História Together Forever - Jikook - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 168
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei! Desculpa o atraso, eu tinha provas e etc... Mas já estou de férias e posso postar no dia combinado. Gente sei que essa fanfic não tem nada haver com a minha outra ( Daddy Messages ) mas eu tenho um grupo no whatsapp dessa fanfic Daddy Messages, se vocês quiserem entrar basta colocar o número nos comentários.

Boa leitura <3

Capítulo 6 - Sua namorada me irrita


​JUNGKOOK P.O.V

- Jungkookie? - Ruby pergunta. - Faz amor comigo? - Pergunta.

- Não. - Digo.

- Mas desde que a gente namora você nem transou comigo! - Exclama. - Você não me ama é isso?

- Ruby não é isso, eu quero que seja especial. - Minto.

- Então você vai fazer amor comigo? - Pergunta.

- Sim. - Digo. - Não agora mas vou fazer sim.

- Eu te amo. - Ela pula em meus braços e me beija.

- Também. - Sabe quando você não ama a pessoa mas para não magoar ela você diz um simples "também", então... - Agora vamos para sala.

Encontro Jimin no meio corredor, ele usava uma calça de couro marrom e uma blusa branca polo. Um tanto bonito digamos assim. Não que eu seja gay mas ele tá bonito.

- Oi Jimin. - Falo, o mesmo me olha e dá um sorriso.

- Oi Jungkook. - Ele fala. - Vamos para sala?

- Claro. - Falo e sigo ele.

Sem querer ser gay mas esse calça destaca bem a bunda de Jimin. E que bunda.

Entramos na sala e sentamos em nosso repetitivo lugar. Minutos depois Jimin tira um pirulito e começa a chupar o mesmo. Ele chupa com vontade, ele começa a fazer movimentos circulares com a língua, sinto algo fisgar no meu ventre. Que isso Jungkook? Vai ficar duro por causa de um garoto? Você não é gay!

​AUTORA P.O.V

Jimin lambia o pirulito como se estivesse lambendo um picolé, Jungkook já estava mais duro que um poste, Jimin ria dos pensamentos nada puros de Jungkook. O mesmo já estava pra tirar aquele pirulito da boca de Jimin mas quando Park mordeu com força e sugou o pirulito, Jungkook sentiu seu membro doer, ele teria que se aliviar naquele exato momento.

- Professor, posso ir ao banheiro? - Pergunta Jungkook, o professor apenas assenti e Jungkook quase corre em direção ao banheiro.

Jimin quase morre de rir, resolve também ir ao banheiro só para ver como Jungkook estava. O professor libera.

Jimin corria em direção ao banheiro, entrando lá ouviu gemidos altos e chamando seu nome. Sorriu com aquilo.

- Jungkook-ah? - Jimin perguntou se divertindo com aquilo, Jungkook gelou dos pés á cabeça. - Onde você está?

- A-aqui. - Jungkook falou meio rápido por causa da sua respiração.

- Você está bem? Você saiu correndo da sala. - Jimin se segurava para não rir.

- Eu estou bem sim, me espera que eu saio. - Jungkook falou já vestindo suas calças. - Pronto.

Aquela cena foi a mais erótica para Jimin, Jungkook com seus cabelos castanhos claros colado na testa por conta do suor, a blusa toda amaçada e uma invisível ereção no meio das pernas.

- Tem certeza que você está bem? - Jimin perguntou chegando mais perto de Jungkook. - Você está todo suado. - Jimin falou enquanto tirava alguns cabelos da testa de Jungkook. - Você tem mesmo certeza? - Jimin falou com uma voz baixa e rouca.

Jungkook estava rezando para tocar o sinal do intervalo mas o mundo é cruel, quando Jimin falou com aquele voz rouca Jungkook já sentiu uma dor insuportável debaixo do seu ventre.

- Si-sim eu tenho certeza. - Empurrou Jimin de leve e se afastou. - Acho melhor a gente voltar para a sala.

- Claro. - Diz Jimin.

Os dois saíram, quando estavam prestes a entrar na sala uma garota ruiva de olhos turquesas pulou em Jungkook.

- Kookie, eu estava te procurando! - Exclama a garota.

- Ruby pode sair de cima de mim? - Pergunta Jungkook.

- Claro. - Sua namorada fala.

- Porque você está fora de sala? Deveria estar na sala. - Jungkook fala.

- Que fofo, meu namorado preocupado comigo. - Ruby apertou as bochechas do mais alto.

Jimin sentiu um aperto no coração quando a ruiva falou "namorado". Mas oque era aquilo? Nem ele mesmo sabia.

Jimin bufa enquanto Jungkook e Ruby começam a se beijar.

- Se o casalzinho ai for se comer, façam isso em outro lugar. - Park diz.

Os dois cessam o beijo, Ruby entra na sala e Jimin e Jungkook continuam do lado de fora.

- Ciúmes? - Jungkook pergunta.

- Não, sua namorada me irrita só isso. - Park diz. - Eu vou entrar que é o melhor que eu faço.

Jimin entra na sala e deixa Jungkook todo confuso do lado de fora.

Depois de mais quarenta minutos o sinal toca, os alunos correm desesperados para fora da sala. Jimin pensou estar sozinho mas quando olhou para o outro lado da sala viu Jeon.

Jimin pegou uma bolsa de sangue e escondeu no bolso da sua calça e caminhou normalmente até a porta. Mas infelizmente um pulso lhe segurou.

Olhou para trás e viu Jungkook com aquele típico olhar malicioso, Jimin puxou o pulso bruscamente. Sentiu seus dentes crescerem um pouco.

- O que você quer? - Jimin pergunta.

- Apenas.. - Jungkook chega mais perto. - Conversar.

- Não sabia que para conversar tinha que ser muito perto. - Jimin afasta Jungkook. Sua boca já estava ficando seca. - Preciso ir

Correu dali deixando Jungkook para trás, quando encontrou um lugar vazio pode tomar a bolsa de sangue.

Suspirou aliviado quando terminou de tomar.

- Ora, ora, temos um vampiro aqui? - Jimin olha para o lado e vê um garoto maior que ele. Seus cabelos eram castanhos bem claros e sua pele era branca, seus olhos eram bem verdes.

- Tá ficando louco cara? - Pergunta Jimin.

- Eu? Não, só quero testar seu poderes de vampiro. Não adianta negar por que eu sei que você é um. - O garoto fala.

​JIMIN P.O.V

O garoto começa a me bater, meus poderes de força não estão funcionando. Depois de mais alguns minutos ele para.

- Pensei que fosse um vampiro, mas você não relutou em nenhum momento, desculpa ai. - O garoto me ajuda a levantar e sai.

Suspiro aliviado por ninguém ter descoberto que sou um vampiro.

- Jimin? - Olho para trás e vejo Jungkook.

- Hum... - Murmuro, sinto meu corpo fraco por causa dos chutes que recebi.

- Você andou brigando? - Jungkook chega perto.

- Na-não. - Digo com dificuldade por causa do corte da minha boca.

- Ai meu deus. - Única coisa que escuto é Jungkook gritando por meu nome. Em seguida eu apago.

 


Notas Finais


Já perceberam que quase todo capitulo o Jimin desmaia? Pois é, faz parte da história

Desculpa mesmo a demora, eu juro que não queria demorar tanto mas eu tinha provas e etc... Ai eu só conseguia atualizar a Daddy Messages pois eu já tinha tudo escrito.

Quem quiser entrar no grupo de whatsapp da outra fanfic minha (Daddy Messages) podem colocar o número nos comentários, se der "telefone removido" me mande na mensagem direta.

Até o próximo capitulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...