História Torneio de Poderes-interativa - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Heróis, Interativa, Poder, Super-heroi
Exibições 36
Palavras 2.510
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


À partir daqui será a parte 2 do fanfic, e até a parte 3 os filhos dos personagens não terão acima de 3 anos de idade, então mandem os nomes dos filhos de seus personagens pra mim por MP tá? (Eu cuido dos poderes, vcs apenas cuidam da aparência e nome tá?) Agora direi os pares (casais):
1. Buck e Atena
2. Mark e Britney
3. Lúcio e Jadeline
4. Felipe e Bridget
5. James e Amélia
6. Emily e Ferris
7. Sônio e Lara
Esses são todos, se faltou algum me avisem.

Capítulo 13 - Parte II, conversão de Duncan.


P.OV~Autor
Após 3 anos, muitos heróis haviam se casado, Ferris com Emily, Buck com Atena, Lúcio com Jadeline, Felipe com Bridget, James com Amélia e Sônio com Lara, além de, claro, Mark e Britney; todos haviam tido filhos; com esses 3 anos passados, todos foram morar sozinhos em outros lugares, mas devido à uma *"ironia do destino"*, todos moravam no mesmo bairro, e diariamente se viam na praça, um dia, Buck caminhava com seu filho, Bob Kai Heartfilia Dylan, enquanto Atena havia ficado em casa cozinhando; então Buck segura seu pequeno filho no braço direito e diz.
Buck: meu filho, você se parece muito comigo quando eu era criança.- diz, segurando seu filho que apenas tinha 2 anos e acabava de dar seus primeiros passos.
Kai: p..pap...- tenta dizer Kai, mas por ser quase um bebê, ele não sabia falar muito, pois apenas havia dito 8 palavras, mas nenhuma delas era "papai", "mamãe", "vovô fū", etc...; ele havia dito apenas 8 palavras; "treinar", "comer", "dormir", "luta", "alma" (arma) e "Hai".
Buck: você quase conseguiu meu filho.-diz, levantado Kai e dando-lhe um abraço.
Após isso, ambos chegam em casa e Atena se aproxima e diz.
Atena: oi Kai, como foi com o papai?- diz, abraçando Buck e Kai juntos.
Kai: m..mam....
Atena: você quase falou mamãe.- diz, beijando a testa de seu filho, após colocá-lo pra dormir, ela observa Buck sentado no sofá sorrindo pra ela.- você tá me provocando Buck.- diz, sendo segurada pela região lombar das costas.
Buck: claro que não, apenas estou relaxando com minha esposa.- diz, beijando-a, e fazendo-a sentar.
Atena: acho que está conseguindo me fazer ceder.- diz, Abraçando-o e beijando seu pescoço de forma provocante.
Após isso Buck a faz deitar no sofá e sobe em cima dela de forma amorosa, após isso ele começa a beijá-la, então Buck muda de posição e agora Atena estava em cima dele, então Atena começa a beijá-lo até que escuta um barulho estranho, e Buck diz.
Buck: o que foi isso? Pareciam.....
Atena: canhões.- diz, terminando a frase de Buck.
Buck: Atena, acho que são os vilões, pegue nosso filho e se esconda eu os enfrentarei e os atrasarei.- diz, sério.
Atena: mas Buck, você não pode contra todos.- diz, se esqueçendo do porcento muscular de Buck, que mesmo nesses 3 anos não deixou de treinar.
Buck: não se preocupe, eu posso usar o porcento muscular, além disso não existe um inimigo tão poderoso ao ponto de me obrigar a usar acima do 60% muscular.- diz, colocando sua roupa de luta.
Atena: por favor, não tente algo que te machucaria tá? Eu te amo, e não quero ver você morrer.- diz, observando-o.
Buck: eu juro que sobreviverei.- diz, amarrando sua faixa preta e seu cinto de Cowboy.
Após isso, Buck sai da casa e vê um esquadrão de 35 vilões, e apenas observava as pessoas correndo pelas explosões, então um vilão diz.
?????: Ora ora ora, é Buck, aquele que venceu Hathori e fez um deus sangrar, estávamos procurando você.- diz um vilão, criando uma bola de fogo.
Buck: quem é você?- diz, com raiva.
?????: sou Apolo, deus do sol, eu estou ansioso para te conhecer desde que ouvi que você fez Apófis sangrar.- diz o deus do sol.
Buck: se não me disser o que quer eu vou acabar com você.- diz, se aproximando de Apolo, que usando sua luz esquiva com dificuldade o golpe de Buck.
Apolo (pensando): ele é bom mesmo, eu tenho a velocidade da luz e esquivei com dificuldade esse soco dele, acho que ele está se contendo.- diz, criando uma esfera de energia na mão direita, a qual Buck desvia e usando essa mão ele faz Apolo se atacar, jogando-o longe com uma explosão.
Buck: eu avisei, saia daqui, você não tem chance contra mim.- diz, pegando seu Nunchaku.
Apolo: hahahahaha, Thor, vamos mostrar pra ele nossa combinação.- diz, chamando o deus do trovão Thor.
Thor: tudo bem Apolo.- diz, criando raios com seu martelo, os quais iam na direção de Buck, Buck ia esquivar fácilmente, mas Apolo usa sua luz nos trovões e multiplica a velocidade do raio (55 km/s) pela da luz (300 000 km/s), superando a velocidade de Buck e arremessando-o muito longe após uma explosão com um tremor de magnitude 4 na escala richter.
Buck: d..droga.- diz, se levantando com muitos machucados, os quais pouco a pouco se regeneravam.
Apolo: Thor e eu temos a mesma força, mas com minha velocidade e as habilidades dele, nós nos tornamos invencíveis.- diz, rindo com Thor.
Buck: mas acho que sua visão e reação são limitadas.- diz, removendo os pesos, colocando-os levemente na calçada da rua.
Então ele desaparece da vista de Apolo e Thor numa velocidade 10 vezes maior à da luz, impedindo que Apolo e Thor pudessem vê-lo, após isso ele acerta um soco em Thor e um chute em Apolo, arremessando-os para uma parede, então 8 vilões partem pra cima de Buck, que usando sua velocidade mata um por um acertando pontos vitais, após isso Thor se levanta e arremessa o Mjonir, mas incrivelmente Buck consegue segurar o martelo por ser mais digno que Thor, então Thor tenta ir até ele, mas Buck sem pensar cria trovões poderosos que perfuram o corpo de Thor, e após isso Buck usando sua incrível força acerta um soco no queixo de Thor, matando-o; então Apolo vendo isso fica com cara de: "como assim?", e diz.
Apolo: é impossível, como um mortal matou um deus?- diz, impressionado por Buck matar um deus com sua mesma força.
Buck: se não quiser ter o mesmo fim de seu amigo eu sugiro que vá embora, eu não quero matar você.- diz, colocando o martelo no chão.
Apolo: grrrr.- diz, com raiva e medo.
???????: Apolo, não precisa gastar energias com ele, deixa que eu cuido do bonitão.- diz uma figura feminina.
Apolo: irmã, não interfira com isso.- diz, com raiva.
Buck: irmã?.....ARTEMIS!!- diz, revelando a deusa da caça.
Artemis: sim, sou eu, acho que se lutar junto com meu irmão eu posso te vencer.- diz, sacando seu arco e flecha.
Apolo: ele matou Thor, só com força bruta, se você e eu lutarmos o resultado será o mesmo, temos que fugir.- diz, impressionando sua irmã.
Artemis: você venceu dessa vez, mas na próxima eu acabarei com você.- diz, beijando Buck de língua.
Buck: por que fez isso?!?!?!- diz, limpando a boca.
Apolo: hahahahaha, quando minha irmã beija um homem é por que esse homem está condenado, quando lutarmos denovo o resultado será diferente.- diz, desaparecendo com os vilões.
Buck: loucos.- diz, vendo o corpo de Thor ser levado por eles.- acho que o melhor seria se eu levasse esse martelo.- diz, segurando o martelo como se fosse um brinquedo.
Após isso, os heróis no bairro se impressionam ao verem Buck matar um deus, e Buck põe seus pesos de tornozelo denovo; então uma figura conhecida aparece e arremessa uma faca em Buck, que com 2 dedos segura a faca e dá a volta para olhar, era Denis Thompson, seu antigo amigo, que ele não via à 3 anos, Denis tinha a mesma idade de Atena, entre 25 e 26 anos, então Buck diz.
Buck: DENIS!! Meu amigo.- diz, abraçando-o como se fossem irmãos.
Denis: Buck, meu camarada, o que houve? Parece mais velho.- diz, vendo seu amigo.
Buck: é uma longa história, mas e você? Eu não te vejo desde a missão em JacksonVille.- diz, rindo com ele.
Denis: eu estive fazendo umas coisas, e você?- diz, observando Buck, seu amigo.
Buck: eu me casei e tenho 1 filho, quer entrar? Eu estou ansioso para te mostrar minha família.- diz, entrando na casa com seu amigo.
Denis: tudo bem.- diz, observando a enorme casa de Buck.
Buck: ATENA, PODE SAIR, SOU EU!!- diz, chamando sua esposa.
Atena: B..Buck? Você está bem.- diz, correndo, abraçando-o com seu filho na frente de Denis, que se sentia comovido ao ver semelhante amor.
Denis: e esse menininho deve ser seu filho né Buck?- diz, se agaichando para ver Kai.
Buck: sim, ele se chama Kai.- diz, abraçando Atena com um braço na região lombar.
Denis: ele se parece muito com você, mas tem o nariz e olhos da mãe.- diz, analizando o filho de Buck.
Buck: sim, eu me lembro quando tinha 4 anos, eu me parecia muito com ele.- diz, observando Denis.- mas acho que não veio apenas para me ver né?- diz, adivinhando o que Denis queria.
Denis: sim, eu vim avisar sobre os vilões, eles se instalaram numa cidade na Pensilvânia, na cidade de State College, eles planejam fazer um segundo ataque, mas metade do exército está vindo pra cá, o lider deles se chama Duncan, como estamos em NY (nova york) eles demorarão 12 horas pra chegar, e pelo que eu ouvi o Duncan e Apófis se desentenderam, e agora Duncan se converteu ao heroísmo; falando nisso, eu escutei que você venceu Hathori e fez Apófis sangrar, você realmente me impressionou hein? Agora acho que Hathori vai ser um poderoso aliado, já que ele como inimigo é dificil de derrotar, mas como amigo ele pode ser útil.- diz, se sentando no sofá onde Buck e Atena quase haviam feito amor uns momentos atrás.
Buck: sim, ah, eu lembro que você também queria participar no torneio, você tem muita sorte, pois com a invasão ano passado eles cancelaram o torneio para fazer daqui a 2 anos, quando isso acontecer eu desejaria te enfrentar muito.- diz, tocando a mão de seu melhor amigo, quase irmão.
Denis: acho que agora posso mostrar à Britney que eu sou melhor que o Mark.- diz, imaginando seu casamento com Britney.
Buck: sinto muito, mas a Britney se casou e teve um filho com Mark, agora ele também virou um *pai de família*.- diz deixando Denis triste.
Denis: *chorando*...droga, por que ela não gosta de mim? O que eu tenho de errado?- diz, chorando.
Buck: meu amigo, você não merece sofrer assim, há outras pessoas as quais você pode ficar, não pense na Britney, ela tem 33 anos, além disso ela é patricinha, se você se casasse com ela você ia ser traido, e a ultima coisa que eu gostaria de ver é você ser traído.- diz, preocupado com Denis.
Denis: t..tudo bem.- diz, limpando as lágrimas.- tenho que ir, até logo.- diz, abrindo a porta da casa, ao mesmo tempo em que saia andando pela rua.
Enquanto isso, na casa de Mark.
Mark e Britney estavam sentados no sofá, Mark havia ganhado uma leve barba, e Britney estava amamentando seu filho, Max, então Mark diz.
Mark: ele vai ter nossos poderes, e será um grande herói, espero ansiosamente que nosso filho cresça.- diz, vendo seu filho legítimo.
Britney: amor, na próxima vez que ver um problema lute, não se esconda aqui, o Buck acabou de lutar com um deus, você devia tê-lo ajudado.- diz, vendo Mark com raiva, pois ele havia se tornado meio que um covarde e molenga.
Mark: tudo bem, eu farei isso, mas se eu morrer a culpa é sua.- diz, com raiva.
Britney: eu vou fazer compras, você vai cuidar do Max.- diz, colocando seu filho no berço.
Mark: tudo bem.- diz, se sentando no sofá, vendo Baseball.
Após isso, Britney sai da casa e anda até a casa de Buck, após isso ela se esconde numa moita e coloca uma lingerie bem justa, e após subir na escada até o telhado, ela observa Buck sozinho no quarto e abre a janela, entrando no quarto de Buck, que à observa e diz.
Buck (silenciosamente): Britney, o que faz aqui?- diz, dando passos pra trás, abrindo levemente a porta do quarto.
Britney (silenciosamente): eu vim pra provar o homem que venceu Mark.- diz, se aproximando sensualmente de Buck, tirando sua camiseta, deixando-o ver sua lingerie preta.
Buck (silenciosamente): eu já te disse que não, eu sou casado, você é casada, isso é errado.- diz, vendo outro lado que não fosse a loira seminua perto dele.
Britney (silenciosamente): para de ser mole, vem logo, eu sou muito mais gostosa que essa tal de Atena.- diz, tocando o membro de Buck, que segura a ereção com dificuldade.
Buck (silenciosamente): saia daqui, eu não vou fazer isso com ninguém que não seja minha esposa, eu amo Atena, e não gosto de você, por favor, saia.- diz, tirando a mão de Britney de seu membro.
Britney (silenciosamente): ok.- diz, com raiva, saindo do banheiro e indo na direção da janela, mas antes de sair, ela põe a camisa e Buck à desmaia com um golpe na nuca, após isso ele rápidamente sai de casa e põe Britney em sua casa, e arranca suas roupas para que Mark a visse, então Buck sai dali e retorna à sua casa, e ao retornar ele deita novamente na cama e abraça Atena, acariciando seus fios de cabelos ruivos, então Atena acorda e diz.
Atena: Buck, por que está tão amoroso?- diz, beijando-o.
Buck: por que eu te amo, você é a única pessoa na qual eu amo.- diz, beijando-a.
Enquanto isso, Duncan e Fū conversavam no dojô Han Lee.
Fū: então decidiu se converter?- diz, vendo os alunos de Duncan e seu batalhão de 300 vilões.
Duncan: sim, Apófis matou meu pai e me enganou desde que eu era criança, então o melhor seria me converter, pois ele matou meu pai, e todas as maldades que eu fiz ao lado dele me fizeram infeliz, então eu desejo muito me tornar um herói e me redimir.- diz, cabizbaixo.
Fū (sorri): claro que sim, Kennedy e eu aceitamod você com muito prazer.- diz, apertando a mão de Duncan.
Duncan: e onde estâ Kennedy?- diz, procurando o diretor.
Fū: ele saiu, foi fazer uma descoberta na grécia, na região escandinava e no egito, pois com deuses atacando o colégio fica mais fácil descobrir suas fraquezas pesquisando do que espiando.- diz, coçando a cabeça.
??????: s...senhor....Fū.- diz uma mulher, muito bonita por sinal.
Fū: quem é você?- diz, impressionado com a beleza da mulher.
Duncan: droga, o que está fazendo aqui? Ísis.- diz, com um pouco de raiva por sua irmã deusa interromper a conversa.
Ísis: s..senhor Fū, você....é muito forte.- diz, vendo Fū.
Fū: obrigado.- diz, sem saber que Ísis havia se apaixonado à primeira vista dele.
Duncan (pensando): ela se apaixonou? Mas ela havia dito que nunca se apaixonaria, será que esse Fū é especial?- diz, pensando que sua irmã não tinha sentimentos.
Fū: ah, e eu sei que você é a reencarnação do deus Seth, então deixe-me chamá-lo de Seth.- diz, impressionando Duncan/Seth.
Duncan: tudo bem.- diz, amávelmente.
Fū: agora vocês são bem vindos, eu os levarei à um lugar seguro.- diz, muito gentilmente.
Hathori: eu peço desculpas por seu aluno.- diz, com uma voz meio baixa e grossa (Autor: como a do Gaara).
Fū: não se preocupe, o Buck e eu esquecemos essas coisas rápidamente.- diz, caminhando com eles.
Então Fū os leva até seus quartos, onde eles descansam enquanto o resto dos ex-vilões (heróis) descansam no dojô, sem saberem o que futuramente aconteceria.


Notas Finais


Gostaram? Acham que foi uma boa idéia aceitar os egípcios como aliados? Que sentimento são esses que ísis tem por Fū?

Aparência da ísis:
http://t0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcSpfujZLooisloILWPee-oMtyM3mpHJY4oelP1K9b6H-VYlk-2YZg

*"ironia do destino"*: plano de Fū para fazer todos morarem no mesmo bairro.

*Pai de família*: não que nem o jailson mendes né galera?

O estilo de casa de todos os personagens:
http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTI0duqZ8YzzlaIz_50gc42N4bOyFfjH3dZOQmTCEv_X7mb4zBv

No próximo capitulo o resto dos personagens aparece, já que ninguém me falou nada sobre os filhos, me mandem mensagens por MP ou WhatsApp, meu número é +55 65 9299 7575.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...