História Totalmente Inesperado - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Chen, Kris Wu, Mpreg, Taoris, Xiuchen, Xiumin, Zi Tao
Exibições 79
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um cap pra vocês, espero que gostem :3

Boa leitura e desculpa os erros ortograficos. <3

Capítulo 4 - Surpresa!


P.o.V BaekHyun 

 

Voltei pra casa em um táxi e fui ao banheiro para encher a banheira com agua quente. Meu corpo estava necessitando relaxar, não sei porque eu estava assim mais meu corpo parecia 3x mais cansado e mesmo eu sendo um homem não pensei que seria tão dificil assim pois já vi varios outros homens grávidos e nenhum deles teve isso que estou tendo. Mas cada corpo reage diferente né? Bom pelo menos eu acho. 

Tirei minhas roupas e sentei na banheira bem devagar sentindo meu corpo relaxar, fechei os olho e fiquei apenas pensando. 

Minha vida mudou tanto nessas ultimas semanas.. E isso só porque resolvi ir em uma festa e me divertir. Mais não posso reclamar de nada afinal ChanYeol ficou tranquilo com a noticia e para minha surpresa não duvidou da paternidade. Menos um problema.. 

Passei a mão em meu ventre e sorri 

- Não quis dizer que você é um problema ok meu amor? Você é a coisinha mais importante da minha vida e nunca seria um problema, vou te amar tanto atéé enjoar. - Ri com meu comentário e fechei os olhos enquanto curtia o silêncio e apenas acariiava minha barriga.

Enquanto passava a mão por minha barriga senti que a mesma já aparecia um pouco, estranhei pois estava com poucas semanas e isso não era muito normal. Ah, mais talvez seja apenas eu gordo mesmo. 

Saí da banheira, troquei minhas roupas e fui fazer uma salada para comer. A fome estava me matando e eu não aguentava mais. Me sentei no sofá e fui comer tudo. Logo percebi que meu telefone não parava de vibrar e então vi uma ligação de ChanYeol, terminei de comer e retornei a ligação.

 

*Ligação on

- O que foi? - Falei calmo enquanto ligava a tv

- Nada, só queria saber se chegou bem. 

- Sim, já cheguei, comi, tomei banho resumindo, fiz várias coisas já. 

- Que bom, mais se cuide e tome cuidado! 

- Sim omma. - falei debochando e ri

- Na verdade agora sou Appa.

- É...é.. - Falei revirando os olhos e infelizmente concordando. 

- Bom, vejo que está bem então tchau. E não precisa vim trabalhar amanhã, fique em casa e descanse. 

- Ok, tch.... ESPERA! 

- O que foi, aconteceu alguma coisa? - Ele falou preocupado.

- Não só queria te avisar que amanhã tenho uma consulta e se quiser ir vai ser 09:30 no hospital -----. Bom, só isso tchau. 

* Ligação off *

 

Por que razão e motivo eu disse aquilo a ele? Pra que avisar ele disso? Aish.. Não quero que ele vá, vou me sentir melhor se ele não for. Ou não? Seria bom ter ele lá? Talvez, Aigoo! não vou mais pensar nisso. - Falei pra mim mesma e fui descansar, porque pra variar eu estava morta de preguiça.

 

~No dia seguinte as 09:15 no consultório~

 

Resolvi chegar um pouco mais cedo para evitar atrasos e fiquei na sala de espera aguardando meu nome ser chamado. Não demorou muito e uma mulher de vestes brancas me chamou. Segui ela até o consultório e entrei. 

 

- B-bom dia.. - Falei envergonhado enquanto entrava naquela sala e como sempre minha timidez sempre complicava meus diálogos.

- Bom dia, sou o doutor Wu Yifan e você seria?

- Byun Baek Hyun. - Falei com um leve sorriso e me sentei em uma confortável cadeira de frente para ele.

- Bom antes de te examinar vamos fazer um ultrassom e saber se está tudo certo com esse bebezinho? - Falou com um sorrio simpático e me guiou até a maca.

- Ok... - sorri e me deitei,

- Levante a blusa um pouco e abaixe 3cm suas calças. - Ele falou enquanto ligava uma maquina que eu não fazia idéia do que era e pegava um gel.

Fiz o que ele tinha pedido e senti aquele gel, bem gelado por sinal, arrepiar todos pelinhos do meu corpo e em poucos segundos começou a aparecer imagens em preto e branco em uma tela. Eu particularmente não entendi nada porém fiquei preocupado quando ele fez uma expressão... surpresa? assustada?

- Algum problema? - perguntei receoso. 

- Bom.. não e bem um problema e sim uma grande novidade. 

- F-fala. 

- São três. - Ele falou como se fosse a coisa mais normal do mundo e eu sinceramente fiquei desesperado. 

Três? Eu já estava preocupado com um imagina três. 

- T-três? - perguntei  deixando o medo sair pela minha voz e o doutor Yifan veio até a mim limpando o gel da minha barriga.

- Sim. Não se preocupe, seus cuidados terão que ser em dobro a partir de agora e não se assuste, se precisar de algo venha até mim. 

Estranhei o que ele disse mais apenas concordei, talvez ele quisesse realmente me ajudar então conversamos mais um pouco, ele me deu algumas recomendações e então sai de seu consultório. Fui andando devagar e tentando raciocinar que eu tinha 3 crianças dentro de mim e como eu contaria aquilo para ChanYeol. E como sou bem sortudo quando passei pela recepção vi ele lá sentado me esperando. 

- E então, tudo certo com vocês? - Ele falou se levantando e caminhando comigo pra a saída. 

- S-s-sim. T-tudo o-otimo. - Falei tentando ser o mais convincente possível. Entramos em seu carro e respirei fundo, era agora ou nunca. 

Era melhor eu falar logo porque se ele fosse me deixar, que deixasse logo e não depois que eu me acostumasse com ele em minha vida. 

- ChanYeol.. Tenho que te contar uma coisa. 

- Diga - Ele falou calmo e com um sorriso no rosto.

- Vamos ter trigêmeos. - Falei finalmente olhando em seu rosto enquanto sentia o meu enfraquecer e ser tomado pelo medo.

Tri-trigêmeos? - Ele falou um tanto quando assustado. Ficou paralisado e suspirou longamente... 

 

E agora? como vou cuidar de 3 crianças sozinha?


Notas Finais


E ai??? O que acharam?

votação: Trigêmeos :12
Gêmeos : 4

Muito obrigada pelos Favs e comentários <3
Espero que tenham gostado, até o proximo cap :*

Bjinhoos <3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...