História Together by the destination - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias 10 Coisas Que Eu Odeio Em Você, Originais, Os Instrumentos Mortais, Tina Jittaleela
Personagens Personagens Originais
Tags Alec, Apaixonados, Katherine, Miguel, Rachel, Rebeldes
Exibições 29
Palavras 1.824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Ficção, Orange, Romance e Novela, Slash, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meninas! Mais um capítulo! Boa leitura,espero que gostem!♥

Capítulo 28 - A gente temos que viver nossa vida + Katherine


Fanfic / Fanfiction Together by the destination - Capítulo 28 - A gente temos que viver nossa vida + Katherine

Alec P.O.V

Acordei com o barulho do despertador me sentei na cama determinado a acordar de vez,olhei para a cara de Kris ela ainda dormia...é engraçado o fato de ela ter ido dormir com a fantasias de onça pintada,me levantei da cama determinado a ter uma conversar com a Rachel apesar de ela estar com outro eu ainda não abro mão do meu amor por ela para outro de idiota mesmo que doa ve-la com outro mesmo assim eu me recuso a abri mão. Fui até meu guarda - roupa peguei peças simples(Bermudão branco,camisa da adidas preta )caminhei reto até o banheiro realmente...estou determinado a tudo! 

 

Rachel P.O.V

Acordei com dor de cabeça me sentei na cama devagar Fechei o s olhos novamente tentando fazer a dor passar,por quê será que eu estou com essa dor de cabeça? Tentei me lembrar e não consegui nesse exato momento o auto - falante começou a tocar.

 

 

"Quero todos os alunos imediatamente no auditório! Agora!" 

 

 

O que será que aconteceu para a diretora ficar nervosa? O Tom havia colocado a dose do Jim no café da diretora. O que será que deu nela para estar daquele jeito? Olhei pro lado direito Lilly acordou assustada.

 


Lilly: O que aconteceu?–Perguntou com a mão no peito.

Rachel: Eu não sei,só sei que a diretora quer todos os alunos no auditório. –Respondi.

Lilly:Estou com medo!–Falou.

Rachel: Se acalme, nem deve ser algo sério. –Falei,tentando acalmá-lá.

Lilly: Eu já vou indo antes que a diretora faça merda.–Falou se levantando da cama.–Você não vem?·Perguntou.

Rachel:Sim! Pode ir,irei em seguida.–Falei com um sorriso de lado.

Lilly: Certo! Te vejo lá.–Falou,abriu a porta e saiu em seguida.

 

 

Agora falta eu me preparar para o pior...

 

 

Katherine P.O.V

Miguel: Hey!–Chamou,acariciando meu rosto.–Acorde!–Chamou mais uma vez.

Katherine: Humm?–Falei,me virando pro lado abrindo meus olhos lentamente vi Miguel com um pequeno sorriso no rosto. –Bom dia,Sr.Arrogante!–Sorri.

Miguel: Bom dia,esquebtadinha!–Falou pausadamente. –Eu não queria te acordar mas precisava fazer isso.–Falou,seu olhar mostrava preocupação.

Katherine: O que aconteceu?–Perguntei me sentando na cama.

Miguel: Eu não sei exatamente, mas a diretora quer todo mundo no auditório agora.–Falou,com um sorriso de lado.

Katherine: Está bem! Já acordei!–Falei,bufando. –Da próxima vez que ela me acordar vou dar uma voadora nela.–Falei fazendo ele dar uma risada abafada.

Miguel: Duvido!–Provocou.

Katherine: Não começa! –Falei me levantando.

 


Passei reto indo até a porta me virei para Miguel vi que ele tentava segurar para não rir de mim... Ótimo!

 

Katherine: Você vem?–Perguntei,séria.

Miguel: Sim!–Respondeu.

 

Me virei para a porta a abri saindo em seguida Miguel veio atrás. Enquanto caminhavamos pelo corredor dava para ver vários adolescentes nervosos da janela eu podia ver o jardim da escola uma bagunça vários copos descartáveis jogados na grama do jardim tinha até alguns não sei bem se são alunos pois tinha alguns adolescentes jogados na grama pareciam bêbados,olhei para frente os alunos conversavam alto dava para ouvir mas eu estava focada em saber o motivo para a diretora nos chamar logo de manhã,as portas do auditório se abriu os alunos começaram a adentrar vi Rachel acenar para mim na 7° fileira fui até ela me sentei em um lugar Miguel não quis vim pois Tyler o chamou na ultima fileira,olhei para Chel tentava não dormir pela cara dela dava para ver que estava cansada resolvi não pergunta-la,não demorou muito a diretora adentrou no auditório acompanhada com coordenadora as batidas firmes de seu salto mostrou que ela não estava nada feliz. Ela subiu à pequena escada e seguiu até parar no palco,o burburinho entre a plateia parou todos prestaram atenção à diretora.

 

 

Diretora:Muito bem!–Falou,sua voz estava séria. –Eu chamei vocês aqui para saber quem é o responsável que permitiu tais pessoas que não são da escola participarem da festa?–Perguntou,elevando o tom da voz.

 

 

Ninguém se opôs para explicar ou levantou a mão apenas se entreolharam confusos,eu virei meu olhar para Chel dava para ver claramente seu nervosismo eu poderia jurar que ela estava pensando em Marcus.

 


Diretora: Ninguém quer falar?–Perguntou, mais uma vez ninguém respondeu.– Kim? Tem algo para falar?–Pergunto.

 


Todos que estava na plateia se viraram pra olhar para Kim ela parecia um pouco nervosa,se levantou devagar.

 


Kim:Não tenho nada a declarar,diretora.–Respondeu,voltou a se sentar.


Diretora:Ótimo! Então todos vocês vão ficar sem festa nesta escola!–Falou em tom firme.

 

 

Os alunos começaram a reclamar o falatório aumentou a diretora mais uma vez começou a falar.

 


Diretora:Chega! Parem de reclamar e aceite as conseqüências! –Falou dessa vez ela estava brava.

 

 

Foi aí que uma garota levantou o braço ela estava na 1° fileira perto da parede,ela com certeza era da minha sala eu só não lembrava p seu nome mas a reconheci.

 

 

Diretora:Elisabeth! –Falou,mexendo a cabeça.

Lisa:Diretora Hamilton, é injusto o que a senhora acaba de fazer e sabe muito bem.–Falou,a encarando.–Nós estamos na fase adolescência e sim temos que nos divertir,viver a vida e a senhora está impedindo que a gente viva a nossa adolescência do nosso jeito.–Falou.

 


A plateia começou a reclamar e mais falatório e burburinhos aumentaram.

 


Diretora:Silêncio! –Pediu,a platéia se calaram.–Elisabeth,você sabe o estrago que vocês acaba de fazer para a nossa escola? Viu a bagunça que fizeram no nosso jardim? Aquilo se chama "Viver a vida" estragando a escola?–Perguntou.

 

 


Elisabeth se calou não respondeu mais nada a única coisa que ela fez foi abaixar a cabeça de tanta vergonha,outra pessoa se levantou...

 

 

Edward: Sim! Faz parte!–Respondeu.–A gente somos adolescentes e estamos vivendo e aproveitando a nossa chance que a vida está nos dando não que a gente seja crianças ou algo do tipo a gente está aproveitando porque estamos chegando na fase pré-adulta será que a senhora não entende?–Perguntou.

Diretora:Ora,Edward Leger. Eu posso muito bem entender mas vocês passaram dos limite! A escola está parecendo um lixo! O governador vai vim nesta escola amanhã eu não queria contar porque era surpresa.–Falou pausadamente. –Vocês já imaginaram quando o governo chegar aqui amanha e se deparar com o estrago para a nossa escola?–Perguntou.

 


Outro aluno se levantou...era o Richard O'Donell..

 


Richard:Se esse for esse o caso nós somos o responsáveis e iremos limpar a escola. Satisfeita?–Perguntou.

Diretora:Eu até podeira reprovar a sua idéia mas vou aceitar,porque a nossa escola tem poucos empregados profissionais e eles não iriam dar conta de fazer a limpeza a escola e muito grande.–Falou pausadamente. –Já que o O'Donell teve uma idéia é hoje e domingo então vocês vão limpar esta escola agora mesmo.–Avisou.

 

Todos se entreolharam em silêncio Chel me cutucou virei para olhá-lá.

 

Rachel: Ela é doida de pedra! Primeira ela !manda nós fazer festa agora manda nós limpar a escola. Estrou começando a sentir falta do período infantil.–Falou,baixinho para eu ouvir.

Katherine: Eu também!–Falei,sorrindo.

 


Diretora:Alguma dúvida? –Perguntou,ninguém levantou a mão ou se pronunciou.–Ótimo! Boa sorte no trabalho! Já podem ir!–Falou. 

 

Todos começaram a sair do auditório em seguida eu e Chel saímos senti alguém segurar em meu ombro me virei para ver quem era...Miguel.

 

 

Miguel: Katherine, desculpe. Será que eu poderia conversar com você?–Perguntou,seus olhos foram até a Chel.–Em particular? –Perguntou com um sorriso de lado.

Katherine: Claro! –Respondi,me virei para Chel. –Chel,me espere no refeitório.–Pedi.

Rachel: Ah,claro! Até mais.–Falou dando uma piscadela e saiu em seguida.

Katherine: Então?–Perguntei me virando para Miguel.

Miguel: Aqui não,em nosso quarto.–Falou,seus olhos estavam focados em mim.

Katherine: Tudo bem,vamos?–Chamei.

Miguel: Sim.–Falou.

 

Nós voltamos a caminhar pelo corredor em silencio confesso que eu fiquei surpresa quando ele falou "nosso quarto" sim a surpresa foi grande que felizmente eu consegui disfarçar. Chegamos no nosso quarto Miguel abriu a porta e deu passagem para eu entrar em seguida ele entrou fechando a porta por trás.

 


Katherine: Pronto,me diga?–Pedi.

Miguel: Bom er....–Falou olhando pro chão coçando a nuca.–Eu gostaria de fazer a limpeza desta escola com você.. –Falou me olhando com um sorriso der lado.

Katherine: Por que?–Perguntei.

Miguel: Porque sim.–Sorriu.–Se for incômodo pode esquecer.–Falou,se virando para as pota.

Katherine: Espere!–Pedi,ele se virou para mim.–Eu topo que você faça a limpeza comigo.–Falei,sorrindo.

 

 

Ele suspirou pesado seus olhos cravaram nos meus olhos sorriu malicioso.

 

Miguel:Você gosta de ficar comigo né? –Perguntou malicioso,indo até mim.

Katherine: Não senhor...eu não gosto.–Menti.

Miguel: Bom...para mim..–Falou,chegando tão perto de mim que nossos narizes se tocaram,então ele aproximou sia boca da minha orelha.–Você gostou? Diga que gostou... –Falou em tom provocador que me deixou arrepiada.

Katherine: E...eu gos...tei.–Respondi quase que gaguejando.

Miguel: Hum...–Falou afastando sua boca da minha orelha ficando cara a cara comigo tao perto.–Ótimo! Agora já vou indo.–Falou dando um passo para trás.

Katherine: Ei!–Chamei,um pouco chateada ele se virou para mim.–Seu imbecil, covarde!–Reclamei.

 

 

Ele sorriu malicioso caminhou até mim me puxou pela minha cintura fazendo nossos corpos se chocarem...eu ate podia ouvir as batidas de seu coração nossas respirações estavam lentas...

 

 

Miguel: Katherine. –Chamou,eu levantei meu olhar para ele.

 

 

Ele não falou mais nada apenas pôs sua mão direita em meu queixo o levantando levemente até nossos lábios se tocarem...ele pediu passagem com a língua e eu cedi enquanto nossas línguas brincavam eu coloquei meus braços em volta de seu pescoço enquanto minha mão direita acariciava seu cabelo... O beijo estava bom por sinal até que alguém bateu na nossa porta fazendo Miguel parar o beijo. Ele parou o beijo me olhando confuso.

 

Miguel: É a Chel?–Perguntou para mim.

Katherine: Não,ela esta no refeitório. Será que é o Tyler? –Perguntei.

Miguel: Não,ele está atrás da escola fumando.–Respondeu.

Katherine: Quem será que é? –Perguntei.

Miguel: Não faço a mínima idéia.–Respondeu.

 


Eu sorri me aproximei mais um pouco de Miguel... Eu estava determinada a beijá-lo mais uma vez foi aí que o imbecil seja lá quem for bateu na porta mais uma vez que fez Miguel dar um passo para trás.

 

 

Miguel: É melhor eu ir ver.–Falou indo até a porta.

Katherine: Se for a Chel e o Tyler manda irem pastar!–Pedi fazendo careta chateada por ter atrapalhado o beijo.

 

 

Ele sorriu se virou para a porta e abriu um ser feminino apareceu diante da porta sorrindo...adivimnha quem era? A loira oxigenada da Alice! Mais uma vez ela atrapalha,fiquei tão irritada que resolvi sair do quarto. Caminhei até Miguel.

 


Katherine: Eu já vou!–Falei determinada a sair dalí,mas ele segurou em meu pulso.

Miguel:Espere!–Pediu,se virou para Alice. –Não estou afim de conversar com você! Com licença! –Falou e fechou a porta na cara dela.

 

 

Ele se virou para mim com um pequeno sorriso de lado..

 

Katherine: Você está quase igual a mim.–Comentei.

Miguel: Eu sempre fui rebelde. –Sorriu,se aproximando de mim.–Vamos continuar onde paramos?–Perguntou me puxando pela cintura novamente.

Katherine: Sim.–Sorri e o beijei.


Notas Finais


Gente,o que acharam? Amaram? Odiaram? Amei escrever menos a parte em que a oxigenada aparece más gostei quando Miguel fechou a porta na cara dela. Enfim comentem! Seus comentários são importantes para mim!♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...