História Too good for you - Camren - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Allybrooke, Camilacabello, Camren, Dinahjane, Fifthharmony, Laurenjauregui, Normanikordei
Exibições 109
Palavras 652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


História em breve no wattpad.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Too good for you - Camren - Capítulo 1 - Prólogo

O que é amor?



O amor não é perfeito
Não é um conto de fadas ou um livro de histórias
E nem sempre vem fácil.


O amor é uma superação de obstáculos, enfrentar desafios, lutar para ficar juntos.
Segurando-se e nunca deixar ir.
É uma palavra curta, fácil de soletrar, difícil de definir e é impossível viver sem.
O amor é trabalho, mas a cima de tudo o amor é perceber a cada hora, cada minuto, cada segundo que valeu a pena porque... você fez em conjunto.

Amor é o que eu sinto todos os dias, por uma pessoa que me despreza.

Talvez isso possa ser estranho, incomum, mas não impossível.

Eu não sou aquela pessoa clichê, que sempre é pisada e depois chora no colo das amigas, que passa vergonha na frente da escola inteira por conta da sua paixão.

Isso é ridículo, porque eu passaria por isso?

Eu também tenho sentimentos e não vou deixar os mesmo serem acabados por uma pessoa que eu amo -Isso é engraçado -

Eu já fui amiga de Camila, a muitos anos atrás, éramos crianças, não havia isso de amor, paixão e muito menos ódio.
Éramos apenas crianças.

Camila e eu nos conhecemos porque ficamos perto desde o começo...
(Palavras da própria Lauren)

Até que eu precisei me mudar, a minha mãe tinha recebido uma proposta de emprego irrecusável, não éramos uma família de ótima condição financeira, mas dava pra levar.
Camila também era assim, simples, não era aquela criança insuportável que tem que ter o brinquedo desejado na hora. A típica mimada.

Anos se passaram, amizade novas vinheram, amores novos vinheram, mas não pense que eu esqueci de Camila, eu tentei achar o seu contato, eu juro que tentei, mas era impossível.

Mas depois eu a esqueci, provavelmente ela também me esqueceu. Seguimos caminhos diferentes que deram no mesmo destino, aquela maldita escola em Miami.

Quando eu a vi pela primeira vez achei que já tinha a conhecido, quando ela disse o seu nome eu tive certeza.
Mas ela não foi muito receptiva comigo.

Nem um pouco.
Eu não entendia o porquê, não entendo até hoje.
Éramos tão amigas, porém, éramos crianças.

Eu daria tudo para não ter me mudado e saber o porquê de ela ter ficado assim. Tão arrogante.

Eu fiquei extremamente chateada, mas eu não podia fazer nada se ela não queria a minha amizade novamente.

Mas eu via aqueles olhos castanhos todos os dias, aquela silhueta, aquele cabelo acompanhado por um pequeno laço diferente a cada dia, também via aquela arrogância...
Eu tentei falar com ela, tentei começar uma conversa civilizada, mas ela fingia que não me conhecia.

Dinah me deu concelhos, como sempre, segundo ela eu devia esquece-la e fazer o mesmo, fingir que não a conhecia, segundo Normani eu deveria seguir o meu coração, e tentar pelo menos sua amizade.

Allyson... Ela me mandou ir para a igreja.

Eu estou tentando ignora-la, juro que estou tentando, mas não dá muito certo.

Mas a minha vida não gira em torno de Camila, eu também amo a fotografia, meus maiores alvos para as fotos são meus amigos e familiares, as melhores fotos são quando eles estão distraídos, o que me custa uma pequena reclamação.

Minha relação com os meus pais são as melhores possíveis, principalmente com o meu pai, ele sempre me apoiou em tudo, mais ainda quando eu saí de Nárnia -palavras da Dinah- ou seja, contei sobre a minha sexualidade, minha mãe ficou meio pensativa, mas quando percebeu que aquilo não era apenas fase - clichê - ela acabou aceitando.

Deus me deu as melhores amigas que eu poderia ter, Dinah, Normani, Ally, Vero e Lucy - Entre outros - São pessoas incríveis para mim, elas sempre estão lá para me apoiar, me dizer o que é certo a se fazer em qualquer situação.
Eu os conheci na escola, menos Vero, que é a minha prima.

...


Notas Finais


Até mais ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...