História Tokyo Ghoul - Uma nova Ghoul - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Exibições 15
Palavras 573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Sem sono


- Boo. - O Kaneki deu um grito que eu quase morri do coração, não liguei muito e fiquei olhando as máscaras.

- Uta o que está fazendo? - Ouvi a Touka falando.

- Pensei em fazer uma surpresa. - Ouvi um barulho. - Que cheiro e esse?

Olhei, o tal de Uta  agarra a camiseta do Kaneki o cheirando, achei a cara que o Kaneki fez engraçada.

Eles ficaram conversando sobre coisas aleatórios, fiquei andando pela loja, achei uma máscara linda, fui testa-lá cobria meu rosto inteiro não conseguia ver nada, quando tirei o tal do Uta estava na minha frente fazendo eu soltar a máscara e ele pegar.

- Desculpa. - Falei  analisando ele de cima a baixo, fiquei olhando ele demais.

- Algum problema? - Ele percebeu que estou o olhando demais, o que me chamou atenção foi a tatuagem do seu pescoço.

- N-Não. - Me aproximei dele analisando seu pescoço, isso é uma cita latina, escrita em palavras gregas. - Eu não posso viver nem com você, nem sem você.

- Como sabe o significado? - Ele disse se abaixando um pouco ficando perto do meu rosto.

- E-Eu li essa cita latina em um livro, e eu fiz curso de idioma grego. - Eu abaixei a cabeça. - Antes de ser expulsa.

- Hum! Depois nos falamos tenho trabalho agora. - Kaneki estava sentando em uma cadeira, Uta se aproximou joguei a cabeça um pouco para o lado, depois de uma longa conversa cheia de perguntas o desenho da minha máscara estava pronta, a de Kaneki também, antes de ir embora eu viro e faço uma referência.

- Obrigada pela atenção. - Saio em direção a porta, voltamos para a Anteiku, meu expediente ja havia acabado e fui direto para o meu dormitório, peguei uma camiseta manga longa branca e uma calcinha preta, fui para o banheiro me despi abri a torneira entrando debaixo do chuveiro, a água caia no meu cabelo dando uma sensação ótima, tomei um banho sai e me seguei, coloquei a roupa que peguei escovei os dentes e voltei ao quarto pulando na cama, fiquei virando de um lado para o outro, não estava com sono, coloquei uma calça jeans amarrei o cabelo em um rabo de cavalo e desci para a cafeteria, estava tudo escuro presumi que ja haviam fechado, fiz um projeto de café que ficou horrível. - Não levo jeito para isso.

- Também não está com sono. - Olhei para a porta, Touka estava escorada na mesma.

- Sim! Fiz um projeto de café. - Dei uma pequena risada.- Ficou horrível.

- Eu faço. - Depois que ela fez o café se sentou do meu lado, dei um gole do meu café, estava uma delícia.

- Que delícia. - Falei olhando para ela.

- Que nada! Você não bebeu o café que o gerente faz. - Ela deu uma risadinha, finalmente estavamos conversando. - O que você acha do Kaneki?

- Bem! Ele é divertido, e as vezes muito inocente. - Eu falei dando uma risada fraca no final, "ela perguntou isso do nada."

- Uhum! - Ficamos bebendo o café sem ninguém falar mais nada, abri a boca.

- Touka! Você vai para escola, mesmo sendo uma ghoul, e fácil se controlar em público? - Eu a olhei, ela deu uma pequena risada.

- Com o tempo você aprende. - Eu olhou para a xícara que agora estava vazia. - No começo várias pessoas se machucaram.

- Entendi. - Me levantei indo para meu quarto, deitei na cama.

              CONTINUA 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...