História Todas podem morrer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yandere Simulator
Personagens Ayano Aishi, Budo Masuta, Osana Najimi, Taro Yamada
Tags Budo X Ayano, Romance, Taro X Ayano, Yandere Simulator
Exibições 31
Palavras 279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi, essa é minha primeira fanfic e espero que gostem.
Eu quero fazer uma história bem legal, espero conseguir, escolhi fazer sobre Yandere Simulator porque eu shippo muito Ayano x Taro e Ayano x Budo.

Capítulo 1 - Tudo começa hoje


Fanfic / Fanfiction Todas podem morrer - Capítulo 1 - Tudo começa hoje

  Hoje começa as aulas, eu me chamo Ayano Aishi. Estou começando meu segundo ano do ensino médio, como sempre não espero nada de especial para esse ano. Dia após dia, tudo é sempre a mesma coisa, sempre as mesmas pessoas entediantes da escola. Desde que me entendo por gente nunca senti nada, sempre foi tudo vazio e cinza, tudo ao meu redor é um eterno tédio. Então eu me pergunto... Por que o segundo ano do ensino médio, seria diferente? Foi o que pensei, até essa manhã.

6:30am

Triiiiim  Triiiiim Triiiiim

*suspiro*   - Ótimo, já está na hora de levantar.

 Meus pais, eles foram viajar não sei quando voltam mas por mim tudo bem, minha mãe é o tipo de mulher obcecada pelo marido, eu ainda não entendo porque tanta obsessão mas se eles estão felizes assim, quem sou eu pra me meter.

- Não estou com vontade nenhuma de ir para o colégio hoje.

7:00am Colégio

Como sempre, nada mudou. Já estudo nesse colégio a  1 ano e parece que nunca vi essas pessoas na minha vida antes, acho que nunca olhei para o lado, apenas olho para meu próprio caminho, isso é muito bom, pelo menos eu...

*Bam!*

- Ai!

- A meu deus! Me desculpa!

Ele me ajuda a levantar.

- Não, tá tudo bem.

- Eu realmente sinto muito, não estava prestado atenção, acabei  te derrubando.

- Não foi nada, fica tranquilo.

- Ah, nossa! estou atrasado, preciso ir, até mais!

Quem é ele? Como nunca o vi antes? A onde ele está indo com tanta pressa? Eu acho que, retiro o que disse, parece que estou começando a entender a obsessão da minha mãe.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...