História Together... - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Rabito, Valéria Ferreira
Tags Carmiel, Ciriquina, Daléria, Jorgerida, Kobi, Laudriano, Marilina, Paulicia
Exibições 143
Palavras 1.964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi povoooo!!!
Voltei !!
Eu escrevi uma história de capítulo único: "A última carta..." , quem quiser ler...
Bom, lets go com isso ! !

Capítulo 8 - "Eu acho que eu to doente..."


Daniel observava a menina que rabiscava em seu caderno, eles já tinham acabado as perguntas, tudo estava ocorrendo bem, quer dizer, na medida do possível... a menina mal falava com ele, ficava calada e só perguntava coisas necessárias sobre o trabalho, ele se sentia magoado mas não à culpava, afinal, nos olhos dela ele era um completo idiota... havia à ignorado e nem a defendeu ou se quer falou algo quando a mãe disse coisas terríveis sobre a mesma... pena que ela não sabia o porque de tudo isso... 

"Carmen?" Questionou o garoto, a menina apenas parou de rabiscar no caderno e encarou Daniel "Me desculpa pela minha mãe..." a menina apenas fez um sinal afirmativo com a cabeça voltando a olhar para o seu caderno, o menino suspirou, ele sabia que ela ainda estava magoada com o mesmo, o nerd percorreu os olhos sobre aquele pequeno quarto até que avistou algo que o chamou atenção... o mesmo levantou e foi até a cama assim chamando a atenção de Carmen,  eie se abaixou e pegou um porta retrato quebrado que se encontrava de baixo da cama, no mesmo tinha uma foto da nerd e seu pai, Frederico... "Por quê isso tá aqui?" Perguntou o garoto, "Ah... deve ter sido o vento..." Disse a menina mentindo voltando a encarar a folha de seu caderno, a verdade, é que agora ela já não pensava mais nos rabiscos que estavam lá, na verdade, sua cabeça acabou se teletransportando para o dia em que essa foto foi parar ali de baixo...

Flashback on 

A garota acordou cedo, mesmo de férias ela tinha esse costume, se levantou, trocou de roupa e foi até a cozinha que, por a casa ser pequena, não era muito longe do seu quarto.

Assim que chegou na cozinha a menina estranhou que, ao abrir a geladeira não tinha nada dentro, ao olhar em volta, percebeu que algumas coisas de valor tinham sumido, não que a família dela tivesse muitas, mas as que tinham, eram importantes para os mesmo poos eles havia batalhado para comprar, até mesmo aquela pequena TV que costumava ficar na sala, mas agora, não estava mais lá... Desesperada a garota correu para o quarto da mãe, abriu a porta rapidamente, mas na cama só tinha sua mãe, a mesma achou estranho... o pai saia para trabalhar cedo, mas aquele dia era um domingo!! Sua mãe acordou com o barulho da porta se chocando  na parede do quarto e se deparou com Carmen nele, "O que foi filha?" Perguntou a mãe com voz sonolenta, "Mãe eu acho que fomos roubadas!!" Dona Inês basicamente deu um pulo da cama indo até a sala e vendo que aa poucas coisas que elas tinham de valor tinham sumido, "Cadê o papai??" Perguntou a mais nova, "Perai... ele não tava no quarto? " Questionou a mãe recebendo um aceno negativo da filha, a mesma já tinha conseguido juntar todas as peças, ela correu para seu quarto e abriu o guarda-roupa o qual dividia com o marido e se deparou que lá só tinha suas próprias roupas, e isso foi a peça final para ela descobrir tudo... seu marido havia a abandonado....

A nerd entrou no quarto em busca da mãe, porém, se deparou com ela chorando, correu para abraça-la, "O que ta aconte...Mãe!!" Disse Dudu entrando no quarto, ele estava com uma voz sonolenta, mas ao se deparar com sua mãe aos prantos correu e tomou a mesma atitude que a irmã, "Mãe, por quê você ta chorando?" Perguntou o mais novo logo depois da saída do abraço, Carmen observava as coisas atentamente e, assim como sua mãe,  ela juntou as peças, coisas tinham sumido, seu pai não estava em casa e o guarda-roupa do quarto do mesmo estava aberto, porém sem as roupas dele... e no final das contas, as conclusões dela e da mãe foram as mesmas, ele tinha as abandonado.... "ele foi embora né?" Perguntou a menina em um tom baixinho já sentindo as lágrimas correrem pela sua bochecha , "sim minha filha, ele foi..." afirmou a mãe, ainda aos prantos, Dudu começou a chorar igual a mãe, a essa altura ele já tinha entendido o que tinha acontecido, o que ele considerava seu herói, havia ido embora, Carmen saiu daquele quarto e correu para o seu ainda chorando, pegou um porta - retrato com uma foto dela e de seu pai e o jogou no chão, o mesmo foi atirado em direção a cama, quebrou e caiu em baixo dela, mas a menina nunca teve coragem de tira-lo de lá, ela não ia ter coragem de ver como os dois eram tão felizes a pouco tempo atrás e agora, não são mais, agora, ele havia os abandonado, agora, a garota não o chamava mais de pai...

Flashback off 

Quando a garota saiu e de seus pensamentos notou Daniel retirando ps cacos de vidro que estavam em baixo da cama "Daniel!! Não precisa!!" Falou a menina  educada porém em tom alto o que, provavelmente  assustou o garoto já que o mesmo se cortou em um dos vidros, o sangue escorria pelo dedo dele, a nerd o pegou pela mão não machucada e o levou até a sala, o sentou numa cadeira e o deu um pano para enxugar o sangue "Fica aqui" disse a garota saindo rumo ao banheiro, onde ficavam os curativos.

"Ô de casa!!!" Surgiu uma palma e uma voz de trás da porta,  Daniel se levantou e abriu se deparando com Luke, "Quem é você?" Perguntou Luke, "Eu que te pergunto..." falou Daniel curioso, "Oi eu sou Luke, amigo da Carmen..." apresentou-se o garoto de forma sorridente "Daniel..." Falou o nerd, "O que você tá fazendo aqui?" Questionou o de franja de forma educada, "Ah... eu vim fazer um trabalho sobre e com a Carmen..." afirmou Daniel "Ata... o que você fez?" Perguntou Luke, "ah.. não muita coisa a Carmen não gosta muito de falar sobre a vida dela..." Disse o nerd meio cabisbaixo, " Eu te conto!! O que você quer saber??" Perguntou o de franja, "No que ela é boa?" Questionou Daniel, "A Carmen ?! Ah... ela é boa em MUITAS coisas, ela é a melhor cantora da comunidade e a melhor desenhista também..." falou Luke naturalmente "Ela canta e desenha!?! Eu nunca escutei ela cantar nem vi nenhum desenho dela!!" Afirmou o nerd surpreso "Sim, ela canta e desenha e faz tudo isso muito bem!! Ah... e ela também talento para escrever, cozinhar e sabe mais que o próprio Google... mas isso você deve saber... Bom tenho que ir... Eu só ia passar para ver a Carmen, mas ja ela tá ocupada..." Disse o garoto dando um toca aqui no menino que tinha acabado de conhcer e logo em seguida saiu da casa.

"Tinha alguém aqui??" Perguntou Carmen para Daniel enquanto entrava na sala, "Sim... um menino chamado Luke..." Disse o garoto  naturalmente, Carmen gelou "Ele disse alguma coisa??" Questionou a nerd aflita recebendo um aceno negativo do          ex-melhor amigo, o menino estava mentindo, havia descoberto muitas coisas sobre a garota mas deixaria ela descobrir quando o mesmo lesse a redação para a turma...

Após um tempo, a garota acabou o curativo no dedo de Daniel "Wow... ficou perfeito!! Você já pensou em ser médica??" Questionou o garoto a menina apenas riu balançando a cabeça negativamente, era verdade,  seu sonho nunca foi fazer medicina ou enfermagem, ela sempre sonhou em cursar pedagogia, "Bom, eu vou indo..." Disse o nerd pegando sua muchila que estava na sala e indo em direção a porta que logo foi aberta por Carmen, "Tchau.." Disse a garota tímida, "Tchau!" Respondeu o garoto dando um beijo na testa da nerd e saindo pela porta que logo foi fechada pela mesma, a menina sentiu algo inexplicável, era um choque correndo pelo seu corpo, o menino também, na verdade ela estava morrendo de felicidade, ele podia finalmente  ficar com Carmen sem ser ameaçado pela mãe, pena que isso não duraria muito...afinal, uma hora eles iam acabar o trabalho...

                            ☆

"Então é só isso??" Perguntou Bibi para Koki após achar que já havia acabado o trabalho, como resposta ele só fez um aceno afirmativo com a cabeça, o mesmo se levantou e foi até a porta a qual foi aberta pela ruiva, antes de sair o mesmo virou para trás " Eu já percebi que você não quer falar comigo direito, eu só não entendi o porque..." Disse o japonês se virando e saindo pela porta a qual logo foi fechada pela americana.

O ruivo  andava pelas ruas sentindo algo estranho, ele não sabia o que era,  era como uma pontada no peito... e ele só pensava "Será que eu estou doente?"

                             ☆

Alicia e Paulo tinham acabado de finalizar o trabalho, até que Cida entra no quarto, "Ally, telefone para você flor, ta lá na cozinha, é seu pai..." Disse Cida fazendo a garota  falar um obrigada, se levantar e sair do quarto.

"Ei..Cida né?? O que a Ally mais gosta de fazer? " Perguntou Paulo sendo educado para a divertida funcionaria, "Menino, olha, a minha Ally tem um talento que para ela também é uma diversão, entao, ela adora fazer, que é dançar, e olha.... ela dança MUITO!!" Respondeu a mais velha fazendo o garoto sorrir e agradecer, "Não conta para ela que você me disse isso por favor!" Pediu o peralta,  "Pode deixar!!" Disse Cida piscando um dos ólhos e saindo daquele quarto...

                           ☆

Majo já voltava para casa decepcionada, Cirilo foi simpático como sempre mas não à elogiou em nada!! "Majo!!Majo!! Espera !!" A garota escutou um grito, sabia de quem era e se virou animadamente se deparando com Cirilo, o que fez um grande sorriso aparecer em seu rosto, "Você esqueceu sua caneta" Disse o garoto fazendo o sorriso de Majo sumir, ela sussurrou um obrigada e seguiu o caminho  cabisbaixa até sua casa que não era muito longe....

                             ☆

Koki havia chegado cedo na escola no dia seguinte, ele continuava muito pensativo, até que alguém senta ao seu lado, quando ele se vira se depara com Carmen, "Você ta bem??" Perguntou a nerd percebendo a triste expressão do amigo, "Na verdade não, eu acho que eu to doente..." afirmou o ruivo, "O que você tem??" Questionou  a garota espantada, "ah...sei lá...eu sinto meu estômago remexer, minhas mão suam e eu fico mais vermelho que o meu cabelo, mas isso só acontece quando eu estou perto de uma única menina..." respondeu o japonês, "Posso saber quem é??" Perguntou a de óculos já sacando o que estava acontecendo, "Claro...É a Bibi..." Disse o garoto a menina soltou um sorriso, "Koki, você não tá doente, você ta apaixonado..." Falou a nerd fazendo o garoto ficar com uma expressão preocupada, "Ai não!!! Comigo não!!! Por favor!!! O que eu fasso?? Você guarda segredo? " Reclamava e questionava o japonês ao mesmo tempo, "Koki eu não vou contar para ninguém juro!! Mas, em relação ao que fazer eu não sei, você pode contar para ela, ou, você pode ficar calado, mas ai corre o risco de ela arranjar outro..." Disse a nerd, o garoto sentiu uma mexida no seu estômago ao a garota falar que a ruivinha podia arranjar outro, "Eu prefiro não contar nada..." Afirmou Koki decidido, a amiga ia falar alguma coisa se não fosse pelo alto barulho de vozes que adentraram no lugar, seus amigos haviam chegado....

                           ☆

"Gente!! Lembrem da apresentação do trabalho  amanhã!!! Eu quero ver ótimas redações em... eu vou chamar para lerem as redações em ordem alfabética então se preparem..." Dizia a professora, "Sim professora Helena!!!" Responderam os alunos em couro... alguns felizes, outros tristes e outros anciosos.... mas ambos...juntos!!

E assim o dia passou de pressa, porém, alguns  dos Santos Diabinhos nem imaginavam o quanto os outros iriam descobrir sobre eles  no dia seguinte.... Mas a questão é, eles queriam ser descobertos??





Notas Finais


Eeeeee gente, esse trabalho promete!!
Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...