História Tokyo Ghoul - Monster - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Personagens Akira Mado, Ayato Kirishima, Ginshi Shirazu, Hideyoshi Nagachika, Hinami Fueguchi, Juuzou Suzuya, Ken Kaneki, Kishou Arima, Koutarou Amon, Kuki Urie, Kureo Mado, Nishiki Nishio, Personagens Originais, Renji Yomo, Rize Kamishiro, Saiko Yonebayashi, Shuu Tsukiyama, Taishi Fura, Tooru Mutsuki, Touka Kirishima, Uta, Yoshimura
Tags Ccg, Drama, Etoken, Kaneki, Ken Kaneki, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Tokyo Ghoul, Touken, Tragedia
Exibições 146
Palavras 3.786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Romance e Novela, Seinen, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo da Fanfic Tokyo Ghoul - Monster.

Boa leitura !

Capítulo 19 - Anteiku se Movimenta


Fanfic / Fanfiction Tokyo Ghoul - Monster - Capítulo 19 - Anteiku se Movimenta

- Nós da organização terrorista Aogiri Tree, viemos capturar/exterminar o novo one-eyed chamado... – Diz um Ghoul que tinha uma barba um tanto estranha –

                     KEN KANEKI







                          

                               (...)










Todos os funcionários da Anteiku rapidamente se levantaram das suas poltronas e ficaram em suas posições de luta. Menos Yoshimura que permaneceu sentado.

A garçonete Irimi afiou as suas unhas grandes de Ghoul. E em seguida a mesma com uma velocidade acima do normal arranhou o rosto do Ghoul que parecia ser o líder da turminha da Aogiri. - KAAAAHHH!!! QUE MERDA DE UNHA GRANDE!!! – Range o Ghoul líder – E logo o empregado número 1 da Anteiku o chamado Ghoul Koma, deu um pontapé bem na nuca do líder Ghoul do grupo o fazendo dar de cara com a parede rachando a mesma com a pancada.

- Quem iria pensar que eles eram mais do simples funcionários comuns de cafeteria... – Pensou o meio-ghoul se referindo a Koma e Irimi – Irimi furiosa com o vidro quebrado intimida assustadoramente com seu Kakugan ativado os outros três Ghouls encapuzados do grupo da Aogiri. - Vocês vão mesmo querer entrar numa luta comigo!? – Diz a Ghoul afiando ainda ainda mais as suas unhas sujas com o sangue do Ghoul que acabou de arranhar –

Os três Ghouls de máscaras tóxicas só sentem calafrios vindo das palavras da garçonete furiosa. Yoshimura vendo que a situação não estava as das melhores decide da um basta. - Irimi-san. Acalme-se deixem os explicar direito a situação. – Diz Yoshimura calmamente –

- Tsc... Estar certo Yoshimura-san... Tudo por causa que o senhor pediu. – Diz Irimi – A mesma "desativa" as suas unhas e anda até os três Ghouls mascarados se aproximando até os ouvidos dos mesmos.

- Se vocês não pagarem por esse vidro hoje... Podem ter certeza que não vão passar de amanhã. – Diz a Ghoul sinistramente – Os três com muito medo se ajoelham imediatamente a os pés dos funcionários da Anteiku.

- DESCULPE!!! Nós iríamos entrar pela porta da frente, mas... O nosso líder como sempre gosta de ser amostrar nas horas vagas... – Diz um dos Ghouls mascarados – Nishiki que estava ali foi dar uma conferida no Ghoul líder do grupo que ainda estava deitado no chão devido a pancada. Nishiki conferiu se o Ghoul estava consciente, mas o mesmo tinha desmaiado imediatamente com a pancada na parede.

- Apagou... Ele achava mesmo que podia vencer 6 Ghouls de uma vez? – Diz Nishiki – Que imprudência da sua parte amigo.



                               (~)




Passaram algumas horas desde que ocorreu o incidente no segundo andar da Anteiku. Os funcionários da mesma tinham prendido num tipo de porão, os Ghouls em cordas duras e fortes que se especializavam em exatamente amarrar ou prender Ghouls. O líder do grupo acabava de acorda com todos os membros da Anteiku o olhando com cara de poucos amigos.

- Expliquem-se imediatamente o porque que vocês da Aogiri querem raptar o nosso funcionário Ken Kaneki. – Diz Touka seriamente – E sejam rápidos não temos o dia todos.

Os quatros Ghoul da Aogiri ficam relutantes a contar o que os mesmos foram fazer realmente na Anteiku.

- É... Nós realmente não podem– O Ghoul líder foi cortado – Touka da um chute bem na cara do Ghoul o fazendo cair de cara com a cadeira ainda enrolado com as cordas.

- Você me escutou? Eu disse que sejam rápidos. Eu não tolero lero-lero. – Diz Touka –

- Mas... BANJOU-KUN NÓS REALMENTE NÃO PODEM– Um dos Ghouls do grupo foi cortado pelo o próprio líder que tampou a boca do mesmo –

- Ichimi... Deixa eu que falo... Não já foi burro o bastante da minha parte ter entrado no território inimigo sem a o menos reconhecer suas habilidades? – Diz o Ghoul "Banjou" – Se nós demos um passo em falso essa mulher vai tirar nossas vidas em um instante sem mais nem menos...

Kaneki percebeu logo de cara que o Ghoul Banjou estava botando em primeiro lugar os amigos dele antes dele, como ele assumisse toda a culpa é responsabilidade pelo o seu próprio grupo. O meio-ghoul percebeu também que os Ghouls a sua frente poderiam ser uns simples fantoches comandado pela a forca maior, que no caso que era a Aogiri. - Touka-chan deixe que eu assumo agora... – Pediu Kaneki –

- Tanto faz... Melhor para mim de qualquer jeito. – Diz Touka – Logo o meio-ghoul foi falar diretamente com os integrantes da organização terrorista Árvore Aogiri.

- Por favor vocês poderiam me dizer o porque que vieram me raptar ou algo do tipo? – Diz Kaneki gentilmente –

- É... Nós desculpe por não ter falamos antes, mas... É que a Aogiri, ou melhor... Os líderes dela... Assassinam a sangue frio todos aqueles que desobedecem a suas ordens ou abrem o bico para o inimigo comum... Então fique claro que as palavras que eu vou dizer aqui pode nos levar a dolorosa morte... – Diz Banjou com um ar sério –

- Tsc... Ninguém se importa com vocês brutamonte... Só queremos saber o porquê de vocês entraram aqui com a intenção de capturar o Kaneki. – Diz Nishiki que estava ali com o resto dos funcionários –

- Tenha calma Nishiki-senpai... Olhe os olhos dele... Com certeza ele não estaria mentindo para nós. – Diz o meio-ghoul tentando acalmar a situação – Não é mesmo?

O Ghoul Banjou suar frio antes de contar o que o mesmo foram fazer na Anteiku.

- Sim... Como eu disse anteriormente... Nós somos subordinados Aogiri, viemos aqui a mandado da mesma capturar o one-eyed da cafeteria Anteiku, como os nossos líderes mandaram... Mas... Por alguma razão os líderes, ou melhor... – Dizia Banjou –

             "O REI DE UM OLHO-SÓ"

- Estavam procurando o Ghoul chamado Kamishiro Rize. Rumores dizem que estão planejando fazer algo terrível com ela... Não sei se a conhecem porque a mesma não passou muito tempo nesse distrito. Mas... A Rize-chan ainda é minha namorada e eu tenho qu– O Ghoul foi cortado –

Todos os funcionários começaram a inesperadamente a rir do comentário de Banjou como se aquilo fosse irônico para eles. Menos Kaneki o mesmo não estava se importando se estava levando "chifre" como estava namorando com a Rize. - Banjou-san pode continuar? – Diz o meio-ghoul –

- Ah claro... Como eu ia dizendo, a Rize-chan está em perigo por causa da Aogiri. Eu não consegui a informação do porque ela está sendo perseguida, mas... Com as minhas hipóteses eu acho que você one-eyed. – Diz Banjou apontando para Kaneki – É o substituto da Rize-chan, caso eles não conseguiam capturar a mesma. Eu ainda não sei o porquê da Aogiri queira tanto você como substituto da Rize, mas deve ter um motivo claro.

- Eu substituto da Rize-chan...? Caso eles não conseguiam a capturar vão capturar a mim...? – Pensa o meio-ghoul – Yoshimura que estava até agora calado. Se põem a falar.

- Então quer dizer que se não conseguirem capturar a Rize-san vão usar o Kaneki-kun como substituto? – Diz Yoshimura – Inaceitável. A partir de agora nós da Anteiku, vamos fazer uma pequena expedição até a Ilha Rue para resgatar de uma vez a Rize-san.

- O-oque...? Ilha Rue? O que você está falando velho...? A Rize-chan está nesse lugar? – Pergunta Banjou sem saber de nada –

Kaneki viu que Banjou junto com os amigos não sabiam a localização atual da Rize. Então o meio-ghoul decidiu os contar a sua história passando alguns minutos até chegar na parte da Rize capturada.

- Entendo... Minhas sinceras desculpas sobre a Rize-chan... Eu não sabia sobre essa parte da história dela... – Diz Banjou após ter ouvido a história "toda" de Kaneki – O meio-ghoul se mantêu brevemente calado a os comentários de Banjou.

- Então Yoshimura-san... Porque nós devemos ir a Ilha Rue trazer de volta a Rize-chan...? – Pergunta Kaneki –

- É simples Kaneki-kun. Para a nossa a sua é nossa segurança, nós devemos fazer uma pequena negociação com a Aogiri. Trocando a Rize-san por você. – Diz Yoshimura –

- Entendo... A Aogiri não brinca em serviço... É possível que ela por sua ganância capture a Rize-san junto com o Kaneki-kun. Nós da cafeteria Anteiku devemos impedir o quanto antes isso. – Diz Koma que estava calado até agora – Não é mesmo Yoshimura-san...?

- Exatamente Koma-san. Eu já me decidir... A partir de amanhã a Anteiku sairá de partida até a Ilha Rue. – Diz Yoshimura – Eu peço a todos vocês aqui que estejam presentes amanhã no porto do Distrito 20. O Yakizakana.

Todos os funcionários da Anteiku concordam plenamente com Yoshimura. Menos a Ghoul Ukaku Touka que se mantêu com uma cara feia para os empregados.

- Porque nós devemos resgatar aquela vadia...? Que eu saiba nós da Anteiku não devemos exatamente nada a ela. A contrário ela que deve a nós com o acidente do Kaneki. – Diz Touka – A mesma estava tentando dar alguma desculpa para não irem ir resgatar a Rize.

- Touka-chan... Se nós não resgatamos a Rize-san agora... O Kaneki-san vai correr seríssimos problemas com a Aogiri. – Diz Irimi –

- Tsc... Sempre ele né... – Pensa Touka – E logo a mesma vai andando até o meio-ghoul como se fosse o matar ou algo do tipo.

- Não pense que eu vou fazer isso por você... Ou muito menos para aquela glutona. – Diz Touka no ouvido de Kaneki para que ninguém pudesse ouvir – Estou fazendo isso porque o Yoshimura-san pediu para mim. Nada mais nada menos.

- Hmph... Você ainda não esqueceu não é mesmo Touka-chan...? – Diz Kaneki bem perto do ouvido de Touka – Nossos lábios se colando aquele dia... Aquilo foi bem saboroso por sinal. Se você quiser, podemos repetir a dose.

Touka imediatamente ficou corada com o comentário malicioso de Kaneki. A mesma num segundo de raiva pegou o meio-ghoul pela gola da camisa e tentou ameaçar o mesmo. - O-OQUE!? EU JÁ DISSE PARA VOCÊ NUNCA MAIS TOCAR NESSE ASSUN– Touka parou de falar – Todos os funcionários ali estranharam a aproximação carinhosa dos Ghouls. Como se fossem namorados brigando por alguma coisa. Menos Yomo que já sabia do caso dos dois Ghouls a algum tempo. A Ukaku ficou ainda mais corada do que estava.

- É... C-COMO EU ESTAVA DIZENDO KANEKI NUNCA TOQUE NESSE ASSUNTO! – Diz Touka tentando disfarça a aproximação –

- Tsc... Está certo Touka-chan eu não vou mais tocar nesse "Assunto"... – Diz Kaneki disfarçando – Se o meio-ghoul não continuasse com o disfarce, com certeza Touka iria quebrar os dentes do mesmo depois.

- Bom... Como eu disse estejam todos presentes amanhã no local combinado. Isso é tudo. – Diz Yoshimura – Dessa vez todos concordaram até mesmo Touka que não tinha concordado da outra vez.

Todos os funcionários da Anteiku estavam saindo do porão da mesma. Mas, antes que todos saíssem Banjou os impediu gritando. - POR FAVOR!!! NÓS LEVE JUNTO COM VOCÊS!!! – Diz Banjou gritando –

- Desculpe pela gritaria, mas... Nós podemos da suporte a Anteiku como estiverem na ilha. Eu com o meu espírito de luta por salvar a Rize-chan darei todas as minhas forças para a ajuda vocês a salva-la! – Diz Banjou praticamente implorando –

- A Anteiku não precisa de ajuda ou suporte. – Diz Yomo que até agora estava calado – Vocês só serão um peso nas nossas costas.

O meio-ghoul observa bem a situação é resolve da uma mãozinha a Banjou e seus amigos. – Yomo-san... Nós não sabemos o que nós esperar nessa ilha... Todo a ajuda pode ser aceita. – Diz Kaneki – Não é mesmo Yoshimura-san?

- SIM!!! Nós prometemos a vocês de corpo e alma que não iremos os trair ou uma coisa parecida... Eu até traio a Aogiri se preciso para resgatar a Rize-chan... Por favor nós leve até a Ilha Rue! – Diz Banjou se ajoelhando de cabeça no chão mesmo amarrado –

Yoshimura da uma boa olhada nos Ghouls a sua frente e analisa cuidadosamente se iria os soltar. - A Aogiri não perde por esperar... Mas... Com isso eu finalmente posso me aproximar mais um pouco mais dela... – Pensa Yoshimura –

- Está certo... Vocês da Aogiri ou ex membros da Aogiri irão se unir a cafeteria Anteiku nessa missão. – Diz Yoshimura – Irimi-san eu pesso por favor que os desamarre-os.

Irimi assentir com o pedido de Yoshimura e logo vai desenrolando as cordas do corpo dos Ghouls. Os soltando. - Não pensem nem por um segundo que eu esqueci daquele vidro... – Diz Irimi –

- Ah é... Desculpe por aquilo eu exagero um pouco as vezes. Hahahaha. – Diz Banjou com a mão na cabeça rindo um pouco – O meio-ghoul sem cerimônias vai de encontro de Banjou para apertar a mão do mesmo.

- Bem vindo a o Grupo Banjou-san. – Diz Kaneki apertando a mão do mesmo com um sorriso simpático –

- Muito obrigado... E um prazer conhecer um dos namorados da Rize-chan! Você deve ser um cara realmente incrível Kaneki-kun! – Diz Banjou – Kaneki soltou um sorriso falso a os comentários de Banjou.

- Ah claro... – Diz Kaneki – O meio-ghoul estava refletindo um pouco do que iria acontecer caso ele é a Rize se encontram-se de novo.

- Me pergunto o que o meu corpo vai responder quando eu olhar bem nos olhos da Rize-chan... – Pensa o meio-ghoul – Eu ainda não me decidir se poderá ser algum sentimentos como...

             "RAIVA OU SAUDADES"









                              (...)











Já passou um dia desde do combinado de Yoshimura. Kaneki estava nesse momento pegando um metrô com seu amigo Hide que iria acompanhar o mesmo até o porto. O meio-ghoul preparou algumas malas com acessórios especiais caso os Ghouls da Anteiku se perdessem no caminho ou alguma coisa do tipo.

- Kaneki por favor eu não posso mesmo ir!? – Pergunta Hide sentando com Kaneki em umas das poltronas do metrô – O meio-ghoul não podia de jeito nenhum levar o Hide para a missão, o mesmo não sabia o que aquela ilha os esperava.

- Desculpe mesmo Hide... Nós da Anteiku decidimos que só vamos levar os funcionários. – Diz Kaneki –

- Tsc... Que droga hein... Mas sabe o que parece mesmo... Que você está mentindo para mim para fica um tempo as sós com a Touka-chan!? NÃO É MESMO KANEKI!? – Diz Hide quase em um grito no metrô –

- Mais baixo Hide... Você sempre faz isso... – Diz Kaneki – Como eu disse essa viagem e uma viagem particular para a Anteiku. Nem eu mesmo queria ir, mas o Yoshimura-san me obrigou. Hahahaha.

- Tá né... Vou acreditar em você pelo menos dessa vez menino-iludido... – Diz Hide –

- Se ele soubesse o que eu a Touka-chan fizemos aquele dia... Com certeza iria quebrar a minha cara com todas as suas forças... – Pensa o meio-ghoul olhando para Hide com um sorriso no rosto – Eu... Tenho tanta sorte por ter um amigo normal como você Hide... Muitos Ghouls não chegam nem perto de ter esse tipo de amizade que nós adquirimos esses anos...

Depois de alguns minutos no metrô Kaneki chega no seu destino. O porto Yakizakana que ficava no Distrito 20. O mesmo desceu do metrô é deu tchau para o seu amigo acenando para o mesmo. - Até mais Hide...! – Diz Kaneki acenando –

- Bye bye menino-iludido! – Diz Hide acenando também – Logo o meio-ghoul foi se distanciando da vista de Hide desparecendo completamente da vista do mesmo.

- Parece que de tempos para cá está sendo bastante doloroso para você. Não é mesmo Kaneki...? – Pensa o humano – Não se preocupe meu amigo. Certamente...

   "Você não é o único que está lutando"




                               (~)





O meio-ghoul depois de deixar o metrô, finalmente chega a o porto dando de cara com vários funcionários da Anteiku. E Banjou e seus amigos.

- YOOOO! KANEKI! – Diz Koma acenando – O meio-ghoul chegar mais perto do ponto para partir do mar para falar com os seus amigos.

- YO! Koma-san! Eu pensei que esse barco era um dos maiores... Mas, isso já basta. – Diz Kaneki analisando o tamanho do barco que iria os levar para a Ilha Rue –

O meio-ghoul viu de cara a Touka saindo do barco com um biquíni um tanto atraente para o mesmo. - Y-yo Touka-chan! – Diz Kaneki um pouco corado –

- Yo idiota... Mas, que sorriso é esse na cara...? – Diz Touka analisando o rosto do meio-ghoul – Mas... Não me diga que você...

Touka imediatamente percebeu que Kaneki estava corado por ver a mesma de biquíni apreciando o corpo refinado da Ukaku. A mesma pelo impulso ficou corada junto com o meio-ghoul. - É... K-kaneki... Venha aqui comigo. – Diz Touka –

A mesma pegou na mão do meio-ghoul e inesperadamente o levou para o andar mais reservado do barco um tipo de quarto de hóspedes pequeno.

- Eu já não te disse idiota!? Não se fassa de tonto comigo. – Diz Touka um pouco baixo para ninguém ouvir – Ninguém. Exatamente ninguém poderá saber da nossa relação. E difícil entender hein!?

Kaneki olhou diretamente nos olhos frios da Ukaku é perguntou a friamente a mesma o que estava sentindo. - Touka-chan... Qual exatamente o problema de todos eles saberem sobre a nossa relação? Eu não consigo entender. – Diz Kaneki – A Ukaku tentou abrir a boca para responder o meio-ghoul, mas não saiu nada. É como se ele explorasse todo o fundo a hipocrisia da mesma.

- Entendo. É exatamente como eu imaginava. – Diz Kaneki – Nós não combinamos náo é? Digo... Um cara nerd como eu que gostar de ler livros nos tempos vagos, nunca poderia namorar uma mulher linda como você... Não é exatamente isso que você quer dizer?

Touka permaneceu calada diante dos comentários dolorosos de Kaneki. É como ele conseguisse ler a mente dela em um piscar de olhos.

- Você me decepcionou Touka-chan. Não precisa, mas fingir que nosso relacionamento nunca existiu. – Diz o meio-ghoul – Porque a partir de agora... Nunca existiu mesmo.

Depois do desabafo de Kaneki o mesmo saiu do quarto de hóspedes com uma cara um tanto triste. Touka tentou até impedir o mesmo, mas não teve a mínima coragem.

- Tsc... Como eu consigo sempre estragar tudo...? – Se pergunta a Ukaku – Antes com o Ayato... E agora com você...

Yoshimura depois de alguns minutos esperando todos os funcionários da Anteiku chegarem. Foi soltar as velas do barco para irem em direção norte da desconhecida Ilha Rue.

Kaneki estava em uma parte inferior do barco em um tipo de porão para guarda coisas. O meio-ghoul estava agarrado em seus braços e pernas, também o mesmo não gostava muito de navegar porque sempre ficava de certo modo enjoado. Mesmo sendo praticamente um Ghoul agora.

- Estou sentindo um pressentimento muito ruim vindo dessa ilha... – Diz o meio-ghoul tremendo um pouco – Mas... Você sempre vai me proteger, não é... NÃO É MESMO!?

                         MAMÃE.





                              (~)






A cena muda para a os céus perto da aproximadade da Ilha Rue. Um helicóptero em movimento estava sobrevoando os céus da mesma. Um grupo poderoso da organização Aogiri estava escoltado nesse helicóptero.

- O-oque!? A Eto-san disse que essa ilha era enorme... Que mentirosa descarada. Não é mesmo mano? – Diz um Ghoul com um terno branco e uma grande olheiras nos seus olhos –

Yamori o irmão do Ghoul com olheiras "Naki" ignorou o mesmo e permaneceu observando um certo barco que estava indo em direção da Ilha Rue.

- Tsc... Que merda... Esse boboca não para de falar por um segundo sequer!? – Diz Ayato que também estava no helicóptero –

- O-oque boboca!? COMO OUSAR INSULTAR UM DOS LÍDERES DA WHITE SUITS!? – Diz Naki já estressado –

- Parem meninos! – Diz um Ghoul chamado Nico que usava batom e era homossexual – Se forem brigar por alguma coisa briguem por mim, por favor né?

- O-oque!? – Diz Naki meio confuso com o Ghoul – O que você realmente é Nico-san!?

- Credo! Você não está acompanhando mesmo a moda não é Naki-san? Homossexuais são tão comuns como héteros hoje em dia. – Diz Nico mordendo o seu lábio com o batom – Ayato só ignora os comentários do Ghouls.

- Tsc. Ainda tem essa bichinha para aguentar... – Pensa Ayato –

O Ghoul líder do grupo estava acompanhando eles no helicóptero. Era um homem já mais velho que os demais ali. O mesmo estava usando um kimono grande junto com o seu cabelo enorme e também um bigode chinês costume de pessoas mais velhas no Japão. Era ninguém menos que Kamishiro Sachi.

- Rize por favor... Me espere eu estou indo ter largar das mãos desse médico imundo... – Pensa Sachi –

Yamori que estava observando o barco que os funcionários da Anteiku navegavam. Foi da uma palavra com Nico. - Ei Nico... – Diz Yamori –

- O que foi Yamori-san? – Pergunta Nico –

- Você acha difícil... – Diz Yamori estalando um dos seus dedos com um tipo de anel personalizado –

          ESMAGAR UM "CA-OLHO"?




                               (~)






A cena muda de novo, mas agora era para o subsolo no meio da Ilha Rue. Que ali ficava algumas instalações do doutor Kanou para servirem de laboratórios científicos para o mesmo.

O doutor nesse exato momento estava tocando uma das cápsulas de vidro que quem estava dentro era ninguém menos que Kamishiro Rize. Que estava completamente nua sendo preenchida com tubos absorvedores de sangue ou alguma coisa do tipo. A mesma estava totalmente exausta numa situação semi-morte.

- Os seus amiguinhos vieram ter buscar bonequinha. – Diz Kanou tocando a cápsula de vidro – Mas, isso não trará problemas... Eu já fiz totalmente tudo que eu queria testar com você. É uma pena você foi a minha melhor cobaia até agora!

Duas figuras encapuzadas uma de roupa branca e outra de roupa preta. Se ajoelham atrás do doutor.

- Kuro e Shiro. Eu quero que vocês convidem os nossos amiguinhos da Aogiri e da Anteiku para a festa. – Diz Kanou sendo sarcástico – E não se esqueçam de dar boas vindas a o seu onii-chan está bem?

As duas figuras encapuzados assentem com o ex médico da CCG.

- É claro as suas ordens... – Diz as duas figuras simultaneamente – Tudo pelo o senhor...

                           PAPAI.









                               (...)




Notas Finais


Capítulo meio descontraído para a construção dos próximos capítulos =D

Por favor comentem o acharão do capítulo c:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...