alguém, olhe são os krangs

Raph: esse dia só melhora

Leo: vamos segui-los e ver o que estão fazendo

Os dois correram e pularam alguns prédios ate estarem exatamente acima deles, eles estavam transportando umas peças kraang dentro de um furgão, tinha ao menos 6 deles. Leo fez o sinal e ambos pularam e atacaram os 6 rapidamentes, eles pareciam mais cordenados do que nunca desde que tiverem aquela conversa, parecia como se nunca tivessem confiado um ao outro antes.

Depois de destruírem os robôs eles foram ver o que era a teclogia.

Leo: hum... eu não sei o que são

Raph: nem eu, nessa hora o Donnie deveria estar aqui

Leo: de qualquer forma tecnologia nas mãos dos kraangs é um problema, vamos levar isso pro...

Antes que Leo pudesse terminar Raph o empurrou pro lado se chocando nas latas de lixo, a cabeça de Leo quase foi acertada por uma arma laser disparada por um novo grupo de kraangs que chegou.

Leo: essa foi perto, valeu Raph

Raph: disponha bro

Os dois começaram a lutar novamente, mais o numero era bem maior, enquanto eles lutavam alguns kraangs entraram dentro do furgão e fugiram, depois de um tempo os outros kraangs entraram dentro dos carros que vinheram e foram em bora. Leo e Raph correram pro telhado e procuraram o furgão com os equipamentos, mais não havia sinal.

Leo: droga, isso não é bom, nos não sabemos nem o que eram aquelas peças pra imaginarmos o tamanho dos problemas que eles vão nos causar

Raph: não tem jeito Leo, o jeito é ver com o Donnie se ele não teria algum equipamento pra tentar localizar o furgão

Leo: pois é, de qualquer forma vamos olhar mais um pouco por ai, ainda temos tempo antes de termos que voltar, talvez a gente de sorte

Raph: pode ser

Mais mesmo eles procurando durante mais 2h não havia nenhum sinal, eles só acharam os dragões roxos onde lidaram com eles rapidamente e depois voltaram pro esconderijo.

Donnie e Mikey estavam tranquilos no sofá vendo uns desenhos quando viram Leo e Raph chegando.

Mikey: e então como foi a patrulha?

Leo: não muito bem, encontramos uns kraangs, eles estavam levando tecnologia alienígena em um furgão mais acabamos os perdendo de vista

Raph: o lado bom é que batemos nos dragões roxos e os deixamos para serem presos pela policia

Donnie: hum... tecnologia alienígena, vcs sabem o que era?

Leo: não faço ideia, não tenho certeza se estava pronto, parecia mais como peças de alguma coisa

Donnie: então eles devem estar construindo alguma coisa, imagino o que eles podem fazer sendo que a maioria dos kraangs morreram durante a explosão do tecnodromo e os outros estão presos pelos utrons.

Leo: não sei, mais mesmo que eles não sejam muitos, ainda são uma ameaça em potencial, Donnie será que teria alguma forma de os rastrear?

Donnie: hum... acho que não Leo, não sem colocar um localizador, eles tinham mutagênico?

Leo: não, apenas tecnologia

Donnie: o único jeito vai ser procurar eles da maneira antiga

Leo: temia que disse-se isso mais vai ter que ser dessa forma, e vcs dois algum problema?

Mikey: nenhum problema bro, eu disse que ia ser tranquilo, vc deveria ir com eles amanha D, vc tbm deve ta com vontade de esticar as pernas não?

Donnie: bem é verdade, mais amanha veremos isso

Leo: bem já esta tarde vamos dormir, e ve se acordam na hora amanha

M/D: pode deixar Leo

Raph: bem estou indo também, boa noite

M/D: noite Raph

Mikey: deveríamos ir também?

Donnie: acho que sim

Mikey: D posso ficar com vc de novo?

Donnie: estou bem Mikey, não precisa se preocupar

Mikey: eu ainda preferiria ficar do seu lado

Donnie: bem... se isso o faz sentir melhor pode vim

Mikey: ebaaaaa

E todos foram dormir cada um em seu quarto e Donni e Mikey juntos. Donnie não queria admitir que se sentia mais tranquilo que Mikey estivesse do seu lado, o pesadelo embora acalmado pelo Mikey, ainda o machucava muito, então ele não relutou muito quando Mikey insistiu. Mikey por sua vez ainda estava preocupado com Donnie, ela achava que se dormissem em quartos separados, Donnie ia ter de novo aquele pesadelo, se ele pudesse acalmar o irmão simplesmente estando do seu lado já era o suficiente, a outra parte dele também tinha medo de ficar sozinho no escuro do quarto, parecia como se o sombra fosse vim para o pega-lo novamente então para ambos seria vantajoso se estivessem juntos.

No outro dia Mikey junto com Donnie pelo barulho do despertador, parecia que Donnie tinha dormido bem novamente as olheiras escuras tinha clareado e diminuído de tamanho.

Donnia: dia Mikey, como se sente?

Mikey: bem, talvez eu consiga andar sem as muletas

Ele se levantou e ficou alguns minutos em pé mais ele cansou depois de um tempo e precisou pegar as muletas novamente

Mikey: bem...parece que ainda vou precisar delas

Donnie: ainda é recente Mikey, e de qualquer forma vc já consegue ficar alguns minutos sem ela, vc so precisa praticar um pouco e vai poder se livrar delas, talvez amanha ou depois de amanha vc não precise mais delas.

Mikey: concordo vou treinar um pouco

Os dois desceram ate a cozinha e Mikey já estava cozinhando quando Leo e Raph chegaram.

Raph: Mikey vc conseguiu se livrar das muletas

Mikey: ainda não bro, so consigo ficar em pé alguns minutos depois preciso pega-las ou me sentar

Leo: bem de qualquer forma já é um avanço acho que mais dois dias e vc vai estar novinho em folha

Mikey: isso me lembra Donnie, eu posso tirar essas ataduras do meu pescoço? Não sinto mais dor

Os irmãos de entreolharam, ontem a noite quando os irmãos saíram pra patrulhar Mikey disse que queria tirar as ataduras do pescoço, ele havia dito que amanha ele veria como elas estavam para ver se poderia retira-las.

Donnie: bem... vamos no laboratório depois do café e vou dar uma olhada em como esta tudo bem? Se estiver bem posso tirar

Mikey: esta bom pra mim

Desde que Mikey acordou e se olhou no espelho ele percebeu as ataduras, Donnie disse que ele não poderia tira-las mais ele queria ver como estava o seu pescoço, ele se lembrava de ter sentido uma dor terrível quando o colar do sombra o agarrou, ele sentiu como se a carne estivesse sendo cortada e queimada. Quando ele sentiu o cristal sendo quebrado ele sentiu uma dor muito aguda no pescoço e sentiu seu sangue escorrendo pro seu casco depois disso ele apagou, ele queria ver como estava. Entao depois do café da manha os quatro foram ate o laboratório, e Mikey se sentou na cadeira para que Donnie pudesse olhar.

Mikey: e então D?


Notas Finais


Estou ansiosa pelos comentários ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...