História Tomorrow ( Sobrenatural - BTS ) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Visualizações 84
Palavras 1.057
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 4 - Capítulo Quatro


Fanfic / Fanfiction Tomorrow ( Sobrenatural - BTS ) - Capítulo 4 - Capítulo Quatro

Passaram-se um dia desde que a família tinha chegado na casa do Yoongi e o Taehyung ainda não conseguia compreender como suas anotações sumiram, também não entendia porque não lembrava de nada. Ele não fazia a mínima ideia do que tinha escrito mas sabia que eram anotações importantes e que ele precisava recuperá-las logo, o mais rápido possível.

Hana nos últimos dias não havia conseguido tirar as idéias que o irmão tinha colocado em sua mente. Não parava de pensar nos olhos do Yoongi mudando do castanho ao mel. Ele podia usar lentes de contato... mas e o seu gato? Ela também questionava sobre seu gato, Também os viu mudando a cor dos olhos. No início achou que poderia ser algo da sua mente, mas tudo estava a mostrando que não era.

• • •

O relógio marcava 02:59 da madrugada. Hana estava com insônia. A garota resolveu levantar-se e ir até a cozinha para tomar um copo d'água. Ao abrir a porta, percebeu que o gato a acompanhava.

- Pensei que estava dormindo. - Disse Hana, esboçando um sorriso na face. - Também está sem sono?

Hana tomou o gato em seus braços e saiu do quarto.

Hana andava atenta pois a casa estava tomada pela escuridão e a garota não queria derrubar algo e acordar todos na casa. Ao passar pela porta do Yoongi, percebeu que a mesma estava aberta, Yoongi estava sentado na cadeira que pertencia a escrivaninha. Ele estava desenhando algo. Como ela não queria incomodar o rapaz, ela passou reto.

- O que está fazendo acordada a Esta hora perambulando pela casa? - Interrogou Yoongi, colocando o corpo para fora do quarto.

- Estou sem sono. - Disse Hana. Colocou seu gato no chão. - Estava indo à cozinha pegar água. Vê algum problema nisto?

O gato sentou-se e encarou Yoongi.

- São 03:00 da madrugada - Yoongi diz ao retirar seu relógio de bolso para conferir a hora. - Você deveria estar dormindo.

- Você também. - Indaga Hana. - O que faz acordado uma hora dessas?

Yoongi olhou de relance para dentro de seu quarto.

- Bom, acho que isso não lhe diz respeito.

- Por que tenho a impressão que você não gosta de mim? - Questiona Hana.

Hana já estava cansada das ignorâncias do Yoongi, sempre era arrogante com ela.

- Por que eu realmente não gosto. - Disse Yoongi grosseiramente.

Hana no momento não sabia se ficava triste ou com raiva do primo.

- Obrigada pela sinceridade. - Murmura Hana. - Licença, vou me recolher.

Hana havia desistido de ir até a cozinha, voltou para o quarto.

Yoongi a observou ir embora, até que seus olhos a perderam se vista. Quando ele também entrava em seu quarto, percebeu que o Jungkook continuava lá.

- Precisava ser tão estúpido com a garota? - Criticou Jungkook, transformando-se em um humano.

- Sim,precisava. Sabes que não suporto aqueles dois, sabe muito bem o que penso a respeito da Hana.

- É bom deixar em pauta que você não é uma criatura com que todos tem o prazer de conviver. - Implicou Jungkook.

- Você quer memo levar esse assunto a diante? - Questionou Yoongi, arqueando seu sobrancelha esquerda.

- Definitivamente ninguém pode dormir nesta casa. - Declarou Taehyung, ao abrir a porta do seu quarto.

Yoongi e Jungkook não precisavam dormir. Nunca.

- E isso não é hora de crianças como você estarem acordada. - Implicou Yoongi, ao ascender a luz do corredor.

- Ah, vá a merda. Não tem nenhuma criança aqui. - Os olhos de Taehyung se encontraram com o do Jungkook. - E quem é você?

Mais uma vez Jungkook vacilou ao adquirir a forma humana.

- Ele é meu primo...irmão. - Disse Yoongi, não queria continuar se passando por irmão do Jungkook. Era isso ou o Taehyung os descobrira.

Taehyung focou no Jungkook com os olhos cerrados.

- Não sabia que você tinha irmãos...

Jungkook apagou a luz.

- Bom, está na hora de todos nós irmos dormir. - Disse Jungkook. - Não é mesmo, maninho.

Jungkook olhou debochadamente para o Yoongi, Jungkook adorava irritá-lo. Seu sorriso permaneceu em seu rosto até ver os olhos do Yoongi mudarem de cor.

- Boa noite, Taehyung. - Disse Jungkook, entrando com o Yoongi no quarto.

- Boa noite... - murmurou Taehyung. - Seus esquisitos.

Depois de alguns segundos, Jungkook certificou se o Taehyung continuava lá fora. O rapaz já havia se recolhido.

- Você precisa controlar seus olhos! - Exclamou Jungkook, mostrando um espelho ao Yoongi. - Ele poderia ter notado!

Yoongi pegou o espelho e riu.

- Não apareço em espelhos. - Yoongi deu Uma breve pausa, percebendo a gravidade da situação. - Aquele lá? Nunca perceberia.

Jungkook balança a cabeça negativamente.

- Não o subestime. - disse Jungkook. - Jamais faça isso.

- O melhor que podemos fazer é evitar que eles te vejam na forma humana novamente.

Para Jungkook aquilo não seria possível, ele já tinha planos para o dia seguinte e seria necessário que estivesse na sua fisionomia humana. Para evitar problemas, fez que sim a cabeça.

• • •

Ao se levantar, Hana sentiu a falta de seu gato em seu quarto. Ultimamente ele estava sumindo demais, mas pra ela aquilo era normal, era coisa de gato. Logo ele estaria de volta. Hana lembrou-se da breve conversa que tinha tido com o Yoongi, tentava entender o que teria feito para que o primo a odiasse tanto. Chegou a pensar que um dos motivos era por ela ser adotada mas logo descartou aquela possibilidade.

Ao descer para sala, encontrou um rapaz moreno sentado no sofá. O irmão do Yoongi.

- Bom dia. - Sorriu Hana. - Jungkook, certo?

Jungkook assentiu.

- Como vai? - Perguntou Jungkook.

- Muito bem, Obrigada por perguntar. - Respondeu Hana.

- E então? Seu gatinho apareceu? -

- Sim, mas já sumiu de novo. - Disse Hana, sorrindo. - Aliás, você não o viu?

Jungkook balançou a cabeça negativamente.

- Você gosta muito dele, né? - Perguntou Jungkook.

- Muito, foi minha mãe quem me deu. Tenho ele desde muito pequena. - Respondeu Hana.

Hana sentou-se no sofá.

- Tenho certeza que ele também a ama muito. Tipo, muito mesmo. - Declarou Jungkook.

Hana começou a se sentir desconfortável perto do primo que tinha acabado de conhecer.

- Você tem a mesma idade do Yoongi? - Perguntou Hana.

Em sua mente, Jungkook estava preparado para falar que ele tinha 395 anos mas sabia que não podia falar aquilo. Óbvio.

- Tenho 27 anos. Você também, não estou certo?

- Sim. Como sabe? - Perguntou Hana.

Jungkook falou a primeira coisa que chegou em sua mente.

- Foi só um chute.


Notas Finais


O que vocês estão achando da fic? Devo continuar ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...