História Tomorrow — will you remember? - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Allbulletproof, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Mpreg
Visualizações 589
Palavras 1.385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 28 - Jungkook - It's not luck, it's destiny


Fanfic / Fanfiction Tomorrow — will you remember? - Capítulo 28 - Jungkook - It's not luck, it's destiny

Jungkook desconsiderou a palavra sorte de seu dicionário, porque tudo o que havia conquistado em tão pouco tempo, não podia se limitar a ser chamado de sorte. Talvez o destino estivesse agindo para dar a ele, coisas que nunca tivera; uma pessoa para amar de verdade, ou melhor, duas pessoas para amar de verdade.

Estava feliz, extremamente feliz em poder compartilhar com Jimin, uma vida que sempre desejou. Embora transparecesse um homem sem sentimentos, Jungkook era romântico e sempre sentiu necessidade de construir a própria família. Não havia como comparar a felicidade de ter Blue e Jimin; os dois eram um para ele, uma felicidade única.

— Hoseok não vai acreditar quando descobrir tudo o que preparei — Yoongi disse com os olhos apaixonados, fitando a caixinha que continha uma aliança dourada — Eu nem acredito que vou casar com o homem da minha vida.

— Vocês estão me deixando depressivo — Taehyung fez um bico triste, recebendo risadas em trocas — Yoon mais Hobi, Kookie mais Minnie e Nam mais Jin... Eu vou ficar pra titio.

— No caso, você é um titio — Namjoon disse, rindo em seguida da cara que Taehyung fizera — Nós iremos arrumar alguém pra você... O que prefere? Homem ou mulher? Porque sabe... A trupe aqui gosta do mesmo lado.

— Toda a forma de amor é válida — respondeu, fazendo coração com a mão para Namjoon, que retribuiu, jogando um beijinho no ar.

— Certo... Quando irá fazer a surpresa? — Jungkook disse depois de um tempo, com um sorriso que havia encontrado morada em seu rosto.

— Nesse final de semana — Yoongi responde animado, guardando a caixinha no bolso — Vou levá-lo para Jeju e lá farei o pedido.

— Vocês são muitos melosos — Taehyung revirou os olhos, pois era o tipo de pessoa que gostava de ser livre, gostava de aproveitar a vida da melhor forma — E você Jungkook? Pretende se casar?

— O mais rápido possível!

Não havia mais razões para prosseguir sem Jimin e Blue, Jungkook tinha a certeza que havia encontrado a pessoa certa, que o destino havia lhe presenteado com um bela pessoa e um filho encantador. Todos os planos que seu coração fazia, automaticamente, os dois eram incluídos, porque agora, eles eram um.

 

[...]

Considerando que já era uma quarta feira, Jungkook também desejava fazer alguma surpresa para Jimin no final de semana. Pensava em mil maneiras de agradá-lo, pois se descobriu ser um dependente dos sorrisos dele para poder viver. Faria de tudo e mais um pouco, para ser o homem perfeito, um homem que todos os dias demonstrava o seu amor.

Ao chegar em casa, depois de um longo dia de trabalho, Jungkook encontrou Jin brincando com Blue na sala. Caminhou até ele e pegou o filho no colo, levantando-o no ar e depois beijando as bochechas dele. Estava apaixonado por Jimin, mas também, estava perdidamente feliz e encantando em ser pai do pequeno Bubu, seu príncipe, como passara a chamar.

Estavam juntos a três meses, Jungkook decidiu morar de vez com Jimin, pois não suportaria mais nenhum minuto longe deles.

Aqueles meses, de longe, estavam sendo os melhores de sua vida; como não amar acordar dormir e acordar ao lado de Park Jimin? Como não amar, todas as noites, poder tomá-lo só pra si? Como não amar as oportunidades de tomar banho com ele ou aproveitar o tempo para assistir um filme no aconchego da cama?

Jungkook era louco de apaixonado por ele, amava até mesmo as provocações de Jimin; que se trocava na frente dele para dormir, usando apenas shorts curtos. Ou quando ele passava seus cremes sensualmente, fazendo-o com que seu corpo reagisse na mesma hora. Ou simplesmente quando Jimin decidia que queria fazer amor, não importava se era na piscina, na cozinha, no banheiro ou em qualquer lugar da casa.

Na verdade, nesses três meses, Jungkook descobriu que Jimin estava insaciável.

— Vai sair? — perguntou a Seokjin, que estava muito bem vestido, imaginando com quem seria — Hm... Encontro romântico com o Nam?

— Pra ele será romântico, para mim é apenas uma oportunidade de comer bem — Seokjin revirou os olhos, ajeitando o cabelo e a roupa em frente ao espelho.

— Sei... Usem camisinha, ok? — Jungkook riu, ao ter olhar incrédulo de Jin para ele. Saiu correndo da sala quando o outro lhe tacou várias almofadas, subindo a escada, enquanto Blue dava uma risada gostava, achando graça daquilo — Abortar missão, Bubu!

— Papa Kookie — Blue disse, puxando o nariz de Jungkook com a mãozinha pequena, fazendo-o derreter completamente ao ser chamado daquela forma.

— Você me faz querer soltar água pelos olhos, Bubu — Jungkook disse emocionado, em frente a porta do quarto — O que será que pai Minnie está fazendo?

Colocou Blue na cama, olhando em volta e escutando barulhos vindo do banheiro. Deixou alguns brinquedos para que ele se distraísse e ligou a TV em um desenho também.

— Vou ali no banheiro ver o que seu pai está fazendo, ok? Fica aí! — apontou dois dedos para Blue e piscou, correndo de fininho com um sorriso sapeca no rosto.

Pela fresta da porta, Jungkook pôde ver Jimin com o corpo nu e se analisando no espelho, mas não era só isso, ele estava chorando também e com um sorriso no rosto. Sorrateiramente, entrou no banheiro e o abraçou por trás, dando um selar em seu pescoço, vendo-o dar um pulinho pelo susto. Virando-o de frente, deixou um beijo quente na boca macia dele, passeando as mãos pelas curvas de Jimin, suspirando apaixonado por tê-lo nos braços.

— Por que está chorando, bebê? — perguntou, puxando pelo quadril e colocando-o no grande balcão da pia — Hm?

— Estou feliz, é isso — Jimin respondeu sorrindo, pegando em suas mãos — É surreal tudo o que vem acontecendo... Achei que nunca teria a oportunidade de ser feliz assim.

— Prometo te fazer feliz todos os dias, bebê — Jungkook disse beijando-lhe os lábios, tendo as mãos pequenas de Jimin adentrando sua camisa branca de botões — Por que estava se olhando no espelho daquele modo? — perguntou curioso.

— Ah... Nada demais — Jimin respondeu rápido, saindo do balcão, vestindo um roupão e deixando Jungkook sem entender o nervosismo — Vamos jantar?

Depois de jantarem e estranhar o comportamento inquieto de Jimin, Jungkook fez Blue dormir, enquanto o outro terminava de arrumar a cozinha. Ao descer as escadas, viu Jimin comer um doce estranho e riu baixinho, chegando mais perto. Ele ficava ainda mais lindo, mais radiante a cada dia; era impossível achar imperfeição, porque até mesmo os defeitos eram bonitos.

— O que é isso, bebê? — Sentou-se ao lado dele na mesa, vendo uma mistura indecifrável — Eca!

— Hm, é doce de goiaba com leite condensado e amendoim — Jimin respondeu como se fosse completamente normal comer aquilo tudo junto — Por que essa cara, Jeon? Até parece que nunca comeu.

— Mas é exatamente isso... Nunca comi e nunca vi ninguém comer — Jungkook respondeu rindo, beijando o bico raivoso do outro — Não fique bravo, bebê.

— Jeon... Hm, você gostaria de ter outro filho? — Viu Jimin perguntar incerto, então ele sorriu, trazendo-o para seu colo.

— É claro que gostaria... Quero construir uma família linda e grande com você — respondeu, beijando os lábios sujos de leite condensado, colocando as mãos por debaixo do roupão, fazendo Jimin suspirar — Quero mais um, mais dois, mais três... Quero muitos filhos com você.

Quando as coisas começaram a esquentar, as mãos buscando contato, os lábios ocupados e as respirações aceleradas; Jimin empurrou Jungkook, que ficou sem entender, tudo o que vira foi ele saindo de seu colo pelado — já que o roupão havia sido tirado em algum momento — e indo direito para o banheiro do andar de baixo. Jungkook levantou e correu até ele, vendo-o na privada, colocando para fora tudo o que havia comido. Abaixou-se e passou as mãos pelas costas dele, sentindo o coração se apertar por vê-lo assim.

— Vem bebê, vamos deitar — disse, assim que Jimin terminou e lavou a boca — Eu abia que aquela mistura não lhe faria bem.

— É, Jungkookie... A mistura não me fez bem!


Notas Finais


Oiê gente!

Apenas um bônus pequeno antes do capítulo principal... Então não me matem, porque esse capítulo precisa ser postado kkk

Tenho algumas coisas para falar:

1) Viram a capa linda que a @chimcombiscoito fez? Eu amo o trabalho dela!

2) Quero dizer [com dorzinha no coração] que faltam dois capítulos para a Fanfic acabar.

3) Porém, para quem gosta de "Tomorrow", certamente gostará da próxima mpreg que vem por aí [assim espero, risos].

4) Não é segredo que o próximo baby deles será uma menina, então, quero que vocês escolham o nome dela [queria muito que fosse "Purple"] O que vocês acham?

Pink? Purple? YELLOW?

5) O nome que será escolhido vai ser importante para a próxima estória que vai vir.

Por fim, obrigada por acompanharem! Saranghae! 💓

Comentem, tá?

(Os próximos capítulos serão bem leves como esses, acho que vocês irão gostar)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...