História Torneio de Poderes-interativa - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Heróis, Interativa, Poder, Super-heroi
Exibições 11
Palavras 2.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 40 - Lúcio vs Dan


P.OV~Autor

Enquanto Hélio e Kazuo eram derrotados, Lúcio estava enfrentando Dan, que à pouco tempo havia se recuperado do combate contra os Heróis pelo resgate de Hathori e Lúcio; então Lúcio começa atacando-o, pegando sua faca de Vibrânio, dando um corte na bochecha de Dan, que por pouco esquiva, então Dan pega sua faca de Vibrânio e ataca Lúcio, que defende, sacando sua outra faca, cruzando-as em forma de X para defender o golpe da faca de Dan, que aperta um botão e faz a Faca crescer até o tamanho de uma espada; então Lúcio fica na defensiva contra Dan, que atacava com uma espada com formato egípcio, após esquivar vários cortes, Dan com sua mente cria 3 aranhas de argila, as quais pulam em Lúcio planejando explodir, mas ele usa o Akuma'me'naka e põe Dan em uma ilusão, fazendo que ele acredite que Lúcio havia o perfurado a barriga, mas ao ver isso, Dan sorri, e Lúcio diz.

Lúcio: ahn?- diz, recebendo um soco no rosto, sendo lançado em uma árvore.- mas como? Eu te pûs numa ilusão, como você não foi afetado?- diz, se levantando.

Dan: quando eu me uni à Akenominaka, eu não pedi para me aceitarem, eles vieram me chamar, mas eu.......

P.OV~Dan Início do Flashback.

...........Não aceitei no começo, pois eu apenas queria espalhar minha arte, mas então um deles disse:

PéonΩ: então tudo bem, se te vencermos, você se unirá à nós.- ele disse, me desafiando.

Eu: ha, então tudo bem, vocês verão que não podem contra mim.- disse eu, enquanto eu criava minhas aranhas de argila.

Mas então um sujeito estranho, chamado Bob Shivan me olhou e fez que eu estivesse coberto de argila explosiva na ilusão, após isso eu me rendi e me uni à eles, depois daquele dia eu jurei nunca mais deixar ninguém com aqueles olhos voltar à me surpreender e me pôr em ilusão, por isso eu treinei 15 anos para me tornar imune à ilusões óticas e sonoras.

Fim do Flashback.

P.OV~Autor

Ao escutar isso, Lúcio se surpreende, dizendo.

Lúcio: então com ilusão não posso te matar, mas pelo que percebi você não foi afetado pela ilusão por que esquivou, não é?- diz, enquanto se levantava.

Dan: hmpf........se eu quisesse poderia receber suas ilusões sem problemas.- diz, de braços cruzados.

Lúcio: é mentira, dá pra notar em seus olhos.- diz, rindo de Dan.

Dan: RÁ!!! Então me ataque com qualquer uma de suas ilusões, vamos ver se você pode me fazer alguma coisa.- diz, descruzando os braços. 

Lúcio: tá bom.- diz, preparando seu ataque.

Dan: hahahaha, não fará eu nem me mover do lugar.- diz, rindo de Lúcio. 

Lúcio (pensando): ele pode ser imune à algumas ilusões, mas dependendo da frequência da ilusão ele pelo menos se distrairá, então devo colocá-lo sob a ilusão de  clonagem, e preparar meu Raito'Keen.- diz, enquanto corria em volta dele.

Dan: hahahaha, está pensando no quê?-diz, se distraindo.

Então Lúcio cria 800 clones ilusórios, dos quais Dan fica perplexo, pois Lúcio o havia posto em uma ilusão de forte frequência, então Dan cria suas aranhas de argila e às espalha nos clones, explodindo-os, mas então 5 clones saem da fumaça e tentam acertá-lo com suas facas, mas Dan com facilidade defende todos os ataques e os executa em um corte giratório, mas um clone esquiva e acerta um soco em Dan, que baixa a guarda, e antes dele fazer algo para reacionar, o verdadeiro Lúcio aparece por trás dele e acerta um soco elétrico em sua bochecha, arremessando-o em uma rocha ao lado de 10 árvores, explodindo-as com aquela parte do local, mas então Dan, com sua túnica muçulmana rasgada na metade direita (da cintura pra cima), se levanta, limpando o fio de sangue da boca.

Lúcio: agora eu descobri sua fraqueza, você precisa concentrar boa parte de seu poder em sua mente para resistir as ilusões, mas se as ilusões forem de grande frequência, você precisa se concentrar para se imunizar à ilusão, por isso você se torna vulnerável à ilusões de clonagem.- diz, enquanto ria de Dan, que furioso diz.

Dan: hehehehe, se eu não tivesse me confiado eu teria te matado à alguns minutos, pois você e seu irmão Bob são de um clã extinto por ele.- diz, rindo de Lúcio. 

Então Dan usa a argila e à talha com a boca, criando uma águia de argila gigante (de 3 metros de altura e 6 de comprimento), então ele ccomeça à flutuar e desde o céu começa à arremessar milhares de aranhas explosivas no chão, causando explosões gigantescas, fazendo que as pessoas da cidade começassem à correr, pois achavam que estavam recebendo ataques aéreos, então Lúcio começa à esquivar as explosões, tentando não ser atingido, pois essas explosões eram poderosas o suficiente como para se comparar à uma explosão de 10 kilotons (10 quilos de dinamite explodindo), então Lúcio usa sua ilusão novamente em Dan, fazendo que ele ache que Lúcio havia morrido, mas na verdade Lúcio estava atrás dele, acertando um golpe com o Raito'Keen nas costas de Dan, perfurando-o, mas ao olhar para Dan, Lúcio vê que ele havia feito um clone de argila o qual havia prendido sua mão, então o verdadeiro Dan aparece atrás de Lúcio e acerta uma sequência de socos nele, e como Lúcio não podia usar a mão direita, Dan estava dando uma surra em Lúcio, então após Dan acertar último soco em Lúcio, ele lhe derruba nas costas da Águia, então Lúcio tenta de mover, mas Dan pisa o pé direito no peito de Lúcio, impedindo que ele se mexa, então antes de Dan tentar perfurá-lo com a espada, Lúcio usa um mini Raito'Keen e perfura as costas da águia, fazendo que ela caia novamente no bosque, desequilibrando Dan, e antes da Águia cair, Lúcio acerta um chute nele e o faz voar metros para longe, enquanto ao mesmo tempo dava um pulo fora da Águia, escapando de uma explosão enorme causada pela caída da Águia, então ao se levantar, Lúcio vê uma coisa estranha e se assusta, pois estava vendo ao Dan, mas não o Dan que ele conhece, e sim um Dan gigante, com quase 2 km de altura, então esse Dan começa à caminhar até Lúcio, mas Lúcio assustado começa à arremessar raios e relâmpagos no gigante Dan, e após isso, o Dan começa à inchar, e Lúcio sem saber do que se tratava apenas observa, mas então o Dan gigante explode, e Lúcio é arremessado para longe pela pressão que a explosão havia causado, então Lúcio se levanta confundido e vê novamente Dan caminhando na direção dele, mas então Lúcio diz.

Lúcio: Rá!! você está sem força pra continuar, acho que esta luta já acabou pra você.- diz, carregando o Raito'Keen. 

Dan: é o que você acha.- diz, enquanto Lúcio sentia uma imensa dor em suas articulações.

Lúcio: o que é isso?- diz, sentindo uma dor tão grande que ele começa à gritar.

Dan: hahahaha, sabe aquele gigante com a minha aparência? Ele explodiu e contaminou o bosque inteiro.- diz, rindo macabramente.

Lúcio: com o quê?- diz, com raiva.

Dan: com minhas aranhas de argila.- diz, rindo de Lúcio. 

Lúcio: mas suas aranhas são grandes demais para poderem contaminar o bosque inteiro, além disso elas não são parasitas.- diz, sentindo muita dor no corpo inteiro.

Dan: hahahahaha, você não entendeu né? Eu fiz que as aranhas diminuissem ao tamanho de uma nano-bactéria, isso é, o tamanho do núcleo de uma célula, e elas se espalharam pelos organismos de todos os animais e plantas neste bosque, então tudo o que você está vendo agora está contaminado com minhas aranhas de argila, e isso não é tudo, eu contaminei todos os átomos, sub-átomos e coisas menores no bosque inteiro, então se eu quisesse, agora mesmo eu poderia causar uma explosão tão forte que desaparecesse você e metade da europa juntos da existência, pois a menor das aranhas que infectou o bosque pode causar uma explosão equivalente à 2 dinamites explodindo, e com tantas aranhas de diferentes tamanhos, eu poderia causar um desastre continental.- diz, rindo como um psicopata.

Lúcio: isso quer dizer que aquelas aranhas de argila estão nas minhas células e átomos? Mas que droga!!!!- diz, sentindo uma dor ainda maior, pois as aranhas estavam em seu organismo e em sua matéria.

Dan: hahahahahaha, agora.....que tal eu começar à brincar?- diz, prestes à fechar a mão, mas então ele percebe um Chackram gigante o qual corta seu braço direito, fazendo que ele sangre e grite de dor.- MAS O QUÊ?!?!?!?!?!?- diz, vendo Lúcio em uma árvore, e ao ver novamente onde ele deveria estar, ele percebe que não passava de uma ilusão de clonagem.- seu maldito, conseguiu me enganar!!!- diz, vendo o clone de Lúcio desaparecer.

Lúcio: acho que você novamente baixou muito sua guarda, quando você estava lutando comigo quando eu te coloquei na ilusão de clonagem, eu fiz um clone real de mim, e enquanto vocês lutavam eu saí do bosque para pegar uma coisa na cidade, depois que seu clone gigante explodiu eu vim rapidamente e arremessei o que eu tinha ido buscar na cidade, meu Chackram de titânio, assim eu arranquei seu braço.- diz, fazendo que Dan ficasse com raiva.

Dan: droga!!! Isso quer dizer que eu estava lutando contra um clone?!?!?! Como eu pude ser enganado assim?- diz, enquanto Lúcio pensava em uma estratégia para tentar impedir que ele explodisse metade do continente europeu.

Então Dan percebe que não poderia enfrentar Lúcio apenas com um braço e arranca a túnica, revelando ter mais uma boca (além da boca normal e das duas bocas que ele tem nas palmas das mãos), dessa vez no peito esquerdo; após isso ele remove todas as aranhas de argila do local (até as que haviam infectado o bosque e os animais ali) e às concentra em si mesmo, e após mastigar mais uma massa, ele começa à inchar de verdade e Lúcio percebendo isso faz um campo de força de Aura e Sombras, recebendo uma explosão que desaparece o bosque junto com metade da cidade, deixando o resto da cidade de Amsterdã em escombros, esta explosão havia também deixado todas as cidades da Holanda em escombros, pois o ar fez que as casas e prédios voassem, desabando, isso havia causado um impacto mundial, pois a capital da Holanda havia sido totalmente destruida com todas as cidades da Holanda; após isso, Lúcio no meio do antigo bosque, cai no chão cansado, pois ele havia usado toda a sua energia para fazer o campo de força não se quebrar, mas mesmo assim, pela explosão, tal campo de força havia se rachado totalmente, mas não havia quebrado; então após isso, Lúcio vê uma figura estranha ali perto, era o companheiro de Dan, Tommy, ele não parecia ter nenhum arranhão pela explosão, após isso, Tommy se aproxima e diz.

Tommy: cadê o Dan Senpai? Ele deveria provar estes pães Holandeses.- diz o irritante Tommy.

Lúcio (pensando): ele sobreviveu à uma explosão daquelas sem nenhum arranhão, como ele fez isso? Nem eu teria sobrevivido à uma explosão daquela magnitude.- diz, se impressionando por um novato sobreviver à algo que nem um Herói do nível do diretor Kennedy sobreviveria.

Tommy: esses pães Holandeses estão Óti......

Lúcio: como você sobreviveu?- diz, interrogando o "novato".

Tommy: do que está falando? Eu apenas sou um novato.- diz, de forma inocente.

Lúcio: não brinque comigo, nenhum vilão novato teria sobrevivido à tal explosão.- diz, seriamente. 

Tommy:............

Lúcio: RESPONDA!!!- diz, pegando sua faca.

Tommy: já tava na hora de alguém me descobrir.- diz, ativando seu Akuma'Me'Naka.

Lúcio: quem é você?- diz, assustado por Tommy mudar de personalidade repentinamente.

Tommy: primeiro de tudo, eu me chamo Madrakes, e eu sou o verdadeiro líder da Akenominaka.- diz, impressionando Lúcio.

Lúcio: e...Então é você?!?!?!- diz, arremesando sua faca nele.

Mas então Lúcio percebe que a faca havia ultrapassado ele como se ele fosse intangível, então Lúcio tenta ativar a comunicação com a base, mas Madrakes fecha a mão esquerda e destrói o aparelho de comunicação com a mente, e antes de Lúcio tentar fazer algo, Madrakes o desmaia com apenas olhar para ele; depois disso Madrakes/Tommy leva Lúcio para longe dali, em uma cabana em um bosque na fronteira com a Alemanha, enquanto todos do mundo inteiro (até a equipe de Felipe) ficam assustados, pois a terra inteira havia tremido à alguns momentos atrás. 


Notas Finais


O que acharam? Gostaram? Será que Lúcio ficará bem?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...