História Todo Cão tem seu Vampiro de estimação - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Adaga, Alegria, Amor, Animais, Ayato, Azusa, Brincadeiras, Cão, Chapéu, Comida, Diabolik Lovers, Doces, Dor, Experimentos, Feitiço, Final Feliz, Final Triste, Flores, Fofura, Ilusão, Instrumentos, Inveja, Kanato, Kou, Lágrimas, Laito, Livros, Magia, Mordidas, Morte, Mukamis, Musica, Ordem, Perdoar, Pervertido, Piadas, Piscina, Possessão, Prisão, Raiva, Recomendado, Reiji, Romance, Ruki, Sakamakis, Sangue, Sequestros, Shuu, Sorrisos, Subaru, Suícidio, Teddy, Terror, Tortura, Tristeza, Vampiros, Yuma
Visualizações 783
Palavras 1.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiii voltei!!!
Rsrsrsrsrs

Bem aqui está o capitulo

Quero agradecer pela ideia de @Isabela-Black pela ideia das músicas!!!


Aconselho a ouvir: Talking to the Moon

Boa leitura

Capítulo 4 - Flashback


Fanfic / Fanfiction Todo Cão tem seu Vampiro de estimação - Capítulo 4 - Flashback

"Cada passo mais próximo ao destino escolhido, um destino aonde não se pode mudar nem escapar, a vida escolheu assim e assim será feito"


NO CAPITULO ANTERIOR

SHUU ON

Continuei ali até que a limousine parar em frente à mansão e eu já sabia que o tempo de ficar com Beth tinha se esgotado.

A levei para dentro e assim fomos para a escola.

(....)

NARRADOR ON

Depois dos Sakamakis saírem Anna se dirigiu à sala de música, por um motivo desconhecido todas as vezes que eles iam para a escola Annabeth ficava na sala de música....

ANNABETH ON

Viver com os Sakamakis é muito divertido!!! Mas estou com um certo rancor.... Acho que é por ainda não ter contado a verdade.... Ou eu esteja com medo de contar....

Fui a sala de música, lá era o meu lugar preferido de toda mansão.... É estranho, eu sei!!! Como um cachorro pode gostar de música?!.... Deve ser por que não sou um cão normal!!!

NARRADOR ON

Annabeth chegou na sala de música e um vendo forte bateu na janela.... As cortinas voaram violentamente para Anna que estava sentada admirando o lindo piano negro!!! Annabeth foi coberta pelo tecido, por trás do mesmo uma forma humana foi surgindo!!! Pelos voando se transformaram em fios pratas de cabelo!!!

O vento se foi, o cão já não estava mais lá.... Uma humana se encontrava em seu lugar.... Uma humana com lindos olhos azuis, um cabelo prateado que cobria metade de seu rosto...

     – Kyaaaa!!!- Deu um grito fino vendo que estava nua

A humana que podemos chamar de Annabeth correu para o quarto de Yui e vestiu uma peça de roupa

    – Eu já deveria estar acostumada com isso.... - Suspirou Anna

Anna se dirigiu novamente a sala de música, mas agora se apoiou na janela e começou a olhar o céu escuro

      – Por que ela teve que fazer isso?!- Disse olhando para o céu, sem perceber lagrimas caiam de seus olhos – Por que?! Eu sei o por que, mas não quero aceitar.... Ser amada ou morrer.... Justo quando eu sei que não existe amor verdadeiro!!!- Annabeth se abaixou e abraçou seus joelhos, a mesma chorava e soluçava sem parar – Por que?!....

FLASHBACK ON

    – Vamos mamãe!!!- Chamava Feliz uma garota com olhos azuis escuros e cabelos brancos

   – Já estou indo minha filha!!! Mamãe já não tem a mesma disposição...- Falava uma mulher muito parecida com a criança, mas estava com um semblante abatido como se estivesse.... Morrendo

    – Mas eu quero ir logo!!!- Resmungava a criança

    – Minha filha.... Venha cá um pouco....- Dito isto a criança foi ao lado da mãe – Me prometa que você nunca vai para de sorrir!!- Dizia a Mãe respirando violentamente

    – Como assim mamãe?! O que você está querendo dizer?!- Perguntava a criança assustada

   – Só me prometa!!! Me prometa!!!- Falava desesperadamente

De fundo as duas conseguiram ouvir uma risada debochada, e logo depois uma mulher com cabelos prateados, usando uma capa preta, seu sorriso já deixava claro quem ela era...

    – Feiticeira!!!- Falou a mãe arregalando seus olhos

    – Como é bom te ver também!!! Vejo que o meu presentinho fez muito bem à você!!!- Disse a feiticeira olhando a situação da mãe

    – O que você quer?!- Perguntou colocando a criança atrás de seus braços

    – Você sabe muito bem o que eu quero!!! Quero a vingança por você ter roubado o amor da minha vida!!!- Seu sorriso desmoronou revelando um olhoar sombriu e furioso

    – Se ele te amasse nunca teria te deixado por mim!!!- Falou apertando mais forte a criança

    – CALADA!!!! - Um raio atingiu a mãe a levando ao chão

    – Mamãe!!! Mamãe!!!- Gritava a criança desesperada

    – Fuja.... Minha filha....- Disse a mãe segurando na mão da criança e abrindo um sorriso

    – VOCÊ O ROUBOU DE MIM!!! A CULPA É SUA E AGORA TERÁ QUE PAGAR!!!

    – MAMÃE!!!- Gritava a criança – SOCORRO ALGUÉM NOS AJUDE.... Alguem...- Chorava a criança ainda ajoelhada ao lado da mãe

    – Minha querida rosa branca.... Fuja agora e lembre-se.... C-continue.... Sorrindo.... E n-nao.... Acredite.... No amor.... Isso só vai te destruir....

    – M-mãe.... N-não.... NÃO ME DEIXE!!!!

    – Criança tola!!!- A feiticeira chutou a pobre menina fazendo-a ir para longe de sua mãe

         – N-não MÃE!!!!- Gritou a garota vendo sua mãe cuspindo sangue

   – Você vai sentir tudo que eu senti!!! - Disse a feiticeira afundando seu sapato na barriga da mulher

    – P-por favor... C-corra!!!- Disse a mulher olhando para filha

A criança não sabia mais o que fazer, ela apenas olhava tudo com uma expressão assustada

    – V-va....- A mulher disse para filha, ela não estava triste nem nada, pelo contrario ela sorria, ela sorria enquando lagrimas escorriam de seus olhos, enquando via a criança correndo

    – Vou fazer você sofrer!!! Começando por aquela pequena!!!- Disse com um sorriso sádico

    – N-não!!!

    – Bom sonhos....

A criança corria desesperadamente por aqueles campos verdes, que aos poucos iam se tornando sombrios, o sol que antes iluminava o local foi escondido por nuvens negras, seus olhos eram embaçados por lagrimas e mais lagrimas

   – M-mãe....

    – Ola pequena!!! - Disse a feiticeira aparecendo na frente da criança– Vamos fazer um pequeno jogo!!!

"A partir daquele dia comecei a jogar o jogo de outra pessoa"

FLASHBACK OFF

Anna ainda chorava naquele chão gélido e ainda se perguntava "Por que?!"

Por que tinha que passar por aquilo?! Por que não podia simplesmente viver normalmente, sem ter que carregar um peso nas costas, um peso que talvez outras pessoas ja tivessem deixado cair. 

    – Quem é.... Você?!

(....)

    – Depois de sete anos, se você não encontrar alguém que te ame com sua aparência e personalidade.... O seu destino será o mesmo que sua amada mãe!!! A profecia está dada e o tempo está correndo!!!! Boa sorte.... Pequena!!! 




"Sorte... Uma palavra falada com tanta freqüência, mas pouca verdade" 

"A vida não poderia ter sido mais cruel!"

"Se é a mim que o mundo quer destruir, destrua logo, e me poupe de mais sofrimento"

"Todos dizem "se esta sorrindo é por que esta bem" mas não é o contrário?! Sorrimos pois não queremos preucupar os queridos e sorrimos para alertar que estamos morrendo por dentro! E o sorriso é apenas um sintoma"

See you in the next chapter


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...