História Together we are invincible. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Frisk, Mettaton, Muffet, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Frans, Hentai, Humantale, Mafiatale, Masktale, Outros Shippes, Romance, Sansxfrisk, Undertale
Visualizações 64
Palavras 1.567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Super Power, Super Sentai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hii seresss.



....



Byeee seereess.

Capítulo 10 - Nunca mais aposto!


Fanfic / Fanfiction Together we are invincible. - Capítulo 10 - Nunca mais aposto!

 

Depois de um tempo, Sans volta com um vestido verde meio azulado. Eu agradeço e começo a tirar as minha meias, mas...

Frisk : Por quanto tempo você pretende continuar aí? - Falo, cruzando os braços e ele se aproxima de mim.

Sans : Well, eu estava pensando em até você tirar a roupa. E depois ficar até mais, para poder brincar um pouco. - Ele vem pra cima de mim mas eu saio da frente dele, fazendo cair na cama. 

- Querendo brincar de pega-pega kiddo? - Ele se senta na cama.

Frisk : Eu não vou transar com você... - Eu penso um pouco. - A menos que você me conte o que eu quero saber. - Ele fica um pouco surpreso.

Sans : He he, aprendeu a negociar com o Merdaton? - Ele se levanta da cama. - Bom, infelizmente, não vou poder fazer isso kiddo. - Ele coloca a mão em meu ombro.  - Foi mal ai, mas não sou mais do tipo que corre atrás de uma mulher. - Ele sai do quarto.

Frisk : Uma coisa que eu sou é curiosa. Se eu não consigo tirar informações de você por bem, vou ter que conseguir do meu jeito... Bom, mas isso eu deixo pra depois. Agora vou aproveitar o resto da festa.

Eu troco de roupa e saio do quarto. Eu vejo Mettaton e Papyrus saindo de um quarto juntos. Que safaados, fazendo isso em uma festa... Se bem que se o Sans tivesse aceitado, comigo não seria diferente... Aí, não é hora de pensar nisso. 

Eu vou para a mesa onde Metta estava sentado com Pap e Muffet. Nós estavamos conversamos e nos divertimos até que o Metta lembra...

Mettaton : Friskerida, não se esqueça do nosso trato. Amanhã você é m.i.n.h.a. - Ele sorri e eu me arrepio toda. Por que eu fui fazer uma aposta logo com ele?? Frisk idiota.

Um tempo depois, nos despedimos do Chefe e fomos para casa. Eu entro no carro com Gaster,Sans e Papyrus. 

Essa foi a festa mais doida que eu já fui... Mas não posso dizer que não me divertir. 

 

           ~~~~~~~~ P ~~~~~~~~

 

Frisk : Um café, por favor. Bem forte. - Falo, sentada em uma mesa no Grillby's.

Grillby : Tendo um dia ruim? - Ele fala, me entregando o café e eu agradeço. Ele estava com uma mascara de fogo que usava óculos. Acho que depois da ordem do Chefe, todos estão usando máscara agora.

Frisk : Ainda não... Mas tenho certeza que vou ter daqui a pouco.

- Dramática. Não vai ser TÃO ruim passar o dia comigo. - Mettaton senta ao meu lado. - Lá é bem diferente do que você imagina. - Ele estava usando uma máscara de um/uma robô, mas era bem estilosa. Típico dele.

Frisk : Claro, deve ser um paraíso. - Ironizo. - Nós vamos para lá né? - Término de tomar o meu café.

Mettaton : Sim, para o lugar que eu sempre quis te levar. - Ele sorri.

Ele me leva a sua boate... Sempre que ele me chamava eu negava. Ele sempre queria jogar alguém em cima de mim,então é óbvio que eu não iria querer ir.

Mettaton : Pode entrar Friskerida. Ninguém aqui morde. A menos que você queira. - Eu reviro os olhos.

Nos entramos e eu vi várias pessoas se... divertindo? Claro que tinha garotas dançando pole dança,mas essa boate parecia diferente da outra que eu fui da última vez. Não tinha nem o barulho de mulheres gemendo.

Frisk : Cadê os gemidos? Cadê as pessoas fumando? - Eu olho para ele confusa.

Mettaton : Eu disse que aqui é diferente do que você imagina. - Ele me olha. - Além de ser proibido fumar, as paredes dos quartos são aprova de sons. E você também esqueceu que esse lugar é administrado por MIM Friskerida. É claro que não pode parecer um chiqueiro. - Ele fala vitorioso.

Frisk : Tudo bem, eu acho. Mas o que você quer que eu faça aqui? - Eu pergunto com medo da resposta.

Mettaton : Por enquanto, eu quero que você se divirta. - Olho para ele confusa.

Frisk : Espera,deixa eu limpar os meus ouvidos porquê eu acho que não te ouvi direito. 

Mettaton : Só relaxe Friskerida. A diversão de verdade só vai começar mais tarde. - Ele sorri para mim. - Bom, faça o que quiser por agora. Até despois querida.

Eu fiquei um pouco confusa, mas resolvi deixar para lá. Afinal, eu já estou nesse lugar, o que poderia acontecer de pior? Eu me sento mesa sem ninguém por perto e chamo o atendente.

Frisk : Aqui tem algum refresco ou suco?

- Não, só bebidas alcoólicas. - O atendente fala.

- Então traga duas caipirinhas por favor. - Fala um homem de olhos verdes com uma camisa social longa branca,terno preto no ombro e calça preta. O atendende foi pegar as bebidas.

- Você bebe capirinha pelo menos, não é? - Ele faz sinal pedindo para sentar e eu permito.

Frisk : Se for em pouca quantidade, sim.

- Ah, me desculpe. Eu não me apresentei. Meu nome é Andrew. - O atendende chega e entrega as bebidas.

Frisk : Meu nome é Frisk. Ah, e obrigado pela bebida. 

Andrew : Não há de quê. - Ele sorri para mim - Então, o que uma mulher tão bonita faz em um lugar desses sozinha? 

Frisk : O mesmo vale para você. O que faz aqui sozinho? - Tomo um gole de caipirinha.

Andrew : Podemos dizer que eu queria distrair um pouco a minha mente... E você?

Frisk : Eu... fiz uma aposta com um amigo e estou esperando minha punição...  - Falo terminando a caipirinha.

Nós ficamos conversando e bebendo por um tempo. A musica até que era legal e eu estava me divertindo. Até que eu vi... O Sans saindo de um quarto com mulher . A mulher beija Sans e ele a paga.

Ah... Eles provavelmente devem ter transado. Penso e sinto o meu peito doer um pouco. Quando ele me vê, eu incoscientemente beijo o Andrew que no começo se assusta, mas logo retribui o beijo . Eu sinto lágrimas escorrerem o meu rosto...  Logo após, me afasto do Andrew.

Frisk : Sinto muito... - Digo secando minhas lágrimas.

Andrew : Sem problemas, mas... você está bem? - Assenti a cabeça e lhe dou um sorriso fraco.

- Friskerida, chegou a sua hora de brilhar. - Mettaton chega com uma roupa nas mãos. - Fu fu, estou atrapalhando algum coisa? - Eu nego com a cabeça e ele me puxa.

Mettaton : Vou roubar ela emprestada um pouco, Ok? - Ele me leva para um camarim. 

   Frisk : O que eu vou ter que fazer?

Mettaton : Nada de mais, só fazer uma dança sensual com uma cadeira. - Eu fico chocada.

Frisk : Como? 1 : Isso é muito vergonhoso. E 2: Eu nunca fiz isso. - Ele sorri para mim.

Mettaton : Vivendo e aprendendo querida. Então, é isso ou me dar a sua parte do prêmio do desfile ( Cada uma ficou com 3 mil dólares do prêmio). Qual você escolhe? - Eu engulo seco e aceito dançar... O que a ganância faz com a gente...

- Sábia escolha. - Ele me coloca para vestir uma roupa toda preta, uma máscara de gato preto, botas de couro que iam até os joelhos, um maiô tomara que caia de couro com mangas longas que iam do pescoço até os braços,  e orelhas e cauda de gato ( Roupa no Link na notas finais).

Frisk : Eu não sei se eu vou conseguir fazer isso...

Mettaton : Se acalma. Olha, toma isso aqui que o nervosismo vai passar. - Ele me dá um copo com uma bebida estranha. Naquela situação eu não pensei duas vezes antes de tomar... Meu maior erro. Depois a apresentadora me chama por um codinome para me apresentar. 

E lá estava eu. No palco com uma cadeira em minha frente. Eu respirei fundo e comecei a fazer movimentos sensuais. Passo a perna sobre a cadeira e percebo que já não estou tão nervosa. Tiro minha orelhas de gato e faço movimentos sentando e levantando da cadeira.

- Lindaaa. Continuaa.  - Vários homens aplaudiram a minha dança. Eu consegui ver até o Andrew olhando para mim meio chocado.

Eu estava me sentindo animada. Eu sento na cadeira, e faço movimentos abrindo e fechando as minhas pernas,coloco a mão em meu joelho e faço movimentos com a minha cintura e bunda. Tiro as minhas botas, e fico de Costas para a platéia.Mexe o meu quadril de um lado sensualizando.E quando eu vou abrir o meu maiô, uma voz do nada fala no microfone.

- E essa foi Frisk Dreemurr! Uma salva de palmas para sua ótima apresentação. - Todos começaram a aplaudir e assobiar. Eu agradeço e saio do palco.Eu percebi enquanto caminhava que estava um pouco tonta.

Frisk : Foi você que mandou eu sair? - Falo tentando me manter um pouco em pé. - Ele nega com a cabeça. 

Mettaton : Ainda estamos procurando o responsável. Parece que não foi nenhum dos funcionários . Aff, era só o que me faltava agora.

Frisk : Então, se não foi nenhum dos funcionários daqui... Então quem foi?

  

     ~ C o n t i n u a . . . 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...