História Tomorrow never dies-Luke Hemmings fanfic - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 1.119
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - 11 Amizade colorida


Fanfic / Fanfiction Tomorrow never dies-Luke Hemmings fanfic - Capítulo 12 - 11 Amizade colorida

P.O.V.Bah

Estava na casa de Aline ajudando-a a se arrumar pro casamento.

-heey meninas, Báh vai ficar pro almoço, -perguntou a senhora Harrison.

-Não senhora Harrison, não será necessário,  já estava de saída mesmo.-Digo gentilmente.-Vou me encontrar com minha professora, mas obrigada pelo convite...Aline me conte tudinho amanhã viu?!

-Okay Báh.Até.

-Até.  -disse me despidindo e saí da casa de Lineh, rumo ao meu carro. Quando entrei recebi uma mensagem:

#mensagemON#

-Heey Báh, é a Alicia,  sua professora. Minha linda vou ter que desmarcar o nosso encontro pois estou resolvendo umas coisas aqui no cartório, deixa pra amanhã no mesmo horário pode ser ? Beijos alicia xx 

-Claro que pode,estou morrendo de saudades então até amanha Alicia -Beijos Báh. 
#MensagemOFF#

Cheguei em casa.

Não encontrei ninguém.

Fui ao meu quarto. Minha coleção do álbuns do nirvana está muito suja. Tirei todos os meus livros e os discos lá da prateleira,e passei um pano úmido.

Depois que termine da limpar,fui tirar um cochilo pois estava muito cansada pelo que aconteceu ontem.

P.O.V.Luke

Estava com uns amigos meus no Nandos's.

Estava Niall, Josh e Alex.

-O que vocês acham de tocarem aqui toda sexta feira? -perguntou Josh. 

-Pra mim fechou!  O ruim é que eu tenho que ver.

-Não, relaxa, a gente faz uma reunião com os meninos.

-Okay.-dissram e os meninos saíram.  Niall foi comigo até o carro.

-E ai bro, o que aconteceu pra você estar assim?-falou o irlandês.  

-Nada, é que estou com um problema com a Báh. 

-Verdade,ela voltou,como é que ela ta,- perguntou Niall. 

-Ela ta bem...-disse eu.

-E você Luke? anda meio aéreo ultimamente.-comentou ele.

-Sim talvez um pouco... 

-huuum Até sei por quem...

-Até você cara...-disse inconformado.

-Sim,  até eu, cara vou indo...depois agente se vê.

-Niall,  não querer ir em casa?

-Hoje não vai rolar bro, tenho que  encontrar com a Tatty, vamos ao cinéma...deixa pra próxima.

-Okay.

Estáva indo pra casa.

Quando cheguei vi que não tinha ninguém, então resolvi jogar videogame.

P.O.V.Bah

Acordei com um barrulho vindo da cozinha.

Saí correndo do quarto,quase caí ao descer as escadas quando cheguei a cozinha vi Luke catando cacos de vidro no chão. 

-O que aconteceu por aqui? -perguentei ao Loiro.

-Báh? Você está aqui ? 

- Não, Luke estou na China, na verdade eu sou uma miragem.-disse o ajudando.

-Uma miragem muito gata.-disse este com um sorisso parvo.

-Eu mereço.-disse revirando os olhos. Depois que ajudei o destarado do Hemmings com o copo quebrado, fomos jogar videogame.

Como sempre a melhor aqui,ganhava uhuuuu!

- 10x0 hahahaha -cantava eu fazendo a dancinha da vitória. 

-Cansei de jogar,vamos ver um filme. -Disse Luke colocando um dos meus filmes favorito. Amizade colorida. Ele  nos cobriu com uma manta e se aconchegou perto de mim.

  Estava já no começo do filme  e este parvo não parava de dar risada. 

-Esquentadinha, você acha que uma amizade colorida dá certo?-perguntou Luke.

- As vezes sim e outras vezes não.-disse eu.

-Por que acha isso?

-Porque eles não podem se apaixonar senão fode a amizade colorida.-disse e ficou um silêncio entre ambas as partes,até que uns olhos azuis focaram em mim quando virei o rosto para poder ve-lo.

O delinquente se adianta e sela nossos lábios em um beijo caloroso e intenso.

Nossas línguas se acariciavam,suas mãos desceram para minha cintura me puxando mais pra ele,minha mãos foram de encontro com seu pescoço a acariciando. Ele passou os beijos para meu pescoço e assim o clima começou a ficar mais hot.

Luke me puxou para seu colo e começou a fazer alguns chupões no meu pescoço.

Senti sua mão por de baixo da minha blusa indo em direção ao seio, um arrepio atravessou minha espinha. Lukey me acariciava a bariga. 

-L-Luke,  o-oque está fazendo?-falei entre o beijo.

-Relaxa. -disse ele puxando a barra da minha blusa pra cima,na hora pulei de seu colo e o clima se estranhou.

-Justo quando tava ficando bom. -resmungou Luke.

-Sim, justo. -disse indo pra cozinha.

-Báh eu não vou fazer nada que você não queira,apenas se tiver pronta.-disse o cão do Luke me seguindo.

-O que te faz pensar que sou virgem ?!-perguntei irônica bebendo um pouco da água.  

-Á sua inoceinci...perai você não é virgem?-disse Luke surpreso.

Cuspi a água na cara do Lukey e comecei a dar risada.

-inocência é o que me falta.-falei tentado me recuperar da mini crise de risada.

-Obrigado, amo receber cuspida! -disse ele.

-Realmente você não sabe do que eu sou capaz -disse eu.

-hahaha então alguem conseguiu pegar a esquentadinha é? -disse Luke se aproximando.

-hahaha engraçadinho, sim, conseguiu! 

-Será que eu consigo? -Levantou uma sobrancelha.- Eu vou te pegar em 3 2 1.

Saí correndo da cozinha para sala de jantar, ele me perseguiu em volta da mesa de jantar, saí da sala correndo no corredor em direção a escada. Fingi subir e desvei para sala e Luke me seguindo até a sala.

Corri ate o sofá,"cansei " e me deitei. Vi Luke se aproximar do sofá, ele estava para pular em cima de mim ,mas eu rolei pra fora do sofá e sai em disparada ao segundo andar.

Fui até o meu quarto e ouvi alguns passos apresados ate lá.

Quando Luke entrou no meu quarto, deu de cara com a estante derrubando meus álbuns de foto, todos e meus livros e álbums do nirvana no chão.

-vou te peg...opps -disse o parvo do Luke.

-Opps? -disse eu fuzilando Luke com o olhar.

Luke e eu começamos a recolher o que "alguém "derrubou

-fã dos Nirvana ?Você só tem 5 discos ele tem bem mais que isso. -disse luke brincando comigo. - Poser.-mumurou Luke. 

-Primeiro. Eu tenho 6 disco de vinil deles,segundo. Eu não sou poser e terceiro .Se você prestasse mais atenção saberia que todos os discos são até o ano de 1994.-disse guardando os livros.

-O que tem o ano de 94? -perguntou o delinquente.

-Sério? O ano da morte do Kurt. -disse eu- só tenho até 94 depois não me interessa os outros álbuns pois nirvana só é nirvana com o tesudo do Kurt.

-Você sabe que falta o Nevermind, não sabe?-disse Luke. -Não,magina, só é o primeiro álbum deles e eu não conseguir ainda, okay já fui trolada pro causa desse álbum. -disse eu  inconformada.

-okay não tá mais aqui quem falou.-disse Luke se redendo.

-Ótimo. -disse eu.

-Wont,  que coisa fofinha.-disse Luke vendo o meu álbum de fotos. 

Eu olhei pro álbum,depois pro Luke e tire mais rápido o possível.

-Assim não vale esquentadinha.-disse ele vindo em minha direção e começou a me fazer cócegas.

-Ai ai Lukey para.-disse eu não aguentando mais.

-Okay ,eu paro mais vamos ver os seus álbuns de fotos. - Falou Luke. 

-Okay.-Me rendi.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...