História Tomorrow - Imagine Min Yoongi - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine Bts, Imagine Suga, Imagine Yoongi, Suga, Yoongi
Exibições 673
Palavras 1.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EU SEI EU SEI EU SEI QUE DEMOREI NAO ME MATEM SORRY 💜 BOA LEITURA 💜

Capítulo 31 - Oppa?


Fanfic / Fanfiction Tomorrow - Imagine Min Yoongi - Capítulo 31 - Oppa?

- Como iremos fazer isso? Seokjin é muito esperto e tem muitos aliados _____ ! Não temos chance alguma com ele.
- Se fugirmos agora teremos sim Yoongi! - digo pegando em suas mãos e olhando profundamente em seus olhos.
- Você quer mesmo isso? - pergunta e eu assinto.
- Então vamos! Temos tempo! Seokjin nos deixou sob vigilância de um guarda que esta dormindo ali fora, e a casa não esta com muitos seguranças, ele me ameaçou dizendo que mataria minha mãe e seu pai se eu tentasse alguma coisa contra o plano dele, mas, eles estão protegidos, então podemos fugir e vamos nos aliar a Namjoon e acabar com Seokjin de uma vez por todas!
      Mas ... Como assim? Yoongi não sabe que nossos pais estão mortos? Mas que cretino, Seokjin está apenas usando ele com essas ameaças, mas ainda não contou para ele que nossos pais morreram, ele é mais infeliz do que eu pensei, e a cada vez mais meu ódio por ele só aumenta, mas, eu não posso contar a verdade a Yoongi agora, vou esperar mais um pouco.
- E-então vamos? - digo chegando mais perto do mesmo e ele entrelaça nossas mãos.
- Vamos!
      Foi fácil passar pelo segurança da porta do quarto, ele estava dormindo, quase fomos pegos por dois seguranças que passavam pelo corredor, mas por sorte conseguimos sair da casa, passamos por um portão que também tinha um segurança dormindo, e logo nos vimos do lado de fora, rapidamente peguei meu celular para ligar para o Namjoon.

[Ligação On]

- Alô? Namjoon?
- Fala _____!
- Bem, como eu vou dizer isso ... Eu fui sequestrada por Seokjin...
- É O QUE? ONDE VOCÊ ESTÁ? ELE FEZ ALGO A VOCÊ?
- Calma Namjoon, não aconteceu nada, mas eu preciso da sua ajuda agora e rápido, eu estou na rua xxxxxxx vem rápido antes que alguém me veja!
- Ok!

[Ligação Off]

- Ele já está vindo! - disse enquanto estávamos nos escondendo atrás de um portão que havia naquela rua.
Yoongi me encara por alguns segundo e me puxa para um beijo calmo e cheio de desejo, ele parecia querer explorar cada canto da minha boca, ele me puxa para mais perto, nos deixando corpo a corpo, nos separamos por falta de ar e eu o encarei, e logo depois sorri.
- Você não sabe o quanto eu senti falta disso! - digo agarrando-o pela cintura em busca de um abraço.
- Eu também pequena....eu também. - disse mas em um tom baixo, quase que um sussurro, escutamos um barulho de buzina e nos separamos, era Namjoon, entramos no carro e Namjoon olhou para Yoongi meio assustado.
- Y-Yoongi ?
- Longa história, agora precisamos sair daqui rápido. - digo e Namjoon da partida no carro.

[...]

      Chegamos na casa em que Namjoon estava e saímos do carro, Namjoon ainda olhava confuso para Yoongi, claro né, até porque é muito normal um homem que estava supostamente morto aparecer ma sua frente, ele tem razão de estar confuso, entramos na casa e vi Jimin e Jungkook sentados no sofá conversando supostamente sobre negócios.
- Vocês devem estar com fome! Vou mandar fazerem alguma coisa pra vocês comerem, enquanto isso vamos conversar no meu escritório. - diz Namjoon e nós apenas assentimos, seguimos Namjoon e entramos em seu escritório, ele sentou em sua mesa e fez sinal para que sentássemos e assim fizemos.
- Podem começar... - diz Namjoon e eu começo a contar tudo que havia acontecido, quando acabei ele deu um suspiro e passou a mão no cabelo.
- Nós precisamos pensar no que fazer, não sabemos o que Seokjin quer na verdade, está tudo muito confuso, nada está se encaixando.
- No tempo em que estive com Seokjin, ele mencionava muito no telefone um tal de senhor Hong, será que esse homem tem algo haver? - diz Yoongi e na hora eu me lembro desse nome.
- Ei! Eu já ouvi Seokjin mencionando esse nome também, foi quando ele me prendeu na cama, quando ele ia me "punir", então Jungkook bateu na porta e disse que esse senhor Hong estava esperando por ele. - digo e vejo Yoongi apertar o punho.
- Isso deve ajudar, vou pesquisar sobre esse Hong, vocês podem ir descansar, Jungkook levará vocês para seus quartos e lá levaram a comida.

[...]

Já estava de noite, eu e Yoongi estamos em quartos separados e eu fiquei chateada com isso, eu já fiquei muito tempo longe dele, e isso me torturava, talvez o medo de perder ele de novo. Espanto meus pensamentos quando ouço alguém batendo na porta.
- Pode entrar. - digo e vejo Yoongi entrar, cresce um sorriso em meu rosto a ver ele e ele sorri também. Ele chega até a minha cama e se deita ao meu lado.
- Você não sabe o quanto eu senti sua falta pequena. - diz Yoongi beijando minha testa.
- Eu também. - digo dando um selinho demorado no mesmo.
- Yoongi ... Eu preciso te falar uma coisa, que pelo que eu vi Seokjin não te contou! 
- O que?
- Yoongi - dei uma leve pausa na fala - nossos pais estão mortos, eu cheguei na casa onde eles estavam hospedados em Busan e encontrei os dois em decomposição com marca de tiro na cabeça, eu sinto muito. - digo e Yoongi me encara incrédulo mas logo sua expressão é tomada por raiva.
- C-como assim? Não ____! Não! - diz Yoongi se levantando da cama e passando a mão nos cabelos em frustração.
- Eu vou matar aquele desgraçado! - ele se senta na cama e coloca as mãos no rosto, chego mais perto e abraço o mesmo, nos deitamos na cama abraçados e eu peguei no sono enquanto Yoongi estava pensativo acariciando meu cabelo.
     Acordo e Yoongi não esta na cama, vejo um bilhete no criado-mudo.

" Pequena se arruma e desce porque hoje iremos sair "

      Me levanto e tomo meu banho, coloco um vestido preto rodado que chegava até a  metade das minha coxas e uma sapatilha preta também, passo uma maquiagem básica e desco as escadas, Yoongi me olha e dá um sorriso, ele estava lindo, estava com uma calça preta, uma camisa branca e um converse vermelho, seus cabelos verdes estavam levemente bagunçados dando um ar fofo.
- Você está linda!
- Obrigada! Você também está lindo. - digo corando um pouco, ele sorri e entrelaça nossas mãos.
Vamos? Vou te levar em um restaurante afastado da cidade para não correr risco de nos verem. - assinto e saímos de casa, sua moto estava na garagem, ele me entregou o capacete e subimos na moto, agarrei sua cintura e ele começou a acelerar. Depois de um tempo chegamos no local, pedimos nossa comida e conversamos sobre várias coisas, trocamos beijos e carinhos, o dia foi tão perfeito que nem percebemos que o tempo passou, já estava de noite e resolvemos ir embora, quando estávamos saindo vejo uma menina que aparentava ter minha idade gritar.
- OPPA! - Yoongi olha incrédulo para a menina enquanto eu o encarava confusa.
 


Notas Finais


💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...