História Together by Ambition - Love Fight (Park Ji Min) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, Jimin, Shoujo
Visualizações 94
Palavras 2.136
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Ficção, Fluffy, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii,voltei com mais um capítulo !!
Espero que esteja bom <3
Aproveitem e boa leitura !

Capítulo 3 - 1.3 Angry fox


Fanfic / Fanfiction Together by Ambition - Love Fight (Park Ji Min) - Capítulo 3 - 1.3 Angry fox

-Sério?-perguntei incrédula .

-É…-ele falou secando o último prato.

-Acabamos.-sorri e ele retribuiu.

-Bom...vou te contar mais sobre mim se você aceitar fazer um passeio comigo .-ele falou sorrindo de lado,logo passou a me encarar ,levou sua destra até meu rosto,pisquei algumas vezes sem entender ,logo ele passou o polegar em minha testa e o mostrou.-Espuma!-ele falou rindo,o acompanhei em seguida .

-Park Ji Min …

-Apenas Jimin.-ele falou secando suas mãos.

-Jimin...eu aceito seu convite.-falei travado.

-O que? Não ouvi.

-Eu aceito sair com você .

-Hum ,então tudo bem .-ele falou sorrindo .-Esteja pronta às 16:00 .Vou encontrar alguém nesse momento .-depositou rapidamente um selar em minha testa e saiu.

Yah… Ele é louco ou o que?.
Toquei minha testa .

Park JiMin

-Tem certeza que isso é mesmo necessário ?-olho para meu pai com certo tédio.

-O que você acha?

-Acho que ela está magoada .

-Filho,você sabe que isso agora será melhor para ela,aqui,na Coréia do Sul ela ficará segura , Choi Rebecca In precisa de uma boa proteção além de Namjoon ,e você é essa proteção .Eu confio em você ,e eu sei que...você tem uma quedinha por ela ,seu moleque.-meu pai falou e logo soltou uma risada,o acompanhei um pouco envergonhado.

-Está bem pai…-suspirei levantando-me da cadeira ,pegando minha carteira e meu celular.-Te vejo depois .-sorri e me retirei do escritório .

Parece que a senhorita Choi não vai poder fugir de mim ,mesmo eu a deixando ir …

Rebecca

Fico observando as árvores e ouvindo os sons de pássaros da janela ,sentada na cama de pernas cruzada pensando em coisas aleatórias ,quando volto minha atenção ao relógio marcando 15:00 .

Jesus,estou atrasada !! Pulo da cama e vou para o banheiro e tomo um banho ,vou até o armário e escolho um suéter rosa bebê e uma saia plissada branca com bolinhas pretas ,pego um salto preto com um lacinho como detalhe ,resolvo fazer uma maquiagem bem bonequinha e coloco perfume ,solto meu cabelo e olho novamente para o relógio que agora marcava 15:55 ,peguei minha bolsa e fui em direção à sala.

-Onde vai?-senti uma mão segurar meu braço,o olhei e ele me olhava assustado .

-Ah,Jeong …

-Ela vai sair comigo .-olhei em direção da voz ,era Jimin ,usava uma calça preta rasgada e uma camisa branca ,tudo isso ficava mais sexy com o óculos escuro .Aigoo o que estou pensando?

-Ah...parece que deu uma dentro né…?!-Jeong falou sorrindo de lado e me soltou ,logo deu um beijo em minha bochecha ,me assustei .

-Vamos?-Jimin perguntou tocando minha mão .

-S-sim.

~

-Okay,pode entrar.-ele falou abrindo a porta do carro .

-Quanta formalidade Park Jimin.-sorri ironicamente entrando no carro.

-Não faça expressões desse tipo ,não posso me controlar desse jeito.-ele falou me olhando de cima a baixo .-Está maravilhosa…-ele falou passando a mão no rosto e logo mexendo em seu cabelo .

-Pare de falar coisas desse tipo.-fiz bico de reprovação .Mentira ,pode falar ...Aigoo!! O que eu tenho.

-Sim senhora! -ele fechou a porta do carro e entrou pela outra .

-Gosta de parques de diversões ?-ele perguntou me olhando.

-Um pouco …-fiquei observando o quanto estávamos próximos e sozinhos,ele tem um cheiro bom ,seu rosto é bonito ,muito bonito e sua boca completa tudo assim...Ahhh,lá vou eu novamente…

-Hum...que bom!

-Ahn? Para onde vamos?

-Ah,você verá!

-Fala logo Jimin.-falei batendo no seu braço .

-Não.-ele fez bico .

-Aish.Chato…-Cruzei os braços e me virei para o outro lado.Ele riu e deu partida no carro .

-Ei...não fica brava comigo…-ele falou com uma voz fofa .Apenas o ignorei ,e fechei a cara .-Vou te dar motivo para ficar mais brava então …-deu um sorriso de lado e acelerou o carro em velocidade máxima, tomei um susto e o olhei com os olhos arregalados ,bati em seu braço pedindo para parar .-Aish...fica quieta…-ele revirou os olhos .

-Não !! Me obrigue então !! eu vou te agredir!

-Já que pediu…-ele aproximou-se de mim e depositou um selar em meus lábios .

-Tá louco? Seu cretino pervertido!!-me afastei dele ,logo voltei dando tapas no mesmo .

~

-Para de fazer teatro Rebecca…-ele falou jogando seu cabelo para trás .

-Nem morta!! Eu vou ficar aqui atrás mesmo.-falei colocando o cinto e cruzando os braços ,ele se volta para me encarar,desvio o olhar com um bico formado nos lábios .

-Aigoo!-ele estala seus lábios e revira os olhos .

-Continue a dirigir .-falei fazendo um gesto com a mão.

-Está bem senhorita estressadinha .-ele falou soltando uma risada ,bati em sua nuca no mesmo momento ,não demoramos muito e chegamos no tal local ,ele abriu a porta para mim,mas ainda manti a mesma expressão de emburrada .

Park JiMin

-Para de me fazer de palhaço .-falei bloqueando a passagem ,ela continuou com a mesma expressão ,a olhei e toquei seu rosto .

-Não gosto das suas gracinhas ,e eu estou brava.-ela falou tirando minha mão de seu rosto.

-Aish,me perdoa!-falei segurando suas mãos ,ela desviou o olhar e voltou sua atenção ao parque .-Ah...você gosta daqui não é?

-Ahn?

-Vou te dar algo!-falei a abraçando de lado de uma forma que ela não conseguisse se soltar e a guiei até as barracas .

-Park Jimin!!-ela tentou soltar-se ,mas a abracei mais forte e apertei sua bochecha.

-Quietinha,minha noiva!-falei irônico .

-Uma ova! Não se ache por isso …

-Observe…-peguei uma dar arminhas da barraca e acertei em todos os alvos ,ela ficou boquiaberta mas fez questão de fechar a cara após alguns segundos.Escolhi um panda de pelúcia e fiquei de certa forma brincando na sua frente ,mas ela manteu-se séria me encarando.

-Viu?...Parece -se com você …-falei e logo ela riu,finalmente ela sorriu ,parece que minha gatinha não está mais brava ...

- O que está olhando? Me dá logo isso!-ela falou erguendo suas pequenas mãos fazendo uma expressão muito fofa,sorri levemente e dei o urso a ela.

-Venha ...vamos nos divertir um pouco !Irei te mostrar o que é diversão hoje...prometo que você gostará disso,farei você se acostumar com essa situação minha gatinha brava.

 

-Montanha Russa?-ela me perguntou dando passos para trás .

-É ...Rebecca volta aqui!-falei correndo atrás da mesma que resolveu fugir .

-Não! Eu tenho medo de montanha russa!-ela falou logo parando para respirar .

-Para de coisa vacilona.-falei pegando-a no colo e voltando até o brinquedo.

-O-o que está fazendo ?-ela falou sacudindo as pernas .

-Você vai brincar comigo...lembra?-falei colocando-a no chão .

-Ji...Min!-ela desviou o olhar e passou a fitar o chão ainda segurando minha mão. Observei a mesma e logo sorri de lado.

-Eu estou aqui...Agora,você tem que perder seu medo ,tá bom?-falei levando-a até um dos acentos e logo sentando do seu lado ,ela me olhou e logo tomei a ação de segurar em sua mão.

-Por que ?

-Porque sim...vou te proteger .-sorri de lado e me ajeitei no banco ,ela por sua vez engoliu seco e fechou os olhos logo quando o brinquedo começou a se movimentar .Na primeira descida ela começou a gritar ,meus ouvidos pareciam que estavam prestes a explodirem ,a puxei para um abraço mesmo que a proteção me atrapalhasse tentei acalma-la e minha tentativa foi bem sucedida e então ela pôde aproveitar ,sorri vitorioso .

~

Lhe guiei até um banco pois a mesma parecia bastante tonta ,ela sentou e eu passei a encará-la ,agachei-me à sua frente e ela ficou apenas observando .

-Que foi? Não vai reclamar? Ou me bater?

-Não ...f-foi…

-Foi…?

-Foi...divertido .-ela sussurrou desviando o olhar.

-Ah…que bom que gostou e já está recuperada ,agora vamos em outros mais divertidos…-falei novamente a pegando no colo logo após ela dar chilique .

.

.

.

-Quer matar??-ela falou soltando-se de minha mão .

-Calma… Este foi o penúltimo .-falei ajeitando o seu cabelo que estava bastante bagunçado.

-Eu não sei como estou aguentando .-ela falou suspirando fundo .

-Você é forte ...e nem é para tanto.-franzi a testa .

-Maluco!!-ela gritou e começou a bater em meu peito.

-Yah!-segurei seu pulso.-O que está fazendo?

-Eu não gosto desses brinquedos! Eles são radicais ,sufocantes e…muito!! Muito divertidos !!

-Aigo!-exclamei e bati palmas .

-É… Quero dizer ,são ultrapassados.-ela falou empinando seu nariz.

-Chata!-reclamei soltando sua mão .-Você e ...seu panda esnobe!

-Não fale dele assim!-ela esperneou apertando o urso contra ela.

-É isso...vocês dois não colaboram e só reclamam!- falei virando-me de costas .Cara...isso é divertido.

-Pare de birra, você!-ela exclamou logo batendo em minhas costas com o punho .

-Vou deixar você aqui sozinha e vou para casa!-ameacei a ir embora.

-Vá então e se verá com meu pai.

-Tchau.-me afastei dela e escondi-me ,passei a observá-la de longe por trás de uma barraca.

Rebecca

Aish...criançona...me abandonou aqui,andei de um lado para outro e logo sentei em um banco e passei com certa fúria agarrada ao panda de pelúcia .Eu não saio daqui por nada,se for para morrer hoje ...eu morro aqui mesmo ,e assim meu pai cuidará da raça de Park Ji Min para mim .Sorri diabolicamente .

.

.

.

Aish não quero ficar aqui sozinha ,já escureceu e se alguém vier me matar eu não conseguirei agir conscientemente ...Aigo...o que eu faço? Esperneei e fiz bico fitando o chão .Ah...Nam Joon!!,isso! Rapidamente peguei meu celular e disquei o número de NamJoon ,mas neguei com a cabeça,parti para a câmera .Primeiro um selfie porque aqui está ótimo ...tirei a foto e voltei a ligar para NamJoon ,após muito tempo chamando, o menino atendeu .

-Alô?

-Namjoon!!

-Becca...o que aconteceu?

-Me ...me ...abandonaram Namjoon.-falei com voz de choro .

-Ahn?Onde você está ?

-Estou no parque de diversão ...o mais próximo da minha casa.

-Estou indo .

.

.

.

Depois de certo tempo esperando ,vi alguém vindo em minha direção ,logo corri para os seus braços mas parei ao ver que era Park segurando duas latas de refrigerante ,não pensei duas vezes e o abracei ,ele se surpreendeu com aquela ação ,tomei as latas de suas mãos delicadamente e ele me encarou como resposta ,sorri mas logo fiquei séria e chutei suas partes baixas ,ele gritou .

-Por quê?-ele me olhou e realmente senti certa pena dele e então o ajudei a sentar no banco .

-Você deixou-me aqui sozinha ,e eu estou assustada .-falei tentando conforta-lo como se fosse um meio da dor passar ,agachei-me a sua frente e fiquei a pouco centímetros de seu rosto ,ele...derramou uma lágrima? Fiz Park Ji Min chorar? Enxuguei sua lágrima e passei a acariciar seu rosto ,ele retirou a mão e passou a me olhar frio ,engoli seco .

-Desculpe Jimin.-sussurrei.

-Não quero falar com você .

-Jimin!!

-Cale a boca !-ele exclamou .

-Não fale assim!-reclamei ,logo ele me ignorou ,revirei os olhos e segurei seu rosto fazendo-o olhar para mim ,por impulso ou algo que não sei identificar tive a esquisita ideia de o beijar ,toquei levemente seus lábios com os meus ,subi minha mão até sua nuca.E assim,ele me puxou mais para perto correspondendo ao meu beijo ,pediu passagem com sua língua, mas não pude ceder pois tinha acabado de ouvir uma voz masculina ,nos separamos e olhei para os lados .Ferrou...Namjoon!

-O que estão fazendo ?-ele perguntou aproximando-se de nós ,soltei-me de Jimin e passei a prestar à atenção ao meu assistente que parecia incrédulo .

-Bom...Jimin...já voltou .-falei sorrindo.

-Você me fez vir aqui à toa ...eu deveria te dar uns cascudos.-ele falou um pouco enraivado.

-Yah...tem algo que lembrei de pedir.-falei batendo levemente em seu braço .-Quero que você me acompanhe até a biblioteca segunda feira ,às 18:00 .

-Mas é daqui à dois dias ainda ...como pode pedir tão cedo?…-ele interrogou coçando sua cabeça.

-Eu posso levar você Becc …-Jimin se pronunciou vindo até Namjoon.

-Não!Você não ! Você vai...atrapalhar a leitura dela.-ele falou fazendo gestos com suas mãos e logo me abraçou de lado.-Eu a levo .

-Você fala como se eu não pudesse ter muito contato com ela...ela mora comigo!-Jimin falou convencido .

-Se tentar coisas impuras com a Becca ,eu vou fazer o tio Park te punir !-Namjoon falou.

-Porque você tem que ser sempre o primo dedo - duro hein?-Jimin por sua vez falou fazendo bico.

-Pera...você são p-primos?-falei os olhando.

-É… fazer o que?!-os dois pronunciaram-se em uníssono .

-What the f*ck?

-Ahn?

-Desculpa,saiu sem querer.-falei tapando a boca.

-Ah…

-Bom ,eu quero ir para casa.-falei fazendo bico.

-Então vamos.-falou Jimin me puxando contra ele e colocando seu braço em volta do meu pescoço .-Tchau Nam ,eu e minha noiva vamos embora agora.

-Aish...seu pervertido .-ele reclamou .

.

.

.

-Está cansada ? -Jimin perguntou sentando-se no sofá .

-Um pouco…

-Eu também ...podemos dormir juntos aqui na sala e te explico porque sumi,sobre mim e sobre o parentesco com Namjoon.-ele sorriu de lado ...safado chantagista...

 

Continua

   


Notas Finais


Bom...desculpe por qualquer erro ,estou escrevendo pelo celular ...
Até mais,bjão ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...