História Toda Forma De Amor - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Uta no Prince-sama: Maji Love 1000%, Uta no Prince-sama: Maji Love 2000%
Personagens Ai Mikaze, Camus, Cecil Aijima, Hijirikawa Masato, Ichinose Tokiya, Ittoki Otoya, Jinguji Ren, Kurusu Syo, Ranmaru Kurosaki, Reiji Kotobuki, Shinomiya Natsuki
Tags Lemon, Masaren, Natsuki X Syo, Natsyo, Renmasa, Romance Gay, Tokiya X Ittoki, Tokiya X Otoya, Uta No Prince-sama, Utapri, Yaoi
Visualizações 50
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishounen, Comédia, Festa, Harem, Josei, Lemon, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Faz 84 anos que não posto, então perdão pela demora e por qualquer erro que posso vir a ter, ando enferrujada... Apesar disso espero que apreciem o capítulo ^^

Capítulo 4 - Oh, Mas Que Surpresa... (parte 1)


Fanfic / Fanfiction Toda Forma De Amor - Capítulo 4 - Oh, Mas Que Surpresa... (parte 1)

Kurusu Syo andava inquieto de um lado pro outro no quarto, com uma expressão de pânico no rosto.
- Syo-chan! Syo-chan! - Natsuki o chamava, seu senpai estava num show e estavam apenas os dois no quarto. -SYOOO-CHAAAAN! -Natsuki elevou a voz, mas o mais novo estava ponderando tão concentrado que nem o ouvirá, Natsuki então se levantou e o segurou pela cintura, se inclinando e chamando seu nome próximo ao seu ouvido, finalmente o tirando de seus devaneios. - Syo-chan... tá tudo bem? 
Em resposta o menor responde vermelho:
-NATSUKI, ELES SABEM! 
-Sabem? - o mais alto inclinou a cabeça fazendo uma expressão confusa. 
- DA G-GENTE! - Syo respirou fundo, Natsuki parecia estar tentando decifrar um enigma complicado pela expressão que fazia. Da gente é igual à "da gente estar juntos", mais especificamente "do que a gente faz junto". Natsuki e Syo namoram desdo começo da STARISH, naquela época o mais alto vivia dando investidas sem a menor sutileza, e Syo estava confuso, e até mesmo relutante, quanto aos sentimentos pelo mais velho, ele mesmo não tinha certeza se o maior de fato o amava ou se aquilo não passava de uma brincadeira de mal gosto. Até que veio a declaração propriamente dita, quando Natsuki o disse diretamente as três palavrinhas especiais seguidas por seu nome "Eu te amo, Syo-chan". Na hora ele mal acreditou... Natsuki tinha dito aquilo,  e na frente da Haruka ainda... Seu coração acelerava só de lembrar daquilo, que vergonha... Mesmo assim Syo levou um bom tempo para processar aquelas palavras... pra entender sua sexualidade... e encontrar seus próprios sentimentos, então deveria agradecer toda a paciência que Natsuki teve enquanto Syo se decidia... afinal apesar de tudo, Natsuki era um cavaleiro, mesmo que desajeitado, e realmente o amava e no fundo, bem no fundo, algo lhe dizia que Syo era tão paciente quanto ele, ou até mais, e estava sempre próximo, o protegendo de um alguém íntimo e desconhecido... Natsuki tinha perdas recentes de memória as vezes e se encontrava em algum lugar desconhecido onde as pessoas por algum motivo eram hostis, e mesmo assim na maioria das vezes Syo estava lá pra o ajudar, isso foi um dos inumeráveis motivos pelo que caiu de amores por aquele pequenino. Pouco depois da grande estreia da banda finalmente eles assumiram um namoro sério, e Nattie sentiu que aquele era o dia mais feliz da sua vida, apesar da triste condição de ser tudo as escondidas, era pelo bem da banda e deles mesmos... Se a mídia descobrisse que mantinham aquele tipo de relação iriam cair matando e sobraria inclusive pros outros membros da banda, então decidiram manter aquele segredo apenas para si. Graças a isso, tempos depois notaram o quanto o isolamento acústico vinha bem a calhar, e como! Afinal com o passar de tantos anos, a relação deles ia subindo a outro nível, e mesmo com uma ou outra tropeçada, ia ficando cada vez mais e mais forte, como seu amor, chegando ao ponto de agora, não seria estranho se começassem a desconfiar, os dois tinham  uma boa química.
- Eles sabem... do nosso n-namoro... - o baixinho continuou, ficava vermelho como um tomate só de mencionar sua relação com o outro loiro. 
- Oooooh. - Natsuki se afastou, assimilando a resposta. - Quem sabe?
- Aquele cara do programa! Tenho certeza que aquela pergunta foi pra gente! T-tá na cara! Não tinha por que ser pra mais ninguém Nattie! - O loiro de olhos azuis se exaltou.
- Hmmm acho que poderia ser pra qualquer um! - o maior respondeu calmamente. 
- Ahn? Nada a ver, Nattie! É  pra gente! Fudeu! - Syo se descabelou desesperado. - Fudeu muito!
O maior o abraçou, acariciando suas madeixas delicadamente.
- Calma Syo-chan, não tem como saberem. - Disse com sua voz doce e calma costumeira. 
O cafuné acalmou um pouco o mais novo, mas seu coração ainda doía no peito, o que aconteceria se descobrissem? Poderia acabar com sete carreiras, seus colegas de banda os odiariam! O único membro de sua família que sabia dos dois era seu irmão gêmeo Kaoru, fora ele apenas um minúsculo ciclo de pessoas sabia; Nanami Haruka, que apoiou a relação dos dois, Ai Mikaze, que por ser o senpai e colega de quarto deles acabou descobrindo e concordando em se manter em silêncio, afinal não ganharia nada expondo aquilo e os pais de Natsuki, que mesmo sendo de interior e de outra geração aceitavam bem a relação deles e se sentiam felizes em ver  seu filho tão bem.
- E-e se.... -Syo estava trêmulo nos braços do maior.
-Eu sempre vou te proteger! -O mais alto tirou a mão das madeixas do seu querido namorado pra lhe dar um abraço bem apertado que parecia fazer que de fato ele o protegeria do mundo inteiro.
- Natsuki... - sorri um pouco mais confiante. - obrigado! - o maior encostou a testa na do baixinho, dando uma risada gostosa antes de o beijar novamente, logo afastou o rosto e rodopiou com o namorado abraçado a si e voltou a beija-lo, dessa vez de modo mais libidinoso, brincando com a língua na boca de seu amor e dando mordidinhas bem de leve no seu lábio inferior, até que Syo se afastou sem fôlego.
- V-vamos agora? - perguntou com os olhos encarando direramente o mais e brilhando intensamente, dando um belo contraste com seu rosto que estava num vermelho tão forte quanto o ritmo em que seu coração batia.
-Bem... hoje é nossa folga, né?  - Natsuki sorriu maliciosamente e voltou a beijar o menor, o guiando até até a própria cama. - Vamos aproveitar. - Disse lambendo o lábio superior enquanto o encarava cheio de desejo e logo partindo pra cima dele.


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...