História Todos Amam, Yugyeom - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Markgyeom, Pepigyeom, Yaoi, Yugbam, Yugbum, Yugson
Exibições 76
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Self Inserction, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura

Capítulo 4 - Inícios das aulas


Fanfic / Fanfiction Todos Amam, Yugyeom - Capítulo 4 - Inícios das aulas

Meu soninho estava sendo tão bom que senti meu corpo ser arrastado pra fora da cama, senti uma dor horrível. Abri os meus olhos e encontrei os rostos de Jackson & Bambam. Eles estavam sorrindo.

– vocês estão fazendo?

– Hoje é o primeiro dia de aula, então está na hora de se levantar – Bambam sorriu

– não estou nem aí! Me deixem dormir

Saí engatinhando até a minha cama quando os braços de Jackson me puxaram de volta para o chão, olhei tão bravo mas ele apenas sorriu e apontou para o banheiro.

Fui resmungando aos baixos suspiros, limpei o meu rosto e procurei pela a minha escova.

Terminei minha higiene pessoal, e saí do banheiro indo para o meu quarto, os meninos estavam disputando na cozinha para fazer o meu lanche, eles pareciam berrar de tanta raiva.

Vesti o meu uniforme e fui passar o meu perfume e arrumar meus cabelos um pouco bagunçados e saí do quarto encontrando a cena deles se matando para fazer meu café da manhã, passei por eles sem dar nenhuma atenção a eles.

Pegava as coisas nos armários e fui atrás do leite, quando estava rumando para a mesa meu celular tocou.

Eu: Sim?

Omma: Meu bebê! Hoje é seu primeiro dia de aula no 2° ano do ensino médio! Parabéns

Eu: Sim minha Omma, mas você não ligou pra isso não é?

Omma: Não... meu bebê quero falar com o Jaebum!

Eu: Claro, omma

Entreguei o celular para o Jaebum e ele sorriu entregando meu suco, sorri e fui para a mesa.

– Yugyeom hoje está mal humorado – Jackson murmurou.

– Não estou! É somente nervosismo, hyung

– Não fique, será somente mas uma vez daquelas celebrações falsas e chatas. – Jinyoung sorriu me dando um beijo na bochecha

– Está certo, vou indo agora

Peguei minhas coisas e caminhei até a porta, fui agarrado pelo o cotovelo pelo o Jaebum me entregando o celular

– Nosso beijinho, Baby – Jaebum me deu um beicinho.

Peguei os meus olhos cravados nos lábios de todos eles, sorri e peguei meu melhor sorriso e caminhei até eles.

Dei um chupão no pescoço dos primeiros mais novos, resumindo em Jackson. Bambam e Youngjae.

Os outros quatros o que eu ganho é 4 lindos chupões e meus lábios estavam inchados e vermelhos, está perfeito.

Vou assim mesmo para o meu primeiro dia e serei o centro das atenções por causa disso, saí da casa antes que eles me puxarem para dentro e faz coisa pior.

***

As apresentações para o início das aulas foi calmo até que vi Jong Suk entrar e se apresentar, não estava surpreso, ao contrário estava estático e ficando branco!

Ele sorriu pra mim e eu corei envergonhado pelo o que ele fez. As aulas foram passando até que batesse o sinal e anunciaram que poderíamos ir para o pátio que íamos cantar o hino da Korean

– Eu sou novo na escola, porque você está nesse estado? Algum menino lhe fez mal?! - Jong me olhou interrogando apenas suspirei

– Não... só foi os meus namorados! Fique tranquilo

Ele me pareceu receoso mas ficou calado.

***

Ele voltava comigo para a casa, já que morava na loja de conveniências da senhora Park.

– Tenha uma boa tarde

– Até amanhã, Yugie – ele me deu um beijo na bochecha e saiu
Estava pensando no porquê do beijo, mas estava muito ocupado pensando nos olhares das meninas em meu corpo, lábios e pescoço.

Abri a porta de casa apenas para me deparar com uma cena esplêndida!

Uma garota que não conhecia em cima dos meus namorados.. fiquei olhando para aquilo e vendo eles se esquivar dela e de seus toques.

Estava cansado de ver aquilo e claro, taquei a mochila nela.

– QUEM É VOCÊ PRA FAZER ISSO?! – ela gritou estressada.

– SOU O NAMORADO DELES E VOCÊ SAIA DA MINHA CASA

peguei ela pelo o braço e joguei lá fora ouvia alguns 'oppa' mas não prestei muita atenção, quando fechei a porta bati minha cabeça nela algumas vezes bem de leve e me virei para eles.

Os olhos deles estavam cheios de lágrimas e Bambam estava apontando para meu braço que estava com um arranhão e sangrava, andei calmamente para a cozinha indo atrás de um kit de primeiros socorros.

Fiz um curativo rápido, e voltei para a sala, os meninos estavam calmos. Sorri e mandei eles ficarem por lá mesmo, sentei-me de frente pra eles e fiquei olhando-os por um certo tempo até que tive coragem para abrir a boca.

– Quem era ela?

Foi a única palavra que soltei e fiquei encarando-os, meus olhos estavam pesados, estava com sono e daqui algumas horas teria que sair para ir para aula de dança.

– Ela chegou aqui falando que estava perdida então oferecemos ajuda para ajudá-la . Então ela veio querendo outra coisa, queria nos beijar e nos tocar em certas aéreas. – Jaebum explicou-me.

– Okay, estão liberados

Me levantei e fui para o meu quarto tomar um banho, estava suado e precisava relaxar os meus músculos.

Quando saí fui até o meu closet peguei uma boxer azul-marinho, e um blusão preto. Com os cabelos ainda úmidos me joguei na cama e abracei o travesseiro, estava cansando e ainda tinha aulas de dança e tinha que estar lá as 18h e ainda era 16h teria pelo menos 2 horas para dormir.

Só por precauções puis meu celular para despertar, senti o sono vindo e logo cai nele

Jong Suk

Quando era a hora de irmos embora quis ir com o Yugyeom.

Quando me diz adeus a ele, o mesmo pareceu-me ficar envergonhado.

Entrei na loja e a vovó não estava então fui pegar alguns doces pra mim, a porta foi aberta e pude ver a minha noona ela estava raivosa. Nosso plano falhou.

– Aish! Aquele Yugyeom chegou na hora errada, eu estava QUASE indo mais fundo com eles. – ela gritou enfurecida

– MA! Pare de gritar, se esse falhou teremos mais chances

Ela saiu resmungando e seguiu para dentro.

– Kim Yugyeom, você ainda será meu..

   


Notas Finais


Desculpar os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...