História Too good for you - Camren - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Allybrooke, Camilacabello, Camren, Dinahjane, Fifthharmony, Laurenjauregui, Normanikordei
Exibições 91
Palavras 1.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lembre-se: Eu não tenho nada contra nenhuma pessoa dessa fanfic na realidade, isso é apenas ficção.

Camren nem tanto, porque é real.

Capítulo 2 - Shawn and Camila.


Fanfic / Fanfiction Too good for you - Camren - Capítulo 2 - Shawn and Camila.

Meu celular vibrava diversas vezes acima da cômoda que havia ao lado da minha cama.
Estava na hora de ir para a escola, aquele lugar insuportável.

— Mas que merda! -Resmunguei ao ver que eu estava atrasada.

Levantei rapidamente e tomei um banho rápido.
Vesti o meu uniforme e deixei o meu cabelo solto, ele estava seco porque graças a Deus eu o lavei ontem.

Não ia dar tempo de tomar café da manhã, então apenas peguei uma maçã e comi no caminho da escola.

//

Cheguei atrasada, como eu imaginava.
A professora só me deixou entrar após muita insistência, Dinah me olhou sem entender, eu nunca chegava atrasada.

A aula seguiu normalmente, sem muitas interrupções.

...

Após mais duas aulas o intervalo chegou, estávamos sentadas em um dos bancos vazio na cantina quando uma garota que eu já tinha visto poucas vezes antes se aproximou.

— Olá! Meu nome é Alexa... Posso me sentar aqui? -Se referiu a um dos bancos.

— O que você quer exatamente? Nas únicas vezes que te vi na vida você não me parecia tão amigável com as pessoas. -Fui direta, talvez um pouco grossa.

— Oh... Tudo bem se eu não poder... E sobre as únicas vezes que você me viu, o que eu fiz?

— Talvez você tenha derrubado os livros que estavam nas mãos de uma garota, extremamente pesados por sinal e saiu zombando dela? -Ela entreabriu a boca sem palavras e eu ri baixo. —Por favor, se retire. Obrigada.
Ela saiu sem dizer absolutamente nada, eu odeio esse tipo de pessoa.

— Ela realmente fez isso?- Dinah perguntou incrédula e eu assenti.

//

Estava na hora de ir embora, todos nós pegavamos nossas coisas no armário da escola, o de Camila ficava ao lado do meu, mas raramente eu a via lá.
Diferente dos outros dias ela estava pegando suas coisas na mesma hora que eu.
Ela parecia não ter me visto ou estava apenas fingindo como das últimas vezes.
Eu precisava falar algo.

— Como está? -Minha voz falhou e eu fechei os olhos extremamente arrependida.
Ela me ignorou e continuou pegando suas coisas.

— Eu falei com você... -A olhei, seus olhos estavam vidrados em seu celular. O bloqueou e me olhou, o meu coração errou uma batida.

— O que você quer?- Ela foi fria.

— Nada... Eu queria apenas conversar.

— Pois então converse com suas amigas! -A olhei incrédula.

— Camila, o que eu te fiz?-Fui direto ao ponto e ela apenas fechou o armário com uma certa raiva e saiu.

Ela havia me ignorado novamente, mas eu senti uma certa dúvida, porque ela odeia tocar nesse assunto? Qual o motivo de ela me odiar tanto?

Pensei e não cheguei a lugar algum, decidi pegar minhas coisas e seguir o meu caminho.

...

Assim que cheguei em casa eu apenas tomei um banho, vesti um short curto e simples acompanhado de uma regata e fui para o meu treino de vôlei junto com a Dinah.

Eu sempre gostei de softbol e vôlei, mas como eu precisava escolher apenas um eu acabei optando pela segunda opção.
Não é nada que eu queira seguir pra minha vida pois como eu já disse eu amo a fotografia.

//

Assim que chegamos no treino percebi uma movimentação mais agitada, havia mais gente, iríamos jogar também com meninos.

— A última vez que fizemos isso não deu muito certo...-Dinah sussurrou e eu gargalhei ao lembrar.

Uma única vez começamos a treinar com meninos, eles eram extremamente atrapalhados e não sabiam nada daquilo, ficávamos zombando deles quando eles caiam a cada segundo por tentar bater na bola.

— Todos vocês aqui por favor! -A treinadora falou firme, chamando a atenção de todos, que logo se aproximaram. — Como vocês perceberam agora temos meninos no nosso time, eu preciso que vocês se concentrem, da última vez que fizemos isso não deu muito certo.- Repetiu as palavras da minha amiga.

Depois de dar todas as instruções fomos para nossas posições, ficavam três meninos e três meninas em cada time- seis em cada lado-.

O objetivo do vôlei é fazer passar a bola sobre a rede de modo a que a mesma toque no chão dentro da quadra adversária, ao mesmo tempo que se evita que os adversários consigam fazer o mesmo. 

//

Ganhamos o jogo com 3 sets vencidos, jogamos 4 com 15 pontos.
Dinah berrou até a a professora reclamar com a mesma após chamar alguns meninos de frangos e fracotes, típico de Dinah Jane.

— Hey! Parabéns pelo jogo! Vocês jogam muito bem. -Um garoto alto e simpático brotou de algum lugar quando estávamos desmontando a rede.

— Obrigada. Vocês também jogam muito bem, so precisam de mais organização.-Ri baixo.

— Eu odeio vôlei, mas eu preciso de uma bolsa na escola ano que vem então sou meio que obrigado a fazer isso, a minha altura também ajuda um pouco.-Sorriu e eu retribui.

— Com um tempo você se acostuma e passa a gostar, mas diz ai, qual o seu nome?

— Shawn! Mendes, Shawn Mendes. -Riu baixo. — E o seu, moça bonita?

Por acaso esse hétero está dando em sima de mim?

— Me chamo Lauren Jauregui, prazer.-Sorri o cumprimentando.

— O prazer é todo meu! O que acha de sairmos no próximo sábado?

— Por acaso isso seria um encontro? Se sim me desculpe, eu tenho namorado.-Ri sem humor e ele arregalou os olhos.

— Oh, Deus! Não, não, eu tenho namorada!-Suspirei aliviada. — O que acha de um encontro de casais? Podemos fazer novas amizades, ou sei lá! Qual o nome dele?

— Hm... O nome dele é... Louis! Louis é o nome dele... -Quase gargalhei ao lembrar do meu amigo, ele vai me matar. — Qual o nome da sua amada?- Me abaixei para pegar uma bola.

— Camila, Karla Camila...-Sorriu-apaixonado?-

Após ouvir aquilo o meu coração errou uma batida pela segunda vez naquele dia, um ser que eu tinha acabado de conhecer namorava a menina que eu amava? O destino só pode estar de brincadeira comigo.


Notas Finais


Até mais ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...