História Together - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Cora Hale, Derek Hale, Isaac Lahey, Kira Yukimura, Laura Hale, Melissa McCall, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Talia Hale
Tags Derek Hale, Drama, Isaac, Scott, Teen Wolf
Exibições 51
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vou postar alguns capítulos em ponto de vista ok
Se n gostarem avisem nos comentários.

Capítulo 11 - The escape


Fanfic / Fanfiction Together - Capítulo 11 - The escape

Malice Pov

 

– Tudo bem… – Eu via que o rosto dele ficou meio triste quando impus minha condição… Eu não podia deixar minha quando baixa. Lobo o corpo dele se estralou e ficou cheio de pelos e um focinho grande aparecia entre o pelo.

Derek era grande até em forma de lobo, começo a cachar que em todas as raposas que conheço nunca teriam a altura e a massa que ele tem. Seu pelo era totalmente preto e brilhava com a luz da fogueira, ele se aproximou de mim tocando o focinho em minha mão, o nariz era do tamanho de uma mão grande e era muito molhado e gelado, os olhos eram azuis e verdes, como se brigassem por liderança, eles me capturaram tanto que me perdi por muito tempo o encarando. Algo dentro de mim dizia que podia confiar nele, que podia ama-lo, e nunca o deixar, que ele me faria feliz… Mas eu sei, não é real.

Desviei o olhar e o grande lobo se virou para deitar no ninho, eu consegui ver os músculos grossos e as paras fortes enquanto ele andava, olhou para mim com os olhos brilhando, tenho certeza que era um pedido… De suplica. 

Eu não aguentava ver aqueles olhos assim, mais uma coisa que acabei de descobrir, não gosto dos olhos dele com semblante de sofrimento. Me aproximei devagar e me sentei em seu lado , encostei em um de suas paras e peito ele colocou sua cabeça perto de minhas cochas descobertas e passei a mão entre os grossos pelos de sua cabeça percebi que eles eram macios, grossos mais macios, o toque o fez estremecer e tentei tirar a mão, mais sua cabeça segui minha mão e voltei a toca-lo , descobri ,então, outra coisa, gosto de acariciar a cabeça dele, sorri, acho que ainda tenho muito a descobrir…

Enquanto eu pensava os olhos dele foram se fechando, ainda lutando olhar para mim, até que se fecharam completamente e sua respiração ficou mais calma. Puxei as peles para mais perto, fazendo uma delas deslizar para as costas dele lentamente e uma ficar em meu corpo ainda me esquentando. Deitei perto da cabeçona preta, que estava na mesma posição, e fechei os olhos ainda olhando para ele, descobri mais uma coisa, vendo por esse angulo, ele fica ainda mais bonito.

Caí no sono me agarrando as peles quentes e suspirando com o calor único e emanavam.

––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––

Derek POV

Acordei com algo puxando meus pelos, olho para baixo e vejo ela… Encolhida em meu peito gigante e coberta pelas peles que eu dei para ela. "Tão linda" pensei rapidamente, consegui escutar o coração dela batendo forte e suas respirações batiam em meu pelo…

Percebi que ela tinha arrastado uma pele para minhas costas tentando preencher todo meu corpo, não deu muito certo, metade de meu copo ainda estava para fora, mas meu coração acelera ao ver que ela se importou comigo.

Me transformei e ela se agarrou mais a mim, sinto sua pele encostada na minha e o atrito de seu peito contra o meu, agora sem muitos pelos, posso ver seu rosto sereno e calmo, diferente de como estava a um tempo atras. Suspirei sentindo seu cheiro único e o meu misturados, aquilo era o paraíso. 

Mas ele pode acabar.

Abri os olhos para a contemplar e me desvencilho de seus braços, levanto bem devagar e vou para a frente da caverna passando do lado onde a agua não passava, a chuva tinha cessado e o céu estava totalmente estrelado. Eu quero a acordar e mostrar as estrelas a ela… mas agora tenho algo mais importante a fazer. 

Volto para dentro e pego uma pequena lamina muito fina e olhei para Malice, suspirei 1 2 3 vezes antes de pegar um de seus pés que estava fora das peles quentes e fiz um corte pequeno demais para ser sentido, mas que atingiu uma veia e começou a sangrar, peguei um pote médio e deixei sangrando até que o pote ficasse quase cheio, parei antes pois não conseguia mais a machucar, mesmo que ela não sentisse dor alguma, eu senti que não podia continuar. Limpei o pequeno corte e puxei as pele para cobrir o pequeno pé.

Sai da caverna passando pela cachoeira e desci as pedras com o recipiente em minhas mãos, caminhei por muito tempo até que fiquei muito longe da caverna e fui passando o sangue em arvores e moitas até respingar as ultimas gotas até o penhasco.

Voltei para a caverna e me deitei ao lado dela, ainda calma e serena, se agarrando ao meu pelo de lobo, a esquentando.

 " Eu a amo "

––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––

Malice

Acordei com a claridade e o som da água caindo e algo emanando calor em meu corpo inteiro, abri os olhos e só o que eu vi foi pelo, algo pesado estava em cima de meu braço os pelos me empurravam para frente e para trás freneticamente. Uma lufada e ar quente acariciava meus cabelos e frequência com os pelos. Algo como um ronco me assustou e percebi que estava embaixo da pata de Delek, lentamente vou descendo aos poucos até sua barriga para escapar desse abraço "caloroso" vejo de perto a base de seu … de lobo e me desespero e acelero o movimento de meus pés e quadris em finalmente consegui sair. 

Ele ainda estava dormindo… Era minha chance de escapar! Me virei rapidamente para a entrada da cachoeira e saí suspirando ar puro… LIVRE!

Me preparei para correr… 

Mas.

Lembro dos olhos sofridos que me encaravam e de como não o queria ver assim mais uma vez, de como sua cabeça pendia em meu afago e o calor de seu corpo… Não podia fazer isso, não assim.

Olho para a cachoeira a meu alado e para frente. Dei meu primeiro passo…


Notas Finais


Obrigada por esperarem .
espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...