História •To run away?• (Vkook/Taekook) (ABO) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Taekook, Vkook
Visualizações 77
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meo Deus.. Quanto tempo não atualizo essa fic ksksks.
Me desculpem, de coração.
Deixei o capítulo grande só para recompensar, mas acho que não é o bastante. Por isso, teram mais de mim❤
Obs: Esse capítulo vai ter palavras impróprias.. Então.. Já estão avisados.
Boa leitura~~

Capítulo 4 - Ambos querem...


Fanfic / Fanfiction •To run away?• (Vkook/Taekook) (ABO) - Capítulo 4 - Ambos querem...

Jungkook ficou surpreso pela iniciativa do ômega o beijando com tanta vontade, que se sentiu livre  em colocar suas mãos nas bochechas rubrarizadas do ruivo. 

Ambos comiam suas bocas, tentando de algum jeito saciar aquele desejo que crescia em seus corpos já ferventes. 

Sem largar a boca do Taehyung, o Alfa tocou nos botões do pijama do mais novo para ter oficialmente algum contato íntimo.

— Hum.. — com um estalo excitante, o ômega quebra o beijo, analisando os lábios do mais velho em um tom acerejado, seguindo seus olhos para encará-lo. — Vamos parar? 

— Por que? — pergunta se inclinando até o ouvido de Taehyung,  o fazendo estremecer.  — Eu te quero..

Taehyung súplica mentalmente para que o moreno não sentisse o seu coração tão fora do normal. O ruivo nunca recebera tanta afeição de uma pessoa.  Ele queria  que o tempo parasse  naquele instante. 

— Tae? — O chamou deitando  ao seu lado, puxando-o para se aninhar no seu peitoral. — Agora, pode me dizer, o que são essas cicatrizes? — perguntou o mirando imploramdo de não ter dito na hora certa aquela conversa que parecia pertubá-lo. 

— Já que estamos tendo algo,  acho melhor eu te contar de uma vez.  — suspirou ao sentir o maior afagando o seu cabelo.  — Antes de você chegar, tinha um membro que mais ou menos, era o meu namorado.

— Chega logo ao ponto, por favor? — diz brincando entediado.

— Ele tentou se abusar de mim. Sorte que o Nam chegou no meu quarto e conseguiu se entender com ele. — falou de um jeito normal, porém seu cenho tornou-se uma tristeza. — Ele me machucou e quase me abusou. Eu praticamente o amava..

— Então é por isso que me tratou daquele jeito quando cheguei aqui?  Você tem medo de se apaixonar tae?

O Kim  só conseguiu assentir que sim.  Não sabia demonstrar sentimento porque nunca recebera do melhor jeito, acabando duvidando de si mesmo.  

Mas com o Jungkook estava sendo diferente.  Percebeu que si próprio se tornava uma pessoa mais dócil quando se tratava desse alfa.  Ainda era confuso pro Taehyung, no entanto se continuasse a fluir assim, mais cedo iria se entregar. 

— Boa noite.. — Jeon disse, logo reparando o ômega já adormecido se remexendo em seu aposento. Sorriu indo fazer o mesmo.  

[...]

Taehyung abriu os olhos, estranhando que o alfa não estava mais ao seu lado. Por segundos se sentiu triste mas não resitou em ficar pensando nisso. Se levantou para fazer a sua higiene matinal e bocal no seu banheiro, saindo do quarto para ir no primeiro andar. 

Viu  que na sala não tinha ninguém, foi até a cozinha vendo o Jin sentado na mesa, bebendo apenas um suco. 

— Bom dia..  — Taehyung  disse sorrindo pegando alguns pratos da mesa para lavar. — Tudo bem? 

Jin se levantou indo até o garoto que cantarolava como se fosse a melhor coisa  lavar uma louça. 

— Sim... Mas e você? - perguntou refletindo em algo — Taehyung,  o seu cheiro..  Você estava com algum alfa? 

— Quê? Não Jin.. — claro que sim menino. 

— Então pode me explicar do porquê o cheiro do Jungkook está em seu corpo? — questiona erguendo uma sobrancelha. Kim engoli seco. Não conseguia mentir. 

— Digamos que estamos tentando algo.  — seu rosto fica sarapintado. — Você viu ele hoje?

— Não.  Só deixou um bilhete dizendo que ficaria fora.. Já está carente tae? — Jin solta gargalhadas altas. 

— Não idiota. Só, estou preocupado. — realmente era visivelmente em seu rosto. O mesmo termina de lavar louça, analisando tudo ao seu redor. — E os outros pestes? Cadê? 

— Foram correr.  Mais tarde vamos jantar fora. Não quer ir? — pergunta. 

— Se Jungkook estiver chegado, vou sim. — respondeu com um suspiro pesado.  

[...]

Era por volta de 19:00 hr da noite.  Taehyung tentava  se distrair de várias maneiras, como ver os meninos  jogarem vídeo game, esperando  o Jin chegar para poderem sair.

— Cara, cadê o Jungkook? Tae, você o viu? — Hoseok tira a sua atenção do celular para olhá-lo. 

— Não..  — confessa sofrêgo. Ele era um ômega que acabara de sentir ser amado por um alfa. Se sentia confuso e chateado por está se apaixonando. 

Jin aparece na sala  fazendo todos se levantarem, menos o Taehyung.  Avisou que já iriam partir. Os meninos concordaram saindo da casa.  O ômega mais velho percebeu a aflição do mais novo, acabando por sentar ao seu lado.

— Vamos tae? 

— Não. Vou esperar o Jungkook chegar. Se divirtam lá.. — falou deixando o Jin sair da residência. 

[...]

O coitado do ômega estava entediado pela demora do Jungkook.  Sentia-se falta do alfa, e queria bater nele por causa disso.  

Taehyung deu um pulo no sofá,  ao ver o Jungkook entrando na casa ao fôlego e de cabeça abaixada. O Kim o chamou,  se assustando com os seus olhos vermelhos te encarando fixamente. 

— J-jungkook.. 

— Nem chegue perto.. — disse indo subir ás escadas rapidamente,  se trancando no seu quarto um pouco iluminado. 

Acabara de entrar no cio, por isso ficaria longe do ômega, para não fazer nada contra a sua vontade. 

Deitou-se torturando de dor. Seus pensamentos instintos só dava em "Taehyung."

— Jungkook! Abra essa porta! — gritou no lado de fora, quase quebrando a maçaneta para vê-lo.  Queria cuidá-lo do mesmo jeito que fizera consigo. Seu cheiro o estava te tirando do eixo.  — Jungkook!

Esse não respondeu nada.  Pensou que o ômega teria desistido já que não se ouvia barulhos na porta. 

Taehyung não era idiota. Apenas pegou a chave-mestre para abrir o quarto.

— Jeon? — abriu um pouco incerto. Jungkook rosna só de imaginar como o Kim fica lindo falando, parecendo que a sua língua enrolasse no terminar das falas. 

Taehyung trancou a porta  ficando encostado na parede. Ele não queria só satisfazer o garoto. Ambos precisavam um do outro. Ele sentia falta do alfa. 

Também pelas suas pesquisas, cios de alfas são piores do que de um ômega. Ficou preocupado ou seus miolos realmente estavam fritando. Mas agora não iria desistir. 

Deu passos rápidos até a cama,  sentando no colo do moreno,  já recebendo em troca uma comilança de boca.  Seus rostos eram refletidos uns nos outros, e os gemidos sofrêgos do tae,  deixava o mais velho irritado por ainda não meter tão fundo naquele ômega. 

Jungkook segurou a cintura fortemente do ruivo, rebolando contra o seu membro sem quebrar o beijo. Taehyung não conteu, soltando a boca do homem para gemer,  deixando um perfeitamente "O" nos seus lábios. 

Para Jungkook, aquilo foi a cena mais chocante. O olhar de inocência se tornava diabólica. 

O alfa chupa a clavícula do Taehyung com força, deixando uma marca avermelhada no local. Seguindo os lábios até o ouvido do ômega. 

— Diga, o que você quer? — perguntou com uma voz irreconhecível. 

— Eu quero te sentir.. Bem fundo.. — disse envergonhado. No entanto, já sabemos que o Taehyung não sabe mentir. 

— Eu vou fazer um estrago em você... 

[...]


Notas Finais


Gente, por hoje é só kekeke
Vou postar mais frequentemente.. E me desculpem pela demora zzz
Beijus ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...