História Tomorrow With You (Snowbarry) (SaviFrost) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow, Legends of Tomorrow, Supergirl, The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Detetive Joe West, Dr. Harrison Wells, Dra. Caitlin Snow, Eddie Thawne, Eobard Thawne / Flash Reverso, Iris West, Jay Garrick, Kara Zor-El (Supergirl), Laurel Lance, Lena Luthor, Leonard Snart (Capitão Frio), Oliver Queen (Arqueiro Verde), Sara Lance, Wally West (Kid Flash)
Tags Barry Allen, Caitlin Snow, Cisco Ramon, Flashfrost, Frostar, Harrison Wells, Killer Frost, Romance, Savifrost, Savitar, Snowallen, Snowbarisco, Snowbarry, The Flash, Vibe
Visualizações 133
Palavras 2.351
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem e comentem! Como sempre agradeço a todos pelos favoritos e comentários!
Obrigada a Fabs por tudo (como ela já disse - Soulmates)
Para a Evil_Is_Better (Lily) que me ajudou com esse capítulo.
Para LequinhaSMHPT (Alexia ❤️) obrigada por tudo, por todo o apoio que vc tem sido pra mim e por acompanhar apaixonadamente minhas histórias
E de coração cada um de vcs que param pra ler e comentar a fanfic. Eu amo muito vocês ❤️
*UM MES SE PASSOU DESDE O ACIDENTE DO ULTIMO CAPITULO
*DESSA VEZ AS OBSERVAÇÕES ESTARÃO NO FINAL.

Capítulo 9 - An Ice Tale.


Fanfic / Fanfiction Tomorrow With You (Snowbarry) (SaviFrost) - Capítulo 9 - An Ice Tale.

1 Mês Depois

Você não escolhe as pessoas que traz para a vida, mas escolhe quem irá ficar. Desde o começo ele sabia que tê-la ao seu lado, seria uma escolha da qual nunca iria se arrepender, mas ele havia escolhido muito mais do que isso, Barry havia escolhido mantê-la em sua vida enquanto ela durasse. Ele não era perfeito e nunca seria, tinha cometidos horríveis erros contra ela e contra o mundo, sabia que ela poderia encontrar alguém muito melhor do que a si, mas nenhum dos dois estariam completamente felizes da forma como ficaram naquele dia, em que finalmente, uniram suas mãos frente à um altar.

Ele reclinava sua cabeça sobre a cama, enquanto seu corpo encontrava-se em uma postura ereta na cadeira ao lado, o estranho toque em seus ombros, fizeram-no em um baque com a surpresa instantânea do amigo.

— Dorme um pouco na sua casa, eu irei ficar aqui hoje... — Pronunciou Cisco, com uma séria expressão ao observar a amiga inconsciente na cama. — Jack e Jesse sentem sua falta e... — O engenheiro suspirou, arqueando as sobrancelhas com a própria fala. — Já foi um mês desde que isso tudo aconteceu, Barry. Esse tempo todo, não teve nenhuma reação da parte dela e... Seus filhos constantemente se culpam por não a ter salvo naquele dia.

— Não são suas culpas... — Barry esfregou o rosto e elevou suas mãos até a cabeça, demonstrando seus sinais de cansaço e estresse. — Além disso, era a escolha dela com que eu escolhesse a cidade aquele dia e eu o fiz. Você pode trabalhar, apenas ficarei aqui...

— Barry, quando você salvou a cidade no mês passado, eu conversei com Julian e com Harry... — Allen arqueou a sobrancelha com a seriedade do amigo. — Hoje é o último dia que iremos realizar os exames.

— Você quer dizer... Desistir?

— Quero dizer, deixá-la ir, Barry. — Ramon suspirou. Ele também estava hesitante e relutante com essa possibilidade. — Quando a levamos para o hospital naquele dia você lembra o que os médicos disseram, não é? Não há esperança e deixá-la por tanto tempo assim...

— Isso foi o motivo pelo qual eu revelei minha identidade para o Julian, Cisco, para salvá-la. Se precisarmos levar ela para outro universo para que isso aconteça, é exatamente o que eu vou fazer! — O forense elevou seu tom de voz, fazendo com que Francisco permanecesse em silêncio. Um sinal barulhento soou e o baque era inevitável. — Os batimentos dela estão decrescendo! POR QUE OS BATIMENTOS DELA ESTÃO DECRESCENDO?

— E-Eu não sei! — Algumas lágrimas instantaneamente e quase que imediatamente saíram dos olhos do engenheiro, o desespero foi seguido pelo apagão inteiro do laboratório. — Isso não pode acontecer... Não podemos usar o desfibrilador sem energia! E-Eu vou verificar o setor de energia e... — Sua fala fora cessada pelos gritos de Allen.

— Por que ela está tão fria? — O moreno imediatamente alcançou um termômetro e cada segundo parecia uma eternidade. — 29º, Cisco, Vinte e nove! — O forense tentava pensar em uma solução. — Jesse está no córtex com o Harry, certo? Peça com que elas busquem o Julian na CCPD e peça para eles virem imediatamente, eu sei exatamente o que eu irei fazer. — Barry imediatamente subiu por cima da cama e encaixou suas pernas ao redor de Caitlin e começou a massagem cardíaca e acompanhando sua pulsação com sua velocidade. O velocista respirou fundo e usou de sua própria e energia e raio, usando sua mão como um quase desfibrilador ao rasgar as vestimentas superiores da esposa. Caitlin tinha seus espasmos naturais, conforme seu corpo regia ao choque, mas seu pulso permanecia o mesmo. Wells logo chegou e começou o uso da bomba de oxigênio. — Vamos, Cait... — As lágrimas inevitáveis caíam junto com o suor do moreno. — Vamos, fique comigo, Caitlin. — Ele alternava suas massagens cardíacas aos olhos de todos. Jesse e Jack já suspiravam, segurando suas mãos conforme seus corpos desapareciam. Harry assumiu a massagem com a perda de força de Barry, alternando-o como desfibrilador.

— Vamos, Snow. — Harrison murmurava, dando seu soco final no peito da morena. Barry explodiu com o estresse e liberou uma onda de raios, segurando as mãos da esposa. A energia voltara, seguida de uma explosão clara, porém nada vasta de uma névoa branca.

(...)

O abrir de seus olhos pareciam ainda mais dolorosos naquele momento, seus olhos e corpo doíam em sintonia. A iluminação clara atingiu seus olhos de uma maneira abrupta e violeta, fazendo com que ele reagisse quase que imediatamente os fechando novamente.

— Pai, você está acordado? — O sorriso de Jesse abriu-se. Ela se assemelhava à sua mãe, o que fez com que ele soltasse um leve sorriso. — Graças a Deus! — Ela soltou um suspiro de alívio.

— Jess, onde está sua mãe... Eu... — Barry tentou imediatamente se levanta, obtendo o apoio de Cisco e Jack.

— Killer Frost tentou escapar, mas conseguimos detê-la na pipeline. — Jack suspirou aflito com a memória. — Ela está bem irritada e... — Novamente ele suspirou em frustração. — É melhor que você mesmo veja.

Barry caminhou lentamente até onde a esposa encontrava-se presa, diante do olhar vazio que ela transmitia, Allen pediu um momento sozinho com a amada que se encontrava com seus cabelos morenos.

— B-Barry? — Ela pronunciou com os lábios quase cerrados e um olhar confuso. — O que aconteceu? Por que você está aqui?

— Solte-a. — Ele disse confiante.

— Allen... — Wells pronunciou diante da cena e emocional do amigo.

— Vai ficar tudo bem. — O forense garantiu, tendo seu pedido atendido pelo cientista.

O Flash imediatamente correu para os braços da morena, que o recebeu abertamente, deixando escapar algumas lágrimas conforme suas últimas memórias vinham à tona. O velocista apoiou a esposa em seus braços e a direcionou para o córtex do laboratório, acompanhado de todos os amigos presentes.

— Então eu fiquei em coma durante um mês inteiro? — Ela pronunciava suas palavras conforme clareava sua mente com toda a confusão. O marido assentiu. — E você?

— Eu salvei a cidade, Cait. Não se preocupe. Quanto a Força de Aceleração, eu fiz... Um acordo.

— Salvou a cidade? — Snow arqueou as sobrancelhas em desconfiança. — Acordo?

— Sim, nada com o que se preocupar. — Eles se entreolharam sorrindo.

— Bem-vinda de volta, Kit Cait! — Cisco a abraçou, sorrindo. Ele podia não estar tão devastado quanto Barry, porém, definitivamente sentia falta da amiga.

— Eu descobri o porquê de a energia ter acabado tão de repente, naquela hora. — Wells anunciou enquanto encarava para o seu tablet. — Caitlin, quer dizer, Killer Frost, tecnicamente roubou toda a energia que possuíamos com todos aqueles fios que estavam conectados com ela.

— Ela se alimenta de energia? — Barry franziu o cenho, mantendo a confusão estampada em sua faceta.

— Mais especificamente, de calor.— Jack se pronunciou, assumindo a frente. — Depois de Blaine nascer, a mamãe se tornou a Frost, mantendo seu controle como Caitlin Snow ao se alimentar de altas taxas de calor, mas quando eu nasci, eu possuía o meta gene do papai e o dela, fazendo com que eu tivesse um metabolismo controlado. Produzo minha própria energia, com o metabolismo de velocista que possuo.

— Por isso que ela acordou depois dos choques que eu proporcionei, porque ela estava ''saciada.''

— Isso significa que eu posso me tornar... Ela a qualquer momento? — O olhar da cientista se tornou desesperado, fazendo com que todos suspirassem.

— Não exatamente... — O rapaz entrou no laboratório, carregando alguns prontuários e um tablet e indo em direção da bioquímica, que direcionava um olhar confuso para ele. — Se você possuir sua fonte de calor, não terá que se tornar como ela. Digamos que seja ou seu interior se manifestando quando você está... Com fome. — Ele colocou o aparelho de pressão ao redor de seu braço. Snow encarou para todos com o olhar confuso.

— Mmm... Caitlin. — Cisco pisou a frente. — Enquanto você dormia, acabamos descobrindo que o Dr. Alquimia era na verdade, esse idio... — Ele limpou a garganta. — Era Julian Albert e com você fora de alcance, precisávamos de um especialista para cuidar de você, já que não tínhamos esperança e... — Sua fala fora cessada com todos limpando a garganta pelo inconveniente do Ramon. — Enfim, ele esteve cuidando de você durante esse tempo.

— Agora só falta mais uma amostra de sangue. — Julian confirmou, sorrindo. — Mas por enquanto está tudo bem. — Caitlin se manteve segurando as mãos do esposo, que a encarava com um grande sorriso estampado em seu rosto. Os olhos da morena se fecharam por alguns instantes e aqueles instantes, tiveram a mudança na face de Barry, quem imediatamente sentiu o frio chegar em suas mãos. Allen, percebendo o desespero da amada, imediatamente começou a vibrar, criando sua própria energia, fazendo com que ela novamente abrisse os olhos e transmitisse um sorriso e olhar grato, porém preocupado, tal como o dele.

— Talvez devêssemos nos acostumar com essa nova Anna e Elsa que teremos à frente. — Cisco deu de ombros ao acompanhar a situação. — O bom é que agora não precisaremos mais de um ar condicionado ou sorvetes.

— Com você aqui não preciso me preocupar com meu futuro carro ser quebrado. — A Allen retrucou em defesa da mãe e do irmão.

— Ei, você sabe que não é tudo que um engenheiro faz.

— E você sabe que não é tudo que um Frost faz. — Jesse revirou os olhos.

— E vocês sabem que vocês são chatos. — Jack finalmente se pronunciou, fazendo com que todos soltassem umas risadas.

— Aliás, Barry, você pegou o meta humano sobre o qual estávamos falando?

— Meta... Humano? — Allen arqueou as sobrancelhas, confuso.

— Oh, uh... — Jack murmurou, fazendo com que todos direcionassem seus olhares para ele. — Eu achei que fosse só temporário quando ela perdeu o controle e não reconhecia eu e Jesse, mas...

— Do que vocês estão falando? — Caitlin tornou-se ainda mais confusa. — Barry voltou no tempo para mudar seu destino com Íris e no meio disso estávamos pegando o Hannibal Bates da Terra-2. Não é, Barry? — O forense franziu a testa com toda a situação.

— Talvez é um efeito colateral do tempo que ela esteve em coma... — Albert pronunciou, analisando a situação em que os amigos se encontravam.

— Não. — O velocista interrompeu, entendendo a última fala da morena. — Eu sei exatamente o que aconteceu... — Ele respirou fundo em frustração. — Antes de eu vir parar aqui, na linha temporal que eu deixei, onde Caitlin, eu e Iris erámos todos amigos, ela sabia que eu voltei no tempo para me declarar para a West, não era como essa que eu fui atrás de Savitar.

— Então assim como você, ela é da outra linha temporal? — Jesse balançou a cabeça, confusa. — Elas foram trocadas durante a explosão?

— Mais do que isso. — Barry suspirou. — Antes de chegarmos na explosão, ela teve suas memórias de outra linha temporal restaurada como última lembrança. Esse era o plano de Savitar, além de fazê-la tornar-se a Killer Frost, ele queria que ela perdesse a memór...Restaurado, é isso! — Ele pronunciou, em seguida partindo para cima de Julian, enquanto segurava a gola de sua camisa. — Só tem uma pessoa que pode restaurar as memórias de uma linha temporal. Foi você, não foi? SAVITAR FALOU PARA VOCÊ FAZÊ-LO!

— Allen! — Albert ergueu os braços para o alto. — E-Eu não lembro, e-eu...

— B-Barry, o que está acontecendo? — O desespero tomou conta da morena, que acabava tornando-se ainda mais confusa com as imensas explicações que eram mil palavras que, para ela, eram apenas desconexas.

— Cait... — Ele se ajoelhou, ficando frente ao olhar da esposa. — Você se lembra quando eu deixei o laboratório, falando que iria me declarar para Iris? — Snow engoliu a seco, assentindo. — Quando isso aconteceu, na verdade, meu eu do passado não se declarou para ela, ao invés disso, ele descobriu que Hunter era o Zoom e impediu que vocês dois continuassem a se encontrar... Isso acabou tornando as coisas diferentes para nós dois... Quando eu cheguei aqui, nós erámos... Noivos.

— Noivos? — Ela perguntou incrédula. — M-Mas eu não fiz nada, juro! Não beijei ninguém, e-eu... Não sabia! — Os olhos da morena pareciam querer saltar de seus olhos e Allen não pode evitar deixar escapar uma leve risada.

— Você, por acaso, está falando de Hannibal Bates quando assumiu minha aparência e te beijou? — Novamente, ela engoliu a seco com o olhar saltado.

— N-Não, quero dizer, c-como você sabe disso? — Caitlin franziu a testa, confusa.

— Algumas coisas não mudaram muito por aqui... — Ele balançou a cabeça, segurando o riso. Aquele momento trágico em um instante havia tornando-se cômico. — Enfim, então foi quando Jack e Jesse vieram. Eles são nossos... Filhos.

— F-Filhos? Filhos você quer dizer quando duas pessoas... — Sua fala fora cessada pela confusão de todos.

— SIM! — Eles pronunciaram em uníssono.

— Por que essa situação parece um deja vú, só que com uma pessoa diferente? — Cisco franziu o cenho.

— Então nós temos dois filhos e estamos casados? — A cientista parecia tentar processar toda a situação, enquanto o marido assentia.

— Na verdade, três! — Albert pronunciou, arrumando a gola amassada pelo amigo.

— Ah, é verdade! Blaine era nosso filho que morreu e...

— Morreu? Ele está totalmente bem pelo que eu vi no exame e... — A fala de Julian fora cessada pelo olhar confuso de Barry.

— Quê?

— Eu já te disse na noite passada, você estava dormindo? — O forense britânico, pareceu reformular o exame no tablet para mostrar para os presentes. — Caitlin está grávida.


Notas Finais


*SIM CAITLIN VIROU A KF, MAS IRA DEMORAR UM POUCO PRA ELA REALMENTE VIRAR ELA POR COMPLETO
* VCS LEMBRAM DO PRIMEIRO CAPÍTULO? DAQUELA CAITLIN QUE ESTAVA NERVOSA COM O HANNIBAL BATES DA TERRA 2? SAO AQUELAS MEMÓRIAS QUE FORAM RESTAURADAS E SUBSTITUIDAS NESSA CAITLIN PELO ALQUIMIA
*ESSA CAITLIN SE ALIMENTA DE CALOR
*VAO DESCOBRIR QUEM É O BB NO PROXIMO CAP
*É A VEZ DA CAITLIN FICAR CONFUSA E BARRY IRA ATRAS DELA...
O que acharam? Espero que tenham gostado e comentem! Qual o acordo q Barry fez na força de aceleração? Caitlin vai se lembrar? Será que o Barry vai pagar por todos os pecados? Hahaha


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...