História Todo Mundo Tem Um Anjo - L3ddy - Capítulo 49


Escrita por: ~ e ~justl3ddy

Postado
Categorias Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Tags L3ddy
Visualizações 74
Palavras 1.738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oh, seguinte
a música que adicionei, só pra não ficar confuso
é Two Pieces, da Demi
e eu cortei a música na metade (pq sim ué)
só isso mesmo
boa leitura sz

Capítulo 49 - Its never fair


Fanfic / Fanfiction Todo Mundo Tem Um Anjo - L3ddy - Capítulo 49 - Its never fair

 

POV T3ddy

 

  Já faz duas horas, desde que anunciaram que a cirurgia dele deu complicações. Duas horas sem notícia alguma.

  Já estava começando a aceitar o fato de que ele se foi, e eu sequer pude me despedir. Acabamos brigando e eu fui embora, sem ao menos me explicar. Apenas o deixei, sozinho, achando que teria uma segunda chance de concertar tudo. Mas, quando se trata da vida, nada é justo. Nunca é justo.

 - Para de chorar, esta acabando com a pouca fé que ainda me resta. – Gabbie me tira do transe com sua cara levemente inchada.

 - Você ainda tem fé, mesmo depois de tudo?

 - Ele já passou por tanta coisa, e tudo vai se acabar no melhor momento de sua vida? Não é justo.

 - Nunca é justo.

 - Você não quer que tudo isso melhore?

 - A anos ele pedia a Deus pra que esse momento chegasse, quem sou eu pra impedir?

  Ela se levanta da poltrona, furiosa.

 - Você é a esperança que ele tinha perdido a anos atrás! Você é o amor que ele achou que nunca teria! Você é a vida que ele achou que nunca mereceu! Você é a paz dos dias de tortura! Você é a pessoa que ele achou que nunca existiu! Você é o anjo no inferno dele! Você é mais do que o suficiente para impedir isso! Só você consegue fazer isso!

 - Você não sabe do que esta falando, Gabriela! É uma doença, não uma ferida que basta colocar um band-aid que sara! Ele vai morrer! E eu sou só mais um que ele vai deixar pra trás!

 - Você esta cego pelo medo que esta sentido, Lucas. Você tem medo de perde-lo e acha que fingindo que esta aceitando vai doer menos. Mas adivinha? Isso só esta te corroendo mais! E todas essas palavras esta o impedindo de se curar!

 - Por que você se importa tanto com o que eu digo? Eu não posso fazer nada para impedir, são apenas palavras! E quanto a você? Que quando podia fazer algo, optou por esperar chegar até o ápice, até ele quase morrer, para se tocar que estava na hora de ser a ajuda que ele precisava!

 - Não jogue as coisas na minha cara! Onde você estava quando ele ficou por quatro dias sendo torturado? Nas noites de banhos longos com lâminas escondidas no fundo da gaveta? Nas manhãs que ele tomava os comprimidos desregulados mesmo depois de ter dado alta? Quando a cada dez palavras ditas, nove eram sobre suicídio? Onde você estava?

 - Eu não o deixei! – lágrimas rolam pelo meu rosto – eu nunca o deixei!

 - Sim, deixou. – sua voz sai suave - Nunca correu atrás. Nunca se importou. Nunca sentiu falta. E agora que percebe o que esta perdendo, esta deixando pra trás novamente. Porém ai esta o erro, Olioti. Ele não vai voltar. Você não vai encontra-lo anos depois e se apaixonar novamente. Você não será mais o anjo dele. Ele será seu anjo.

 - E o que você quer que eu faça para concertar isso?

 - Não é o que eu quero. É o que ele quer. Ele quer a sua ajuda. Ele esta lutando para continuar com você. Mostre sua luta também!

 - M-mas eu n-não sei como... como vou f-fazer isso...

 - Agora, ore pra que ele ainda esteja vivo. E, na primeira oportunidade, vá até aquele quarto e faça o que se deve fazer!

 - E se for tarde?

 - Não é. Nem sempre tudo é tão injusto.

 


  A sala de espera parecia, agora, um purgatório. Tantas pessoas chorando, desamparadas, procurando resposta, esperando por um sim ou não, querendo que tudo acabe logo.

  Minhas mãos se juntam afrente de minha boca, cotovelos apoiados nas pernas enquanto fecho os olhos, relembrando o dia em que o perdi.

 

//Flashbak on//

 

 - T3ddy, t3ddy, acorda! – ele me balança desesperado.

 - Luba, você subiu até aqui em cima? O que foi?

 - Me esconde.

 

There’s a boy, lost his way

Há um menino, perdido em seu caminho

 

 - Mas ta muito cedo pra brincar de esconde-esconde. – coço os olhos por conta da claridade.

 

Looking for someone to play

Procurando por agluém para brincar

 

 - Não é isso, vai me esconde! Deixa eu entrar nas cobertas ai com você. – ele tenta se cobrir.

 - Vai com calma, por que isso?

 

There’s a girl, in the window

Há uma garota, na janela

 

 - T3ddy – seus olhos marejam – não deixe ela entrar!

 

Tears rolling down her face

Lágrimas rolam em seu rosto

 

 - Do que esta falando?

 - Tia Lúcia me acordou mais cedo hoje e me levou pra sala dela – ele aperta as cobertas – ela mandou eu arrumar minhas malas...

 

We’re only lost children

Somos apenas crianças perdidas

 

 - A-arrumar? C-como assim?

 - T-tinha uma mulher e um homem... Ela disse pra eu tentar fazer o mínimo de barulho pra não te acordar...

 

Trying to find a friend

Tentando encontrar um amigo

 

 - Isso quer dizer que você foi...

 

Trying to find our way back home

Tentando encontrar nosso caminho de volta para casa

 

  Ele me abraça forte, afundando sua cabeça em meu ombro enquanto sentia suas lágrimas molhar minha camisa.

 - Isso não quer dizer nada. Não é verdade. É só um pesadelo. Ou engano. – ele me olha – eles devem ter se confundido, n-não sou eu. Eu não vou embora.

 

We don’t know where we go

Nós não sabemos para onde ir

 

 - Não... – o abraço – não vai, não. eu não vou deixar.

 

So I’ll just get lost with you

Então vou me perder com você

 

 - Não deixe ela entrar. Não deixe eles me levarem. Me esconda.

 - Luba... – ele me olha – se... eu não conseguir impedir... saiba que... eu...

 

We’ll never fall apart

Nós nunca desmoronaremos

 

 - Não. Não diga agora. Esse não é o fim pra você dizer isso.

 

‘Cuz we fit together right

Por que nos encaixamos direito

We fit together right

Nos encaixamos direito

 

  Ele passa suas mãos leves até meu rosto, acariciando minhas bochechas com seu polegar, devagar. Sorria enquanto as lágrimas caiam.

 

These dark clouds over me

Estas nuvens escuras sobre mim

Rained down then rolled away

Chovem e correm

 

 - Promete nunca me abandonar? – me questiona.

 

We’ll never fall apart

Nós nunca desmoronaremos

 

 - Nunca vou te abandonar, eu prometo.

 

‘Cuz we fit togehter like

Por que nos encaixamos como

 

  Meio receoso, ele aproxima seu rosto do meu. Levo minhas mãos até se pescoço, o guiando até mim. Nossas pequenas bocas, tão próximas, as respirações tão desreguladas, olhos tímidos, sem saber o que fazer em seguida.

 

Two pieces of a broken heart

Dois pedaços de um coração partido

 

  Faltando milímetros, a porta é aberta, nos assustando e fazendo olhar em direção a ela.

 - Lucas? O que faz ai em cima? Vamos, desça, os senhores Feuerschütte estão te esperando. Espero que tenha arrumado suas coisas.

 - Ele não vai! – grito – ele vai ficar!

 

Now I can lay my head down and fall asleep

Agora eu posso descansar minha cabeça e cair no sono

 

 - Você vai adota-lo, mocinho? Anda, se despeçam e desça, Lucas.

 - E-eu não vou!

 - Vai ser preciso chamar o Douglas?

  Ele vira seu corpo novamente pra mim, segurando suas lágrimas.

 

Oh, but I don’t have to fall asleep to see my dreams

Oh, mas eu não tenho que adormecer par aver meu sonho

 

 - Me desculpa, T3ddy.

  Ele desce as escadas com um pouco de dificuldade, pega sua mochila e sai logo atrás de Lúcia, fechando a porta atrás de si.

  Fico parado, sem reação, apenas o vendo partir.

  Depois de uns cinco minutos desperdiçados, tentando fazer com que a ficha caia, dou um salto parando no chão e correndo para fora do quarto, indo até o portão de entrada.

 

‘Cuz you’re right there in front of me

Por que ele esta bem na minha frente

 

  De longe via ele dando um abraço em Lúcia, log olhando para o homem que sorria. Ele da um falso sorriso, o que faz meu coração de despedaçar. A mulher loira abre a porta do carro. Quando ele esta prestes a entrar, grito em sua chamada. Ele se vira assustado, me olhando.

 

Right there in front of me

Bem na minha frente

 

  Corro em sua direção. Ele larga sua mochila no chão e corre até a minha também.

 

There’s a boy, lost his way

Há um menino, perdido em seu caminho

Looking for someone to play

Procurando alguém para brincar

 

  Só paramos quando nos encontramos nos braços um do outro. Eu, um pouco mais alto que ele, o puxava mais forte.

 

We don’t know where to go

Nós não sabemos para onde ir

So I’ll just get lost with you

Então eu vou ficar perdida com você

 

 - Não se esqueça de mim. – digo – nunca se esqueça de nós.

 - Não desista de mim, urso. – ele sussurra – nunca desista de nós.

 - Eu não vou.

 

We’ll never fall apart

Nós nunca desmoronaremos

‘Cuz we fit together right

Por que nos encaixamos direito

We fit together right

Nos encaixamos direito

 

  Ouvimos Lúcia chama-lo. Ele desfaz o abraço na hora, mas me olha antes de dar as costas.

 

These dark clouds over me

Estas nuvens escuras sobre mim

Rained down then rolled away

Chovem e fogem

 

 - Não é um adeus.

 - Não precisa ser.

 

We’ll never fall apart

Nós nunca desmoronaremos

 

 - Então... até?

 - Até.

 

‘Cuz we fit togehter like

Por que nos encaixamos como

 

 Ele anda até o carro devagar. Suas costas davam leves saltos, sinalizando seus soluços.

 

Two pieces of a broken heart

Dois pedaços de um coração partido

 

  Entra dentro do carro, ficando de joelho e me olhando pela janela de trás. Os portões se abrem e o carro da partida.

 

There’s a boy

Há um garoto

 

  Ele balança sua mão, em sinal de tchau. Repito o ato, e logo os portões se fecham.

 

Lost his way

Perdido em seu caminho

 

  Porém, minha última visão sua foi sua boca formando um perfeito “T3ddy” mudo.

 

Looking for someone to play

Procurando alguém para brincar

 

 

//Flashback off//

 

  Eu não posso deixar que esse dia se repita.

  Não posso deixar que o levem de mim novamente.

 


 - Familiares do Lucas Feuerschütte?

  Levantamos juntos e fomos até o homem de jaleco branco em pé, segurando uma prancheta.

 - Tem notícias sobre ele? – Gabbie pergunta amedrontada.

 - Sim, mas...

 

 

Continua...


Notas Finais


Como eu havia dito no cap anterior, UM DOS últimos cap tristes
logo logo vem os happyzinhos hbvjibjed
bjs sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...