História Torture [Markson] - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Bambam, Exo, Got7, Jackson, Jaebum, Júnior, Mark, Markson, Sehun, Tuan, Wang, Youngjae
Exibições 646
Palavras 791
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Escolar, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Você foi e é o meu primeiro amor


Yugyeom On

Eu havia pensando a respeito do que Mark tinha me dito. Falar a Bambam o que eu sentia talvez fosse o melhor a fazer. Porém, encarar negação iria ser difícil. Eu tinha acordado decidido, não haveria aula hoje e Jackson estava bem afastado ultimamente, Bambam não queria falar com ele e como consequência o loiro havia se afastado de mim também, estava andando com alguns caras do time de futebol e saindo com várias garotas. Diferentemente de Mark, que se manteve em seu grupo de amigos, sorrindo e se divertindo como sempre. Jaebum e Youngjae estavam namorando o que no princípio tinha sido a notícia da semana, desde que um garoto da sala deles viu os dois se beijando e espalhou para toda a escola. O garoto do futebol e o garoto do teatro, como ninguém ainda tinha percebido, pensando bem era muito óbvio.

Ouço a campainha tocar, me levanto rapidamente e caminho até a porta esperando ser Bambam. Havíamos combinado de nos encontrar aqui em casa para assistir algum filme, pelo menos era isso que ele acreditava.

O garoto estava com uma calça jeans justa e uma camisa branca, seus cabelos estavam penteados quando abro a porta, seu sorriso é fraco e antes mesmo que eu o convidasse para entrar ele já estava jogado no sofá.

"Qual o filme?" Bambam pergunta e me lança um olhar de dúvida.

"Primeiro a gente pode conversar?" pergunto com a voz nervosa e o menor parece notar já que arqueia a sobrancelha e aponta para um espaço ao seu lado. Caminho até ele e me sento próximo a sua sua cabeça que estava deitada sobre o sofá, Bambam sobe seu corpo e pousa a cabeça em minha perna direita. Passo as mãos por seus cabelos, como sempre fazia quando ele tinha sono para poder dormir. Eu e Bambam sempre tivemos uma relação bem forte, sempre fomos muito próximos, mas infelizmente ele nunca sentiu o que eu sentia por ele.

"O que aconteceu? Você parece tenso." ele comenta olhando em meus olhos.

"Vou te contar uma história, ok?" pergunto mesmo achando aquilo soar estranho.

"Não temos mais 10 anos e eu sou o mais velho de nós dois, Yugyeom." Bambam ri e eu faço o mesmo. "Tudo bem. Pode contar." ele muda sua expressão para seriedade.

"Era uma vez, um garotinho que cresceu convivendo com um amigo, um vizinho muito próximo, e esses dois sempre foram unha e carne, sempre os melhores amigos um para o outro. Só que com o passar do tempo, um desses garotos começou a sentir algo pelo outro, mas surgiu um terceiro e o outro garoto se apaixonou por esse terceiro, mas o garotinho não queria atrapalhar, a felicidade do seu amado era a principal coisa, mesmo que essa felicidade não fosse ao lado dele. Ele aguentou isso por anos, mas ele não aguentava mais... Ele estava sufocado. Ele queria falar a verdade para o amado." Suspiro vendo o olhar distante do garoto enquanto eu continuava a alisar seus cabelos. "Esse garoto sou eu, Bambam. Eu sou apaixonado por você, te amo desde quando brincávamos na lama, eu sempre queria te proteger, sempre queria cuidar de você. Mas não era recíproco, você gostava do Jackson e eu não queria atrapalhar vocês, mas uma pessoa me estimulou a contar a verdade, me estimulou a ser sincero comigo mesmo pelo menos uma vez. Eu me corroía de raiva toda vez que Jackson te enganava e você saia magoado, quis bater nele quando me contou sobre o Mark, mas eu queria te proteger." desvio o olhar de Bambam que me encarava com um olhar surpreso e perplexo, seus olhos tinham um grau de emoção, mas eu não conseguia encará-lo.

Sentir seus lábios contra os meus sempre foi o meu sonho e assim que o mesmo o fez um misto de surpresa e alegria me atingiu, ele se senta e passa o braço entorno do meu pescoço, nos beijamos até acabar o folego, ele se afasta aos poucos e me encara com os olhos molhados de lágrimas.

"Yugyeom, você foi e é o meu primeiro amor. Eu gostava de você quando o Jackson apareceu, não vou negar que também gostei muito dele, mas tudo o que ele fez me magoou de verdade, não guardo ódio dele, mas eu não quero mais nada desse tipo com ele. Eu prometo que vou fazer de tudo para dar certo, se você quiser. Eu vou voltar a gostar de você, eu vou te tratar como você merece, você vai ser amado assim como me ama. Só me dá um tempo para eu conseguir retribuir como teria retribuído no início, me dá um tempo para eu poder te amar mais do que qualquer outra pessoa seria capaz."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...