História Tokyo Ghoul - Recomeço. - Segunda Temporada - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Personagens Juuzou Suzuya
Tags Tokyo Treta
Visualizações 41
Palavras 4.302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


e lá vamos nois ~~
:)

Capítulo 42 - Erros Cometidos.


- Vocês se beijaram?!? - disse Ayumi,parecia incrédula.

- Nós QUASE nos beijamos.

- Qual foi o problema com isso,menina?Não devia ser nada demais,vocês vivem num caso misterioso...

- Não pense assim,Ayumi,sei que está brincando,mas...Não queria que isso tivesse acontecido.E-eu não sei o que meu,eu...nós...

- Calma,calma.Aqui,querida,tome um pouco. - ela me ofereceu uma xícara de chá - Agora explica melhor o que aconteceu.

- Eu não sei,Ayumi. Nós estávamos bem num momento e de repente estávamos quase nos beijando.Eu tô preocupada,não devia ter acontecido,mesmo que o beijo não tenha rolado,não era pra ter essa tensão entre nós.Os meus sentimentos,os dele...Não quero por nada em risco.

- Tem medo de que tenha sentimentos por ele?

- Não é exatamente isso.Ele é meu melhor amigo,eu gosto muito dele,Ayumi,eu amo ele.Mas não quero amá-lo dessa forma amorosa,nunca.Jamais pensei que isso viesse a acontecer,é que nós sentimos algo perto um do outro,mas não é essa atração física.Queríamos testar o que talvez seria esse suposto sentimento,mas nos deixamos levar...Eu...Eu não quero que isso interrompa nossa amizade.

- Taka-chan,você sabe muito bem que a amizade de vocês é forte demais para um sentimento como esse dominar.Por que está assustada?O que te faz pensar que é culpada?

- Sim,está certa,eu não devia temer a isso.Mas mesmo assim,não queria que isso tivesse acontecido.As consequências podem ser grandes,e eu também me pergunto o porquê.Não temos culpa disso ter acontecido,ah,mal imagino a cara dele...Deve estar morrendo de vergonha...Coitado.

- Ei,não se preocupa.Eu entendo o que está passando.Não é fácil lidar com sentimentos que não conhece.

- O estranho é que nós estávamos realmente dispostos a se beijar,mas eu senti que não era certo.Não queria forçar algo que não existe nele,eu o deixaria confuso,e eu também ficaria!Eu tô assustada,tensa,não quero que isso afete minha amizade com ele de forma alguma.Isso pode ficar muito esquisito depois daquele momento,não vou conseguir olhar pra cara dele.

- Aposto que Juuzou deve estar tão assustado quanto você.O menino deve estar se perguntando por que diabos isso aconteceu.E provavelmente perguntando por você.Pelo o que vejo,vocês tem uma amizade muito profunda e se deram bem em questão de semanas.Não se preocupe,Taka-chan - ela pôs uma mecha do meu cabelo atrás da orelha - Se está tão assutada em vê-lo,por que não pede uma pausa?

- Uma pausa?Não posso. Juuzou vai pensar que...

- Eu me referia a você se dar uma pausa.Tente esquecer isso um pouco,evita o assunto.Talvez ele consiga compreender de que não foi nada.

- Você acha que eu devia evitar o Juuzou?

- Não foi isso o que eu disse...

- Eu vou tentar dar um tempo pra isso.Vou evitar o máximo possível desse assunto.Ah,ele vai ficar bravo...Mas vai ser por uma boa causa.Ele vai ficar de boas,eu o conheço bem. Urgh,quer saber?Eu não sei!Não tenho ideia do que fazer.Quero esquecer esse assunto mas continuo preocupada.

- Você que tome suas decisões,então.Vá dormir um pouco,vai te fazer bem.

- Como você acha que dormir vai resolver isso?

- Não vai.Mas pelo menos durante o sono você não sofre com o problema.

- Bem pensado.Estou indo agora.Obrigada por me receber assim do nada.Até logo.

- Tchau.

~ TIME SKIP + POV do Juuzou ~

   O fim de semana passou bem rápido.Depois de sábado,não cheguei a falar com Gaby-chan,ela não tá respondendo minhas mensagens,e eu também não quero ficar a enviando mensagens,diga assim de passagem.Eu,por mais que tenha sido estranho aquele momento,não senti aquela tal sensação que normalmente sentia perto da garota.

' De qualquer forma,eu não achei aquele momento muito relevante.Foi no calor do momento,eu não tinha ideia do que tava acontecendo,eu só queria ir pra cima.Eu me assustei tanto quanto ela...Nossa,aquilo foi tenso.Embora eu esteja de bem com essa situação passageira,não consigo parar de ponderar sobre o que teria acontecido depois se eu tivesse a beijado pra valer.Acho que as coisas mudariam bastante...Devo ter a magoado?'

   Retornei à minha lúcida realidade,estava em mais um dia de trabalho na CCG. Suspirei para o meu pensamento singelo,imaginando no que a garota de cabelos negros estaria pensando sobre isso agora.Ao longe do corredor vi minha amiga andar apressadamente,e,durante isso,eu estava conversando com Haise sobre algo logo depois de correr para pegar seus lanches nos bolsos.

- Ah,lá vai ela...

- Vocês não estão se falando? - Haise perguntou.

- Acho que ela tá me evitando.Depois do nosso incidente ela ficou estranha.Eu não a julgo,o que aconteceu sábado passado foi realmente intenso,acho que mexeu muito com ela.

- Já tentaram conversar?

- Mesmo se eu quisesse não adiantaria de nada. Gaby-chan não vai querer dizer nada por um bom tempo,mas depois o tempo se resolve e voltamos ao normal.

- Pior que você quer falar com ela,né?Se esclarecer.

- Sim.Mas infelizmente tenho outras coisas para fazer,toda vez que eu chegar perto dela e ela insistir em fugir,não vejo motivo de ficar correndo atrás!Uma hora ela mesma vem.

- Se você acha.Mas por que não tenta falar com ela?Vai que ela te responde.

- Já que insiste.

   Caminhei em passos largos até a garota.Decidi chamá-la pelos poucos metros de distância que estava dela.

- Gaby-chan!

   Ela se virou e me viu,seus olhos âmbar arregalaram-se e virou-se de costas imediatamente. Gaby-chan saiu andando apressadamente,decidi segui-la pelo menos um pouco.Nesse tempo ela começou andar cada vez mais rápido,ao ponto de correr.

- Tem como parar de correr?Isso é chato!

   Corri até um corredor específico,e na esquina dele a garota não estava mais lá.Decidi voltar ao meu trabalho,sem incomodá-la.

~ Meu POV ~

'Ah...Bom.Ele não me viu...'

   Eu ofegava levemente,enquanto me segurava contra um canto superior do corredor,próximo ao teto.Tive sorte,pelo resto do dia não encontrei o menino de cabelos corvo.Mas,durante os poucos dias de trabalho,sinto que ele me importuna.Me envia mensagens e eu quase não respondo,e quero evitá-lo de mencionar o assunto.Eu sei que ele quer falar e pelo menos conversar sobre mas...Não quero voltar na mesma memória,mesmo que me incomode deixar isso inacabado.

   Ao passar dos dias,Juuzou ainda era insistente.Sempre que me via,tentava falar comigo,porém eu fugia,o evitava de todas as formas.Tenho certeza de que ele sabe o motivo de eu estar o evitando,não posso fazer nada quanto a isso.Mas espero que,quando eu voltar a falar com ele,que ele não fique bravo por toda essa situação.

   Fui chamada para fazer uma patrulha comum num Distrito.Tudo bem,eu segui as normas.Como era noite,precisava permanecer atenta caso alguma coisa acontecesse.E,durante esse tempo,acabei me deparando com quatro homens,eles estavam encurralando um ou dois rapazes.

'Um,dois,três...quatro.Parecem estar entre 30 a 39 anos,no mínimo. Ghouls,obviamente...Pelo porte físico das vítimas pode encher o estômago de todos,se dividirem.É melhor interromper antes que seja tarde.'

-  Ei. - chamei.

- Huh?Quem é você? - disse um dos homens.

- Não é óbvio? - disse de forma largada,balançando minha maleta.Sem interesse - Um pombo.Pelo meu uniforme deveria ser óbvio.Estão ocupados demais agora?

-  Hahah. Tá bom.Uma pirralha que nem você?Pombo?Tire essa fantasia boba e venha cá,antes que te matemos. - o tal homem ameaçadoramente disse.Ele se aproximava.

- Olha,eu tô sem vontade de ficar nessa lenga-lenga toda.Eu tive uma crise com um amigo e não sei como voltar a falar com ele.Tipo,a gente quase se beijou e tal,mas não queria que isso tivesse acontecido,foi no calor do momento!O que você teria feito? - eu disse.Nesse meio tempo o homem transformou-se e me atacou com um chute,mas desviei me abaixando - Woah. Vocês querem mesmo perder a vida hoje,não é?

- Cala a boca!Morra! - aos poucos cada um liberou a própria kagune. Cada par era Bikaku e Ukaku.

- Ah,que lindo.Vocês são um "casal de kagune"!Estão num encontro duplo?Oh,estou atrapalhando?? - debochei,mesmo entediada.

- Essa foi a gota d'água.Você acaba por aqui--

   Antes que ele pudesse terminar a frase,retirei minha quinque,Silky Death,da maleta metálica.A grande haste,laminosa e serrilhada,gigantesca,apontava diretamente para o pescoço do ghoul,que se alarmou.

- Tá vendo isso aqui?Essa quinque pode arrancar as tripas de vocês em dois segundos - disse seriamente - Vocês não sairão ilesos dessa.

- Gaby-chan. - uma voz extremamente familiar chamou por mim.Quando virei o rosto para a origem da voz,Juuzou estava lá,não muito longe de nós - Finalmente te achei.

- Huh?--?!! - baixei a guarda por apenas um segundo,senti algo forte bater na minha cabeça e me jogar longe.

- Ai...Essa doeu.Foi mal! - o garoto correu livremente em minha direção.Me levantei rapidamente para pegar minha quinque que escorregou para longe.

- Mas que droga,Juuzou - resmunguei - Por que está aqui?Eu estava dando conta deles!

- Eu simplesmente te encontrei.Tem algo de mau nisso?

   Os quatro nos cercaram,tentaram parecer ameaçadores.Não houve êxito nisso.

- Lá vamos nós.Dois de grande velocidade e outros dois neutros.Vai começar por quem? - perguntei.

- Vejamos...Que tal um ghoul de cada?Jogo fácil. - ele propôs com um pequeno sorriso.

- Tô dentro.

   Rapidamente os dois ghouls com kagune do tipo Ukaku cristalizaram o mesmo e atiraram em nós,que desviamos bem.A luta foi tão idiota,nunca acho um ghoul páreo pra mim,nem mesmo precisei transformar a Silky Death numa ring blade.Um dos ghouls de kagune Bikaku partiu pra cima,mas antes que Juuzou ou o próprio ghoul fizesse o movimento,cortei a cabeça do mesmo.

- Quem vem agora? - perguntei retoricamente.

   Quando percebemos,todos estavam mortos,completamente derrotados.

- Já acabou?Não valeu nem uma gota de suor. - disse o menino costurado.

- Não irei encontrar alguém páreo pra mim tão cedo,pelo visto.Mas valeu o esforço.

- Como nos velhos tempos,não é?

- Não tão velhos - eu me afastei aos poucos,ainda com receio de dizer algo - Preciso ir agora.Obrigada por ajudar.

- Certo.Eu dou um jeito nisso aqui. - ele sorriu levemente de novo - ...

'Ah...De novo esse sorrisinho.Ele parece de boa,será?'

   Comecei a tomar o meu caminho para longe daquele local.

- ...Quer conversar? - ele perguntou,mas com receio não lhe dei uma resposta,apenas uma expressão murcha e preocupada.Decidi ir embora.

~ TIME SKIP + POV do Juuzou ~

   O dia seguinte passou normalmente,era entre 14:00 e 15:00 quando estava saindo de uma pequena reunião.Me despreguicei vigorosamente,e caminhando pelos corredores da CCG,encontrei mais uma vez minha amiga,andando sozinha logo abaixo das escadas.

- Gaby-chan.Se eu chamá-la ela vai correr de novo. - disse pra mim mesmo - Não importa. Gaby-chan!Ei!

  A garota olhou para trás e no mesmo momento virou-se,seu passo ficou apertado,ligeiro.Percebendo que ela correria de mim novamente,decidi segui-la,o que causou dela andar mais rápido,já aumentando o passo para correr.Por sorte,segurei seu braço:

- Ei.Espera - disse,impedindo-a de sair - Por que está me evitando tanto?É por causa do que aconteceu sábado?

- Uhm...Uhum. - ela assentiu com a cabeça - Eu...tava com vergonha de falar com você,não sabia se você ficaria mal pelo o que aconteceu sábado passado.Eu só...fiquei muito preocupada com o que aconteceria com nós dois se tivesse acontecido,quais seriam as consequências.

- Mas não aconteceu.Não nos beijamos!

- Mas quase!O que tornou minha cabeça ainda mais confusa.Eu fiquei tão preocupada,Juuzou...O que poderia ter acontecido se nos beijássemos?As consequências,não só entre nós,mas para todo o resto,seriam terríveis.Não quero que isso afete nossa amizade de jeito nenhum.Ah,desculpa,eu fiquei tão nervosa...Decidi te evitar para não lembrar no assunto.

- Isso foi culpa nossa.O que aconteceu sábado foi bem...ahem...Intenso.Não gostaria que isso se repetisse.Foi por conta desses "sentimentos" que isso aconteceu,nós levamos na inocência,só isso.Apesar de eu não ser santo-nem você-,eu não tava tendo mais consciência do que tava rolando.

- Não está incomodado?O que você acha sobre isso tudo? - ela perguntou.

- Bom,eu admito que depois que você saiu eu fiquei em choque e percebi o que tava realmente acontecendo.Fiquei bem perplexo,mas não levei isso no desespero,questionei o motivo de fazermos isso,o que me deu na cabeça...Sinceramente não sabia,e até agora não sei.Mas sei que esse "sentimento" que sentimos antes não era paixão,certeza.E isso nos prejudicou de certa forma,então não sentiremos mais isso.

- Mas você...Você não tá bravo comigo?

- Eu ficar bravo com você?De jeito nenhum! - eu ri,segurando seus ombros - Você estava só se preocupando com a nossa amizade,e isso é lindo!

   Abri os braços,oferecendo um abraço amigável.

- Vamos.Me dá um abraço - ofereci.Ela parecia hesitante,mas sorridente - Vamos,não é todo dia que te ofereço um abraço!...Os meus braços estão ficando cansados!

- Obrigada por não ficar bravo. - a garota sorriu,apertando os braços em volta de mim.Eu a abracei de volta.

- Não seja idiota,eu não ficaria bravo com você por causa disso.Você só se preocupa demais com nossa amizade,ah.

- Eu não deveria?Você é meu melhor amigo,oras.

- Não exagera.Tudo vai ficar bem,eventualmente.

~ TIME SKIP ~

- Juuzou,está ocupado? - a garota perguntou ao abrir a porta do escritório.

- Não.Não estou fazendo nada,na verdade. - de fato não estava fazendo nada,só sentado na cadeira e girando pra lá e pra cá - Por quê?

- Queria te perguntar uma coisa - ela fechou a porta,e apoiou-se contra a mesa - Então...Você sabe que dia é no fim desse mês?

- Claro que sei. - respondi.

- Você sabe?

- Sei,ué.O dia do fim do mês é 31,que cai no sábado.E daí?

- Não,seu idiota.Eu sei que é no dia 31,mas essa data é especial.

- É feriado?Seu segundo aniversário?O quê?

- Você realmente não sabe? - ela suspirou - É o nosso aniversário.

- Nosso aniversário? - arqueei a sobrancelha - Era isso?Uau.

- Não,não.É o nosso aniversário,vamos fazer três anos de amizade! - ela sorriu com certa empolgação.

- Deixa eu adivinhar: você quer comemorar. - disse.

- Sim.O que acha?

- Que bobagem.É só um aniversário de amizade,não um aniversário de casamento.Não acho necessidade em comemorar.

- Você não entende,né?

- Huh?

- Essa data é de grande importância,bom,pelo menos pra mim.Tenta entender,Juuzou...É importante pra mim porque foi o dia em que te conheci,a data onde tudo começou.Você foi o meu primeiro amigo de verdade,por isso me importo com a data.Vamos,pelo menos ir ao cinema?

- Uhm,não sei. - cruzei os braços,ainda rejeitando a ideia.

- Por favor? - ela fez uma expressão de pena.Normalmente sou eu quem faz essa expressão pra ela.Agora vejo que nela é bem difícil de negar.

- *suspiro* Ok...Se isso te faz feliz.No fim do mês vamos ter o melhor dia de todos,assim está bom? - cantarolei,fingindo magia com as mãos.

- É uma coisa séria.Por favor,me prometa de que não vai esquecer.Isso é muito importante pra mim.

- Eu prometo.Não vou esquecer.

- Promete mesmo?

- Juro pela minha alma. - disse,marcando um X no peito.

- Bom.Ah,estou tão empolgada!E não vá desleixado no dia,arrume-se! - ela saiu da sala.

~ Meu POV ~

   No mesmo dia,após o expediente,fiquei super empolgada para o final do mês.Fiquei por horas conversando pelo com Min Yoongi sobre o quão animada eu estava. Yoongi,na maioria dos casos,sempre foi meu porto seguro.Pelo fato dele ter aquele humor e mente forte,sempre pude contar com ele para desabafar,desde coisas ruins à coisas boas.Ele é desligado,ou pelo menos parece,mas sei que está sempre escutando.

- Yoongi do céu,eu tô muito ansiosa! - disse,batendo os pés em animação.

- Dá pra ver.É no fim do mês,certo? - ele perguntou novamente.

- Sim,no dia 31.Sabe,Yoongi,é a primeira vez que faço aniversário de amizade na minha vida!Eu não quero pagar de coitada,mas é que é importante pra mim.Eu posso estar exagerando,mas ele é um amigo muito importante.Sem ofensas!

- Não ofendeu. Juuzou é um amigo que te deu asas para continuar sendo o que você é,pelo o que entendo.Mas saiba que,mesmo com o Juuzou,você tem outros amigos.Seus colegas do clube,o pessoal da CCG,eu e Jin,Dr.Hoseok,a Ayumi...Todos esses se importam com você.Dê valor a isso.

- Mas eu valorizo todos vocês,de verdade.Eu não fui uma criança com muitos amigos antigamente,eu só recebi um empurrãozinho do Juuzou,e aqui estou eu,cheia de amigos e satisfeita por isso.

- Às vezes acho que você poderia fazer mais amizade com pessoas da sua idade.Se você não percebeu,praticamente todos os seus amigos são adultos,e você é a única criança.Não estou de desmerecendo,na verdade você é bem mais racional do que muitos adultos que conheço.

- Isso é verdade!Agora,vamos voltar ao assunto do aniversário...!

- Ahh...

~ TIME SKIP ~

   Os dias foram passando e,gradualmente,minha ansiedade aumentava.Ficava empolgada em saber o quão divertido seria o tal dia do aniversário,curtir,ouvir uma música,celebrar.Sempre me encontrava com Yoongi para falar sobre algo,já que estava empolgada e de bom humor faz dias,e como ele é "durão" não gosta de muita animação,mas mesmo assim é divertido contagiá-lo.

   Enfim o dia 31 chegou.Como é fim de semana,temos um tempo para fazer nossas coisas pessoais antes de nos encontrarmos.Aproveitei o dia fazendo coisas comuns,por exemplo: pagando as contas do mês,re-estocando a geladeira,limpando a casa e entre outras coisas bem comuns que eu tenho o dever de fazer.

   Tinha combinado com Juuzou de nos encontramos uma quadra antes da praça central,às 14:30.Antes desse horário eu estava pensando no que vestir,é claro.

~ POV do Juuzou ~

   Estava saindo de casa,ia comprar algumas coisas para a tal "celebração" de aniversário.No meio da rua me lembrei que tinha outras coisas coisas pendentes!Tive que dar meia volta pra terminá-las antes que fosse tarde.Depois,fui no mercado comprar algumas frutas vermelhas porque as que eu tinha em casa acabaram.A feira estava cheia hoje,foi um sacrifício para comprar as frutinhas!Em seguida,estava a caminho de casa para terminar só mais algumas coisas e guardar tudo.Na rua onde eu moro,encontrei Haise parado perto da minha casa,ele parecia paciente como sempre.

- Oi,Haise. O que faz aqui? - perguntei.

- Ah,oi,Juuzou. Eu vim te visitar mas você não estava,então resolvi esperar.Eu preciso de um favor seu,pode ser? - Haise sorriu pacientemente.

- Uhm,oh,claro.Do que se trata? - perguntei.

- Estou fazendo uma limpeza na garagem de casa,e tem muitas caixas e tralhas que não uso mais,preciso jogar fora.Você pode me ajudar a tirá-las de lá?Isso se já não tiver planos.

- Um... - tentei pensar em algo que estivesse pendente,mas nada veio em mente - Não,acho que não tenho mais nada pra fazer.Tudo bem,vamos.

- Ah,obrigado.A limpeza pode demorar,só pra avisar.

- Sem problemas,hah. Ei,se alguma coisa sumir da sua geladeira,foi eu que peguei.

- Nossa,hah,ok.

   Caminhamos por um tempo,batendo papo sobre coisas aleatórias que vinham na minha cabeça.Quando chegamos na casa do rapaz,começamos a limpeza.

~ TIME SKIP + Meu POV ~

   Eu estava quase pronta.Vesti uma meia-calça cinza com um par de botas pretas de cano curto,coloquei um vestido curto e simples de cor salmão,minha cor favorita,e aproveitando coloquei um cardigan preto pequeno.Fiz uma trança no cabelo,com jeito nos dedos eu a deixei mais larga.

   Usei um perfume que minha mãe costumava usar,ela dizia que o aroma era bom para qualquer ocasião.Então,eu estava pronta.Peguei meu celular e saí de casa e andei até nosso ponto de encontro.Quando cheguei,não havia ninguém.

- Será que cheguei muito cedo?Tudo bem,eu espero.Só espero que ele não se atrase.

~ POV do Juuzou ~

- Urgh!São muitas caixas. - disse,levando uma grande caixa de papelão para fora.

- Eu avisei.Além de nos livramos das tralhas,vamos ter que dar uma limpeza nisso aqui.Olha só quanta poeira! - o rapaz disso,mostrando os dedos pretos de sujeira e poeira.

- Mas que coisa chata,Haise. Poderia ter feito isso tempos atrás.Enfim,vamos continuar.

~ Meu POV ~

   Esperei mais um pouco,havia passado alguns minutos depois do horário combinado.Não me preocupo tanto,Juuzou sempre se atrasa,não é?Posso ficar brava mas preciso ficar de boa com ele,é algo que ele faz propositalmente e ao mesmo tempo não.

- Onde está esse garoto?Detesto quando ele faz isso - senti uma pequena gota cair na minha testa - Um pingo de chuva?Ah...Por favor,não.Dá pra esperar mais um pouquinho!

~ TIME SKIP ~

   O tempo passou rápido demais,já era 15:00!Eu estava ficando chateada com a demora exagerada de Juuzou,ele nunca se atrasou tanto assim.Eu peguei meu celular para enviá-lo mais uma mensagem.

" [Ei,onde você está? >

      14:40 p.m.

[ Juuzou,tá chegando? >

    14:57 p.m.

[ VEM LOGO POR FAVOR! >

    15:00 p.m.

[ Tá começando a chover,cadê você?? >

   15:05 p.m. "

   A chuva estava ficando um pouco mais forte,porém suspirei ao imaginar que ele deve ter apenas perdido a hora.Mas mesmo assim não visualizou nenhuma das minhas mensagens.Mas penso...Será que ele desistiu?Não sei,mas sei que posso esperar pelo menos mais um pouco.

- Ai...Onde você tá?

~ POV do Juuzou ~

   Estava começando a chover,até que estava mais divertido fazer a limpeza agora que colocamos alguma música pra relaxar os nervos.Era uma das minhas músicas favoritas,então estava animado.

- A chuva tá forte - comentei - Será que dá pra mover as caixas sem molhá-las?

- Se deixarmos nesse canto até que não pega água. - disse Haise.

~ Meu POV ~

   Mas que droga,tá caindo um toró aqui!Eu permaneci parada no mesmo lugar,na mesma rua onde disse que nos encontraríamos.Tentei ligar para ele umas duas vezes,mas sempre cai na caixa-postal.

'Ah,Juuzou,se você não vier,pode pelo menos me mandar uma mensagem avisando?Estou ficando ensopada nessa chuva,eu podia ir pra casa e esperar lá,mas vai que ele finalmente aparece e eu não estou aqui?Acho que posso esperar mais um pouco...'

- Pior que eu nem trouxe um guarda-chuva. Urgh,tinha que ser primavera mesmo! - resmunguei.

~ TIME SKIP ~

   Estava cansada,minhas pernas doíam.Fiquei parada esperando por ele um tempão,e nada dele aparecer.As pessoas passavam e me olhavam completamente encharcada pela chuva forte;meu coração encheu-se de raiva e decepção,uma pequena lágrima confundiu-se com uma gota de chuva e resolveu escorrer pela minha bochecha.Eu grunhi e bati o pé no chão.Decidi ir embora,fui para a casa de um amigo próximo.

   Quando cheguei,bati a porta apenas três vezes.O rapaz de cabelos castanhos escuros me olhou dos pés a cabeça.

- Taka-chan?Por que está ensopada desse jeito?Não devia estar com Juuzou? - eu não respondi,apenas o encarei com indiferença e decepção - Oh...Ele não...?Babaca.Vamos,entre,vai pegar um resfriado.

   Me sentei no sofá,Jin estava fazendo comida,cheirava bem.Ele me olhou e arregalou os olhos.

- Meu Deus,Taka-chan. Você tá toda molhada.O que aconteceu? - ele perguntou.

- O idiota do amigo dela deixou ela plantada esperando por ele. - Yoongi explicou por mim.

- Ah,querida,sinto muito.Talvez ele tenha esquecido?Enfim,vou pegar uma toalha pra você.

~ POV do Juuzou ~

   Tínhamos terminado de guardar as caixas e limpar a garagem.Aproveitando a chuva boa,ficamos na sala comendo doces,bom,pelo menos eu fiquei comendo.Estávamos conversando sobre pequenos assuntos,até que Haise mencionou algo:

- Aí,Juuzou,você sabe onde está Gaby-san?Vocês não se viram hoje?

   Nesse momento,meus olhos se arregalaram e quase me engasguei.

- Ai,merda...O aniversário! - disse.Eu pulei do sofá - Eu esqueci!Deixei ela esperando!

   Saí imediatamente da casa de Haise,mesmo na chuva,corri até o nosso ponto de encontro.Quando cheguei,já estava todo molhado,e não havia ninguém ali.

- Onde ela está?Foi para casa? - coloquei as mãos no bolso da calça,não senti meu celular - Não acredito que esqueci meu celular em casa!Urgh,dependendo da distância...Só pode haver um único lugar onde ela possa ter ido.

~ Meu POV ~

- Aqui.Pegue. - disse Jin,me entregando um hambúrguer.

- Obrigada,Mamãe Jin - mordi o hambúrguer na hora.Continuei a falar - ...Eu falei pra ele milhares de vezes para não esquecer,ele me prometeu!Argh,que raiva.Era uma data tão importante pra mim,como ele pôde fazer isso?!

- Relaxa,ele só se esqueceu.Mesmo que isso tenha sido um baita vacilo,precisa entender que coisas assim acontecem.

   Ouvimos batidas na porta. Yoongi se levantou do sofá e foi atender.

 ~ POV do Juuzou ~

   A porta se abriu.Era Min Yoongi,o rapaz não me olhava com muita felicidade.

- O que tá fazendo aqui? - disse Yoongi-san.

- Gaby-chan está aqui,não está?

   Ele fechou a porta atrás de si.

- Cara,o que você fez foi babaquice - disse Yoongi,seriamente - Você deixou a garota te esperando feito boba,tem ideia do quão importante essa data era pra ela??

- Não foi culpa minha,sinto muito.Eu simplesmente esqueci! - dei de ombros.

- "Simplesmente esqueceu"?? - ele me pegou pela gola da camisa - Desde que marcaram essa data,Taka-chan não parava de falar o quão empolgada estava para comemorar com você.Você prometeu pra ela que não esqueceria,Juuzou. E você esqueceu;tudo o que ela queria era comemorar os três anos de amizade com o melhor amigo,isso era difícil demais pra você?!Hein?!

- Yoongi?Quem é? - ouvi a voz de Gaby-chan chamar.Min Yoongi me soltou.

- É o Juuzou - disse Yoongi,abrindo a porta - Ele veio te buscar.

~ Meu POV ~

   Larguei a toalha e andei até a porta.Meu coração palpitava de ansiedade.

- Oi,Gaby-chan--!!

   Antes que ele pudesse terminar a frase,dei um soco forte em seu peito,brava.

- Seu idiota sem noção!Tem noção do que me fez passar,seu cretino? - briguei - Eu fiquei na porra da chuva te esperando e você não veio,não atendeu minhas ligações e nem respondeu minhas mensagens.Você me deixou na mão!Prometeu pra mim que não esqueceria!Você me magoou.

- Mil desculpas - disse,curvando-me totalmente - Eu realmente esqueci,Gaby-chan. Fiquei ocupado ajudando Haise e me esqueci do nosso aniversário.Se isso te consola,podemos voltar,ir pra minha casa,trocar de roupa e assistir um filme?

   Bati o pé algumas vezes,pensativa.Ele realmente me chateou,mas foi um erro cometido,e todos cometem erros,certo?É humano.Não posso culpá-lo.

- Certo.Desculpas aceitas.Você...não fez por querer.

   Depois de nos desculparmos,fomos a caminho de casa.Era noite;no meio do caminho,quando a chuva parou,estávamos sozinhos na rua iluminada pelos postes.Quando,o menino pegou na minha mão,e sentido algo metalicamente frio nela.Quando olhei,era um pequeno chaveira com um sininho preso à uma fita vermelha.

- Feliz aniversário. - o menino sorriu infantilmente,balançando um chaveiro igual.

~ NARRAÇÃO ~

   Era tarde da madrugada.A CCG estava silenciosa,é como se não houvesse ninguém no grande prédio.Quase ninguém,se não fosse por Big Madam. O ghoul estava em sua cela,solitária,porém confiante acima de tudo.Pela janela blindada,uma sombra escura adentrou na sala.

- Então...Como está indo?Como o planejado? - Madam perguntou à sombra.

- Tudo indo de acordo com o plano,Madam. Podemos proceder?

- Não se preocupe,meu querido lacaio.Em breve colocaremos nosso plano em prática...

 

        


Notas Finais


2 - 1

Can you hear the clock ticking?
s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...