História Tormento - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Aventura, Fantasia, Morte, Originais, Original, Romance
Exibições 11
Palavras 90
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Magia, Mistério, Misticismo, Poesias, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 12 - Olhar de Farol


Fanfic / Fanfiction Tormento - Capítulo 12 - Olhar de Farol

Por onde anda a Escuridão,
Que assola as Noites incomuns
Livres da Maldita Branca Imensidão?
O Obscuro range os dentes,
O Branco não mais se sente Um
Pobre, podre, Alvo impotente
Vem ó Escuridão!
Destrua, massacre, e engula Essa Luz Impura que se atreve
A golpear os Filhos do Escuro,
Lúgubre Acre

Por onde andas, Escuridão?
Gato preto, café Negro e negro de Pilão
Destrua as Amarras do Maldito Branco
E mate e mate
Branco, Alvo, Cândido
Franco Negro
És o Salvador
Massacre essa Temível, incurável Luz Branca de Dor!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...