História Too sweet - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Híbrido, Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 405
Palavras 2.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, está é minha primeira fic Jikook espero que gostem, escrevi com todo o carinho.



Boa leitura!


#LEIA AS NOTAS FINAIS#

Capítulo 1 - Meu híbrido


Fanfic / Fanfiction Too sweet - Capítulo 1 - Meu híbrido


#AUTORA ON#

Jeon Jungkook, 19 anos. Um garoto sonhador que nunca deixou de tentar seguir seus sonhos como dançarino. E é isso o que está fazendo, estudando dança.

Deixou sua mãe em Busan para ir à Seul seguir esse sonho, a mesma o apoiou até o fim. Nunca conheceu seu pai, pois o mesmo morreu antes do seu nascimento.

Estuda dança, mas também quer ter uma profissão fixa por isso o mesmo estuda arquitetura. " Um arquiteto dançarino é uma boa carreia"  pensa ele achando graça.

- Jungkook presta atenção!  - Reclama seu amigo Hoseok. O mesmo está tentando a horas ensinar-lhe uma coreografia. Hoseok quer ser coreógrafo, para Jungkook ele já conseguiu, pois acha incrível seu talento na dança.

- Desculpa, Hyung. Não sei o porquê de tanta insistência em me ensinar, eu nunca vou aprender essa coreografia.

- Seja otimista! Vamos tentar mais uma vez, você não é de desistir Jungkook. - Seu amigo o incentiva ao máximo.

Todas as manhãs ia a sua faculdade, e a noite aprendia dança na mesma escola que seu amigo. E como Jungkook sentia dificuldades seu amigo sempre lhe oferecia ajuda.

Nesse dia Jungkook voltou tarde para sua casa, pequena mais aconchegante, o mesmo a comprou para viver bem e ter sua moradia própria.

Andava pelas ruas de Seul rapidamente para poder chegar à sua casa o mais rápido possível.  Queria relaxar tomando um banho quente nessa noite fria e poder deitar na sua cama aconchegante.

Sempre pegava um atalho, um beco estreito e meio escuro. Não era uma boa idéia passar por um lugar tão perigoso, mas estava com muita pressa - como sempre - ouviu miados vindos perto de algumas caixas ao lado da lixeira. Não se importou muito, pois havia milhares de gatos nas ruas e mesmo com pena não podia levar para casa e ajudar a todos. Ele passou por perto das caixas por impulso olhou para o lado e viu que não era um gato e sim um híbrido.

Ele parou de andar e ficou encarando o pequeno híbrido de gato encolhido de frio. Nunca tinha apreciado um de perto sempre quis ter um, mas agora não podia,  " estou muito ocupado esses dias para cuidar de um animal/humano" pensa ele, já é difícil cuidar de um animal e um humano juntar os dois é mais trabalho ainda.

Voltou a andar sem se importar com o sofrimento do moreno naquele beco. Chegando em casa fez tudo que ansiava à fazer e caiu na cama. Antes de dormir pensou outra vez no híbrido, estava com pena. E se alguém o fizer mal, ou morrer de frio e fome. Isso não saia de sua cabeça, pensou em levantar-se e ir atrás do híbrido, mas acabou pegando no sono.

Acordou, fez sua higiene matinal e foi para a faculdade. Não passou pelo beco, porque dessa vez não estava com pressa. Chegou na faculdade e avistou seus amigos. Todos cursavam cursos diferente, essa faculdade era bem variada em escolhas. Por isso todos cursavam coisas diferentes.

- Bom dia, Hyungs. - Disse chegando perto dos amigos.

- Bom dia, Kookie. - Responde Seokjin o mais velho do grupo. Namjoon e Yoongi só o comprimentaram com um sorriso.

- Vocês estão ocupados está tarde? - Pergunta Namjoon.

- Não. - Respondem todos os outros em uníssono.

- Querem ir ver um filme comigo que acabou de sair nos cinemas?

- É aquele maior de 18 cheio de ação? - Yoongi pergunta e faz Jungkook rir da sua ironia com o " cheio de ação "

- Claro que não!  É aquele que tem ação e  "ação "

- Eu topo, não tenho nada pra fazer essa tarde e hoje não tenho aula de dança. - Fala Jungkook.

- Eu também vou. - Seokjin também concorda. Yoongi não iria aceitar, pois tinha planos melhores, dormir a tarde toda, mas seus amigos insistiram e ele acabou por aceitar.

As aulas acabaram, Jeon foi para sua casa se arrumou e esperou um tempinho até a hora de sair. Bateu a hora e ele saiu indo até o cinema. Chegando lá seus amigos já haviam comprado o ingresso e a pipoca.

- Namjoon esse filme é muito impróprio. - Diz Seokjin. - Jungkook ainda é uma criança.

- Jin, por favor, Jungkook já é de maior e não é nada inocente. - Diz Namjoon rindo de como Jin é cuidadoso com Jeon.

- Hyung, eu agradeço por ser tão cuidadoso comigo, mas esse tipo de filme eu já posso ver.- Diz Jeon achando graça.

- Desculpa. - Jeon acha muito bonito o jeito que Jin cuida do mesmo, sente como se estivesse perto da sua mãe.

- O filme vai começar, vamos entrar. - Diz Yoongi.

Viram o filme, que por sinal tinha muita           " ação " depois decidiram ir jantar juntos. Foram para um restaurante e comeram até dizer basta, dividiram a conta e ficaram por conversar por mais algum tempo. Há noite já havia chegado, optaram por voltar para casa, pois ainda iriam acordar cedo no outro dia. Despediram-se um do outro e foram embora.

Já perto do beco, Jeon lembrou-se do híbrido.  Por pura curiosidade foi ver se o mesmo ainda estava lá. Chegando perto do lixo Jeon viu um cara bem estranho agachado olhando para alguma coisa, talvez o híbrido. Ele se aproximou e escutou o que estava acontecendo.

- Por que não vem comigo, eu não vou machucar você. - O homem fala em um certo tom de malícia e Jeon percebeu.

- Jimin não quer. - O homem começou a puxar Jimin pelo braço o forçando a ir com ele.

- Vem vamos. Se levanta agora! - O híbrido se rebatia tentando se soltar do homem, mas não era forte pra isso. Jeon se aproximou mais e puxou Jimin do cara.

- Não vê que ele não quer ir com você.

- Não se intrometa! - O cara ameassava bater em Jungkook. Porém o mesmo sempre foi fãn de esportes e por esse motivo sabia alguns golpes de vários tipos de luta. O homem fez sinal de que iria bater em Jungkook e o mesmo aplicou um golpe. O cara levantou-se do chão e saiu correndo com medo.

- Covarde! - Falou olhando para o homem que ainda corria. Percebeu que sua mão ainda segurava a de Jimin e olhou para o mesmo. - Você está bem.  - O híbrido mexeu a cabeça positivamente.

- Sua mão está fria. Onde mora? - Jeon pergunta o olhando.

- Jimin não tem casa. - Jeon fica com o coração partido de  ver o híbrido sozinho neste beco sofrendo perigo.

- Quer morar comigo? - O híbrido o olhou estranho, ninguém nunca fez isso por ele. Jimin se soltou das mãos de Jeon e se afastou um pouco.

- Jimin tem medo.

- Não precisa ter medo. Não vou machuca-lo como aquele homem. Vamos, prometo cuidar de você. - Jungkook sorri doce para o híbrido que corou com a ação fazendo Kookie acha-lo fofo.

Continuou andando até sua casa em quanto o híbrido o seguia de cabeça baixa, talvez pensando, pensou Jungkook. Chegando em casa mostrou o banheiro para o híbrido e lhe entregou roupas limpas para o mesmo usar. O híbrido entrou no banheiro e trancou a porta.

#JIMIN ON#

O moreno gentil me entregou roupas e me mostrou o banheiro. Entrei lá para tomar um banho, eu não sei tomar banho sozinho, mas não vou pedir ajuda. Olhei para o chuveiro.

- Como liga isso? - Estou confuso. Cade o botão ou a alavanca? Começo a procurar alguma coisa e a única que acho é uma coisa redonda.

- Isso aqui é pra girar? - Falo colando a cabeça pro lado. Sempre faço isso quando estou confuso. Giro aquilo que parece uma maçaneta e a água começa a descer sobre meu corpo molhando a roupa que ainda estava usando. Tirei-a e comecei a tomar banho procurei alguma coisa para me lavar.

Achei um pote em cima de umas prateleiras. Peguei e joguei em mim.

- É pra usar tudo? - Jogo em cima do meu cabelinho e em minhas orelhas da laranjas. Jogo também em meu corpo e começo a me esfregar. Esse líquido estranho acaba entrando no meu olho. Começou a arder muito, o que eu faço?

- NIAAAH NIAAH , OLHO DE JIMIN ARDE! - Começo a gritar por conta do líquido. Começo a chorar. - Jimin vai ficar cego, tem fogo nos olhos de Jimin!

#JUNGKOOK ON#

Depois de dar as roupas a Jimin, fui fazer o jantar para comermos. Quando já estou acabando escuto miados/gritos de Jimin vindos do banheiro.

- NIAAAH NIAAH , OLHO DE JIMIN ARDE! - Corro até a porta do banheiro e tento abri-la mais esta trancada.

- Jimin abre a porta. Eu te ajudo.

- Jimin não consegue ver, olhos de Jimin ardem. - O que esse híbrido tá fazendo nesse banheiro?

- Jogue água!

- Assim? - O híbrido pergunta e eu não deixo de rir, ele me perguntando se é  "assim" mesmo não podendo vê-lo.

- É,  continue jogando água. - Alguns segundo depois ele fica em silêncio. - Jimin, você está bem?

- Jimin não vai ficar cego! Porque os olhos de Jimin não estão mais com fogo. - Fico rindo de sua fala, Jimin é muito fofo.

- Agora vista-se e saia daí. - Ele parece ter entendido e começou a se arrumar. Abriu a porta e saiu. Fico o encarando, ele é tão lindo com essa roupa folgada e com seus cabelos molhados.

Escuto o chuveiro ligado e vou desliga-lo quando entro no banheiro vejo a bagunça que está o banheiro. Suas roupas velhas estão molhadas e jogadas no chão, meus cremes então jogados está tudo molhado, e ele usou todo o meu shampoo. Como ele fez isso em apenas 10 minutos.
 
- Calma, Jungkook. Não se estresse, ele apenas tem que aprender. - Falo para mim mesmo tentando me acalmar, não sou muito paciente. Arrumo todo o banheiro e saiu do mesmo, Jimin ainda está de pé na frente da porta.

Mesmo estando com raiva do mesmo, ela passa só de olhar seus lindos olhinhos negros. Ele parece tão feliz de finalmente ter uma casa, seu rabinho ruivo não para de balançar.

- Jimin.

- Hm...

- Vamos jantar. - Vou até a cozinha e ele me segue, depois ensino algumas coisas a ele.

Chegamos na cozinha e o mesmo se sentou em uma cadeira.

- Seu cabelo ainda está molhado, Jimin. - Vou pegar a toalha que ele usou e volto para perto do moreno. Começo a enxugar seus fios finos, com os movimentos que faço acabo que fazendo um carinho em suas orelhas o que faz Jimin ronronar. Owon ele é tão fofo, aí Jungkook para, tá muito gay isso. Não que eu não seja um. Termino de enxugar suas medeixas  e vou colocar comida em um prato para o gatinho comer.

Coloco nossos pratos na mesa e me junto ao mesmo para comermos juntos. Ele come com vontade.

- Á quanto tempo você não come?

- Ontem, Jimin comeu um pão que uma moça jogou pra ele.- Sinto vontade de abraça-lo bem forte, ele deve ter sofrido muito, mas não vou fazer isso, ele pode estranhar eu me aproximar do mesmo tão rápido sem antes conhece-lo melhor.

Terminamos de comer, mandei Jimin assistir em quanto eu lavava a louça e tomava banho. Depois de tudo feito já estava bem tarde.

- Vamos dormi, Jimin? - Ele tira seus olhos da tv e se levanta. Balança a cabeça dizendo que sim e se aproxima de mim sorrindo. Minha casa é pequena, então não tem quarto de hóspedes. O que vou fazer?

- Onde Jimin vai dormir? - Ele pergunta confuso tombando a cabeça pro lado.

- Na minha cama. - Ele parece desconfortável. - Você não quer dormir do meu lado?

- Não é isso, é que Jimin tem vergonha,  você ainda é estranho pra ele. - Ele é tão fofo e o jeito que ele fala o deixa mais lindo.

- Eu durmo na sala e você fica aqui, tá? - Ele afirma com a cabeça e se deita na cama. Pego lençóis e vou para o sofá.  Vai ser uma longa noite.


Notas Finais


Desculpem qualquer erro.

Podem comentar críticas eu deixo. Hahaha

Obrigado por ter lido!

PS: Sei que é chato pedir, mas dêem uma olhada no meu imagine com o Suga, agradeceria muito!

https://spiritfanfics.com/historia/the-true-darkness-long-imagine-6523718


Beijinhos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...